RSS

Arquivo da tag: terceira

Retratos de um rockstar da terceira idade

AppId is over the quota
AppId is over the quota

steven

Irônico seria se os caras do Twisted Sister hoje estivessem parecendo homens…

Peraí, deixa eu dar uma pesquisada…

tw[]

GENTE ISTO ESTÁ REALMENTE ACONTECENDO?

Fonte: ahnegao.com.br

 
Deixe um comentário

Publicado por em 3 de maio de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , ,

Terceira idade é o novo público do Facebook nos EUA, diz pesquisa

Quando Mark Zuckerberg criou o Facebook enquanto estudava na Universidade de Harvard, provavelmente nunca pensou na terceira idade como o principal nicho de mercado de sua plataforma. Porém, quase uma década depois, o futuro de sua rede social depende cada vez mais de sua popularização entre os idosos.

Em 2013, os maiores de 65 anos foram o grupo demográfico que mais cresceu na maioria das redes sociais nos Estados Unidos. No Facebook, a porcentagem de usuários dessa faixa etária aumentou 10% no último ano e já alcança 45% dos que navegam pela internet com essa idade, segundo um levantamento do Centro de Pesquisas Pew divulgado recentemente.

Dessa forma, os jovens não só compartilham o espaço virtual com seus pais e tios, mas também com seus avôs.

O crescimento contrasta com uma leve diminuição de 2% (86% em 2012 para 84% em 2013) no número de usuários entre 18 e 29 anos, parcela que levou o Facebook a se transformar no destino favorito na internet de centenas de milhões de pessoas no mundo todo, após começar como uma página dirigida a estudantes de Harvard

A pesquisa revela que, embora o Facebook continue reinando entre as redes, seu alcance é tão grande que começa a tocar o teto. Além disso, um crescente número de usuários já divide seu tempo entre várias redes sociais: são os sinais do desgaste que implica sua liderança.

Segundo o Pew, 71% dos internautas americanos têm um perfil no Facebook, o que representa 4% a mais do que no final de 2012, mas esse aumento se deve unicamente aos maiores de 30 anos e, sobretudo, à sua expansão entre a terceira idade.

Embora os jovens ainda sejam, de longe, os principais usuários das redes sociais, os números não mentem: o potencial de crescimento é muito maior na terceira idade.

“A demografia das audiências das redes sociais pode mudar ao longo do tempo e, como em qualquer negócio, as redes que mudam com elas prosperarão”, afirmou à EFE Tammy Gordon, vice-presidente da Associação Americana de Aposentados.

“As redes ficam mais desenvolvidas quando incluem gerações múltiplas e certamente faz sentido incluí-las a partir um ponto de vista comercial”, comentou Gordon.

Thomas Kamber, diretor e fundador do Older Adults Technology Services (OATS, ou Serviços de Tecnologia para Idosos), se queixou à EFE que as empresas do setor só pensam nas pessoas jovens e é difícil convencê-las do contrário.

“É uma pena, porque os mais velhos são os que provam a qualidade de seus produtos. Se funciona para os idosos, funciona para todo o mundo”, afirmou Kamber.

Gordon destacou que a terceira idade utiliza smartphones e tablets, joga videogames e compra pela internet, igual às pessoas mais jovens. Além disso, recorre às redes sociais para manter contato com parentes e amigos.

O interesse crescente das pessoas mais velhas pelas modernas tecnologias se deu “nos últimos dois ou três anos”, segundo Kamber, que há dez anos fundou uma organização sem fins lucrativos que oferece aulas de informática para aposentados em Nova York, nos EUA.

“Quando começamos, nossos cursos eram centrados no funcionamento básico da internet e do e-mail, mas agora nossos alunos pedem para aprender a mexer no Facebook e em smartphones”, contou.

Para Kamber, esse fenômeno pode ser atribuído ao fato de que os idosos dispõem hoje de suficientes noções de informática e têm muita vontade de se manter ativos.

“Eles querem se envolver no mundo. A tecnologia é uma forma de conseguir isso. Estão pedindo mais participação na sociedade digital. Além disso, há três anos quase nenhum aposentado sabia utilizar um computador, agora sim. E estar no Facebook é o passo seguinte”, finalizou o diretor da OATS.

Nos tempos de Facebook, quando parecia que tudo já tinha sido visto, as tecnologias continuam criando novas situações e, por isso, não é tão estranho que um neto dê uma “curtida” na foto de perfil de seu avô.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 22 de janeiro de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,

Síria não cederá nem com ‘terceira guerra mundial’, diz vice-ministro

A Síria não vai ceder diante da ameaça de ataques ocidentais, nem que isso provoque uma terceira guerra mundial, disse à France Presse o vice-ministro sírio de Relações Exteriores, Faisal Moqdad, às vésperas de um provável ataque americano ao país em guerra civil.

Acompanhe a cobertura em tempo real.

“O governo sírio não mudará sua posição. Nenhum sírio pode sacrificar a independência de seu país”, disse o vice-chanceler Moqdad, que garantiu que Damasco tomou todas as medidas para responder a uma possível agressão externa.

“Nenhum sírio pode sacrificar a independência de seu país.”

Segundo o vice-ministro, “os Estados Unidos e seus aliados se mobilizam para uma agressão contra a Síria”.

“Acredito que, de seu lado, a Síria tem o direito de mobilizar seus aliados e receber deles todo o tipo de apoio”.

Faisal Moqdad afirmou que Damasco tomou “todas as medidas” para responder a uma agressão externa.

Moqdad também disse que a posição da França em relação a seu país é vergonhosa.

Segundo ele, Paris está subordinada a Washington.

“É vergonhoso que o presidente francês diga: ‘Se o Congresso aprovar, vou à guerra, se não aprovar, não vou”, como se o governo francês não tivesse nada mais a dizer’, afirmou.

Aval do Congresso
O presidente dos EUA, Barack Obama, tenta obter aval no Congresso para uma ação militar contra o regime do presidente sírio Bashar al-Assad, acusado de usar armas químicas contra civis e rebeldes antigoverno na periferia de Damasco em um ataque em 21 de agosto.

O regime sírio nega o ataque, que atribui a “terroristas” ligados à rede terrorista da Al-Qaeda, que tentam desestabilizar o país.

O Conselho de Segurança da ONU não consegue aprovar uma resolução que prevê um ataque à Síria, pois Rússia e China, aliadas de Assad, usam seu poder de veto para barrá-la.

A guerra civil síria dura quase dois anos, já matou mais de 110 mil pessoas, destruiu boa parte da infraestrutura do país, gerou uma crise humanitária e de refugiados e ameaça a estabilidade do Oriente Médio.

arte síria 3/9 (Foto: 1)

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 5 de setembro de 2013 em Brasil

 

Tags: , , , ,

Síria não cederá nem com ‘terceira guerra mundial’, diz vice-ministro

A Síria não vai ceder diante da ameaça de ataques ocidentais, nem que isso provoque uma terceira guerra mundial, disse à France Presse o vice-ministro sírio de Relações Exteriores, Faisal Moqdad, às vésperas de um provável ataque americano ao país em guerra civil.

Acompanhe a cobertura em tempo real.

“O governo sírio não mudará sua posição. Nenhum sírio pode sacrificar a independência de seu país”, disse o vice-chanceler Moqdad, que garantiu que Damasco tomou todas as medidas para responder a uma possível agressão externa.

“Nenhum sírio pode sacrificar a independência de seu país.”

Segundo o vice-ministro, “os Estados Unidos e seus aliados se mobilizam para uma agressão contra a Síria”.

“Acredito que, de seu lado, a Síria tem o direito de mobilizar seus aliados e receber deles todo o tipo de apoio”.

Faisal Moqdad afirmou que Damasco tomou “todas as medidas” para responder a uma agressão externa.

Moqdad também disse que a posição da França em relação a seu país é vergonhosa.

Segundo ele, Paris está subordinada a Washington.

“É vergonhoso que o presidente francês diga: ‘Se o Congresso aprovar, vou à guerra, se não aprovar, não vou”, como se o governo francês não tivesse nada mais a dizer’, afirmou.

Aval do Congresso
O presidente dos EUA, Barack Obama, tenta obter aval no Congresso para uma ação militar contra o regime do presidente sírio Bashar al-Assad, acusado de usar armas químicas contra civis e rebeldes antigoverno na periferia de Damasco em um ataque em 21 de agosto.

O regime sírio nega o ataque, que atribui a “terroristas” ligados à rede terrorista da Al-Qaeda, que tentam desestabilizar o país.

O Conselho de Segurança da ONU não consegue aprovar uma resolução que prevê um ataque à Síria, pois Rússia e China, aliadas de Assad, usam seu poder de veto para barrá-la.

A guerra civil síria dura quase dois anos, já matou mais de 110 mil pessoas, destruiu boa parte da infraestrutura do país, gerou uma crise humanitária e de refugiados e ameaça a estabilidade do Oriente Médio.

arte síria 3/9 (Foto: 1)

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 5 de setembro de 2013 em Brasil

 

Tags: , , , ,

Síria não cederá nem com ‘terceira guerra mundial’, diz vice-ministro

A Síria não vai ceder diante da ameaça de ataques ocidentais, nem que isso provoque uma terceira guerra mundial, disse à France Presse o vice-ministro sírio de Relações Exteriores, Faisal Moqdad, às vésperas de um provável ataque americano ao país em guerra civil.

Acompanhe a cobertura em tempo real.

“O governo sírio não mudará sua posição. Nenhum sírio pode sacrificar a independência de seu país”, disse o vice-chanceler Moqdad, que garantiu que Damasco tomou todas as medidas para responder a uma possível agressão externa.

“Nenhum sírio pode sacrificar a independência de seu país.”

Segundo o vice-ministro, “os Estados Unidos e seus aliados se mobilizam para uma agressão contra a Síria”.

“Acredito que, de seu lado, a Síria tem o direito de mobilizar seus aliados e receber deles todo o tipo de apoio”.

Faisal Moqdad afirmou que Damasco tomou “todas as medidas” para responder a uma agressão externa.

Moqdad também disse que a posição da França em relação a seu país é vergonhosa.

Segundo ele, Paris está subordinada a Washington.

“É vergonhoso que o presidente francês diga: ‘Se o Congresso aprovar, vou à guerra, se não aprovar, não vou”, como se o governo francês não tivesse nada mais a dizer’, afirmou.

Aval do Congresso
O presidente dos EUA, Barack Obama, tenta obter aval no Congresso para uma ação militar contra o regime do presidente sírio Bashar al-Assad, acusado de usar armas químicas contra civis e rebeldes antigoverno na periferia de Damasco em um ataque em 21 de agosto.

O regime sírio nega o ataque, que atribui a “terroristas” ligados à rede terrorista da Al-Qaeda, que tentam desestabilizar o país.

O Conselho de Segurança da ONU não consegue aprovar uma resolução que prevê um ataque à Síria, pois Rússia e China, aliadas de Assad, usam seu poder de veto para barrá-la.

A guerra civil síria dura quase dois anos, já matou mais de 110 mil pessoas, destruiu boa parte da infraestrutura do país, gerou uma crise humanitária e de refugiados e ameaça a estabilidade do Oriente Médio.

arte síria 3/9 (Foto: 1)

Fonte E-farsas

 
Deixe um comentário

Publicado por em 5 de setembro de 2013 em Brasil

 

Tags: , , , ,

Síria não cederá nem com ‘terceira guerra mundial’, diz vice-ministro

A Síria não vai ceder diante da ameaça de ataques ocidentais, nem que isso provoque uma terceira guerra mundial, disse à France Presse o vice-ministro sírio de Relações Exteriores, Faisal Moqdad, às vésperas de um provável ataque americano ao país em guerra civil.

Acompanhe a cobertura em tempo real.

“O governo sírio não mudará sua posição. Nenhum sírio pode sacrificar a independência de seu país”, disse o vice-chanceler Moqdad, que garantiu que Damasco tomou todas as medidas para responder a uma possível agressão externa.

“Nenhum sírio pode sacrificar a independência de seu país.”

Segundo o vice-ministro, “os Estados Unidos e seus aliados se mobilizam para uma agressão contra a Síria”.

“Acredito que, de seu lado, a Síria tem o direito de mobilizar seus aliados e receber deles todo o tipo de apoio”.

Faisal Moqdad afirmou que Damasco tomou “todas as medidas” para responder a uma agressão externa.

Moqdad também disse que a posição da França em relação a seu país é vergonhosa.

Segundo ele, Paris está subordinada a Washington.

“É vergonhoso que o presidente francês diga: ‘Se o Congresso aprovar, vou à guerra, se não aprovar, não vou”, como se o governo francês não tivesse nada mais a dizer’, afirmou.

Aval do Congresso
O presidente dos EUA, Barack Obama, tenta obter aval no Congresso para uma ação militar contra o regime do presidente sírio Bashar al-Assad, acusado de usar armas químicas contra civis e rebeldes antigoverno na periferia de Damasco em um ataque em 21 de agosto.

O regime sírio nega o ataque, que atribui a “terroristas” ligados à rede terrorista da Al-Qaeda, que tentam desestabilizar o país.

O Conselho de Segurança da ONU não consegue aprovar uma resolução que prevê um ataque à Síria, pois Rússia e China, aliadas de Assad, usam seu poder de veto para barrá-la.

A guerra civil síria dura quase dois anos, já matou mais de 110 mil pessoas, destruiu boa parte da infraestrutura do país, gerou uma crise humanitária e de refugiados e ameaça a estabilidade do Oriente Médio.

arte síria 3/9 (Foto: 1)

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 5 de setembro de 2013 em Brasil

 

Tags: , , , ,

Totvs faz terceira aquisição do ano e leva a PRX

Companhia pagará inicialmente R$ 11 milhões por 60% do controle da empresa, que atua no setor de agribusiness. As outras duas transações envolveram a PC Sistemas e compra de 20% do capital da uMov.me.

A Totvs anunciou nesta sexta-feira (19/04) a sua terceira aquisição de 2013, envolvendo a compra da PRX, empresa nacional especializada no fornecimento de serviços e soluções para o agronegócio. Pelo negócio, a produtora sistema de gestão empresarial (ERP) pagará inicialmente 11 milhões de reais por 60% do capital social da PRX. 

A compra da participação remanescente está prevista para acontecer até fevereiro de 2015, por um valor que será fixado de acordo com métricas definidas no contrato e baseadas no desempenho da PRX.

Focada na prestação de serviços de TI para o segmento de agroindústria no Brasil e na América Latina, a PRX tem 22 anos de experiência no mercado e atende a clientes de todos os portes. Trabalham na companhia, sediada em Assis, no interior de São Paulo, mais de 180 colaboradores. 

Segundo a PRX, 60% das usinas sucroalcooleiras do País são atendidas pela empresa, que também atua fortemente em culturas como grãos e frutas cítricas. A companhia teve faturamento líquido de 21 milhões de reais em 2012 e cresceu a uma taxa anual média de 47% nos últimos quatro anos. 

“Com a aquisição, a Totvs reforça sua estratégia de especialização e seu posicionamento no segmento da agroindústria”, afirma o vice-presidente executivo e financeiro da companhia, Alexandre Dinkelmann. 

O executivo acrescenta que “o movimento potencializa oportunidades de expansão internacional, por meio de soluções com alta expertise na agroindústria.” A PRX já atuava como um canal especialista em agroindústria da Totvs e como prestadora de serviços de desenvolvimento de suas soluções desde 2008. 

Desde 2006, a Totvs participou de 48 operações de fusão e aquisição, considerando a PRX. Em 2013, a empresa também comprou a PC Sistemas, desenvolvedora de soluções de gestão empresarial para os segmentos de distribuição, atacado e varejo, e adquiriu participação de 20% da uMov.me, fornecedora de plataforma de mobilidade corporativa na nuvem. 

O aporte na uMov.me foi feito por meio da Totvs Ventures, unidade de negócios voltada a investimentos em startups com alto potencial de mercado. 

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 26 de junho de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , ,