RSS

Arquivo da tag: suporte

Novo suporte para papel higiênico

papel

Ai cara nem sei porque eu ainda posto esse tipo de coisa…

Sorry, I could not read the content fromt this page.

Fonte: ahnegao.com.br

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 13 de setembro de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , ,

Aplicativo do YouTube para iOS ganha suporte para streaming ao vivo

Novidade está disponível por meio do update 1.3, que também adiciona o feed Minhas Assinaturas.A partir de agora será possível acompanhar transmissões ao vivo do YouTube por meio do aplicativo iOS do serviço de vídeos do Google.

Disponível com a atualização 1.3, liberada nesta segunda-feira, 15/4, a novidade teria sido muito útil justamente no último final de semana, quando o YouTube transmitiu ao vivo o festival de música Coachella.

Outra novidade do update é que o usuário pode acessar de maneira mais fácil e rápida os novos vídeos dos canais que assina por meio do recém-lançado feed “Minhas Assinaturas” (“My Subscriptions”).

Disponível na App Store brasileira, o aplicativo do YouTube exige o iOS 5.0 ou versão mais recente para rodar no seu iPhone, iPad ou iPod Touch.

Link para download:

YouTube (iPhone e iPod Touch)

YouTube (iPad)

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 26 de junho de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,

Suporte da Microsoft ao Windows Phone 8 termina em 2014

Estratégia de upgrade para uma futura versão do sistema operacional ainda não está clara. Uma possibilidade é um ciclo de atualizações anuais, como a Apple.

A Microsoft já iniciou a contagem regressiva para o fim do suporte ao Windows Phone 8 e Windows Phone 7.8, e ambos os sistemas operacionais podem ser “abandonados” já na segunda metade de 2014, de acordo com o calendário de suporte da própria Microsoft. A página mostra que a Microsoft planeja encerrar o suporte “principal” ao Windows Phone 8 em Julho de 2014, daqui a apenas 16 meses, e ao Windows Phone 7.8 em Setembro de 2014.

Sobre o cronograma a Microsoft disse que “irá disponibilizar atualizações para o sistema operacional de seu smartphone, incluindo as de segurança, por um período de 18 meses após o início do “ciclo de vida” do sistema. A distribuição das atualizações pode ser controlada pela operadora ou fabricante do aparelho”. A Microsoft não se comprometeu em atualizar todos os aparelhos compatíveis.

Se você está pensando em comprar um smartphone com Windows Phone 8 agora, atrelado a um contrato de 2 anos com uma operadora, isso significa que ao final do período você poderá ter um aparelho que não recebe mais atualizações de software. Se elas ainda forem oferecidas, podem ser intermitentes e, como disse a Microsoft “variar de acordo com o país, região ou capacidade do hardware”.

Um cenário familiar

Os primeiros a adotar o Windows Phone passaram por algo similar. No ano passado a Microsoft deixou para trás os usuários do Windows Phone 7.5, que não puderam atualizar seus aparelhos para o Windows Phone 8. Estes entusiastas tiveram de esperar pela versão 7.8, que também não oferece um caminho de upgrade para a versão mais recente do sistema operacional móvel da Microsoft.

Como a Microsoft não divulgou detalhes sobre a próxima versão do Windows Phone, não está claro se os atuais aparelhos com o Windows Phone 8 serão atualizados para o que atualmente é conhecido como “Blue”, o codinome de uma versão do sistema esperada para o final de 2013.

Parece improvável que a Microsoft irá abandonar outra geração de usuários do Windows Phone. Na transição do Windows Phone 7 para o 8 havia um novo kernel (o núcleo do sistema) que não era compatível com o hardware dos Windows Phone originais. Mas depois do lançamento do Windows Phone 8 parece que a Microsoft não precisa fazer o tipo de grandes mudanças no kernel que exigiriam o abandono de outra geração de hardware.

É provável que a Microsoft esteja apenas deixando claro por quanto tempo pretende suportar a geração de software atual, e que com a chegada do Blue no final deste ano, os usuários do Windows Phone 8 recebam uma atualização anual, similar às estratégias da Google e Apple. Ainda assim, como a Google, a Microsoft enfrenta o desafio de distribuir rapidamente a atualização aos seus usuários, devido à variedade de fabricantes e operadoras que antes precisam testar e aprovar o software.

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 23 de junho de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,

Apple TV ganha suporte para teclados Bluetooth em novo update

Atualização também traz outras melhorias como recurso Up Next, para ver quais as próximas faixas que serão reproduzidas, e melhorias do iTunes in the Cloud. A Apple TV se juntou ao iPhone e ao iPad e recebeu uma atualização de sistema (versão 5.2) nesta segunda-feira, 28/1. As informações são do site especializado 9to5Mac.

Com o update, os usuários agora podem utilizar teclados Bluetooth com a set-top box da Apple, que reproduz conteúdos em streaming de serviços como Netflix e iTunes Store. Anteriormente, esse recurso havia sido visto em um beta liberado no final de 2012.

Outras novidades da atualização incluem a chegada do recurso Up Next, lançado com a versão mais recente do iTunes para ver qual a próxima faixa a ser reproduzida, e melhorias para acessar o iTunes pelo iCloud.

A Apple TV está disponível no Brasil com preço sugerido de 400 reais (nos EUA, o aparelho sai por 100 dólares).

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 22 de junho de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

iPhone: novo case ajuda viajantes ao trazer suporte para SIM cards

Acessório SIMPLcase permite ao usuário guardar até três chips, além de chave para abrir bandeja do smartphone. Um novo case para iPhone 5 pode ser muito útil para os viajantes de plantão ao trazer um suporte embutido para o usuários guardar seus diferentes SIM cards, além da chave para retirar o chip do smartphone.

Chamado de SIMPLcase, o acessório está tentando financiamento pelo site para empreendedores Kickstarter – até o momento já arrecadou quase 5 mil dólares de um total de 20 mil dólares necessários para produção. Para comprar um, é preciso desembolsar entre 12 e 14 dólares.

Além de permitir que o usuário guarde os SIM cards de diferentes países (e operadoras), o case também pode funcionar como suporte para o seu iPhone. Para isso, basta encaixar um cartão de banco, por exemplo, na parte traseira e pronto (veja no vídeo abaixo).

simplcaseiphone_01.jpg

Segundo os criadores, o SIMPLcase terá envio para o mundo todo e está disponível em diversas cores.

O que achou da ideia? Nos diga nos comentários abaixo.

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 17 de junho de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

Opinião: por que o iPad precisa de suporte para múltiplas contas

Mudança seria solução para família e/ou casais que não podem comprar mais de um tablet, mas querem manter suas configurações e dados pessoais no aparelho. Imagine essa cena comum: uma família compartilha um iPad, com cada pessoa lutando para manter do aparelho tempo o bastante para jogar seu games favorito, checar o Facebook, enviar e-mails, e navegar pela web. Mas como o iPad só pode ter uma conta, a mãe não pode realizar essas atividades cotidianas no tablet, a não ser que use opções como webmail e o site da rede social. Além disso, os favoritos e o histórico de navegação dela ficam visíveis para todos os outros usuários, assim como qualquer informação e senhas salvas e/ou com recurso auto-completar.

A maioria das pessoas contorna esse problema ao não usar um iPad compartilhado para e-mail e outros dados pessoais – mas por que elas precisariam limitar seu uso do aparelho? A Apple poderia facilmente resolver essa situação ao adicionar contas múltiplas no iOS.

Múltiplas como no OS X

Estamos acostumados a trabalhar com múltiplas contas de usuários desde os primeiros dias do Mac OS X. Fazer login e logout de um Mac compartilhado não é nada demais: muitas pessoas fazem isso regularmente no dia-a-dia. Apesar de alguns casais ou famílias compartilharem uma única conta no Mac, eles estão perdendo uma variedade de benefícios. Em um iPad – vamos focar no tablet da Apple aqui porque o iPhone tende a ser um aparelho realmente mais pessoal – ter múltiplas contas permitiria que você “acordasse” o aparelho, visse uma tela com vários ícones, tocasse ou deslizasse para aquele da sua conta, digitasse uma senha, e então pudesse acessar sua própria configuração e dados pessoais.

Muitos casais e famílias dividem seus iPads, e em meu papel como o cara que responde as dúvidas sobre iTunes na Macworld nos EUA, costumo receber muitos e-mails perguntando sobre como configurar um iPad para múltiplos usuários. Algumas pessoas estão preocupadas sobre a segurança dos seus e-mails; outras tem preocupações sobre seus favoritos e histórico de navegação; e outros simplesmente não querem que seus filhos tenham acesso a todos os seus apps do aparelho (muitos poucos apps individuais exigem senhas para o acesso do usuário).

Como poderia funcionar

Um sistema com múltiplas contas de usuário resolveria todos esses problemas. Cada usuário poderia configurar uma tela inicial separada, e teria configurações pessoais definidas, assim como acontece em Macs compartilhados com mais de uma conta. Os usuários teriam suas próprias contas de e-mail, favoritos, contatos, calendários, e por aí vai, sempre configurados. Além disso, seus games ficariam conectados às suas contas no Game Center, e poderia ver seus próprios status pessoais, pontuações mais altas, e as fases de “Angry Birds” que já completaram.  Também poderia jogar “Letterpress” sempre que quisessem, e talvez ter a própria coleção de apps – se o recurso permitisse essas opções. Por último, cada usuários poderia “esconder” qualquer um dos aplicativos instalados no aparelho.

Esse novo setup para mais de um usuários exigiria algumas mudanças para gerenciar um iPad compartilhado. Em um aparelho iOS que sincroniza com um computador específico rodando o iTunes, as contas de usuários talvez tivesse de ser gerenciadas por meio de uma interface web (com uma Apple ID no processo). Um usuário ainda teria de lidar com a sincronização de conteúdos. O computador sincronizaria apps e arquivos de mídia, como fazer agora; mas outros dados, como contatos e favoritos, teriam de ficar armazenados no iCloud e permitirem o gerenciamento por um navegador na web ou, talvez, por meio de um app dedicado do iCloud feito para essa função. O iCloud (e o Game Center) já pode lidar com muitos desses dados; os únicos dados novos seriam os setups da tela inicial e as listas de apps dos usuários. Para lidar com as contas de usuários, aplicativos de terceiros teriam de se “ligar” ao iCloud também, mas muitos já fazem isso para armazenar arquivos ou dados.

Para “proteger” as crianças de determinados apps ou conteúdos, o pai responsável por sincronizar os aplicativos poderia escolher quais apps e as restrições que seriam aplicadas (ou não) à conta de cada criança. O efeito seria parecido com o Controle de Pais (Parental Controls) do OS X, e a configuração Restrições (Restrictions) no iOS.

A Apple poderia até permitir que cada usuário escolhesse quais arquivos de mídia pode sincronizar e acessar com a conta. Imagine um app parecido com o Remote – que te permite controlar a reprodução do iTunes a partir de um aparelho iOS – isso te permitiria escolher quais itens sincronizar com a sua conta em um iPad compartilhado. Você inevitavelmente esbarraria em situação em que um usuário tentaria carregar todas as cinco temporadas de “Breaking Bad”, mas o iPad já estaria cheio porque outra pessoa colocou duas temporadas de “Walking Dead” no aparelho. Para evitar essa “briga” por espaço, cada conta de usuário poderia ter um limite de uso de dados – podendo ser uma porcentagem da capacidade total, ou uma quantidade definida.

Obviamente que a Apple preferiria que nós apenas comprássemos mais iPads para servir a cada membro da casa. Mas para quem não pode arcar com essa despesa, especialmente em um país como o Brasil, a melhor maneira de tornar os iPads mais flexíveis é permitir que cada usuário tenha sua própria conta no tablet.

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 4 de maio de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,

Apple TV ganha suporte para teclados Bluetooth em novo beta

A revelação do CEO da Apple, Tim Cook, na semana passada de que a televisão é uma área de muito interesse para a empresa levantou muitas especulações sobre o que a Apple pode ter debaixo da manga quanto ao futuro da TV. 

Informações publicadas nesta segunda, 10/12, sugerem que a próxima versão do iOS pode adicionar a funcionalidade Bluetooth a Apple TV, o que poderia deixar o aparelho pronto para “dominar a sala de estar”. Outros rumores sugerem que a Apple seria inteligente em desenvolver mais esse periférico do que em tentar em criar um aparelho televisor completo.

A Apple parece já estar tentando facilitar o uso do modelo atual da Apple TV. Segundo o 9to5 Mac, o beta mais recente do software (provavelmente o 6.1) do produto traz suporte para controlar o aparelho por meio de um teclado Bluetooth.

A habilidade de usar um teclado com a Apple TV tornaria muito mais fácil a navegação por seções como iTunes Store e YouTube, por exemplo – sem se limitar a apenas escrever os nomes dos vídeos buscados. Vale lembrar que o aplicativo Remote, para aparelhos iOS, permite controlar a Apple TV pelo iPhone ou iPad.

De acordo com o 9to5Mac, a conexão Bluetooth não permitirá o uso de alto-falantes ou mouse com a tecnologia. Nem de conectar-se com um Mac via Bluetooth.

Também é sugerido que a Apple TV possa dar suporte a controles de terceiros que usem Bluetooth. Anteriormente, já foi dito que o aparelho poderia tornar-se um console de games, uma vez que o iOS já é uma plataforma de jogos bastante popular no mercado.

Outra sugestão é que um controle conectado via Bluetooth também poderia incluir um microfone para captação pelo Siri, permitindo aos usuários controlarem a Apple TV por meio de comandos de voz.

appletv_390

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 4 de maio de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,