RSS

Arquivo da tag: Yahoo

Yahoo lançará seu próprio portal de vídeo para concorrer com YouTube

O Yahoo divulgou nesta quarta-feira (28) que lançará seu próprio portal de reprodução de vídeos on-line ainda este ano, uma operação que busca conquistar usuários e conteúdos do YouTube, plataforma líder da internet no segmento.

O Yahoo está pronto para lança-lo no verão americano (entre julho e setembro), antecipou o site especializado “Ad Age”, e oferecerá melhores contratos e tarifas por anúncio aos grandes criadores de conteúdos, vários dos quais se queixaram publicamente diversas vezes de como é difícil ganhar dinheiro no YouTube.

Com este movimento o Yahoo quer conquistar criadores consolidados no YouTube para seu novo site.

O YouTube, maior portal de vídeo on-line do mundo, tem mais de 100 milhões de usuários ativos mensais no mundo todo.

A aposta por um portal próprio de vídeo que concorra com o YouTube faz parte da estratégia de relançamento do Yahoo! elaborada pela CEO, Marissa Mayer, que assumiu o cargo em julho de 2012.

Desde então o Yahoo adquiriu o Tumblr, mudou de logotipo, modificou a home, atualizou o e- mail e redesenhou o Flickr e seu aplicativo de previsão de tempo.

Com essas medidas, a audiência do Yahoo aumentou em 100 milhões de usuários (até 800 milhões de usuários) e em dispositivos móveis dobrou para os 400 milhões.

View the original article here

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 31 de maio de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

Agência britânica coletou imagens de chats do Yahoo!, diz jornal

A agência britânica de espionagem GCHQ interceptou milhões de conversas com webcam e armazenou imagens delas, incluindo algumas de sexo explícito, informou o jornal ‘The Guardian’ nesta quinta-feira (27).

Os arquivos da GCHQ, de 2008 a 2010, entregues ao jornal pelo ex-prestador de serviços da Agência de Segurança Nacional dos Estados Unidos (NSA, na sigla em inglês) Edward Snowden, revelam que o programa de vigilância, de codinome Optic Nerve (nervo óptico), salvava aleatoriamente uma imagem a cada cinco minutos dos chats com webcam do Yahoo e as armazenava em bases de dados da agência.

O Optic Nerve, que começou como um protótipo em 2008 e ainda estava ativo em 2012, tinha sido criado para testar o reconhecimento facial automático, monitorar alvos da GCHQ e revelar novos alvos, disse o Guardian.

Pela lei britânica, não há restrições que impeçam que imagens de cidadãos dos EUA sejam acessadas pela inteligência britânica, acrescentou o jornal.

Somente num período de seis meses em 2008, a GCHQ recolheu imagens de conversas com webcam de mais de 1,8 milhão de usuários em todo o mundo.

“É uma política de longa data não fazer comentários sobre assuntos de inteligência”, disse um porta-voz da GCHQ nesta quinta-feira.

Em outro indício do amplo compartilhamento de informações entre agências de espionagem dos EUA e da Grã-Bretanha, o que causou indignação entre a população e os políticos dos dois lados do Atlântico, informações de webcam foram incorporadas às ferramentas de busca da NSA e todos os documentos estavam disponíveis para seus analistas, afirmou o jornal.

Não ficou claro, porém, se a NSA teve acesso à base de dados de imagens de webcam do Yahoo, acrescentou. O Yahoo declarou não ter conhecimento das interceptações.

Snowden, agora vivendo na Rússia, depois de fugir dos EUA, se tornou manchete mundial em meados do ano passado ao dar detalhes dos programas de vigilância da NSA para o The Guardian e The Washington Post.

Durante décadas, a NSA e a GCHQ atuaram em parceria, compartilhando informações por meio de um esquema conhecido como acordo UKUSA. Elas também colaboraram com agências de escuta do Canadá, Austrália e Nova Zelândia sob outro arranjo, chamado de aliança dos “Cinco Olhos”.

Segundo o The Guardian, no programa Optic Nerve a GCHQ tentou limitar o acesso de sua equipe a imagens de webcam, mas eles ainda assim podiam ver imagens usando códigos de acesso semelhantes aos próprios para alvos de inteligência.

A GCHQ também adotou restrições na coleta de imagens de sexo explícito, mas seu software nem sempre era capaz de distingui-las de outras imagens.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 7 de março de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , , ,

Yahoo irá interromper acesso aos seus serviços via Google e Facebook

22/01 - Ceo do Yahoo, Marissa Mayer participa da abertura do Fórum Econômico Mundial (Foto: AFP)A CEO do Yahoo, Marissa Mayer participa da
abertura do Fórum Econômico Mundial (Foto: AFP)

O Yahoo não vai mais deixar que usuários acessem seus diversos serviços online, incluindo o site de compartilhamento de fotos Flickr, mediante o login com suas credenciais do Facebook ou Google.

A mudança, que será gradualmente implementada de acordo com uma porta-voz do Yahoo, vai exigir que eles tenham uma conta do Yahoo para que utilizem qualquer um dos serviços do portal de Internet.

O movimento marca a mais recente mudança do Yahoo sob o comando da presidente-executiva Marissa Mayer, que está se esforçando para despertar o interesse por novos produtos da empresa e para reviver sua estagnada receita.

“O Yahoo está trabalhando continuamente para melhorar a experiência do usuário”, disse a empresa em um comunicado, ressaltando que o novo processo “vai permitir a oferta da melhor experiência personalizada para todos”.

Ao eliminar as possibilidades de acesso com os perfis do Facebook e Google, Mayer, uma ex-executiva do Google, reverte uma estratégia que o Yahoo adotou em 2010 e 2011, sob a gestão da então CEO Carol Bartz.

A mudança para login no site Tourney Pick’Em, serviço focado em um torneio de basquete universitário e primeiro a requisitar o novo processo, começou na segunda-feira, afirmou a porta-voz do Yahoo, observando que os usuários ainda poderão acessar outros serviços através de seus perfis no Google ou Facebook.

Os botões de login via Facebook e Google acabarão sendo removidos de todos os serviços do Yahoo, acrescentou a porta-voz, sem fornecer um cronograma.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 7 de março de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

Serviço de e-mails do Yahoo sofre ataque de hacker

O Yahoo anunciou na quinta-feira (30) ter identificado “um esforço coordenado para acessar de maneira não autorizada” contas do seu servuço de e-mails, o Yahoo Mail.

A lista dos nomes de usuários e de suas senhas de acesso para esse ataque foram obtidas, provavelmente, por intermédio de um terceiro, acrescentou o grupo em sua página, ressaltando que “não tinha provas de que tenham sido obtidas diretamente” em seus próprios sistemas.

O Yahoo garantiu ter tomado medidas imediatas para proteger os usuários, além de pedir que troquem suas senhas de acesso nas contas afetadas.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 3 de fevereiro de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

Número dois do Yahoo, Henrique de Castro deixa empresa

O chefe de operações do Yahoo, Henrique de Castro, deixou a companhia de internet nesta quinta-feira (16), segundo notificou a empresa em um relatório entregue à Comissão da Bolsa de Valores na quarta (15).

De origem portuguesa, Castro foi contratado para ser o número dois de Marissa Mayer, presidente e diretora executiva do Yahoo, e era encarregado de alavancar o negócio publicitário da companhia. Porém, segundo os analistas, a relação entre ambos se deteriorou nos últimos meses.

Seu adeus não foi uma surpresa no Yahoo, onde, segundo Kara Swisher, do site especializado “Re/code”, ele já era chamado de “cadáver andante”. Swisher descreveu as lutas de poder existentes entre Castro e os chefes de vendas e marketing da empresa e assegurou que era visível a tensão entre o português e Marissa Mayer.

Contra a continuidade de Castro também contribuiu sua incapacidade para dinamizar a gestão comercial do Yahoo, onde chegou com Mayer em 2012 para tentar reverter uma situação de profunda crise na qual ainda está imersa a companhia, que já foi líder na internet.

O executivo, da mesma forma que Mayer, estava no Google antes de se incorporar ao Yahoo, onde recebia um salário anual de US$ 600 mil que podia dobrar com os bônus de final de ano.

Segundo a documentação publicada pela Comissão da Bolsa de Valores, Castro “deixará a companhia de forma efetiva em 16 de janeiro” com as indenizações pactuadas em seu contrato.

O Yahoo deve anunciar seus resultados trimestrais no próximo 28 de janeiro e tudo indica que os números não serão bons.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 16 de janeiro de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

Executiva do Yahoo é a mais poderosa com menos de 40 anos

A presidente do Yahoo, Marissa Meyer, de 38 anos, é a primeira da listas dos mais poderosos com menos de 40 anos, segundo ranking da revista Forbes.

Marissa Mayer, ex-executiva do Google, assumiu como presidente-executiva do Yahoo em julho (Foto: Noah Berger/Arquivo/Reuters)Marissa Mayer, ex-executiva do Google, assumiu
como presidente do Yahoo em 2012
(Foto: Noah Berger/Arquivo/Reuters)

Mark Zuckerberg, do Facebook, é o terceiro da lista, com 29 anos. Depois de 14 meses ele conseguiu que as ações da empresa voltassem ao valor da oferta inicial, de US$ 38, e parece que a estratégia móvel da empresa está funcionando.

Em segundo lugar está Jack Dorsey, co-fundador e presidente do Square, o sistema móvel pagamento que processa US$ 15 bilhões por ano.

Marrisa está no carga do Yahoo desde o ano passado, onde começou depois de mais de 10 anos de Google. Ela substituiu os principais executivos da empresa, fez uma série de aquisições (22 até agora, trata incluindo Tumblr, por US$ 1,1 bilhão) e reformulou a cultura, as normas de RH e o logotipo do Yahoo, em um esforço para tornar a empresa inovadora novamente.

O crescimento da receita é o seu desafio, mas as ações subiram 86% desde que ela entrou.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 22 de setembro de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , ,

Órgãos de governo do Brasil pediram ao Yahoo! dados de 385 contas

Entidades governamentais brasileiras pediram informações de 385 contas do Yahoo! no primeiro semestre de 2013, segundo o primeiro relatório de transparência da historia da companhia divulgado nesta sexta-feira (6).

À exemplo do que fez o Facebook recentemente, o Yahoo divulga pela primeira vez um relatório com os pedidos feitos por governos de informações e dados de usuários de serviços on-line. Google e Microsoft já emitem seus relatórios há mais tempo.

Os órgãos governamentais brasileiros requisitaram ao Facebook informações sobre mais contas, 857. Também foram feitos mais pedidos, 705. Já o Yahoo! recebeu 308 pedidos. Ao todo, a companhia recebeu 29,4 mil requisições de 17 governos, o que representa 62,7 mil contas.

Segundo o Yahoo, os pedidos são compulsórios e geralmente partem de alguma investigação judicial. “Processos legais compulsórios às entidades do Yahoo partidas de agências governamentais buscando informação sobre contas do Yahoo e/ou as atividades dos usuários do Yahoo dentro dos produtos do Yahoo. As requisições de informação pelo governo refletidas nesse relatório são geralmente feitas em conexão com investigações criminais”, explica a empresa no relatório.

De acordo com o Yahoo!, os pedidos compreendem “informações que os usuários criaram, comunicaram ou armazenaram” em algum dos serviços da empresa.

“Isso pode incluir palavras em uma comunicação (por exemplo: no e-mail ou no Messenger), fotos do Flickr, arquivos, inclusões no Yahoo Address Book, detalhes de eventos no Yahoo Calendar, além de registros no Yahoo Notepad ou comentários ou postagens no Yahoo Answers ou qualquer outra propriedade do Yahoo”, escreve o Yahoo!.

Segundo a companhia, 18% dos conteúdos requeridos foram disponibilizados. Os Estados Unidos são o país que mais fizeram pedidos, 12,4 mil, o que chegou a 40,3 mil contas. Os governos de Reino Unido, Taiwan, Itália, Índia, Alemanha e França são os que mais fizeram requisições.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 8 de setembro de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,