RSS

Arquivo da tag: varejo

Realidade aumentada é o futuro do varejo?

Juniper Research aponta que o modelo vai invadir o setor e será uma mudança de paradigma na forma como os clientes e as lojas interagem.

18 de setembro de 2012 – 07h30

Até 2017, a empresa de análise de Juniper Research espera que existam 2,5 milhões de aplicativos móveis de realidade aumentada, o que representa um sucesso sem precedentes na curta história dos smartphones e tablets.

O sucesso dessas aplicações vai ser conduzido, de acordo com a Juniper, por sua utilidade no varejo e no entretenimento. Para a companhia de análise, o uso da realidade aumentada no mundo dos negócios será uma mudança de paradigma na forma como os clientes e as lojas interagem.

Os aplicativos de realidade aumentada combinam realidade com sobreposição digital, permitindo, por exemplo, que os consumidores praticamente experimentem óculos ou artigos de vestuário por meio do dispositivo móvel. O modelo pode permitir que os varejistas possibilitem uma experiência online semelhante à das lojas físicas.

Ao reconhecer as imagens captadas pelo telefone, elas são transferidas para a nuvem e o número de imagens (produtos) que pode ser identificado irá aumentar exponencialmente, permitindo o desenvolvimento de aplicações que possibilitem a automatização do estoque da loja.

Por outro lado, há um desafio na popularização do modelo. Os usuários mais avançados de tecnologia conhecem a realidade aumentada ou pelo menos já ouviram falar. No entanto, outros consumidores ainda não estão conscientes das possibilidades desse novo mundo. 

Sem um aumento na conscientização dos consumidores será difícil para a indústria de realidade aumentada atingir a massa crítica e muitas aplicações não serão capazes de encontrar o público de que eles precisam para obter a rentabilidade.

O relatório da Juniper também indica que compras feitas por aplicativos de realidade aumentada têm muito terreno para crescer e serem a principal fonte de receita da indústria móvel. A empresa de análise acredita que o modelo vai invadir também a área de entretenimento. Um exemplo é o WowWee, que combina brinquedos físicos com um jogo em um smartphone ou tablet.

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 13 de novembro de 2012 em Tecnologia

 

Tags: , , ,

Realidade aumentada é o futuro do varejo?

Juniper Research aponta que o modelo vai invadir o setor e será uma mudança de paradigma na forma como os clientes e as lojas interagem.

18 de setembro de 2012 – 07h30

Até 2017, a empresa de análise de Juniper Research espera que existam 2,5 milhões de aplicativos móveis de realidade aumentada, o que representa um sucesso sem precedentes na curta história dos smartphones e tablets.

O sucesso dessas aplicações vai ser conduzido, de acordo com a Juniper, por sua utilidade no varejo e no entretenimento. Para a companhia de análise, o uso da realidade aumentada no mundo dos negócios será uma mudança de paradigma na forma como os clientes e as lojas interagem.

Os aplicativos de realidade aumentada combinam realidade com sobreposição digital, permitindo, por exemplo, que os consumidores praticamente experimentem óculos ou artigos de vestuário por meio do dispositivo móvel. O modelo pode permitir que os varejistas possibilitem uma experiência online semelhante à das lojas físicas.

Ao reconhecer as imagens captadas pelo telefone, elas são transferidas para a nuvem e o número de imagens (produtos) que pode ser identificado irá aumentar exponencialmente, permitindo o desenvolvimento de aplicações que possibilitem a automatização do estoque da loja.

Por outro lado, há um desafio na popularização do modelo. Os usuários mais avançados de tecnologia conhecem a realidade aumentada ou pelo menos já ouviram falar. No entanto, outros consumidores ainda não estão conscientes das possibilidades desse novo mundo. 

Sem um aumento na conscientização dos consumidores será difícil para a indústria de realidade aumentada atingir a massa crítica e muitas aplicações não serão capazes de encontrar o público de que eles precisam para obter a rentabilidade.

O relatório da Juniper também indica que compras feitas por aplicativos de realidade aumentada têm muito terreno para crescer e serem a principal fonte de receita da indústria móvel. A empresa de análise acredita que o modelo vai invadir também a área de entretenimento. Um exemplo é o WowWee, que combina brinquedos físicos com um jogo em um smartphone ou tablet.

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 12 de novembro de 2012 em Tecnologia

 

Tags: , , ,

Totvs estabelece aliança com Symm para varejo

Objetivo é reforçar potencial da solução Totvs Gestão Comercial e ampliar leque de atuação.

A Totvs firmou parceria com a Symm Consultoria com o objetivo de aperfeiçoar sua solução para o mercado de varejo, a Totvs Gestão Comercial. De acordo com as empresas, a Symm, parceira de vendas, vai agregar suporte do ciclo do negócio à solução.

A empresa também adicionará uma tecnologia para grade de produtos, que permite divisão dos produtos por cores, tamanhos e referências, possibilitando a gestão por categorias, marcas e coleções.

“A Totvs busca constantemente tornar-se referência nas soluções de seus segmentos de atuação. A parceria com a Symm tem o objetivo de aumentar a rentabilidade dos negócios dos nossos clientes”, afirma Gilsinei Hansen, diretor de Segmentos da Totvs.

Especial - IT Leaders 2011

O ITBOARD materializa a nova plataforma de conversas do Século XXI. Concentra o diálogo sobre tecnologia e inovação movido a tweets de quem está imerso nesses assuntos. ENTRE NA CONVERSA

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 14 de outubro de 2012 em Tecnologia

 

Tags: , , ,

Uso de cupom fiscal com software de gestão pelo varejo sobe 8% no País

Pesquisa da Bematech constata que atualmente 39,7% dos estabelecimentos brasileiros adotam essas tecnologias combinadas, ante 31,6% em 2010.

O número de estabelecimentos comerciais que usa o Emissor de Cupom Fiscal (ECF) combinado com software de gestão aumentou 8% no Brasil em 2011, em comparação com o ano anterior. Atualmente, 39,7% dos varejistas adotam as duas tecnologias, ante 31,6% em 2010.

A constatação é de um estudo realizado com 3,2 mil lojistas no ano passado, em todo o Brasil pela indústria nacional Bematech. A pesquisa constatou que 85% dos estabelecimentos estão automatizados.

Os que estão mais avançados na adoção de ECF+software são os postos de gasolina, seguidos das farmácias e drogarias, cosméticos e supermercados. Entre os menos informatizados estão as assistências técnicas, as lojas de informática e telefonia.

Para 26% dos entrevistados automatizados, o principal impacto da adoção de tecnologia é a agilidade nos processos. Neste caso, como 83% dos respondentes têm seus estabelecimentos informatizados há mais de dois anos.

Outra revelação do estudo é um aumento no número de lojas que têm computador para apoiar a gestão do estabelecimento. Entre os entrevistados, 81,5% afirmaram utilizar na tecnologia, um aumento de 3% em comparação ao ano anterior.

Dentre os não-automatizados, 66,6% pretendem avançar nessa área nos próximos anos. Os principais motivos para investimentos em tecnologia são para aprimoramento da gestão do estabelecimento para atender melhor o cliente.

Conexão internet

Entre os entrevistados, 70,6% dos entrevistados disseram ter acesso internet. A região Sul conta com maior índice – 73%, e a região Norte, o menor, com 56%. Além disso, o estudo apontou um crescimento no uso da banda larga.

Já com relação às vendas pela internet, 9,6% dos estabelecimentos pesquisados comercializam seus produtos por este meio. Lojas de veículos lideram essa pesquisa, representando 32% desse universo. Porém, é importante ressaltar que tal fato não significa que todas as lojas contêm um e-commerce próprio. Nesse segmento, há sites de vendas de carros, por exemplo, que são canais muito utilizados.

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 18 de agosto de 2012 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,

Projeto de inclusão digital preparar pequeno varejo para ecommerce na Copa

Megaevento sobre comércio eletrônico percorrerá as 12 cidades-sede do mundial de futebol para incentivar lojistas que ainda não estão web a investirem em filiais online.

Os micro e pequenos varejistas que ainda não colocaram os pés na internet precisam se apressar para aproveitar as oportunidades de negócios que serão geradas com a Copa do Mundo. Para ajudar esses lojistas a se preparem para fazer parte desse jogo, um projeto de inclusão digital comercial vai percorrer a partir de agosto as 12 cidades-sede do mundial de futebol de 2014.

O projeto é o II Seminário Nacional de Comércio Eletrônico, Meios de Pagamento e Negócios na Web (Ecom 2012), um megaevento que reúne representantes do Sebrae, da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), da indústria de tecnologia da informação e agentes financeiros. O road show está sendo realizado pelo segundo ano no País. Segundo os organizadores, o encontro reuniu na primeira edição mais de sete mil pessoas.

“Queremos gerar um vetor de inclusão digital no Brasil e levar informações para evitar que lojistas sejam vítimas da web”, conta Marcelo Castro, diretor-geral do Ecom 2012. O objetivo do evento é orientar, principalmente os nanos e micro comerciantes, que acham que é caro ou impossível abrir uma filial eletrônica.

Castro salienta que a Copa do Mundo vai fomentar o comércio eletrônico no Brasil, pois receberá muitos turistas que estarão com seus dispositivos móveis nas mãos e fazer compras online.

“Eles vão procurar hotéis, restaurantes, lojas, pacotes turísticos e outros serviços na internet. Os que não estiverem na web, vão perder o bonde digital”, alerta, observando que tem muitas pousadas e pensões que podem contribuir para reduzir o déficit de leitos no Brasil. Ele conta que esses estabelecimentos são tão pequenos que não aparecem nos guias turísticos, mas podem estar próximo de grandes hotéiss e hospedar turistas. Porém, se não estiverem na internet, poucos saberão de seus endereços.

