RSS

Arquivo da tag: usurios

Dispositivos de usuários do iCloud são ‘sequestrados’ na Austrália

Usuários de serviços da Apple na Austrália relataram que certos produtos vinculados ao serviço iCloud foram “sequestrados” por um hacker, que pede US$ 100 (R$ 224) de resgate para liberar novamente o computador, celular ou tablet.

A Apple se pronunciou nesta quinta-feira (28) afirmando que não se trata de um problema no iCloud. Isso significa que os usuários que tiveram o problema teriam sido individualmente alvos de um ataque. A Apple recomenda que usuários afetados troquem a senha e que jamais seja usada no iCloud a mesma senha que é usada em outros serviços.

Em PCs com Windows, pragas digitais denominadas “ransomware” também realizam o bloqueio do computador e solicitam resgate. Em muitos casos, arquivos presentes no disco rígido são criptografados, o que impede qualquer medida alternativa para se ter os dados de volta – quem não tem backup, precisa pagar.

: Imagem do usuário Amberoonie publicada em fórum de suporte da Apple mostra aparelho bloqueado (Foto: Reprodução): Imagem do usuário Amberoonie publicada em fórum de suporte da Apple mostra aparelho bloqueado (Foto: Reprodução)

No caso do ataque contra usuários Apple, nenhum código malicioso foi utilizado. O hacker entrou na conta iCloud das vítimas e realizou um bloqueio remoto, recurso normalmente destinado para casos de roubo. Os dispositivos traziam a mensagem “Hacked by Oleg Pliss”.

Os primeiros relatos do problema começaram já no domingo. A maioria das vítimas está na Austrália, mas há relatos em menor número de usuários da Nova Zelândia, Canadá e Estados Unidos.

A Apple orientou que clientes procurem o serviço de suporte AppleCare ou uma loja da companhia caso precisem de ajuda.

View the original article here

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 31 de maio de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,

Bitly alerta usuários para troca de senhas após invasão de hackers

O serviço de redirecionamento de endereços Bit.ly informou nesta quinta-feira (8) que pode ter sofrido um ataque que resultou no vazamento de dados de usuários, incluindo endereços de e-mails, senhas criptografadas, chaves da API e do protocolo OAuth, que liga os perfis do Bit.ly a outros serviços, como o Twitter. A mensagem, publicada blog do serviço, é assinada pelo presidente-executivo, Mark Josephson.

Não há detalhes no texto sobre como o ataque teria ocorrido ou de que forma os dados teriam acessado esses dados. O Bit.ly assegura, no entanto, que o serviço foi protegido contra o ataque.

Como medida proativa, todas as chaves OAuth, que conectam o Bit.ly ao Twitter e ao Facebook, foram revogadas. Os usuários precisam reautorizar suas contas para continuar usando o serviço. “Embora os usuários possam ver que o Facebook e o Twitter estão conectados às suas contas do Bit.ly, não é possível publicar nessas contas até que usuários reconectem seus perfis do Facebook e Twitter”, explicou a postagem.

O serviço também recomenda que usuários troquem suas senhas.

O Bit.ly disse ainda que não há evidência de que qualquer conta tenha sido acessada sem autorização até o momento, apesar de os dados terem sido expostos.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 14 de maio de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , , ,

Justiça europeia diz que Google deve apagar dados pessoais de usuários

O Tribunal de Justiça da União Europeia (TJUE) considerou nesta terça-feira (13) que os usuários das ferramentas de busca, como o Google, podem exigir que suas informações pessoais, que são processadas e armazenadas pelos servidores, sejam apagadas.

O caso teve origem em uma ação apresentada por um cidadão espanhol que exigia que seus dados pessoais, associados a um leilão de imóveis vinculado a um embargo em 1998, e os links nos quais apareciam as informações, fossem suprimidos dos resultados de busca no Google.

O tribunal considerou na decisão que qualquer pessoa “tem o direito de ser esquecida” na internet sob certas condições, em particular quando os “dados são considerados inadequados, não pertinentes ou não mais pertinentes do ponto de vista dos fins par os quais foram tratados e do tempo transcorrido”.

O caso começou quando um espanhol apresentou uma denúncia em em 2010 à Agência Espanhola de Proteção de Dados (AEPD) contra o jornal “La Vanguardia” e o Google.

O demandante “solicitava ao jornal ‘La Vanguardia’ que eliminasse ou modificasse” duas páginas na internet da publicação nas quais anunciava o leilão de 1998 e ao Google “que eliminasse ou ocultasse seus dados pessoais”, explica o tribunal.

A AEPD não aceitou a denúncia contra o “La Vanguardia” por considerar que o jornal “publicou legalmente a informação”, mas considerou que o Google deveria adotar “as medidas necessárias para retirar os dados”.

Isto levou o Google a apresentar recursos à Audiência Nacional espanhola, que levou o caso ao TJUE. O tribunal europeu considerou nesta terça que a empresa que administra a ferramenta de busca “é responsável” pelo tratamento dos dados pessoais que coleta.

Com base na diretriz europeia sobre a proteção de dados pessoais, os usuários têm o direito, sob certas condições, de que as informações que os envolvem não apareçam mais vinculadas a seu nome em uma lista de resultados quando uma busca é feita com seu nome.

“Os links para sites que contêm esta informação devem ser suprimidos da lista de resultados, a menos que existam razões particulares – como o papel desempenhado por esta pessoa na vida pública – que justifiquem que prevaleça o interesse do público a ter acesso a esta informação ao efetuar a busca”, destacou o tribunal.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 14 de maio de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , , ,

Twitter libera função ‘mudo’ para ‘silenciar’ usuários inconvenientes

O Twitter lançou nesta segunda-feira (12) uma ferramenta para que os usuários possam “silenciar” as postagens de seguidores inconvenientes. Isso faz com as mensagens tuitadas por eles deixem de aparecer sem que haja a necessidade de bloqueá-los.

Os tuiteiros poderão colocar seguidores no “mudo” tanto via aplicativo, para Android e iOS, quanto na versão web do microblog.

“Da mesma forma que você pode ativar as notificações para que nunca perca um tuíte de seus usuários favoritos, você pode agora silenciar usuários a quem você gostaria de ouvir menos”, informou o Twitter.

Quando a função “mudo” é ativada para um usuário, não só as mensagens publicadas por eles deixam de aparecer na linha do tempo, mas também as postagens replicadas. Os SMS de notificação sobre a atividade da conta silenciada também deixam de ser enviados.

A ação é invisível para o usuário que teve as postagens bloqueadas. Por isso, ele continuará a receber as mensagens de quem o bloqueou.

A novidade começa a ser liberada nas próximas semanas. Para silenciar uma conta no Twitter, o usuário terá de clicar no ícone “mais”, presente nos tuítes, e acionar o comado “mudo”.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 14 de maio de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,

Bitly alerta usuários para troca de senhas após invasão de hackers

O serviço de redirecionamento de endereços Bit.ly informou nesta quinta-feira (8) que pode ter sofrido um ataque que resultou no vazamento de dados de usuários, incluindo endereços de e-mails, senhas criptografadas, chaves da API e do protocolo OAuth, que liga os perfis do Bit.ly a outros serviços, como o Twitter. A mensagem, publicada blog do serviço, é assinada pelo presidente-executivo, Mark Josephson.

Não há detalhes no texto sobre como o ataque teria ocorrido ou de que forma os dados teriam acessado esses dados. O Bit.ly assegura, no entanto, que o serviço foi protegido contra o ataque.

Como medida proativa, todas as chaves OAuth, que conectam o Bit.ly ao Twitter e ao Facebook, foram revogadas. Os usuários precisam reautorizar suas contas para continuar usando o serviço. “Embora os usuários possam ver que o Facebook e o Twitter estão conectados às suas contas do Bit.ly, não é possível publicar nessas contas até que usuários reconectem seus perfis do Facebook e Twitter”, explicou a postagem.

O serviço também recomenda que usuários troquem suas senhas.

O Bit.ly disse ainda que não há evidência de que qualquer conta tenha sido acessada sem autorização até o momento, apesar de os dados terem sido expostos.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 10 de maio de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , , ,

Brasil ganha 208,2 mil usuários de banda larga fixa em março

O Brasil encerrou março de 2014 com 22,79 milhões de assinantes de banda larga fixa, adição de 208,2 mil novos usuários na comparação com fevereiro deste ano, informou nesta quarta-feira (7) a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

A Telmex (Claro, Embratel e NET) permaneceu em primeiro lugar em fatia de mercado, com 6,82 milhões de clientes (29,94%), adição de 88,4 mil clientes na comparação com fevereiro.

A Oi ficou em segundo lugar, com 6,56 milhões de clientes (28,79%), adição de 6,3 mil novos clientes em relação ao mês anterior, informou a Anatel.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 10 de maio de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,

LinkedIn começa a filtrar conteúdo por idioma e localização de usuários

A rede social para contatos profissionais LinkedIn apresentou nesta terça-feira (6) um novo filtro que permite às empresas cadastradas no serviço definirem melhor qual será o público atingido pelas postagens delas. Agora, poderão crivar os usuários alvo por preferências de idioma e localização geográfica.

“Antes nós mostrávamos tudo o que a companhia estava falando mesmo quando não tinha ligação geográfica ou profissional”, disse o vice-presidente de produtos da empresa, David Thacker.

Além de lançar o filtro de conteúdo por idioma e localização geográfica, a plataforma estender essa crivagem para o feed de notícias dos usuários. Ou seja, os membros da rede social poderão escolher apenas receber notícias relacionadas ao local onde vivem ou ligadas à ocupação profissional deles.

Ajudar usuários a descartarem informação que pode não ser relevante é importante para a rede social, pois o site precisa que seus membros continuem acessando o site mesmo se não estiverem procurando emprego.

Quase 60% dos 300 milhões de usuários do LinkedIn estão localizados fora dos Estados Unidos. O site é disponibilizado em 22 diferentes idiomas incluindo polonês, coreano, tailandês e russo.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 6 de maio de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , , ,