RSS

Arquivo da tag: tambm

Japão também vai impor sanções contra Rússia

O Japão vai impor sanções a Moscou – seguindo os passos dos países ocidentais – em razão da decisão do presidente russo, Vladimir Putin, de reconhecer a secessão da Crimeia para aderir à Rússia.

“É lamentável que a Rússia reconheça a independência de Crimeia, um movimento que viola a soberania e a integridade territorial da Ucrânia”, destaca um comunicado do ministério das Relações Exteriores.

Putin firmou nesta segunda-feira (17) um decreto que reconhece a independência da península separatista ucraniana da Crimeia.

“O Japão vai suspender as negociações para simplificar a concessão de vistos e não iniciará as discussões previstas sobre novos investimentos e sobre um acordo espacial para prevenir atividades militares de risco”, explicou a chancelaria em Tóquio.

O Japão também ‘analisa’ a adoção de outras sanções.

Tóquio, que não deseja perturbar as relações construídas com a Rússia pelo primeiro-ministro conservador, Shinzo Abe, quer que os dirigentes russos ‘entendam a posição dos países do G7’, do qual o Japão faz parte, destacou o porta-voz do governo Yoshihide Suga.

O funcionário rejeitou que as medidas adotadas por Tóquio sejam muito mais suaves que as promovidas pelos países ocidentais.

As sanções de Estados Unidos e Europa, anunciadas quase simultaneamente, afetam um número limitado de altos responsáveis russos e ucranianos pró-Rússia.

Além de congelar os bens nos EUA destas personalidades, o presidente americano, Barack Obama, se disse disposto a impor sanções adicionais contra Moscou.

Os ministros europeus de Relações Exteriores decidiram restringir os vistos e congelar os bens de 21 responsáveis ucranianos e russos.

Fonte G1

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 18 de março de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , ,

Governo dos EUA paralisa atividade também no Twitter e Facebook

A paralisação dos serviços públicos dos Estados Unidos não será tuitada. Pelo menos, se depender dos departamentos e órgãos do governo norte-americano. Muitos deles interromperam a atualização de suas ações no Twitter e Facebook, assim como a interlocução com os cidadãos dos países por meio dessas redes sociais.

O prazo para que o Congresso aprovasse um Orçamento que permitisse novos gastos federais acabou à meia-noite desta segunda-feira (30).

O impasse ocorre porque a Câmara, controlada pelos Republicanos quer fazer mudanças no programa de reforma do sistema de saúde do presidente Barack Obama, incluindo o adiamento de um ano da exigência para que os cidadãos adquiram plano de saúde. Para Obama, se trata de uma “questão ideológica”.

Pelo menos seis departamentos dos EUA (equivalentes aos ministérios no Brasil) avisaram em suas contas do Twitter que deixarão de atuar na rede social enquanto durar a paralisação no governo.

São eles o do Comércio (@commercegov), Segurança Nacional (@customsborder), Moradia e Desenvolvimento Urbano (@HUDgov), de Energia (@energy), Trabalho (@usdol) e Educação (@usedgov). A Segurança Nacional comunicou ainda a paralisação em sua página no Facebook.

A paralisação é comunicada quase que da mesma forma. “Devido á paralisação, novas atualizações não serão postadas ou respondidas até as operações se normalizarem. Obrigada pela compreensão”, tuitou o Departamento de Moradia e Desenvolvimento Urbano.

A paralisação já virou um dos assuntos mais comentados nos Estados Unidos. Pelo menos dois termos entre os trending topics do país são usados para discutir o assunto: Obamacare e #governmentshutdown.

Também aderiram à paralisação virtual a Agência Espacial Americana (Nasa), que alimenta o perfil @nasa, a Fundação Nacional para a Ciência (@nsf) e o Departamento de Combate às Drogas (@ondcp).

O departamento de Defesa (@deptoofdefense) não anunciou explicitamente uma paralisação como os demais, mas seu último tuíte de quatro horas atrás sugere que também aderiram. “#SecDef discute a segurança nacional durante o #govtshutdown.”

Outros departamentos, como o do Tesouro e da Justiça, não são tão atuantes no Twitter. As últimas interações dos dois são de 19 e 30 de setembro, respectivamente.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 2 de outubro de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

Governo dos EUA paralisa atividade também no Twitter e Facebook

A paralisação dos serviços públicos dos Estados Unidos não será tuitada. Pelo menos, se depender dos departamentos e órgãos do governo norte-americano. Muitos deles interromperam a atualização de suas ações no Twitter e Facebook, assim como a interlocução com os cidadãos dos países por meio dessas redes sociais.

O prazo para que o Congresso aprovasse um Orçamento que permitisse novos gastos federais acabou à meia-noite desta segunda-feira (30).

O impasse ocorre porque a Câmara, controlada pelos Republicanos quer fazer mudanças no programa de reforma do sistema de saúde do presidente Barack Obama, incluindo o adiamento de um ano da exigência para que os cidadãos adquiram plano de saúde. Para Obama, se trata de uma “questão ideológica”.

Pelo menos seis departamentos dos EUA (equivalentes aos ministérios no Brasil) avisaram em suas contas do Twitter que deixarão de atuar na rede social enquanto durar a paralisação no governo.

São eles o do Comércio (@commercegov), Segurança Nacional (@customsborder), Moradia e Desenvolvimento Urbano (@HUDgov), de Energia (@energy), Trabalho (@usdol) e Educação (@usedgov). A Segurança Nacional comunicou ainda a paralisação em sua página no Facebook.

A paralisação é comunicada quase que da mesma forma. “Devido á paralisação, novas atualizações não serão postadas ou respondidas até as operações se normalizarem. Obrigada pela compreensão”, tuitou o Departamento de Moradia e Desenvolvimento Urbano.

A paralisação já virou um dos assuntos mais comentados nos Estados Unidos. Pelo menos dois termos entre os trending topics do país são usados para discutir o assunto: Obamacare e #governmentshutdown.

Também aderiram à paralisação virtual a Agência Espacial Americana (Nasa), que alimenta o perfil @nasa, a Fundação Nacional para a Ciência (@nsf) e o Departamento de Combate às Drogas (@ondcp).

O departamento de Defesa (@deptoofdefense) não anunciou explicitamente uma paralisação como os demais, mas seu último tuíte de quatro horas atrás sugere que também aderiram. “#SecDef discute a segurança nacional durante o #govtshutdown.”

Outros departamentos, como o do Tesouro e da Justiça, não são tão atuantes no Twitter. As últimas interações dos dois são de 19 e 30 de setembro, respectivamente.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 2 de outubro de 2013 em Brasil

 

Tags: , , , , ,

Organização que resgata animais em perigo ajuda também crianças

O visitante Paollo, de 9 anos, brinca com Flair, um peru resgatado pela organização The Gentle Barn. (Foto: AFP Photo/Joe Klamar)O visitante Paollo, de 9 anos, brinca com Flair, um peru resgatado pela organização The Gentle Barn. (Foto: AFP Photo/Joe Klamar)

A organização “The Gentle Barn”, que fica na cidade de Santa Clarita, norte de Los Angeles, nos Estados Unidos, abriga cerca de 170 animais resgatados. Mas a reabilitação de bichos que foram gravemente abusados e maltratados não é a única atividade do “celeiro”.

O contato com os animais resgatados serve como terapia para crianças que sofreram de abusos, que estão em recuperação do abuso de drogas, em liberdade condicional, ou que vivem em orfanatos. Crianças e adultos com problemas mentais, emocionais e físicos também são beneficiados pela iniciativa.

Segundo a instituição, a interação com os animais promove o aprendizado sobre perdão, coragem, força, habilidades de liderança, confiança, empatia e simpatia.

Visitantes do Gentle Barn observam porco resgatado enquanto ele toma banho de lama. (Foto: AFP Photo/Joe Klamar)Visitantes do Gentle Barn observam porco resgatado enquanto ele toma banho de lama. (Foto: AFP Photo/Joe Klamar)Visitantes brincam com vacas resgatadas por instituição. (Foto: AFP Photo/Joe Klamar)Visitantes brincam com vacas resgatadas por instituição. (Foto: AFP Photo/Joe Klamar)O garoto Brian, de 6 anos, dá comida ao cavalo Sasha, na instituição The Gentle Barn. (Foto: AFP Photo/Joe Klamar)O garoto Brian, de 6 anos, dá comida ao cavalo Sasha, na instituição The Gentle Barn. (Foto: AFP Photo/Joe Klamar)

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 17 de setembro de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , , , ,

Orangotangos também planejam viagens e avisam grupo, diz estudo

Orangotango macho Arno, um dos 15 estudados (Foto: Perry van Duijnhoven/AP)Orangotango macho Arno, um dos 15 estudados,
em imagem de 1998 (Foto: Perry van Duijnhoven/AP)

Orangotangos também planejam viagens e avisam os demais integrantes do grupo, por meio de gritos, para onde estão indo, revela um estudo suíço publicado na quarta-feira (11) na revista científica “PLos One”.

A pesquisa analisou 15 machos selvagens nas florestas de Sumatra, ilha pertencente à Indonésia, durante 320 dias nos anos 1990.

Os autores descobriram que esses primatas traçam antecipadamente seus dias seguintes de caminhada e compartilham o plano com os demais, para que as fêmeas possam segui-los ou rastreá-los – para acasalar, ser assediadas ou apenas protegidas – e outros machos se mantenham afastados.

Segundo o autor do trabalho, Carel van Schaik, diretor do Instituto de Antropologia da Universidade de Zurique, os orangotangos se viram em direção à sua próxima rota e soltam um grito de até 4 minutos. Então, dormem e depois de 12 horas seguem o caminho previamente anunciado.

“Eles estão continuamente atualizando seu Google Maps, por assim dizer. Baseados nisso, planejam o que fazer em seguida”, compara o cientista.

Ao longo dos 11 meses de acompanhamento, os pesquisadores observaram mais de 1.100 gritos dos primatas.

“Isso mostra que eles são muito parecidos conosco nesse quesito. Nosso mais antigo ancestral hominídeo deve ter feito a mesma coisa”, acredita Van Schaik.

Em estudos publicados anteriormente, feitos em zoológicos e ambientes controlados, pesquisadores já haviam visto essa forma de planejamento, mas essa é a primeira evidência sólida do que ocorre na natureza.

Segundo Van Schaik, seus resultados demoraram a ser divulgados justamente porque ele achava que poucas pessoas acreditariam nisso. Mas, nos últimos anos, testes em laboratório e cativeiro têm comprovado sua teoria.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 13 de setembro de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , , , ,

Xbox One também poderá ser ligado à distância para baixar jogos

Microsoft divulgou imagens do Xbox One, do novo controle e do Kinect 2 (Foto: Divulgação/Microsoft)Xbox One (Foto: Divulgação/Microsoft)

Assim como o PlayStation 4, o Xbox One irá fazer downloads de atualizações e jogos comprados pela Xbox Live automaticamente, sem que o usuário tenha de ligar o console. Marc Whitten, chefe de produto do Xbox, confirmou o recurso no console de nova geração da Microsoft nesta sexta-feira (30) em uma postagem no Twitter.

Nesta semana, a Sony também anunciou a função de ativação remota para o PS4.

Segundo Whitten, o estado de baixo consumo de energia do Xbox One – que na prática significa que ele nunca fica desligado por completo – permite que o aparelho sempre fique conectado à internet e perceba sem a interferência do usuário quando há algum download pendente, seja ele um novo jogo ou alguma atualização.

Whitten afirma que a nova função vale tanto para compras feitas pelo site do Xbox quanto para transações pelo aplicativo Smartglass.

O recurso é inédito em relação ao PlayStation 3 e ao Xbox 360, que permitem comprar jogos mesmo longe dos consoles, mas não ordenar remotamente que eles liguem e comecem a baixar o conteúdo.

Nos Estados Unidos, o Xbox One irá custar US$ 500. O console já está em pré-venda no Brasil por R$ 2,2 mil. Em ambas as regiões o lançamento está previsto para novembro.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 31 de agosto de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

Rival do iWatch: Google também pode estar preparando relógio inteligente

Ainda não há detalhes sobre como será a provável aparência do dispositivo da gigante de buscas. Samsung confirmou recentemente que trabalha em aparelho parecido.

Há relatos de que o Google está trabalhando no seu próprio relógio inteligente com Android.

“Smartwatch” parece ser o tema do momento no mundo da tecnologia, com ambas as empresas – Apple e Samsung – supostamente trabalhando em projetos do tipo. Bem, agora a gigante de Mountain View também está entrando no jogo com um projeto próprio.

Em 2011, o Google solicitou uma patente para um “relógio inteligente” com display ‘flip-up’ de tela dupla e uma “interface de usuário tátil”. Embora a empresa não tenha trazido um produto desse tipo para o mercado, ela fez o lançamento do Motorola MOTOACTV, um SmartWatch com Android.

Relógios inteligentes de grandes empresas como o Google e a Apple são apenas rumores até o momento, sem nenhuma indicação de quando serão lançados.

A Samsung confirmou que definitivamente está desenvolvendo um e a Sony já tem um SmartWatch há um tempo, então se você quiser um você pode dar uma olhada nele ou em de startups como o Pebble.

Ainda não há detalhes sobre como será a provável aparência do dispositivo do Google ou o que ele poderá fazer. Em geral smartwatches tem uma pequena tela sensível ao toque e se conectam a um smartphone via Bluetooth para que o usuário possa receber notificações e se conectar a redes sociais, além de informar as horas – claro.

Embora o interesse em relógios inteligentes e dispositivos “vestíveis” (wearable) parece estar aumentando, não temos certeza de que alguém realmente quer este tipo de kit.

O que você acha disses novos dispositivos? Você compraria um relógio do Google para sincronizá-lo com o seu smartphone Android? Deixe sua opinião nos comentários abaixo.

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 26 de junho de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , , , , ,