RSS

Arquivo da tag: documento

Americana reclama e tem sobrenome gigante impresso em documento

Janice Keihanaikukauakahihuliheekahaunaele ficou revoltada por não ter o nome completo impresso em seus documentos (Foto: Chris Stewart/AP)Janice Keihanaikukauakahihulihe’ekahaunaele ficou
revoltada por não ter o nome completo impresso em
seus documentos (Foto: Chris Stewart/AP)

Após protestar, a americana Janice Keihanaikukauakahihulihe’ekahaunaele recebeu na segunda-feira (30) sua carteira de motorista no estado do Havaí com seu nome completo impresso.

O Departamento de Transportes do estado aumentou espaço para nomes em carteiras de motorista e identidade depois que Janice ficou revoltada por não ter o nome completo impresso em seus documentos.

O sobrenome de Janice, que mora na cidade de Kamuela, tem 35 letras, além de uma marca usada no alfabeto havaiano chamado de “okina”.

Inicialmente, ela não havia conseguido obter um documento com seu nome completo porque nem a habilitação ou mesmo a identidade tinham espaço suficiente para seu sobrenome.

A americana usa o sobrenome de seu ex-marido, que faleceu em 2008.

Janice, ao lado do marido falecido. Mulher não consegue portar documento que comporte nome completo (Foto: Janice “Lokelani” Keihanaikukauakahihuliheekahaunaele/AP)Janice, ao lado do marido falecido. Mulher não consegue portar documento que comporte nome completo (Foto: Janice “Lokelani” Keihanaikukauakahihulihe’ekahaunaele/AP)

View the original article here

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 3 de janeiro de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

NSA invade computadores de usuários do Tor, diz documento

Duas reportagens do jornal “The Guardian” publicadas na sexta-feira (4) apontam que a Agência Nacional de Segurança (NSA) dos Estados Unidos tem realizados repetidas tentativas para comprometer usuários da The Onion Router (Tor), uma rede criada pelo software de mesmo nome e que tem como objetivo deixar os internautas anônimos em sua navegação pela web. Apesar de ter tido sucesso em identificar alguns usuários, um slide da apresentação da NSA ainda diz que “Tor fede”.

As informações são baseadas em documentos compartilhados com o “The Guardian” por Edward Snowden, o ex-colaborador terceirizado da NSA que está em exílio na Rússia.

Os dados apontam que a NSA tem sim operado os chamados “nós de saída” da rede Tor, por onde passam as comunicações antes de se chegarem ao seu destino. O “nó de saída” pode ter acesso à totalidade dos dados transmitidos. Segundo os documentos, porém, o sucesso com essa técnica foi mínimo.

Em vez disso, a NSA utiliza um kit de ataque que usa o codinome de “FoxAcid” junto de outros sistemas de monitoramento de internet que automaticamente identificam conexões que tiveram origem na rede Tor. Essas conexões são redirecionadas para servidores com o FoxAcid, que é capaz de explorar vulnerabilidades no Tor Browser, o mais conhecido pacote para acesso à rede Tor.

Com isso, os computadores são comprometidos pela NSA, permitindo a identificação dos usuários.

O redirecionamento é possível graças ao uso de servidores especiais, chamados de “Quantum”, e que são instalados em provedores de internet parceiros da NSA. Graças a isso, o servidor falso é capaz de responder a uma solicitação antes do servidor legítimo, interferindo com a conexão da vítima da espionagem.

O ataque é desenvolvido por um grupo interno da NSA que usa a sigla de “TAO”. Os códigos são capazes de transmitir à NSA informações sobre a localização do computador, burlando o anonimato oferecido pela rede Tor. Em 2008, a operação na rede Tor estava obtendo tantos dados que necessitou de um sistema específico para gerenciá-los, segundo o documento.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 8 de outubro de 2013 em Brasil

 

Tags: , , ,

NSA invade computadores de usuários do Tor, diz documento

Duas reportagens do jornal “The Guardian” publicadas na sexta-feira (4) apontam que a Agência Nacional de Segurança (NSA) dos Estados Unidos tem realizados repetidas tentativas para comprometer usuários da The Onion Router (Tor), uma rede criada pelo software de mesmo nome e que tem como objetivo deixar os internautas anônimos em sua navegação pela web. Apesar de ter tido sucesso em identificar alguns usuários, um slide da apresentação da NSA ainda diz que “Tor fede”.

As informações são baseadas em documentos compartilhados com o “The Guardian” por Edward Snowden, o ex-colaborador terceirizado da NSA que está em exílio na Rússia.

Os dados apontam que a NSA tem sim operado os chamados “nós de saída” da rede Tor, por onde passam as comunicações antes de se chegarem ao seu destino. O “nó de saída” pode ter acesso à totalidade dos dados transmitidos. Segundo os documentos, porém, o sucesso com essa técnica foi mínimo.

Em vez disso, a NSA utiliza um kit de ataque que usa o codinome de “FoxAcid” junto de outros sistemas de monitoramento de internet que automaticamente identificam conexões que tiveram origem na rede Tor. Essas conexões são redirecionadas para servidores com o FoxAcid, que é capaz de explorar vulnerabilidades no Tor Browser, o mais conhecido pacote para acesso à rede Tor.

Com isso, os computadores são comprometidos pela NSA, permitindo a identificação dos usuários.

O redirecionamento é possível graças ao uso de servidores especiais, chamados de “Quantum”, e que são instalados em provedores de internet parceiros da NSA. Graças a isso, o servidor falso é capaz de responder a uma solicitação antes do servidor legítimo, interferindo com a conexão da vítima da espionagem.

O ataque é desenvolvido por um grupo interno da NSA que usa a sigla de “TAO”. Os códigos são capazes de transmitir à NSA informações sobre a localização do computador, burlando o anonimato oferecido pela rede Tor. Em 2008, a operação na rede Tor estava obtendo tantos dados que necessitou de um sistema específico para gerenciá-los, segundo o documento.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 8 de outubro de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , ,

Facebook entrega documento do IPO à SEC nos EUA

Conforme o esperado, o Facebook acaba de entregar à SEC (Securities and Exchange Commission) a documentação para dar início ao processo de abertura de capital. O IPO (oferta pública de ações) mais esperado da década, será de 5 bilhões de dólares em vez dos 10 bilhões de dólares divulgados nos últimos dias.

Na documentação da rede social abre todos os seus números. Segundo o resumo das informações financeiras, o Facebook teve faturamento de 3,7 bilhões de dólares em 2011 e lucro de 1 bilhão de dólares. A receita com publicidade já responde por 83% deste faturamento. Os outros 17% são atribuídos a outros pagamentos, variados.

Segundo o Facebook, a rede social tem hoje 845 milhões de usuários ativos por mês, 483 milhões por dia; 2,7 bilhões de “likes”(“curtir”) e comentários por dia, 250 milhões de uploads de fotos e 100 bilhões de conexões entre amigos.

Na carta de apresentação da empresa aos investidores, Mark Zukerberg disseque criou o Facebook não para ser uma comapnhia, mas para cumprir uma missão social: a de fazer o mundo mais aberto e conectado. Em determinado trecho, afirma: “Nós não construímos serviços para ganhar dinheiro. Ganhamos dinheiro para construir melhores serviços.

A carta está na página 69 do documento, disponível aqui.

Aguarde mais informações.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 29 de fevereiro de 2012 em Tecnologia

 

Tags: , ,

Facebook entrega documento do IPO à SEC nos EUA

Conforme o esperado, o Facebook acaba de entregar à SEC (Securities and Exchange Commission) a documentação para dar início ao processo de abertura de capital. O IPO (oferta pública de ações) mais esperado da década, será de 5 bilhões de dólares em vez dos 10 bilhões de dólares divulgados nos últimos dias.

Na documentação da rede social abre todos os seus números. Segundo o resumo das informações financeiras, o Facebook teve faturamento de 3,7 bilhões de dólares em 2011 e lucro de 1 bilhão de dólares. A receita com publicidade já responde por 83% deste faturamento. Os outros 17% são atribuídos a outros pagamentos, variados.

Segundo o Facebook, a rede social tem hoje 845 milhões de usuários ativos por mês, 483 milhões por dia; 2,7 bilhões de “likes”(“curtir”) e comentários por dia, 250 milhões de uploads de fotos e 100 bilhões de conexões entre amigos.

Na carta de apresentação da empresa aos investidores, Mark Zukerberg disseque criou o Facebook não para ser uma comapnhia, mas para cumprir uma missão social: a de fazer o mundo mais aberto e conectado. Em determinado trecho, afirma: “Nós não construímos serviços para ganhar dinheiro. Ganhamos dinheiro para construir melhores serviços.

A carta está na página 69 do documento, disponível aqui.

Aguarde mais informações.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 20 de fevereiro de 2012 em Tecnologia

 

Tags: , ,