O executivo alerta que estabelecimentos, que acharem que poderão fazer anúncios em folhetos para conquistar turistas durante a Copa do Mundo, podem perder negócios. Castro reforça que visitantes, principalmente os estrangeiros, tendem a fazer consultas na web por causa da barreira da língua. “Os que não falam português poderão pegar as informações dos sites e pedir para o Google traduzir no idioma deles. O mesmo já não dá para fazer com um folheto em papel”, adverte.

Mesmo os que já estão na web precisam fazer adequações de suas páginas para a Copa do Mundo. O diretor-geral do Ecom 2012 dá o exemplo do lojista que tem um site, mas anuncia apenas nas Páginas Amarelas. O ideal é que as campanhas contemplem sempre as filiais online.

Há outros que não oferecem navegação simplificada para compras eletrônicas. Castro aponta pesquisas que revelam que as vendas online são realizadas em poucos cliques e, se o site obrigar o consumidor a dar muita volta, ele desistirá da compra. O Ecom 2012 quer ajudar essas empresas a ganhar mais visibilidade na web.

Cidades a serem percorridas

O projeto de inclusão digital vai percorrer além, das 12 cidade-sede da Copa, os municípios de Florianópolis e Belém, que são pontos turísticos que podem despertar interesse dos visitantes durante o mundial.

O evento vai começar pela capital paulista, com realização em 2 de agosto. Na sequência percorrerá as outras 13 cidades até o mês de novembro. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas pelo site do Ecom 2012.

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 19 de julho de 2012 em Tecnologia

 

Tags: , , , , , ,

IBM terá realidade aumentada para auxiliar vendas no varejo

Empresa desenvolveu aplicação móvel que pode identificar produtos sem o uso de QR codes. Tecnologia ainda não tem data para ser comercializada.

Como parte da estratégia batizada de “Smarter Commerce”, a IBM estuda a possibilidade de utilizar realidade aumentada (AR) para ajudar varejistas a fornecer mais informações de produtos aos clientes e também para reunir mais dados sobre os consumidores.

O laboratório de pesquisa da empresa em Israel criou um protótipo de uma aplicação móvel que pode ser usada por frequentadores de lojas para auxiliar na identificação de produtos. A ideia do aplicativo, de acordo com a IBM, é ajudar o varejista a ter mais informações sobre o cliente enquanto ele está no estabelecimento, em vez de deixá-lo voltar para casa e fazê-lo pesquisar na internet produtos de interesse, aumentando a possibilidade de compra online.

“Essa é uma maneira inteligente de oferecer aos clientes mais informações sobre os produtos. Algo que normalmente eles fazem pela web, a partir de pesquisas”, afirma Jill Puleri, vice-presidente de varejo da IBM. “É também uma maneira para o varejista ser mais assertivo na venda”, completa.

ibm augmented reality

Solução de realidade aumentada da IBM permitirá que consumidores tenham acesso à informações do produto na palma da mão

Se implementada, a tecnologia de realidade aumentada poderá ser uma das primeiras usadas para fins comerciais. AR é o processo de sobreposição de objetos virtuais, gerado a partir um computador. O modelo pode ser implementado em fones de ouvido do usuário ou, assim como a tecnologia da IBM, no visor da câmera de um smartphone.

E como funciona o aplicativo? Um usuário entra em uma loja e faz o download do app, efetua um registro, preenche um perfil e então usa o aplicativo para descobrir produtos que são de seu interesse. Se ele quer comprar uma TV, por exemplo, aponta o smartphone para o aparelho e o app vai usar a câmera para identificar o produto usando técnicas de processamento de imagem.

A identificação pode funcionar de forma similar a um QR (quick-response), mas não exige que a embalagem do produto tenha um código de barras.

Uma vez que o produto é identificado, o aplicativo pode, então, fazer o download de mais informações, como especificações, preço, opiniões e descontos, a partir de um servidor IBM. Poderia fornecer ainda dados sob medida para o usuário, como probabilidade de alergia, se o histórico da pessoa indicar casos de alergia. Com a permissão do usuário, o aplicativo é capaz de enviar também um aviso para as redes sociais, alertando amigos e seguidores que ele vai fazer compras naquele ponto de venda.

Além do aplicativo, a IBM também fornecerá ferramentas que vão permitir aos varejistas analisar informações geradas pelos consumidores quando eles usam o aplicativo, como produtos e recursos que eles tiveram maior interesse. Também poderia ser usado para oferecer cupom de desconto e servir como base para programas de fidelidade.

“Encontramos em nossas pesquisas que os consumidores têm uma enorme abertura para a partilha de informações se conseguirem algo de valor de volta”, indica Puleri.

A IBM está trabalhando com alguns clientes para testar o aplicativo móvel e o software associado, mas não divulgou quando a solução será comercializada no mercado.

A empresa também não tem planos, no momento, de lançar o aplicativo móvel como uma tecnologia única e sim como parte de uma oferta maior para o varejo. “Essa abordagem representa grande vantagem competitiva”, finaliza Puleri.

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 19 de julho de 2012 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,