RSS

Arquivo da tag: visita

EUA chamam visita de Putin à Crimeia de ‘provocadora e desnecessária’

AppId is over the quota
AppId is over the quota
O presidente russo Vladimir Putin visita a Crimeia nesta sexta (9) (Foto: AFP PHOTO/ YURI KADOBNOV)O presidente russo Vladimir Putin visita a Crimeia
nesta sexta (9) (Foto: AFP PHOTO/ Yuri Kadobnov)

Os Estados Unidos chamaram nesta sexta-feira (9) de “provocadora e desnecessária” a viagem do presidente russo, Vladimir Putin, à anexada península da Crimeia para participar de um desfile militar, por considerar que essa região segue pertencendo à Ucrânia.

“Nossa opinião é que esta viagem é provocadora e desnecessária. A Crimeia pertence à Ucrânia e certamente não reconhecemos os passos ilegais e ilegítimos da Rússia nesse âmbito”, disse a porta-voz de Departamento de Estado, Jen Psaki, em sua entrevista coletiva diária.

O presidente russo, Vladimir Putin, declarou durante sua visita que o retorno da Crimeia à Rússia restaura “a verdade histórica”, em um discurso a milhares de habitantes de Sebastopol, na península anexada em março.

O secretário de Estado dos EUA, John Kerry, conversou nesta sexta-feira por telefone com seu colega russo, Sergei Lavrov, sobre a crise na Ucrânia e sobre o conflito na Síria, mas não falaram sobre a visita de Putin à Crimeia, segundo explicou Psaki.

A conversa se centrou em “esforços para trabalhar com a OSCE (Organização para a Segurança e a Cooperação na Europa) e outros no terreno (na Ucrânia)” e, no caso da Síria, sobre “o processo para retirar as armas químicas e o trabalho pendente nessa frente”, disse.

Kerry também conversou com o primeiro-ministro interino da Ucrânia, Arseni Tatseniuk, sobre a “situação de segurança no terreno, os esforços para manter a calma e a preparação para as eleições” presidenciais de 25 de maio.

View the original article here

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 10 de maio de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , ,

Jerusalém tem pichações anticristãs são antes da visita do Papa

AppId is over the quota
AppId is over the quota

Novas pichações anticristãs e racistas foram encontradas nesta sexta-feira em Jerusalém, onde a polícia aumentou a vigilância dos locais religiosos delicados num momento em que se aproxima a visita do papa Francisco à Terra Santa, no fim de maio.

“O preço a pagar, o rei David para os judeus, Jesus é um lixo”, afirma uma inscrição no muro da igreja romana de São Jorge, perto de um bairro judeu ortodoxo de Jerusalém, constatou um fotógrafo da AFP.

Pichação anticristã é apagada de muro em Jerusalém nesta sexta-feira (9). Inscrição foi feita pouco antes de viagem do Papa Francisco à Terra Santa (Foto: Ammar Awad/Reuters)Pichação anticristã é apagada de muro em Jerusalém nesta sexta-feira (9). Inscrição foi feita pouco antes de viagem do Papa Francisco à Terra Santa (Foto: Ammar Awad/Reuters)

A frase “morte aos árabes” foi pintada em uma casa da Cidade Velha de Jerusalém, e foram encontradas suásticas desenhadas nas paredes de um apartamento em Jerusalém Ocidental, o setor israelense da Cidade Santa.

Os colonos extremistas e os militantes de extrema direita intensificaram nos últimos meses as agressões aos palestinos, aos árabes israelenses e inclusive ao exército do Estado hebreu. Sob o slogan de “o preço a pagar”, reagiram desta forma às decisões governamentais que consideram hostis aos seus interesses ou aos atos atribuídos aos palestinos.

Os locais de culto cristãos e muçulmanos também são alvos quase diários de vandalismo.

“Os bispos estão muito preocupados pela falta de segurança e pela ausência de reações na vida política, e temem uma escalada da violência”, declarou com preocupação na quarta-feira o Patriarcado Latino (católico romano) de Jerusalém.

O ministro da Segurança Interior e sua colega da Justiça, Tzipi Livni, participaram na quarta-feira de uma reunião de emergência com o procurador-geral e os chefes dos serviços de segurança para discutir eventuais medidas repressivas.

Segundo os meios de comunicação, a polícia e o Shin Beth (o serviço de segurança interior) temem que judeus religiosos ultranacionalistas aproveitem a viagem do papa à Terra Santa, de 24 a 26 de maio, para atrair a atenção dos meios de comunicação.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 10 de maio de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , ,

Putin chega à Crimeia em primeira visita após anexação

AppId is over the quota
AppId is over the quota

O presidente russo, Vladmir Putin, chegou nesta sexta-feira (9) à península da Crimeia em sua primeira visita à região após a anexação do território pela Rússia, informou o serviço de imprensa do Kremlin.

Ele foi à região para participar de um evento em Sebastopol para celebrar o Dia da Vitória, que marca a vitória soviética contra a Alemanha na Segunda Guerra Mundial.

Segundo imagens da TV russa, Putin passou em revista a frota russa no Mar Negro, analisando uma dezena de navios russos. Com um megafone, ele felicitou as tripulaçõees, que responderam com aplausos.

A visita ocorre a apenas três dias da realização de um referendo em outras cidades do leste da Ucrânia sobre seu status e possível adesão à Rússia.

O Ministério das Relações Exteriores ucraniano condenou a visita, classificando-a como uma deliberada escalada da crise entre os dois países. “Essa provocação é outra confirmação de que a Rússia está deliberadamente perseguindo mais tensões nas relações entre ucranianos e russos”, disse o ministério em comunicado.

A Crimeia, até o início deste ano uma região autônoma da Ucrânia, foi anexada pela Rússia em março deste ano após fortes levantes separatistas que culminaram em um referendo no qual a adesão à Federação Russa foi aprovada.

A maior parte da população é de origem russa, e o separatismo se tornou mais forte após a derrubada do governo pró-russo de Kiev em fevereiro deste ano.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 9 de maio de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , ,

Justin Bieber pede desculpas por visita polêmica a templo japonês

Justin Bieber durante show em Paris, no dia 19 de março do ano passado (Foto: Francois Mori/AP)Justin Bieber durante show em Paris, no dia 19 de
março do ano passado (Foto: Francois Mori/AP)

O cantor pop canadense Justin Bieber, frequentemente envolvido em confusões, pediu desculpas nesta quarta-feira (23) por ter visitado um santuário de Tóquio que está no centro de uma amarga disputa internacional em relação às guerras do Japão no passado.

Bieber, de 20 anos, postou uma foto em mídias sociais de sua visita ao Santuário de Yasukuni, com o título: “Obrigado por suas bênçãos”. A foto foi posteriormente excluída, apesar de ter sido republicada em outros lugares na Internet, inclusive por um grupo de fãs de Bieber, e provocou críticas da Coreia do Sul e China.

O santuário homenageia 14 líderes japoneses condenados como criminosos de guerra após a Segunda Guerra Mundial, ao lado de japoneses mortos. Visitas de políticos japoneses ao santuário enfurecem as vítimas dos conflitos passados do Japão, incluindo a Coreia do Sul e a China. Autoridades chinesas afirmam que visitas de políticos japoneses ao santuário seriam equivalentes a políticos alemães colocarem flores no bunker de Hitler.

O assunto é especialmente delicado esta semana, quando cerca de 150 parlamentares visitaram o local e o primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, fez uma oferenda para marcar o festival anual de primavera do santuário.

Bieber disse mais tarde que havia visitado Yasukuni por engano após avistar um santuário bonito e ter pedido a seu motorista para parar, acreditando que era “apenas um lugar de oração”. “Peço desculpas a qualquer pessoa que eu possa ter ofendido”, disse Bieber no Instagram. “Eu te amo China e eu te amo Japão”.

O porta-voz da chancelaria chinesa, Qin Gang, disse anteriormente que esperava que Bieber tivesse aprendido alguma coisa com a sua visita. “Espero que este cantor canadense, depois de visitar o santuário de Yasukuni, possa compreender e conhecer esse período de militarismo da história de invasões do Japão”, disse Qin.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 30 de abril de 2014 em Música

 

Tags: , , , , , ,

Rainha Elizabeth II visita hospital para cavalos no País de Gales

Rainha Elizabeth visitou um hospital de cavalos nesta terça-feira (29) (Foto: Rebecca Naden/ Reuters)Rainha Elizabeth visitou um hospital de cavalos nesta terça-feira (29) (Foto: Rebecca Naden/ Reuters)

A rainha Elizabeth II, durante uma visita de dois dias ao País de Gales, visitou nesta terça-feira (29) o primeiro hospital especializado no tratamento de cavalos.

A rainha britânica, de 88 anos, se mostrou disposta ao conhecer as instalações do centro médico para equinos ‘Cotts’, situado no condado de Pembrokeshire, onde se encontra, entre outros, o cavalo de corridas ‘Tea For Three’.

Esse animal aparecia como o grande favorito da última edição da famosa corrida britânica ‘Grand National’, disputada no último dia 5 de abril, mas acabou caindo no começo da competição.

Usando um vestido de cor turquesa desenhado por Karl Ludwig, que combinava com o chapéu assinado pela estilista Angela Kelly, a rainha visitou as instalações do hospital equino na companhia do diretor Graham Fowkem e de seu marido, o duque de Edimburgo, de 92 anos.

Durante a visita, o cirurgião de cavalos Richard Coomer conversou cerca de dez minutos com a soberana e lhe mostrou a sala de cirurgia, onde 700 animais são operados anualmente.

‘A rainha fez muitas perguntas sobre os cavalos e nossas instalações. Sabia realmente do que falava e se mostrou muito entusiasta’, comentou Coomer após o encontro.

Após visitar o primeiro centro especializado no cuidado de cavalos, Elizabeth II foi conduzida a Picton House, um edifício do século XIII que aparece como o único castelo histórico em Pembrokeshire com seu telhado original e que, atualmente, é administrada por uma organização beneficente.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 29 de abril de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , ,

Michelle Obama visita a Grande Muralha da China

 A primeira-dama dos Estados Unidos, Michelle Obama, conheceu neste domingo (23), junto com as filhas, Malia e Sasha, uma das seções da Grande Muralha da China mais próximas de Pequim, em seu último dia de estadia na capital do país asiático antes de viajar às cidades de Xian e Chengdu.

Michelle, Malia e Sasha visitaram uma parte da muralha que data da dinastia Ming após almoçarem em uma antiga escola que se transformou em hotel e restaurante nas imediações do monumento, em um dia notavelmente mais poluído que os anteriores de sua visita.

Michelle Obama visitou com as filhas a Grande Muralha da China (Foto: Andy Wong/AP)Michelle Obama visitou com as filhas a Grande Muralha da China (Foto: Andy Wong/AP)

De manhã, a esposa do presidente Barack Obama tinha participado de uma mesa-redonda sobre educação na embaixada dos EUA em Pequim junto com professores e famílias chinesas, onde destacou a importância de uma educação de qualidade.

“Não estaria aqui hoje se meus pais não tivessem investido para que eu recebesse uma boa educação e me pressionassem para aproveitá-la”, disse Michelle no encontro.

A primeira-dama visita a China durante uma semana junto com suas filhas e sua mãe, Marian Robinson, visando estreitar laços entre os dois países através de uma ‘diplomacia suave”, especialmente nas áreas de educação e cultura.

Na sexta-feira, ela passou o dia junto com a primeira-dama chinesa, Peng Liyuan, com quem visitou uma escola e percorreu a Cidade Proibida.

Michelle também se reuniu com o presidente da China, Xi Jinping, que a cumprimentou junto com sua esposa na sexta-feira antes que elas jantassem e assistissem a um espetáculo.

No sábado, a esposa do presidente americano discursou no Centro Stanford da Universidade de Pequim, onde ressaltou a necessidade de respeito à liberdade de informação e de religião.

Durante sua estadia em Xian, Michelle visitará a exposição dos famosos guerreiros de terracota, enquanto em Chengdu irá a um centro de preservação de ursos panda e uma escola.

new WM.Player( { videosIDs: “3232756”, sitePage: “g1/mundo/videos”, zoneId: “110461”, width: 620, height: 349 } ).attachTo($(“#3232756”)[0]);

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 24 de março de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , ,

Na China, Michelle Obama visita Cidade Proibida de Pequim

A primeira-dama dos Estados Unidos, Michelle Obama, levou suas filhas e sua mãe ao antigo palácio imperial de Pequim nesta sexta-feira, em um giro que, segundo a Casa Branca, enfatizará sua diplomacia pessoal.

Michelle Obama, suas filhas Malia e Sasha e sua mãe Marian Robinson foram fotografadas junto à primeira-dama chinesa, Peng Liyuan, no pavilhão central da Cidade Proibida, conhecido como o Salão da Suprema Harmonia.

A primeira-dama dos Estados Unidos, Michelle Obama, posa com suas filhas Sasha e Malia, com sua mãe, Marian, e com a primeira-dama da China, Peng Liyuan, durante visita à Cidade Proibida de Pequim nesta sexta-feira (21) (Foto: Andy Wong/Reuters)A primeira-dama dos Estados Unidos, Michelle Obama, posa com suas filhas Sasha e Malia, com sua mãe, Marian, e com a primeira-dama da China, Peng Liyuan, durante visita à Cidade Proibida de Pequim nesta sexta-feira (21) (Foto: Andy Wong/Reuters)

Os maridos das primeiras-damas, Barack Obama e Xi Jinping, se reunirão na próxima semana à margem de uma cúpula sobre segurança nuclear na Holanda.

Trata-se da primeira visita de Michelle Obama à China, e de sua terceira viagem ao exterior sem seu marido desde que se instalaram na Casa Branca.

A esposa do presidente americano e sua família realizarão um circuito turístico clássico, passando pela cidade de Xian (norte) para ver seu famoso Exército de Terracota, e pela cidade de Chengdu (sudoeste), famosa por seus pandas.

“Consideramos que esta visita promoverá a compreensão mútua e a amizade entre nossos dois países”, destacou na quinta-feira Hong Lei, um porta-voz da diplomacia chinesa.

No entanto, críticos nos Estados Unidos protestaram porque os direitos humanos não estão na agenda – embora Obama comerá em um restaurante tibetano de Chengdu – e pelo custo desta viagem aos contribuintes, algo que a Casa Branca se negou a revelar.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 21 de março de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , , ,