RSS

Arquivo da tag: YouTube

Canal de Rihanna no YouTube é o 1º a passar de 5 bilhões de visualizações

Rihanna no clipe de 'What now' (Foto: Divulgação)Rihanna no clipe de ‘What now’ (Foto: Divulgação)

O canal da cantora Rihanna no YouTube (acesse aqui) foi o primeiro do popular site de vídeos na web a atingir 5 bilhões de visualizações, de acordo com o site “VidStatsX”, que cmonitora vidualizações de canais do serviço do Google.

O canal de música turco MuYap está na segunda colocação, o canal de conteúdo de games Machinima está na terceira posição e o cantor canadense Justin Bieber fecha a quarta posição. Os três estão com 4,9 bilhões de visualizações e desempatam por conta de alguns milhares de acessos. O canal brasileiro melhor colocado, o “Galinha Pintadinha”, está na 98ª colocação com 1,14 bilhão de acessos.

O site aponta que mais de 100 canais no YouTube já passaram do 1 bilhão de acessos.

Embora o canal de Rihanna tenha 83 vídeos contra 24 mil do Machinima, ela é mais popular por conta de seus vídeos musicais. Mas ela também publica outros conteúdos como um vídeo dela recebendo um prêmio, que é o mais recente em seu canal e que foi ublicado há seis meses. Mas os vídeos musicais são os mais acessados, com a música “Where have you been” sendo assistida mais de 250 mil vezes.

View the original article here

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 31 de maio de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

Yahoo lançará seu próprio portal de vídeo para concorrer com YouTube

O Yahoo divulgou nesta quarta-feira (28) que lançará seu próprio portal de reprodução de vídeos on-line ainda este ano, uma operação que busca conquistar usuários e conteúdos do YouTube, plataforma líder da internet no segmento.

O Yahoo está pronto para lança-lo no verão americano (entre julho e setembro), antecipou o site especializado “Ad Age”, e oferecerá melhores contratos e tarifas por anúncio aos grandes criadores de conteúdos, vários dos quais se queixaram publicamente diversas vezes de como é difícil ganhar dinheiro no YouTube.

Com este movimento o Yahoo quer conquistar criadores consolidados no YouTube para seu novo site.

O YouTube, maior portal de vídeo on-line do mundo, tem mais de 100 milhões de usuários ativos mensais no mundo todo.

A aposta por um portal próprio de vídeo que concorra com o YouTube faz parte da estratégia de relançamento do Yahoo! elaborada pela CEO, Marissa Mayer, que assumiu o cargo em julho de 2012.

Desde então o Yahoo adquiriu o Tumblr, mudou de logotipo, modificou a home, atualizou o e- mail e redesenhou o Flickr e seu aplicativo de previsão de tempo.

Com essas medidas, a audiência do Yahoo aumentou em 100 milhões de usuários (até 800 milhões de usuários) e em dispositivos móveis dobrou para os 400 milhões.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 31 de maio de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

Nova plataforma de vídeos Wonder PL pretente concorrer com Youtube

Novo site de vídeos quer concorrer com o YouTube (Foto: Divulgação/Wonder PL)Novo site de vídeos quer concorrer com o YouTube
(Foto: Divulgação/Wonder PL)

A Wonder PL, uma nova plataforma de vídeo lançada na quinta-feira (13), planeja fazer frente ao YouTube e ao Vimeo para capitalizar a crescente popularidade do vídeo online.

Apoiada pela Universal Music, Qualcomm Ventures, pelo ex-executivo da Apple Pascal Cagni e Andrew Creighton, presidente da Vice Media, a Wonder apresenta temas segmentados que vão de bem-estar a alimentação, direcionados à mulher.

A Wonder diferencia-se do Youtube por buscar criadores de conteúdo profissional para usar sua plataforma por uma taxa anual. O Youtube é de graça para qualquer um que quiser postar um video.

A presidente-executiva da companhia, Sofia Fenichell, afirmou que vai depender das receitas provenientes de assinaturas para eventualmente oferecer oportunidades para patrocinadores. As pessoas assistem videos no Wonder em ambiente livre de anúncios publicitários.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 19 de março de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

Premiê da Turquia ameaça proibir YouTube e Facebook no país

O primeiro-ministro turco, Recep Tayyip Erdogan, envolvido em um escândalo político-financeiro, ameaçou proibir YouTube e Facebook na Turquia após as eleições municipais de 30 de março, em entrevista difundida na noite desta quinta-feira (6).

“Tomaremos novas medidas neste terreno após 30 de março (…), incluindo uma proibição [de YouTube e Facebook]”, declarou Erdogan ao canal turco ATV.

Desde a denúncia judicial de dezembro passado contra dezenas de pessoas ligadas ao regime (incluindo empresários, funcionários e políticos) envolvendo corrupção, a oposição exige a demissão de Erdogan.

A Internet tem sido utilizada para divulgar conversas telefônicas envolvendo casos de corrupção ligados ao regime.

Erdogan afirmou na quarta-feira (5) que está disposto a abandonar a política caso seu partido perca as municipais de 30 de março.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 11 de março de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

Turquia rejeita tirar Facebook e YouTube do ar por gravações

O presidente da Turquia, Abdullah Gul, descartou nesta sexta-feira (7) qualquer suspensão ao Facebook e ao YouTube, depois que o primeiro-ministro Tayyip Erdogan ameaçou bani-los, numa tentativa de impedir adversários políticos de divulgarem anonimamente gravações que supostamente revelam casos de corrupção e outras irregularidades por parte do seu círculo íntimo.

Na gravação mais recente, divulgada na noite de quinta-feira (6) no YouTube, Erdogan é supostamente ouvido ao telefone gritando impropérios ao dono de um jornal por causa de uma reportagem e sugerindo que os jornalistas fossem demitidos, num material que deve acentuar as preocupações com a liberdade de imprensa e com o estilo autoritário de Erdogan.

O premiê, que nega qualquer denúncia de corrupção, acusa seu ex-aliado Fethullah Gullen, um pregador muçulmano turco radicado nos EUA, de “fabricar” as gravações de áudio. Gulen, que nega envolvimento, tem muitos seguidores na Turquia, especialmente dentro da polícia e do Judiciário.

O presidente Gul, co-fundador do partido governista de raízes islâmicas AK, de Erdogan, disse que a liberdade de expressão é um valor importante sustentada por reformas do próprio governo.

“Fechar (os sites de mídia social) está fora de questão”, disse Gul, quando questionado sobre a ameaça de Erdogan, acrescentando que, de acordo com uma lei recente, autoridades poderiam bloquear o acesso a material nos sites, se a privacidade de uma pessoa for violada.

“Estamos sempre orgulhosos das reformas que fizemos em relação à ampliação das liberdades”, completou.

Em entrevista à emissora local ATV, transmitida na noite de quinta-feira, Erdogan havia levantado a opção de banir Facebook e YouTube depois das eleições locais de 30 de março.

“Estamos determinados a respeito desse assunto. Não deixaremos esta nação à mercê do YouTube e do Facebook…Vamos tomar as medidas necessárias da forma mais forte”, disse ele.

Sobre a possibilidade de tais medidas incluírem a retirada dos sites do ar, ele disse: “Incluem, porque essas pessoas ou instituições encorajam todo tipo de imoralidade e espionagem para seus próprios fins.”

Não houve reação imediata por parte do Facebook e do YouTube.

A Turquia proibiu o YouTube por mais de dois anos, até 2010, depois que usuários postaram vídeos que o governo considerou insultantes ao fundador da República, Mustafa Kemal Ataturk.

Recentemente, o governo reforçou o controle da Internet, alegando a necessidade de defender a privacidade dos usuários. Críticos de Erdogan dizem que a nova lei foi mais uma tentativa de abafar as denúncias de corrupção que invadem as redes sociais e os sites de compartilhamento de vídeos.

Erdogan diz que essas denúncias são parte de uma campanha para desacreditá-lo e desestabilizar seu governo. Segundo ele, fragmentos de conversas reais foram usados em uma “montagem”. A Reuters não foi capaz de confirmar a autenticidade das gravações.

View the original article here

 
1 comentário

Publicado por em 10 de março de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

Bate-papo ao vivo no YouTube com o @Efarsas e o @Ceticismo!

No dia 09 de fevereiro de 2014, Gilmar Lopes conversa ao vivo com o curador do Ceticismo.net através do Hangout no YouTube! Não perca!

No domingo (09/02/2014), às 10hs da manhã, o pesquisador do E-farsas bate um papo ao vivo com o curador do blog Ceticismo.net – o professor André!

André é químico e atualmente resolveu se autopunir trabalhando como professor e mantém um site de divulgação científica, o Ceticismo.net. Atualmente, o Ceticismo é um dos principais sites da área, com postagens que sim, você irá querer ler, pois você quer saber.

hangout

O Ceticismo.net trata com muito bom humor assuntos relacionados a ceticismo (claro), pensamento crítico, análise textual bíblica e dando úlceras em pessoas pela Internet afora, desde 2006.

Vamos conversar um pouco sobre o que é ciência e o que a difere da pseudociência, além de tentar entender a razão de tantos charlatões fazerem sucesso prometendo curas milagrosas com produtos que não funcionam.

Conheça um pouco do método científico e descubra como fazer para verificar se o que você lê na internet é verdade!

O Hangout será transmitido ao vivo, no dia 09 de fevereiro de 2014, a partir das 10hs da manhã no nosso canal do YouTube.

Você pode também participar, enviando suas perguntas nos comentários.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Fonte E-farsas

 
Deixe um comentário

Publicado por em 10 de fevereiro de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , ,

Google buscará por fraudes em visualizações em vídeos do YouTube

O Google começará a partir desta terça-feira (4) a fazer uma varredura no número de visualizações dos vídeos hospedados no YouTube. O objetivo é combater fraudes nesses dados feitos por publicadores para inflar artificialmente a audiência de vídeos.

“Começando hoje, nós iremos periodicamente validar as visualizações de vídeos de uma conta, removendo as visualizações fraudulentas assim que as novas audiências vierem à tona”, comunicou o Google por meio de seu blog corporativo.

Segundo o comunicado, a maior preocupação do Google é com relação a empresas de marketing que trabalham para promover vídeo no YouTube. “Infelizmente, algumas das visualizações que eles irão vender são falsas”, escreve o Google.

Nesta segunda-feira (3), o canal Galinha Pintadinha foi o primeiro a atingir no Brasil a marca de um bilhão de visualizações, em uma corrida rumo à marca disputada com outros canais de sucesso, como o Porta dos Fundos.

O Google não informa quantos podem ser afetados pelo pente-fino nas visualizações do YouTube, mas minimiza a ação afirmando que isso não terá grandes dimensões.

“Nós não esperamos que essa abordagem irá afetar mais do que uma minúscula fração dos vídeos no YouTube”, afirmou.

“Nós acreditamos que é crucial melhorar a assertividade das visualizações das contas e manter a verdade dos nossos fãs e criadores”, escreveu.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 5 de fevereiro de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,