RSS

Arquivo da tag: contra

Força Aérea chinesa recruta macacos contra aves que atrapalham voos

Militar caminha com exemplar de macaco que deve ser utilizado em operação contra pássaros na China (Foto: Divulgação/Ministério Nacional da Defesa da China)Militar caminha com exemplar de macaco que deve ser utilizado em operação contra pássaros na China (Foto: Divulgação/Ministério Nacional da Defesa da China)

A Força Aérea da China treinou um grupo de macacos para ajudar a proteger uma base aérea próxima a Pequim contra uma superpopulação de pássaros, considerada ameaça aos voos.

Os macacos foram treinados para destruir os ninhos nas árvores da região e afugentar os pássaros. As aves têm atrapalhado com frequência os pousos e decolagens de caças na base, cuja localização exata não foi revelada.

A base já havia tomado diversas medidas para tentar solucionar o problema com os pássaros. As soluções foram desde fogos de artifício até espantalhos e armas de fogo, mas nada demonstrou ser tão eficaz como os macacos.

Os primatas respondem com “obediência de recrutas” aos assobios por meio dos quais seus treinadores dão ordens. Eles já destruíram mais de 180 ninhos nos arredores da base – uma média de seis por macaco.

Revolução dos bichos
Essa não é a primeira vez que um exército utiliza animais domesticados em corpos de elite: nos Estados Unidos, por exemplo, é comum o uso de golfinhos em missões de detecção de minas.

Os principais ajudantes dos exércitos do mundo, no entanto, são os cachorros, fundamentais em diversas operações militares, inclusive na que levou à morte do líder da Al-Qaeda, Osama Bin Laden, da qual o pastor belga chamado “Cairo” participou.

View the original article here

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 14 de maio de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,

Força Aérea chinesa recruta macacos contra aves que atrapalham voos

Militar caminha com exemplar de macaco que deve ser utilizado em operação contra pássaros na China (Foto: Divulgação/Ministério Nacional da Defesa da China)Militar caminha com exemplar de macaco que deve ser utilizado em operação contra pássaros na China (Foto: Divulgação/Ministério Nacional da Defesa da China)

A Força Aérea da China treinou um grupo de macacos para ajudar a proteger uma base aérea próxima a Pequim contra uma superpopulação de pássaros, considerada ameaça aos voos.

Os macacos foram treinados para destruir os ninhos nas árvores da região e afugentar os pássaros. As aves têm atrapalhado com frequência os pousos e decolagens de caças na base, cuja localização exata não foi revelada.

A base já havia tomado diversas medidas para tentar solucionar o problema com os pássaros. As soluções foram desde fogos de artifício até espantalhos e armas de fogo, mas nada demonstrou ser tão eficaz como os macacos.

Os primatas respondem com “obediência de recrutas” aos assobios por meio dos quais seus treinadores dão ordens. Eles já destruíram mais de 180 ninhos nos arredores da base – uma média de seis por macaco.

Revolução dos bichos
Essa não é a primeira vez que um exército utiliza animais domesticados em corpos de elite: nos Estados Unidos, por exemplo, é comum o uso de golfinhos em missões de detecção de minas.

Os principais ajudantes dos exércitos do mundo, no entanto, são os cachorros, fundamentais em diversas operações militares, inclusive na que levou à morte do líder da Al-Qaeda, Osama Bin Laden, da qual o pastor belga chamado “Cairo” participou.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 10 de maio de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,

Venda de jovens na Nigéria seria crime contra a humanidade, diz ONU

AppId is over the quota
AppId is over the quota
Arte mapa sequestro Nigéria (Foto: G1)

O Alto Comissariado das Nações Unidas para os Direitos Humanos condenou nesta terça-feira a ameaça do grupo nigeriano islamita Boko Haram de vender como escravas mais de 200 estudantes sequestradas, o que pode constituir um crime contra a humanidade.

“Estamos muito preocupados com as declarações indignas divulgadas em um vídeo e atribuídas ao líder do Boko Haram na Nigéria, que descaradamente afirma que venderá “no mercado” as estudantes sequestradas e que vai “casá-las”, referindo-se a elas como “escravas”, afirmou Rupert Colville, porta-voz da Alta Comissária de Direitos Humanos da ONU, Navi Pillay.

O grupo islamita sequestrou 276 adolescentes estudantes em uma escola de Chibok (nordeste) há três semanas. No total, 53 conseguiram escapar e 223 permanecem em cativeiro.

“Condenamos o violento sequestro destas jovens”, disse Colville.

“Advertimos os autores deste ato de que a legislação internacional proíbe absolutamente a escravidão, sexual ou não. Estes atos podem constituir, sob certas circunstâncias, um crime contra a humanidade”.

“As adolescentes devem ser imediatamente libertadas e devolvidas a suas famílias”, completou.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 7 de maio de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , , ,

EUA impõe sanções contra generais do Sudão do Sul por violência

AppId is over the quota
AppId is over the quota

O governo americano anunciou nesta terça-feira (6) a imposição de sanções contra dois generais de lados opostos, que se enfrentam há quatro meses em um sangrento conflito civil no Sudão do Sul.

Um dos generais punidos, Peter Gadet, pertencia ao comando das tropas rebeldes, enquanto o outro, Marial Chinoum, é um dos líderes das forças leais ao Exército de Libertação do Povo do Sudão. Quaisquer bens que ambos tenham nos Estados Unidosserão congelados.

Os dois militares “foram responsáveis por atos inconcebíveis de violência contra os civis”, disse à imprensa o secretário de Estado americano, John Kerry.

Kerry foi ao Sudão do Sul na semana passada e ameaçou os dirigentes de ambos os lados com sanções, caso não fizessem algo para impedir os combates e os ataques contra civis.

O secretário americano também advertiu para os riscos de “genocídio” no país mais jovem do planeta, nascido em 2011, onde as disputas interétnicas se intensificam desde meados de dezembro passado.

As tropas do presidente Salva Kiir e de seu ex-vice-presidente Riek Machar se enfrentam há quase cinco meses. Essa rivalidade vem de antigas rivalidades entre as comunidades dinka e nuer, as duas principais do país, às quais Kiir e Machar pertencem.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 7 de maio de 2014 em Brasil

 

Tags: , , ,

Cinco prêmios Nobel pedem o fim da guerra contra as drogas

AppId is over the quota
AppId is over the quota

Cinco vencedores do prêmio Nobel, um ex-secretário de Estado americano, dois ministros latino-americanos e outras personalidades pediram o fim da guerra contra as drogas em um relatório da London School of Economics publicado nesta terça-feira (6).

“Ending the Drug Wars” (Acabando com a guerra das drogas) é o nome do documento da instituição universitária britânica, que tem um prefácio assinado por várias personalidades.

“É hora de acabar com a ‘guerra contra a droga’ e destinar os recursos em massa para políticas efetivas baseadas em evidências e apoiadas em análises econômicas rigorosas”, afirma o prólogo.

O texto está assinado por George Shultz (chefe da diplomacia americana entre 1982 e 1989, no governo de Ronald Reagan), pelo espanhol Javier Solana (chefe da diplomacia europeia de 1999 a 2009) e por cinco vencedores do Nobel de Economia: Kenneth Arrow (1972), Christopher Pissarides (2010), Thomas Schelling (2005) Vernon Smith (2002) e Oliver Williamson (2009).

A lista de signatários inclui autoridades como o vice-primeiro-ministro britânico Nick Clegg, o presidente da Polônia, Aleksander Kwasniewski, o chanceler guatemalteco, Luis Fernando Carrera Castro, e o ministro da Saúde colombiano, Alejandro Gaviria.

“A insistência na estratégia militarizada e policial de ‘guerra contra as drogas’ mundial deu resultados muito negativos e provocou danos colaterais”, afirma o prefácio em forma de manifesto.

Os resultados negativos são as “detenções em massa nos Estados Unidos, políticas altamente repressivas na Ásia, uma enorme corrupção e desestabilização política no Afeganistão e oeste da África, uma imensa violência na América Latina (…) e a propagação de abusos sistemáticos aos direitos humanos em todo o mundo”.

É necessária uma nova estratégia mundial, afirmam as personalidades, baseada em “princípios de saúde pública, contenção de danos, redução do impacto do mercado ilegal, acesso ampliado a medidas essenciais, minimização do consumo problemático, experimentação regulatória rigorosamente monitorada, e um compromisso inflexível com os princípios dos direitos humanos”.

O governo dos Estados Unidos, país que é o principal consumidor mundial das drogas, é o que mais estimula a repressão ao consumo e comércio das substâncias, uma estratégia iniciada nos anos 1960.

América Central, Colômbia e México recebem ajuda americana para combater o tráfico, mas ao custo de muitas mortes – 28.000 no México desde 2006. Nos últimos anos os pedidos de mudança de estratégia aumentaram consideravelmente.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 7 de maio de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , , ,

Daniel Craig, Steve Carell e Del Toro fazem campanha contra abuso sexual

AppId is over the quota
AppId is over the quota
Os atores Daniel Craig (acima, à esq.), Seth Meyers (acima, à dir.), Benicio Del Toro (abaixo, à esq.) e Steve Carell (abaixo, à dir.) no vídeo da campanha '1 is 2 Many', promovida pela Casa Branca, contra o abuso sexual (Foto: Divulgação/Casa Branca)Os atores Daniel Craig (no alto, à esq.), Benicio Del Toro (no alto, à dir.), Seth Meyers (abaixo, à esq.) e Steve Carell (abaixo, à dir.) no vídeo da campanha ‘1 is 2 Many’ (Foto: Divulgação/Casa Branca)

Os atores Benicio Del Toro, Daniel Craig, Steve Carell, Seth Meyers e Dulé Hill se transformaram nesta terça-feira (29) nos rostos masculinos com que a Casa Branca pretende mudar a forma com que os Estados Unidos enfrentam os abusos sexuais. Num vídeo de uma campanha chamada “1 is 2 Many”, eles pedem aos homens do país que sejam “parte da solução”.

Clique aqui para assistir ao vídeo da campanha ‘1 is 2 Many’.

O vice-presidente de Estados Unidos, Joe Biden, apresentou num ato na Casa Branca a campanha, que será divulgada a partir de maio nos cinemas de todo o país como parte de uma campanha para “encorajar os homens a dizer algo e interferir se virem alguém sofrendo um abuso sexual”, informou a residência presidencial em comunicado.

“Se ela não consente [o ato sexual], ou não pode consentir, é um estupro, é um abuso”, diz Del Toro no vídeo de um minuto publicado no YouTube. E Carell completa: “É um crime, e é ruim”.

Del Toro assegura então que, se visse algum abuso sexual sendo praticado, “diria algo”. Já o britânico Daniel Craig, famoso por viver James Bond nos últimos filmes da franquia 007, acrescenta que, se presenciasse algo assim, “não culparia ela, mas a ajudaria”.

“Depende de todos nós darmos fim ao abuso sexual. E isso começa com o senhor”, diz o presidente americano, Barack Obama, no fim do vídeo em que também aparece seu vice.

A campanha “1 is 2 Many” procura conscientizar sobre um problema que faz com que uma a cada cinco jovens universitárias sofra abusos sexuais ao longo de seus anos de estudos, ou que uma a cada nove adolescentes do país seja estuprada.

“A mensagem é clara e simples: todo mundo tem uma responsabilidade. Não há exceções; não há desculpas. Por favor, vejam este vídeo e divulguem”, disse Craig em comunicado.

Para Del Toro, a campanha consiste em “proteger e respeitar nossos seres queridos: nossas mães, irmãs, filhas, esposas e namoradas”.

A Casa Branca criou em janeiro um grupo de trabalho para proteger as estudantes das agressões sexuais. Hoje, esse coletivo apresentou um conjunto de recomendações dirigidas a combater o problema nas universidades e um site, notalone.gov, para dar apoio às vítimas e informação aos estudantes.

“As universidades não podem continuar fechando os olhos ou fingindo que os estupros e os abusos sexuais não existem nos campi”, declarou Biden no ato na Casa Branca.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 1 de maio de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , , , , ,

Exército da Ucrânia entra em ‘alerta total’ contra possível invasão russa

AppId is over the quota
AppId is over the quota

As forças militares da Ucrânia se encontram em “estado de alerta total” contra uma possível invasão das tropas russas posicionadas na fronteira, afirmou o presidente interino Olexander Turchynov durante uma reunião ministerial nesta quarta-feira (30) em Kiev.

“Nossas Forças Armadas se encontram em estado de alerta total. A ameaça da Rússia de começar uma guerra contra o território da Ucrânia é real”, disse.

Ele já havia anunciado há várias semanas que as forças de defesa estavam em alerta, mas não foram registrados sinais de aumento do dispositivo.

“Nossas Forças Armadas se encontram em estado de alerta total. A ameaça da Rússia de começar uma guerra contra o território da Ucrânia é real”, disse Turchynov.

“Nosso primeiro objetivo é impedir que o terrorismo passe das regiões de Donetsk e de Lugansk para outras regiões”, destacou. “Há tentativas de desestabilizar a situação em Kharkiv (leste), Odessa (sul), Dnipropetrovsk (leste), Zaporijjia (sudeste), Kherson e Mykolaiev (sul).”

Estas oito regiões, juntas, constituiriam um amplo arco de território contíguo à Crimeia e Transnistria (região separatista da Moldávia), que a Rússia controla de fato.

A Rússia mobilizou em março 40 mil homens na fronteira que compartilha com a Ucrânia.

Sabotagem
O Serviço de Segurança Ucraniano (SBU) afirmou nesta quarta-feira ter descoberto um grupo de sabotadores que preparava um atentado para a festa de 9 de maio, que comemora tanto na Rússia como na Ucrânia a vitória sobre a Alemanha nazista em 1945.

“Os criminosos se preparavam para cometer um atentado com explosivos no momento em que os veteranos de guerra depositassem flores no monumento da Segunda Guerra mundial em Mykolaiev”, afirmaram fontes do SBU.

O presidente russo, Vladimir Putin, e o primeiro-ministro Dmitri Medvedev pretendem visitar a Crimeia depois do tradicional desfile militar previsto para o mesmo dia em Moscou, segundo a imprensa russa.

Os rebeldes pró-Moscou prosseguiram nos últimos dias com a ampliação de seu domínio sobre uma série de cidades do leste da Ucrânia, controlando atualmente locais estratégicos (prefeitura, quartel da polícia e prédios das forças de segurança) em mais de 10 cidades.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 30 de abril de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , , , , ,