RSS

Arquivo mensal: julho 2012

Mozilla anuncia fim de upgrades para o e-mail Thunderbird

Segundo a fundação, atualizações de segurança continuarão, mas inovações no software dependerão do envolvimento da comunidade para acontecer

O Mozilla talvez seja conhecido popularmente pelo seu browser, o Firefox, mas cerca de 20 milhões de usuários ao redor do mundo também conhecem a companhia por conta do Thunderbird, seu serviço de e-mail open source gratuito.

Apenas um mês depois de lançar a versão 13 do Thunderbird – a última, um e-mail que vazou na sexta-feira (6/7) aparentemente forçou a Mozilla a admitir que parou com o desenvolvimento do seu serviço de e-mails. “Mais uma vez nos perguntamos: o Thunderbird é provavelmente uma fonte de informação e liderança para a internet de hoje? Ou ele é apenas o que seus usuários querem e o que eles mais necessitam em manutenção contínua?”, escreveu a presidente da Fundação Mozilla, Mitchell Baker, em um post no blog oficial.

A conclusão da Mozilla, ao que parece, foi de que “manter a estabilidade é o mais importante, e a contínua inovação do Thunderbird não é a prioridade nos produtos da empresa”, continuou Baker.

Desse modo, foi desenvolvido um plano que “fornece a estabilidade para a versão atual do Thunderbird e permite que o serviço continue evoluindo, se a comunidade que o desenvolve desejar”, explicou.

Os dois lados da moeda

Especificamente, a Mozilla continuará a fornecer manutenção para as atualizações de segurança por meio do Extended Support Release (ESR), processo similar ao que ocorre com o Firefox, focando grandes empresas que utilizam o software.

Já existe uma versão do Thunderbird ESR, e a próxima atualização para o software deverá ser liberada em novembro. “Ela herdará o mesmo conjunto de recursos da versão atual”, explicou a Mozilla, em um artigo no MozillaWiki. “Essa versão será atualizada a cada 6 semanas – a duração do ciclo do ESR, para garantir a melhor segurança possível e estabilidade para as organizações”.

Uma versão não-ESR do Thunderbird, ao mesmo tempo, será liberada com as mesmas funções do ESR e receberá uma atualização a cada 6 semanas, também para segurança e estabilidade. No entanto, essa versão poderá receber recursos com o tempo, mas somente se os membros da comunidade optar por trabalhar nisso.

A notícia dada por Baker ecoou pela rede e foi comentada por Jb Piacentino, diretor-gerente do Thunderbird, em um post no blog. Ele observou que a Mozilla está cada dia mais mudando o foco para outros projetos e serviços móveis, como o FirefoxOS.

O plano final em setembro

De fato, como a crescente popularidade de serviços de e-mail online, não é surpresa ver a Mozilla dando esse passo.

Ainda assim, como usuária de longa data do Thunderbird, não posso deixar de ficar um pouco triste. Espero que alguns fãs apaixonados espalhados por aí possam abraçar o projeto e mantê-lo vivo, mas Baker não está confiante de que isso possa realmente acontecer.

De qualquer forma, a Mozilla está interessada em qualquer tipo de retorno, particularmente de potenciais desenvolvedoras interessados no projeto. O objetivo é compartilhar o plano final de ações até o começo de setembro, segundo Piacentino.

Manterei vocês informados, caso ouça alguma novidade significativa antes disso.

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 31 de julho de 2012 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,

Apple perde disputa por patentes contra Galaxy Tab na Inglaterra

A Apple perdeu um caso de disputa por patentes contra a Samsung após um juiz britânico afirmar que o Galaxy Tab da rival “não é tão legal” quanto o iPad.

A vitória para a Samsung chega após um tribunal de Londres decidir que os tablets da família Galaxy não violam o design registrado pela Apple para o iPad. O triunfo veio com uma polêmica criada após o juiz do caso afirmar que os consumidores dificilmente confundiriam os dois tablets já que o aparelho da Samsung não é tão “cool” quanto o iPad, de acordo com informações da Bloomberg.

“Os tablets da Samsung não possuem a mesma simplicidade extrema e superestimada que está presente no design da Apple. Eles não são tão legais”, afirmou o juiz Colin Birss em sua decisão.

Recentemente, a Apple conseguiu barrar a venda do Samsung Galaxy Tab 10.1 nos Estados Unidos após o juiz local decidir que o tablet da empresa sul-coreana violava uma patente de design.

“Não é coincidência que os produtos mais recentes da Samsung se pareçam muito com o iPhone e iPad”, afirmou o porta-voz da Apple, Alan Hely. “Esse tipo de cópia descarada é errada e, como já dissemos muitas vezes, precisamos proteger a propriedade intelectual da Apple.”

galaxytab2-360px.jpg

Após ter venda proibida nos EUA, tablet da Samsung saiu vitorioso no Reino Unido

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 30 de julho de 2012 em Tecnologia

 

Tags: , , , , , ,

You May Not Kiss The Bride [2011] BDRip 720p [Eng Rus]-Junoon

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 30 de julho de 2012 em Tecnologia

 

Tags: , ,

Intel adquire empresa por US$ 1,2 bi para fabricar chips menores

Multinacional irá investir em ferramentas que permitam produzir componentes menores, mais eficientes e baratear custos na fabricação.

A Intel adquiriu participação na ASML, companhia de ferramentas para fabricação de semicondutores, e irá investir em pesquisa em desenvolvimento para melhorar suas tecnologias, ajudando a companhia a produzir chips menores e mais eficientes energeticamente, de acordo com anúncio feito pela multinacional norte-americana. 

A ASML, que fica na Holanda, é um dos maiores fornecedores de ferramentas utilizadas na produção de semicondutores, e possui parcerias não só com a Intel mas também com outras grandes empresas como Samsung, GlobalFoundries e TSMC. Inicialmente, gigante norte-americana irá investir 2,1 bilhões de dólares por cerca de 10% da ASML, e mais 1 bilhão de dólares que será incrementado para adquirir mais 5% da empresa – este último investimento, porém, depende dos votos dos acionistas. 

Também será investido cerca de 1 bilhão de dólares no setor de pesquisa e desenvolvimento da ASML. O investimento será feito primeiramente para avançar na utilização de placas de 450 milímetros e litografia EUV (ultravioleta extrema, em tradução livre), que auxiliará as companhias a reduzirem os custos na produção dos chips, diminuindo o tamanho dos componentes. 

A Intel já fabrica chips utilizando processos de 22 nanômetros, e a adição da litografia EUV possibilitará chips com geometrias ainda menores – o esperado é que, no ano que vem, o processo seja de 14 nanômetros, e que as ferramentas existentes possam ser suficientes para a produção desses semicondutores. 

Um porta-voz da Intel afirmou que a mudança para a EUV e placas de 450 milímetros (a empresa utiliza placas de 300 milímetros atualmente) irá reduzir os custos de produção de chips em até 40%, algo que tem sido esperado há muitos anos tanto pela Intel quanto por seus concorrentes. Entretanto, a multinacional não afirmou quando irá fazer esta mudança, que foi atrasada devido a problemas ao fornecer ferramentas que permitissem a fabricação de placas de 450 mm. 

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 30 de julho de 2012 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

Votação do Marco Civil é adiada por falta de quórum. Só em agosto

Sessão, agendada para as 14h30m, chegou a ser prorrogada até às 15h30. Previsão é de votação em agosto, por conta do recesso parlamentar

Como queria o governo, a Comissão Especial que analisa o Projeto de Lei do Marco Civil da Internet acaba de adiar, para agosto, a votação do substitutivo do relator, deputado Alessandro Molon (PT/RJ). Motivo: falta de quórum. Várias votações foram marcadas para o mesmo horário na Câmara, inclusive sessão extraordinária da Ordem do Dia do Plenário.

Líderes do governo e da oposição admitiram, há pouco, que o clima para votações na Casa continua ruim. Ontem, não houve votações e o Plenário enfrenta obstrução desde a semana passada. Hoje, também não.

“Nosso compromisso de entregar e divulgar o relatório do Marco Civil antes do recesso foi cumprido”, disse o deputado Alessandro Molon.

Novo texto
Hoje pela manhã Molon tornou público o novo texto do Marco Civil, já com as modificações sugeridas semana passada, através do portal e-Democracia, da Câmara, e outras sugeridas na manhã de ontem (10/7) pelo governo federal. O relatório preliminar ficou disponibilizado para consulta pública no site e-Democracia entre 4 e 6 de julho. Neste período, o relatório recebeu 109 contribuições e teve mais de 14 mil visualizações.

O novo texto reforça o princípio de neutralidade de rede e define que os critérios para as exceções previstas no tocante à degradação e à discriminação de tráfego na rede sejam definidos por decreto presidencial.

“O texto do Marco Civil, como está, assegura que a aplicação da neutralidade como regra geral seja imediata”, afirma Molon. “As mudanças feitas no relatório final reforçam a proteção do usuário, a neutralidade da rede e a liberdade de expressão”, completa.

A definição dos princípio de neutralidade de rede é um dos pontos mais polêmicos do Marco Civil, criticada pelas companhias de telecomunicações e também de radiodifusão. Outros pontos polêmicos são a remoção de conteúdo, com ou sem ordem judicial, e a guarda de logs de acesso a rede e a determinados sites e aplicações.

Remoção de conteúdos
Na versão final da proposta, Molon manteve a previsão do projeto original de não responsabilização do provedor de internet por danos decorrentes de conteúdo postado por terceiros. O provedor de conteúdo somente poderá ser responsabilizado civilmente em caso de descumprimento de ordem judicial específica de retirada de conteúdo considerado infrator.

A versão preliminar do substitutivo, divulgada na semana passada, trazia também a possibilidade de o provedor remover voluntariamente conteúdos que julgasse indevidos, de acordo com termos de uso ou por solicitação de terceiros. Porém, segundo o relator, esse texto não foi bem recebido por diversos atores relacionados à internet, inclusive entidades de proteção ao consumidor, que entenderam que a possibilidade de remoção voluntária de conteúdos pelos sites poderia trazer insegurança jurídica ao usuário. Por isso, ele retornou ao texto original do governo.

Neutralidade de rede
Outra mudança em relação ao relatório preliminar foi a inclusão de previsão de decreto presidencial para regulamentar as exceções à chamada neutralidade de rede. Esse princípio, contido no marco civil, estabelece que todo pacote de dados que trafega na internet deverá ser tratado de maneira equânime, sem discriminação quanto ao conteúdo, origem, destino, terminal ou aplicativo.

Porém, a proposta prevê situações específicas em que poderá haver discriminação ou degradação do tráfego. A primeira delas é a priorização a serviços de emergência. “Em caso de ataques de segurança, poderá haver tratamento diferenciado, de modo a propiciar uma fruição adequada aos usuários”, explica Molon.

Também poderá haver discriminação ou degradação do tráfego se esta decorrer de requisitos técnicos indispensáveis à fruição adequada dos serviços e aplicações. “Isso torna possível que spams não sejam direcionados para a caixa de entrada do usuário”, argumenta.

De acordo com o substitutivo final, essas duas hipóteses deverão ser regulamentadas por decreto, ouvido o Comitê Gestor da Internet do Brasil (CGI.br) – órgão que inclui representantes do governo, do setor empresarial, do terceiro setor e da comunidade científica e tecnológica.

Dados pessoais
O relator salienta que a principal alteração feita no projeto original foi a inclusão de medidas claras para proteger os dados pessoais do internauta. Essa inclusão foi feita no relatório preliminar e mantida no texto final. Conforme o substitutivo, o usuário tem o direito a informações claras e completas sobre os dados pessoais que serão guardados pelos sites e serviços, sobre a finalidade dessa guarda, a forma com que esses dados serão utilizados e as condições de sua eventual comunicação a terceiros.

Além disso, o internauta deverá ter o controle sobre suas informações, podendo solicitar a exclusão definitiva de seus dados dos registros dos sites ou serviços, caso entenda conveniente.

Mantendo o texto original, o substitutivo estabelece que o provedor de serviços terá a obrigação de guardar apenas os registros de conexão do usuário (data, hora e duração da conexão e endereço IP do terminal) e de acesso a aplicações (data e hora em que um determinado site ou serviço foi acessado) pelo prazo de um ano, em ambiente controlado e de segurança.

A autoridade policial ou administrativa poderá requerer cautelarmente a guarda desses dados por prazo superior ao previsto. O acesso a esses dados será fornecido pelo provedor apenas mediante ordem judicial.

De acordo com o substitutivo, o provedor somente poderá fornecer a terceiros os registros de conexão do usuário e os registros de acesso a aplicações de internet mediante “consentimento expresso e por iniciativa do usuário”.

Direitos do usuário
O substitutivo também garante ao usuário de internet o direito à inviolabilidade da intimidade e da vida privada, tal qual consta na Constituição brasileira, assegurado o direito à sua proteção e à indenização pelo dano material ou moral decorrente de sua violação.

Além disso, o texto garante ao internauta o direito à inviolabilidade e ao sigilo de suas comunicações pela internet, salvo por ordem judicial, para fins de investigação criminal ou instrução processual penal. Garante o direito ainda à manutenção da qualidade contratada da conexão à internet, a não suspensão da conexão à internet, salvo por débito decorrente de sua utilização, e a informações claras e completas nos contratos de prestação de serviços.

Clique aqui para ler o novo texto do Marco Civil que seria votado hoje.

Já para conhecer as críticas das operadoras ao artigo que trata da neutralidade de rede no Marco Civil, clique aqui (e, na página, no ícone azul ao lado do artigo)

E para conhecer as críticas dos radiodifusores ao mesmo artigo que trata da neutralidade de rede clique aqui.

(*) Com informações da Agência Câmara

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 30 de julho de 2012 em Tecnologia

 

Tags: , , , , , ,

Lady Gaga lança “Little Monsters”, sua própria rede social

Objetivo da rede é reunir fãs da cantora, que poderão compartilhar fotos, vídeos, desenhos e notícias sobre a artista, além de poderem conversar entre si

Lady Gaga acaba de lançar sua própria rede social. Com mais de 26 milhões de seguidores no Twitter e 52 milhões de fãs no Facebook, a cantora decidiu criar um espaço na internet. 

Antes em fase beta (era preciso receber um convite), o?? objetivo da chamada “Little Monsters” – forma carinhosa de Gaga chamar seus fãs – é permitir a integração entre os fãs da cantora, compartilhando fotos, vídeos, desenhos e notícias sobre a artista, além de poderem conversar entre si. Na página inicial, a mensagem é clara: “Welcome home, little monsters” (Bem-vindos ao lar, monstrinhos).

littlemonsters.png

Página inicial da rede dá as boas vindas aos fãs da artista, que podem se cadastrar rapidamente

O site foi lançado pela Backplane, empresa co-fundada por seu empresário, que também conta com ex-funcionários do Google e do Facebook. A plataforma da rede social é parecida com a do Tumblr, e logo após o cadastro é possível ver diversas fotos e montagens postadas pelos cadastrados, bem como o chat no lado direito da página, onde as mensagens são traduzidas automaticamente para a língua escolhida pelo usuário.

Na parte superior é possível visualizar as categorias, como “mídia”, “discussões”, “novidades” e “monstros”, assim como criar uma nova postagem ou verificar se você possui mensagens em sua caixa de entrada.

Para realizar o cadastro, basta acessar o site, informar seu e-mail e escolher uma senha, bem como preencher sua localização.  

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 30 de julho de 2012 em Tecnologia

 

Tags: , , ,

Google+ finalmente lança aplicativo para iPad

A Google anunciou hoje, 10/7, por meio de seu blog oficial, o lançamento do aguardado app de sua rede social Google+ para iPad. A versão para iPhone, que também ganhou novidades, já estava disponível na App Store desde julho do ano passado.

De acordo com a gigante de buscas, o novo app foi desenvolvido tendo o tablet da Apple em mente, o que inclui navegar pelo software também na orientação paisagem (horizontal). Entre os recursos de destaque estão a possibilidade de tocar e expandir posts diretamente na sua timeline para adicionar comentários ou usar dois dedos para arrastar uma postagem do seu stream para compartilhá-lo novamente de maneira fácil.

Além disso, os usuários poderão iniciar um Hangout (conversa em vídeo) a partir de seu iPad e realizar streaming do conteúdo para uma TV por meio do recurso AirPlay, da Apple.

O aplicativo para iPad do principal rival do Facebook na atualidade já está disponível para download na App Store, com suporte para português.

ipadgoogle+01.png

iPhone também ganha novidades

O aplicativo também ganhou novidades em sua versão para iPhone, como a possibilidade de criar e gerenciar Eventos diretamente pelo seu smartphone. Assim, os seus convites anteriores de eventos são salvos com todas as informações, incluindo fotos, além dos posts compartilhados pelos seus amigos.

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 30 de julho de 2012 em Tecnologia

 

Tags: , ,