RSS

Arquivo da tag: voador

China apresenta carro voador na Feira de Automóveis de Pequim!

Share Button

Será verdade que a Volkswagen teria apresentado um carro voador na última Feira do Automóvel ocorrida em Pequim? O vídeo que mostra o veículo voando é real?

A grande revolução no mundo automobilístico apareceu em um vídeo em junho de 2012, mas parece que só agora, no dia 06 de março de 2014, é que ele foi visto pelo pessoal do History Channel. Nele podemos ver o que parece ser um veículo que usa a levitação para trafegar pelas estradas!

Além disso, o site do History Channel explica que o carro é confeccionado em fibra de carbono, possui apenas uma marcha e vários sensores anticolisão.

Carro voador já seria uma realidade na China! Verdadeiro ou falso? (foto: Reprodução/YouTube) Carro voador já seria uma realidade na China! Verdadeiro ou falso? (foto: Reprodução/YouTube)

O protótipo teria sido apresentado na última Feira do Automóvel que ocorreu em Pequim, na China, segundo informou o site History Channel.

No vídeo, um apresentador mostra o novo veículo a um casal, que fica maravilhado ao dar uma volta no carro voador. Podemos notar o espanto e admiração dos pedestres pelo lindo aparelho futurista!

Mas será que isso é real?

Assista ao vídeo abaixo e descubra conosco se isso é verdadeiro ou falso:

Como já mostramos em outras ocasiões aqui no E-farsas, não podemos levar a sério as notícias veiculadas pelo History Channel!  Apesar do nome, a produção do canal mostra que o forte deles é entretenimento…

Perceba que na matéria publicada no site do History no dia 06 de março de 2014, os “repórteres” nem se preocuparam em explicar em qual data o tal veículo teria sido criado, apenas dizem que o carro foi exibido na última feira do automóvel de Pequim. Quem lê a matéria reesquentada e não datada tem a impressão que o fato teria ocorrido esse ano, mas o vídeo circula por aí desde o meio de 2012.

Além disso, a notícia do History afirma que o carro flutua no ar e que desliza por trilhos magnéticos. Como não vemos nenhum trilho no vídeo, não dá pra entender bem esse trecho…

Ah! note que o vídeo mostrado na matéria tem o símbolo da BBC, que dá mais um ar de credibilidade ao que se quer transmitir. Um carro voador passeando pela cidade!

Infelizmente, da mesma forma que mostramos a farsa em um artigo sobre o skate que supostamente flutuava, esse carro também não existe! Tudo não passou apenas de um conceito!

Em 2011, a Volkswagen – fábrica de veículos alemã – criou um concurso para eleger um projeto para um novo carro na China. Os internautas chineses apresentaram quase 120 mil ideias para novo veículo e desses, apenas 3 finalistas foram escolhidos. Desses, o conceito de carro voador – criado pela estudante Wang Jia – foi o vencedor.

Nos esboços iniciais que Wang havia enviado para concorrer ao concurso ela havia imaginado que seu carro poderia flutuar sobre trilhos, mas os engenheiros da Volks acharam que essa ideia seria muito custosa de ser implementada. Então, imaginaram se, num futuro, um carro poderia ter imãs poderosos que fariam o veículo flutuar ao se repelirem do ferro (que estaria misturado ao asfalto).

Um conceito apenas… Mas grandes ideias surgem assim, não é?

Aqui, um vídeo mais completo da propaganda:

Um protótipo do carro existe mesmo e foi exibido em uma feira de automóveis na China. No entanto, ele não voa e não possui toda essa tecnologia mostrada no vídeo. Apenas a carcaça em forma de roda está em exposição. Os movimentos do veículo no vídeo foram todos gerados por computador!

Na segunda parte do vídeo, podemos ver o dia da premiação de Wang Jia (22 de abril de 2012), no Urban Planning Museum (em Xangai). A moça ficou muito emocionada ao ver seu conceito ganhando vida com a ajuda da computação gráfica e de muitos efeitos especiais. O casal que aparece no vídeo experimentando o carro são os pais de Wang:

O carro voador não existe. É apenas um conceito! Um protótipo feito em fibra de vidro pode ser visto numa feira de veículos na China em 2012, mas ele não tem nem motor. O voo mostrado no vídeo é apenas uma simulação feita em computador!

Share Button Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Fonte E-farsas

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 11 de março de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , , ,

Vídeo de skate voador do filme ‘De volta para o futuro 2’ vira hit na web

Em vídeo postado no YouTube, o skatista Tony Hawk flutua no skate voador HUVr. (Foto: Reprodução/Youtube.com)Em vídeo postado no YouTube, o skatista Tony Hawk flutua no skate voador HUVr. (Foto: Reprodução/Youtube.com)

A promessa de andar em um skate flutuante, como o do filme “De volta para o futuro 2”, tem animado internautas. A responsável pela novidade é a empresa norte-americana HUVr Tech, que faz mistério sobre o funcionamento do skate, mas promove o produto com o slogan “o futuro chegou”. Apesar disso, a própria companhia alimenta os céticos, que dizem que o tal skate voador não passa de uma campanha promocional.

O vídeo publicado no YouTube nesta segunda-feira (3) em que a empresa demonstra o HUVr se tornou viral na internet e havia sido visto 3,1 milhões de vezes até a publicação deste texto. Nele, o ator Christopher Lloyd, o Doutor Emmet Brown dos filmes “De volta para o futuro”, surge dizendo que o futuro finalmente chegou (Veja o vídeo aqui). A companhia diz que as pré-vendas começam dentro de um mês.

Skatista testa o skate voador HUVr, da HUVr Tech. (Foto: Divulgação/HUVr Tech)Skatista testa o skate voador HUVr, da HUVr Tech.
(Foto: Divulgação/HUVr Tech)

O vídeo conta ainda com o skatista Tony Hawk que, entre uma manobra e outra no ar, avaliza a prancha voadora. “Flutuar desta forma é como andar de skate em sua forma mais pura, porque não há nenhum atrito, permite que você se concentre na essência, apenas o movimento”, diz.

Além dele, surgem na tela testando o skate voador o jogador de futebol americano Terrell Owens, o músico Moby e a atriz Agnes Bruckner. De acordo com a companhia, o skate funciona junto com um aplicativo, que, quando acionado no smartphone, faz a prancha flutuar. Para movimentá-lo, basta remar com os pés como em um skate com rodas.

Gravidade
“No HUVr há mais tecnologia do que nos satélites que a gente mandou ao espaço em 2007”, diz um dos criadores do projeto no vídeo postado no YouTube.

O tom grandiloquente para descrever o HUVr é mantido pela empresa em seu site. A companhia chega a afirmar que o que era apenas um projeto de verão de alunos do curso de física do Instituto de Tecnologia de Massachussetts (MIT) se transformou no produto mais entusiasmante para ser desenvolvido fora da entidade de ensino desde que Yet-Ming Chiang criou a bateria de íons de lítio, em 2001.

Segundo a empresa, os especialistas responsáveis pelo HUVr desvendaram um dos mistérios da ciência: a chave para reverter a gravidade.

Na sessão de Termos e Condições, a empresa alimenta o burburinho em torno do skate voador e, ao mesmo tempo, coloca a veracidade da história em xeque. Se por um lado, a empresa informa que os usuários do skate devem ter pelo menos 16 anos e altura entre 1,25 metro e 1,95 metro.

Por outro lado, a companhia não se afasta qualquer comprometimento em levar o skate voador para o mercado. “A inclusão de qualquer produto ou serviço nesse site não garante que esses produtos ou serviços serão disponibilizados em qualquer momento.” Isso ao mesmo tempo que posiciona no alto de seu site um marcador –similar ao do carro que conduz o Dr. Brown e Marty McFly para o futuro– indicando o mês de dezembro de 2014, quando, segundo a companhia, começam as vendas.

Ainda na sessão Termos e Condições, a companhia afasta qualquer responsabilidade pelas informações de que há, de fato, um skate voador. “A HUVr não garante a precisão ou a plenitude da informação, material ou serviços fornecidos neste ou por meio deste site.”

Sites como o “TechCrunch” e o “Engadget” afirmam que o vídeo e o site, na verdade, são uma campanha para um novo jogo da franquia “Tony Hawk”.

Em vídeo publicado no YouTube, skatista demonstra como funciona o skate voador HUVr. (Foto: Reprodução/YouTube.com)Em vídeo publicado no YouTube, skatista demonstra como funciona o skate voador HUVr. (Foto: Reprodução/YouTube.com

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 7 de março de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,

Aventureiro é achado morto após salto de paraquedas em ‘traje voador’

Paraquedista foi encontrado morto na China após saltar de um vale na terça-feira (8) (Foto: China OUT/ AFP)Foto mostra o último salto de Victor Kovats, na terça-feira (8). O corpo dele foi encontrado nesta quarta (9) (Foto: AFP)

O aventureiro húngaro Victor Kovats foi encontrado morto nesta quarta-feira (9) após um salto de paraquedas na China, na véspera. Uma foto mostra o último salto feito por Kovats, que usava um “traje planador” (wingsuit) que permite planar durante o salto de alta performance.

De acordo com a imprensa local, Kovats estava em um vale do Parque Nacional da Montanha de Tianmen em Zhangjiajie, na província de Hunan na terça-feira (8). Ao saltar, seu paraquedas apresentou problemas e não conseguiu abrir.

Kovats ficou desaparecido após o salto e foi encontrado nesta quarta por equipes de resgate no vale. Os registros indicam que ele tenha morrido devido a um ferimento na cabeça após colidir com um paredão, depois do salto a 700 metros de altitude.

O salto era apenas um treino para Kovats, que se preparava para competir no 2º Campeonato Mundial de Wingsuit. A prova está marcada para ocorrer neste fim de semana, no próprio parque onde o húngaro morreu.

Victor Kovats (à esquerda) foi encontrado morto após saltar de paraquedas na China (Foto: China OUT/ AFP)Victor Kovats (à esquerda) foi encontrado morto após saltar de paraquedas na China (Foto: AFP)Equipe de resgate carrega o corpo de Victor Kovats, encontrado no parque chinês um dia após o salto de paraquedas (Foto: AP)Equipe de resgate carrega o corpo de Victor Kovats, encontrado no parque chinês um dia após o salto de paraquedas (Foto: AP)

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 10 de outubro de 2013 em Brasil

 

Tags: , , , , , ,

Nova espécie de esquilo voador é descoberta em feira no Laos

Pele do esquilo-voador 'Biswamoyopterus laoensis', identificado por cientistas (Foto: Divulgação/Zootaxa/Daosavanh Sanamxay)Pele do esquilo voador recém-identificado por cientistas (Foto: Divulgação/Zootaxa/Daosavanh Sanamxay)

Uma nova espécie de esquilo voador foi descoberta por cientistas de uma forma incomum: eles analisaram o corpo de um espécime obtido em uma feira de alimentos em uma província do Laos, na Ásia, situada em um ponto distante da capital do país.

Imagem lateral da cabeça do esquilo voador (Foto: Divulgação/Zootaxa/Daosavanh Sanamxay)Imagem lateral da cabeça do esquilo voador
(Foto: Divulgação/Zootaxa/Daosavanh Sanamxay)

A descrição foi publicada no site da revista científica “Zootaxa”, no último mês. O animal recebeu o nome de Biswamoyopterus laoensis.

O esquilo foi identificado após o cientista Daosavanh Sanamxay, da Universidade Nacional do Laos, o adquirir junto com seus colegas em uma feira – trata-se do corpo de uma fêmea adulta, que estava sem o crânio quando foi comprada, em 2012, afima o texto da pesquisa.

Os pesquisadores se depararam com a nova espécie após um levantamento em várias feiras de regiões do Laos. Eles encontraram esquilos de diferentes tipos, e entre eles o espécime recém-identificado.

A região onde o animal foi encontrado abriga espécies raras de roedores, dizem os cientistas – além da Universidade Nacional do Laos, participaram pesquisadores da Universidade Princípe de Songkla.

Grande esquilo
Trata-se de um grande esquilo voador, com quase 2 kg de peso e cerca de um metro de comprimento, indo da cabeça até a ponta da cauda, segundo dados levantados pelos pesquisadores.

A cauda tem formato cilíndrico e é negra, com exceção de pequenos tufos de pelos cinzentos próximos à conexão com o corpo.

Os pelos do dorso variam do preto ao marrom-avermelhado, às vezes pontuados por pelagem cinza, afirma o estudo. Já a cor do ventre é uma mistura de pelos alaranjados (variando entre tons claros e escuros) com cinzentos em alguns pontos.

Não se sabe exatamente qual o habitat da espécie, mas a estimativa é que sejam florestas situadas entre 5 km e 25 km da vila Thongnami, onde foi encontrado o corpo do animal. O problema da caça atinge regiões ao redor do vilarejo, o que pode estar colocando em risco animais comuns na área.

“Atualmente, as maiores ameaças à vida selvagem no Laos são a destruição dos habitats naturais e a caçada. Os esquilos são mais seriamente ameaçados pela caça, já que eles são os mamíferos geralmente mais vendidos em feiras locais” para consumo como uma iguaria específica de carne, dizem os cientistas na pesquisa.

“Há uma séria preocupação com a conservação da espécie [descoberta]”, concluem.

Corpos de esquilos voadores comprados por pesquisadores em feiras no Laos (Foto: Divulgação/Daosavanh Sanamxay)Corpo de esquilo voador adquirido por pesquisadores no Laos (Foto: Divulgação/Daosavanh Sanamxay)

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 6 de setembro de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,

Nova espécie de esquilo voador é descoberta em feira no Laos

Pele do esquilo-voador 'Biswamoyopterus laoensis', identificado por cientistas (Foto: Divulgação/Zootaxa/Daosavanh Sanamxay)Pele do esquilo voador recém-identificado por cientistas (Foto: Divulgação/Zootaxa/Daosavanh Sanamxay)

Uma nova espécie de esquilo voador foi descoberta por cientistas de uma forma incomum: eles analisaram o corpo de um espécime obtido em uma feira de alimentos em uma província do Laos, na Ásia, situada em um ponto distante da capital do país.

Imagem lateral da cabeça do esquilo voador (Foto: Divulgação/Zootaxa/Daosavanh Sanamxay)Imagem lateral da cabeça do esquilo voador
(Foto: Divulgação/Zootaxa/Daosavanh Sanamxay)

A descrição foi publicada no site da revista científica “Zootaxa”, no último mês. O animal recebeu o nome de Biswamoyopterus laoensis.

O esquilo foi identificado após o cientista Daosavanh Sanamxay, da Universidade Nacional do Laos, o adquirir junto com seus colegas em uma feira – trata-se do corpo de uma fêmea adulta, que estava sem o crânio quando foi comprada, em 2012, afima o texto da pesquisa.

Os pesquisadores se depararam com a nova espécie após um levantamento em várias feiras de regiões do Laos. Eles encontraram esquilos de diferentes tipos, e entre eles o espécime recém-identificado.

A região onde o animal foi encontrado abriga espécies raras de roedores, dizem os cientistas – além da Universidade Nacional do Laos, participaram pesquisadores da Universidade Princípe de Songkla.

Grande esquilo
Trata-se de um grande esquilo voador, com quase 2 kg de peso e cerca de um metro de comprimento, indo da cabeça até a ponta da cauda, segundo dados levantados pelos pesquisadores.

A cauda tem formato cilíndrico e é negra, com exceção de pequenos tufos de pelos cinzentos próximos à conexão com o corpo.

Os pelos do dorso variam do preto ao marrom-avermelhado, às vezes pontuados por pelagem cinza, afirma o estudo. Já a cor do ventre é uma mistura de pelos alaranjados (variando entre tons claros e escuros) com cinzentos em alguns pontos.

Não se sabe exatamente qual o habitat da espécie, mas a estimativa é que sejam florestas situadas entre 5 km e 25 km da vila Thongnami, onde foi encontrado o corpo do animal. O problema da caça atinge regiões ao redor do vilarejo, o que pode estar colocando em risco animais comuns na área.

“Atualmente, as maiores ameaças à vida selvagem no Laos são a destruição dos habitats naturais e a caçada. Os esquilos são mais seriamente ameaçados pela caça, já que eles são os mamíferos geralmente mais vendidos em feiras locais” para consumo como uma iguaria específica de carne, dizem os cientistas na pesquisa.

“Há uma séria preocupação com a conservação da espécie [descoberta]”, concluem.

Corpos de esquilos voadores comprados por pesquisadores em feiras no Laos (Foto: Divulgação/Daosavanh Sanamxay)Corpo de esquilo voador adquirido por pesquisadores no Laos (Foto: Divulgação/Daosavanh Sanamxay)

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 2 de setembro de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,

Nova espécie de esquilo voador é descoberta em feira no Laos

Pele do esquilo-voador 'Biswamoyopterus laoensis', identificado por cientistas (Foto: Divulgação/Zootaxa/Daosavanh Sanamxay)Pele do esquilo voador recém-identificado por cientistas (Foto: Divulgação/Zootaxa/Daosavanh Sanamxay)

Uma nova espécie de esquilo voador foi descoberta por cientistas de uma forma incomum: eles analisaram o corpo de um espécime obtido em uma feira de alimentos em uma província do Laos, na Ásia, situada em um ponto distante da capital do país.

Imagem lateral da cabeça do esquilo voador (Foto: Divulgação/Zootaxa/Daosavanh Sanamxay)Imagem lateral da cabeça do esquilo voador
(Foto: Divulgação/Zootaxa/Daosavanh Sanamxay)

A descrição foi publicada no site da revista científica “Zootaxa”, no último mês. O animal recebeu o nome de Biswamoyopterus laoensis.

O esquilo foi identificado após o cientista Daosavanh Sanamxay, da Universidade Nacional do Laos, o adquirir junto com seus colegas em uma feira – trata-se do corpo de uma fêmea adulta, que estava sem o crânio quando foi comprada, em 2012, afima o texto da pesquisa.

Os pesquisadores se depararam com a nova espécie após um levantamento em várias feiras de regiões do Laos. Eles encontraram esquilos de diferentes tipos, e entre eles o espécime recém-identificado.

A região onde o animal foi encontrado abriga espécies raras de roedores, dizem os cientistas – além da Universidade Nacional do Laos, participaram pesquisadores da Universidade Princípe de Songkla.

Grande esquilo
Trata-se de um grande esquilo voador, com quase 2 kg de peso e cerca de um metro de comprimento, indo da cabeça até a ponta da cauda, segundo dados levantados pelos pesquisadores.

A cauda tem formato cilíndrico e é negra, com exceção de pequenos tufos de pelos cinzentos próximos à conexão com o corpo.

Os pelos do dorso variam do preto ao marrom-avermelhado, às vezes pontuados por pelagem cinza, afirma o estudo. Já a cor do ventre é uma mistura de pelos alaranjados (variando entre tons claros e escuros) com cinzentos em alguns pontos.

Não se sabe exatamente qual o habitat da espécie, mas a estimativa é que sejam florestas situadas entre 5 km e 25 km da vila Thongnami, onde foi encontrado o corpo do animal. O problema da caça atinge regiões ao redor do vilarejo, o que pode estar colocando em risco animais comuns na área.

“Atualmente, as maiores ameaças à vida selvagem no Laos são a destruição dos habitats naturais e a caçada. Os esquilos são mais seriamente ameaçados pela caça, já que eles são os mamíferos geralmente mais vendidos em feiras locais” para consumo como uma iguaria específica de carne, dizem os cientistas na pesquisa.

“Há uma séria preocupação com a conservação da espécie [descoberta]”, concluem.

Corpos de esquilos voadores comprados por pesquisadores em feiras no Laos (Foto: Divulgação/Daosavanh Sanamxay)Corpo de esquilo voador adquirido por pesquisadores no Laos (Foto: Divulgação/Daosavanh Sanamxay)

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 2 de setembro de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,

Disco voador é flagrado no Novo México! Será mais um hoax?

Um OVNI foi avistado sobrevoando os céus do Novo México. Mas será que o filme é real ou apenas mais uma montagem?

No dia 22 de fevereiro de 2012, um membro de um grupo chamado Alien Disclosure postou no Youtube um vídeo que tem atraído a atenção de milhares de internautas no mundo todo (até o fechamento desse post, já foram quase 1 milhão de visualizações!).

No filme, de pouco mais de 1 minuto, Stephen Hannard explica que as imagens do disco voador teriam sido feitas em algum ponto do Novo México – nos Estados Unidos – e vazaram (não se sabe como) e chegaram até ele.

Observe no vídeo abaixo que o motorista acompanha a nave por vários metros até que ela pára e pousa em algum ponto:

 Será que o vídeo é verdadeiro ou falso?

Disco Voador no Novo Mexico - detalhe do simbolo americano! Detalhe: o OVNI possui um símbolo semelhante à estrela que adorna os aviões militares dos Estados Unidos.

De acordo com a descrição postada no filme, o disco voador foi filmado no Novo México. Para quem não se lembra, esse foi o estado norte-americano onde teria ocorrido famoso caso Roswell – aquele ocorrido em 1947, em que muita gente (até hoje) acredita que fomos visitados por seres de outros planetas.

Porém, nos próprios comentários deixados por usuários Youtube, muitos afirmam que não há nenhum local semelhante ao mostrado no vídeo lá no Novo México. O mais provável – segundo os comentários do site de vídeos – é que o “flagra” tenha sido feito em algum local no norte da Europa. O local também é questionado por vários jornais como o Daily Telegraph e outros.

Só para citar um exemplo, o usuário 3492crusherdestroyer, escreveu lá nos comentários: “Pode se dizer que isso [foi filmado] no Reino Unido. Os sinais de trânsito britânicos na estrada, os modelos europeus de carros e os caminhões no parque de estacionamento….”

Só pelo fato do tal Stephen mentir quanto ao local do vídeo já se perdeu grande parte da credibilidade do acontecido. Não acha?

Algumas dúvidas sempre aparecem quando damos de cara com filmes desse tipo: Por que ninguém mais avistou a aeronave? Será que os aliens só apareceram para esse cinegrafista? Há outros vídeos do ocorrido?

Disco voador filmado no Novo Mexico Aos 30 segundos, o OVNI se alinha ao veículo do cara que está filmando!

Repare que a partir dos 30 segundos, a nave fica alinhada ao veículo do cinegrafista. Há momentos em que a sincronia é tão gritante que o OVNI treme quando o carro passa em um buraco!

Em alguns momentos do vídeo o disco voador some da tela!

Na maioria dos softwares de edição de vídeos há uma opção para sobrepor dois ou mais filmes, ou inserir elementos (como imagens, por exemplo) em uma filmagem simples. O usuário do programa marca um local no filme original e nesse ponto é colado o novo vídeo (no caso, a nave espacial). O resultado fica excelente (na maioria das vezes)!

O efeito chamado motion tracking é demonstrado no vídeo abaixo:

Note que no filme acima foi usado o nariz do rapaz como referência para o motion tracking. As letras acompanham a narina do garoto.

Infelizmente, o vídeo é falso! O OVNI foi gerado por computação gráfica. Não vai ser dessa vez que faremos contato com seres de outros planetas!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 9 de março de 2012 em Tecnologia

 

Tags: , , ,