RSS

Arquivo da tag: Turquia

Explosão em mina deixa ao menos 200 soterrados na Turquia, diz prefeito

AppId is over the quota
AppId is over the quota
Centenas de mineiros ficaram soterrados depois que uma explosão nesta terça-feira (13) causou um incêndio em uma mina de carvão na província de Manisa, no oeste da Turquia (Foto: Depo Photos/AP)Centenas de mineiros ficaram soterrados depois que uma explosão nesta terça-feira (13) causou um incêndio em uma mina de carvão na província de Manisa, no oeste da Turquia (Foto: Depo Photos/AP)

Centenas de mineiros ficaram soterrados depois que uma explosão nesta terça-feira (13) causou um incêndio em uma mina de carvão na província de Manisa, no oeste da Turquia, segundo as autoridades locais.

Inicialmente, as agências Reuters e France Presse reportaram pelo menos 20 mineiros teriam morrido. A informação foi corrigida posteriormente pela Reuters, que informou que o parlamentar Muzaffer Yurttas, deputado do Partido da Justiça e do Desenvolvimento (AKP), que informou o número de mortes, se retratou, informando que quatro pessoas morreram.

O número de presos na mina varia – a CNN fala em 200 desparecidos, a Reuters diz que pelo menos 300 estão soterrados e a France Presse diz que mais de 400 mineiros estariam presos.

As equipes de resgate começaram a bombear ar fresco para o interior da mina, e especialistas partiram de Ancara para investigar o acidente, assim como um helicóptero ambulância.

O ministro da Energia, Taner Yildiz, anunciou que irá a Soma para acompanhar os trabalhos de resgate, e advertiu que ainda é cedo para dizer o número correto de vítimas.

new WM.Player( { videosIDs: “3342994”, sitePage: “g1/mundo/videos”, zoneId: “110461”, width: 320, height: 200 } ).attachTo($(“#3342994”)[0]);

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 14 de maio de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , ,

Explosão em mina na Turquia mata 17 de deixa cerca de 200 soterrados

AppId is over the quota
AppId is over the quota
Centenas de mineiros ficaram soterrados depois que uma explosão nesta terça-feira (13) causou um incêndio em uma mina de carvão na província de Manisa, no oeste da Turquia (Foto: Depo Photos/AP)Centenas de mineiros ficaram soterrados depois que uma explosão nesta terça-feira (13) causou um incêndio em uma mina de carvão na província de Manisa, no oeste da Turquia (Foto: Depo Photos/AP)

Cerca de duzentos mineiros ficaram soterrados e 17 morreram em uma explosão seguida de um incêndio em uma mina de carvão na cidade de Soma, oeste da Turquia, nesta terça-feira (13).

Segundo a agência de notícias Reuters, que cita autoridades do departamento de emergência do país, 11 mineiros feridos foram retirados do local com vida.

Assim que a informação da explosão foi divulgada, autoridades locais disseram que 20 pessoas haviam morrido, mas o dado foi corrigido para quatro mortes. 

As equipes de resgate começaram a bombear ar fresco para o interior da mina, e especialistas partiram de Ancara para investigar o acidente. Um helicóptero-ambulância também foi enviado. Segundo a agência Associated Press, a explosão ocorreu na troca de expediente, então não é possível dizer o exato número de pessoas que estavam no local no momento.

“Os esforços para a retirada estão sendo feitos. Espero que seja possível resgatá-los”, disse o primeiro-ministro, Recep Tayyip Erdogan.

Equipes de resgate tentam tirar os trabalhadores soterrados na mina (Foto: IHA/AP)Equipes de resgate tentam tirar os trabalhadores soterrados na mina (Foto: IHA/AP)new WM.Player( { videosIDs: “3342994”, sitePage: “g1/mundo/videos”, zoneId: “110461”, width: 320, height: 200 } ).attachTo($(“#3342994”)[0]);

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 14 de maio de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , ,

Estados Unidos criticam bloqueio do Twitter na Turquia

O Departamento de Estado americano denunciou nesta sexta-feira (21) o bloqueio ao Twitter ordenado pelo primeiro-ministro turco, Recep Tayyip Erdogan, e declarou que a decisão é “contrária ao desejo da Turquia de ser um modelo de democracia”.

“Os Estados Unidos apoiam a liberdade de expressão na Turquia e rejeitam qualquer ação que infrinja o direito de liberdade de expressão”, disse a porta-voz da pasta, Jen Psaki, aos jornalistas.

“Pedimos ao governo turco que desbloqueie o acesso de seus cidadãos ao Twitter e garanta o livre acesso a todas as plataformas de redes sociais”, acrescentou.

Por instruções do governo, as autoridades turcas das Telecomunicações proibiram o acesso à rede social na quinta-feira (20) à noite. A oposição tem usado o microblog para divulgar registros de conversas por telefone grampeadas e que envolvem Erdogan em um enorme escândalo de corrupção.

Funcionários americanos, entre eles o embaixador dos Estados Unidos na Turquia, vêm trabalhando no assunto, revelou Psaki. “Nós temos de expressar nossa preocupação por esses canais”, frisou.

“Os governos democráticos têm de aceitar ouvir as vozes que estão em desacordo com eles”, insistiu a porta-voz.

“Que os meios independentes se manifestem sem travas constitui um elemento essencial das sociedades abertas e democráticas”, defendeu.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 24 de março de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

Turquia derruba avião militar sírio na fronteira, diz ONG

A defesa antiaérea turca derrubou neste domingo (23) um avião militar sírio que estava bombardeando rebeldes que tentavam tomar o controle de um posto na fronteira com o noroeste da Síria, indicou uma ONG síria.

“A defesa antiaérea turca disparou contra um caça-bombardeiro sírio que atacava áreas do norte da província de Latakia. O avião pegou fogo e caiu em território sírio”, indicou o Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH), com sede no Reino Unido.

O governo da Síria denunciou o ataque como “uma agressão flagrante”, enquanto o primeiro-ministro turco ameaçou responder com força a qualquer violação do espaço aéreo.

“Em uma agressão flagrante que evidencia o envolvimento (do primeiro-ministro turco) Erdogan com os grupos terroristas, a defesa antiaérea turca abateu um avião militar sírio que perseguia esses grupos em território sírio, na cidade de Kassab”, denunciou uma fonte militar síria.

Ainda segundo essa fonte, o piloto conseguiu se ejetar da aeronave.

Logo depois, em uma atitude desafiadora, o primeiro-ministro turco, Recep Tayyip Erdogan, parabenizou as Forças Armadas turcas pela ação e lançou uma advertência.

“Nossa resposta será forte se vocês violarem nosso espaço aéreo”, declarou Erdogan durante um ato eleitoral.

Segundo a ONG opositora Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH), a defesa antiaérea turca derrubou neste domingo um caça-bombardeiro sírio que estava bombardeando rebeldes que tentavam tomar o controle de um posto na fronteira com o noroeste da Síria.

Ainda de acordo com o OSDH, com sede no Reino Unido, o avião pegou fogo e caiu em território sírio.

Os combates entre forças do governo e rebeldes sírios continuavam nesta província, onde a rebelião lançou um ataque na sexta para tomar o posto na fronteira com a Turquia, segundo a organização que se baseia em uma ampla rede de fontes médicas e militares.

Os combatentes islamitas da Frente Al-Nosra e outros grupos rebeldes expulsaram as forças do presidente sírio, Bashar al-Assad, desse posto, perto da cidade síria de Kassab.

No total, 80 combatentes de ambos os lados morreram nos confrontos desde sexta em várias regiões de Latakia, província de maioria alauíta, corrente religiosa de Assad, indicou o OSDH.

Segundo uma fonte da segurança síria, os rebeldes chegaram em grande número, mas as unidades do Exército sírio atacam desde a manhã deste domingo os grupos terroristas vindos da Turquia que se infiltraram na região de Kassab”.

Essa fonte desmentiu que os rebeldes tenham tomado o controle de uma posição militar denominada Observatório 45 na região de Latakia.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 24 de março de 2014 em Brasil

 

Tags: , , ,

Twitter analisa possível bloqueio na Turquia após promessa de premiê

A empresa Twitter disse nesta quinta-feira (20) que está analisando denúncias de que seu serviço foi bloqueado na Turquia. O Twitter publicou uma mensagem aconselhando usuários turcos a enviar tweets usando mensagens por telefones celulares. O possível bloqueio ocorre horas depois que o primeiro-ministro, Recep Tayyip Erdogan, prometeu em um comício eleitoral ‘erradicar’ esta rede social.

Erdogan disse não se importar com uma reação internacional, em sua mais nova explosão emocional em uma campanha eleitoral cada vez mais amarga.

A campanha para as eleições locais de 30 de março foram marcadas por explosões de raiva, ameaças e teorias da conspiração. Erdogan enfrenta um escândalo de corrupção que diz ser orquestrado por seus inimigos, e as informações estão sendo vazadas principalmente via Twitter e YouTube. “Twitter… Vamos varrer tudo isso do mapa”, disse ele.

“A comunidade internacional pode dizer isso ou aquilo. Não me importo. Todos verão quão poderosa é a República da Turquia”, disse em seu característico tom inflexível.

Duas semanas atrás, Erdogan disse que a Turquia poderia banir o Facebook e o YouTube que, segundo ele, têm sido usados por seus inimigos, depois que gravações revelando corrupção de seus colaboradores foram publicadas on-line.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 21 de março de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , , ,

Twitter analisa possível bloqueio na Turquia após promessa de premiê

A empresa Twitter disse nesta quinta-feira (20) que está analisando denúncias de que seu serviço foi bloqueado na Turquia. O Twitter publicou uma mensagem aconselhando usuários turcos a enviar tweets usando mensagens por telefones celulares. O possível bloqueio ocorre horas depois que o primeiro-ministro, Recep Tayyip Erdogan, prometeu em um comício eleitoral ‘erradicar’ esta rede social.

Erdogan disse não se importar com uma reação internacional, em sua mais nova explosão emocional em uma campanha eleitoral cada vez mais amarga.

A campanha para as eleições locais de 30 de março foram marcadas por explosões de raiva, ameaças e teorias da conspiração. Erdogan enfrenta um escândalo de corrupção que diz ser orquestrado por seus inimigos, e as informações estão sendo vazadas principalmente via Twitter e YouTube. “Twitter… Vamos varrer tudo isso do mapa”, disse ele.

“A comunidade internacional pode dizer isso ou aquilo. Não me importo. Todos verão quão poderosa é a República da Turquia”, disse em seu característico tom inflexível.

Duas semanas atrás, Erdogan disse que a Turquia poderia banir o Facebook e o YouTube que, segundo ele, têm sido usados por seus inimigos, depois que gravações revelando corrupção de seus colaboradores foram publicadas on-line.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 21 de março de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , , ,

Choque de trem com ônibus deixa 10 mortos na Turquia

Dez pessoas morreram e quatro ficaram feridas nesta quinta-feira (19) quando um trem de passageiros bateu em um micro-ônibus na região sul da Turquia.

O acidente aconteceu nas proximidades da cidade de Mersin, na costa mediterrânea.

O acidente, que está sendo investigado, aconteceu em uma passagem de nível. Todas as vítimas eram passageiros do micro-ônibus, que transportava operários para uma zona industrial.

Equipes de resgate trabalham em local de colisão entre ônibus e trem em Mersin, na Turquia, nesta quinta-feira (20); dez pessoas morreram. (Foto: AFP)Equipes de resgate trabalham em local de colisão entre ônibus e trem em Mersin, na Turquia, nesta quinta-feira (20); dez pessoas morreram. (Foto: AFP)

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 21 de março de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , ,

Homem armado mata 6 funcionários e se suicida em agência na Turquia

Um homem armado matou nesta quarta-feira (19) seis funcionários de uma agência do instituto turco de estatística (TUIK) na cidade de Kars (nordeste) e depois se suicidou, indicaram os meios de comunicação turcos.

Segundo a rede de televisão NTV, o autor dos disparos é um ex-funcionário da agência demitido recentemente.

O indivíduo disparou contra seus antigos colegas e se suicidou com a mesma arma, disse a NTV.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 19 de março de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , ,

Milhares de pessoas vão a funeral de jovem morto pela polícia na Turquia

Dezenas de milhares de pessoas compareceram nesta quarta-feira em Istambul ao funeral de um jovem de 15 anos, que morreu na terça-feira (11) depois de ter sido ferido pela polícia nos distúrbios antigovernamentais de junho de 2013.

“A polícia do AKP (Partido da Justiça e da Democracia, no poder) assassinou Berkin Elvan”, gritava a multidão no bairro de Okmeydani.

Mais de 150 pessoas foram detidas na terça-feira à noite durante as violentas manifestações em várias cidades turcas para denunciar a morte do adolescente de 15 anos.

Milhares de manifestantes se reuniram de forma espontânea na terça-feira em várias cidades do país depois da morte, horas antes, de Berkin Elvan, que estava em coma há 269 dias. O jovem foi gravemente ferido na cabeça por uma bomba de gás lacrimogêneo durante os protestos contra o governo em junho de 2013.

Dezenas de milhares de pessoas compareceram nesta quarta-feira em Istambul ao funeral de um jovem de 15 anos, que morreu na terça-feira (11) depois de ter sido ferido pela polícia nos distúrbios antigovernamentais de junho de 2013. (Foto: Osman Orsal/Reuters)Dezenas de milhares de pessoas compareceram nesta quarta-feira em Istambul ao funeral de um jovem de 15 anos, que morreu na terça-feira (11) depois de ter sido ferido pela polícia nos distúrbios antigovernamentais de junho de 2013. (Foto: Osman Orsal/Reuters)

Elvan é a vítima mais recente da repressão das manifestações iniciadas na praça Gezi de Istambul. A morte elevou a sete o número de manifestantes falecidos durante os eventos que deixaram mais de 8 mil feridos. Um policial também morreu nos protestos.

A família de Berkin afirmou ter visto o adolescente pela última vez em 16 de junho, quando ele saiu do apartamento de um bairro operário no centro de Istambul para comprar pão.

De acordo com testemunhas, o jovem foi atingido por uma bomba de gás lacrimogêneo utilizada pela polícia durante as manifestações contra a “guinada autoritária” e “islamita” do governo do primeiro-ministro Recep Tayyip Erdogan, no poder desde 2002.

Analistas já haviam antecipado que o funeral do jovem em Istambul poderia virar uma grande mobilização contra o governo.

Tudo isto acontece a menos de três semanas das eleições municipais de 30 de março, no momento em que o governo de Erdogan enfrenta um escândalo de corrupção sem precedentes.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 13 de março de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , , ,

Protestos por morte de jovem ferido pela polícia prendem 150 na Turquia

Mais de 150 pessoas foram detidas na terça-feira à noite durante as violentas manifestações em várias cidades turcas para denunciar a morte de um jovem de 15 anos, gravemente ferido pela polícia em junho de 2013.

Vinte manifestantes ficaram feridos em confrontos com as forças de segurança, dois deles gravemente, quando foram atropelados por veículos da polícia em Mersin (sul) e Istambul, segundo a agência Dogan.

Um policial ficou ferido em Istambul.

Manifestantes jogam bombas em direção aos policiais (Foto: Bulent Kilic/AFP)Manifestantes jogam bombas em direção aos policiais em protestos nesta terça (11) na Turquia (Foto: Bulent Kilic/AFP)

Milhares de manifestantes se reuniram de forma espontânea na terça-feira em várias cidades do país depois da morte, durante a manhã, de Berkin Elvan, que estava em coma há 269 dias. O jovem foi gravemente ferido na cabeça por uma bomba de gás lacrimogêneo durante os protestos contra o governo em junho de 2013.

Berkin Elvan é a vítima mais recente da repressão das manifestações iniciadas na praça Gezi de Istambul. A morte elevou a sete o número de manifestantes falecidos durante os eventos que deixaram mais de 8.000 feridos. Um policial também morreu nos protestos.

A família de Berkin afirmou ter visto o adolescente pela última vez em 16 de junho, quando ele saiu do apartamento de um bairro operário no centro de Istambul para comprar pão.

De acordo com testemunhas, o jovem foi atingido por uma bomba de gás lacrimogêneo utilizada pela polícia durante as manifestações contra a “guinada autoritária” e “islamita” do governo do primeiro-ministro Recep Tayyip Erdogan, no poder desde 2002.

O funeral do jovem acontecerá nesta quarta-feira em Istambul e milhares de pessoas são esperadas, o que pode transformar o evento, segundo analistas, em uma grande mobilização contra o governo.

Tudo isto acontece a menos de três semanas das eleições municipais de 30 de março, no momento em que o governo de Erdogan enfrenta um escândalo de corrupção sem precedentes.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 13 de março de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , , ,