RSS

Arquivo da tag: solucionar

Teste diferencia gêmeos e pode solucionar casos de estupro e paternidade

Mesmo gêmeos idênticos podem ser diferenciados (Foto: BBC)Mesmo gêmeos idênticos podem ser diferenciados (Foto: BBC)

Já se sabe que gêmeos idênticos não são totalmente iguais. Mas, até agora era quase impossível diferenciar o DNA destes gêmeos. Mas, um laboratório da Alemanha elaborou um novo exame de DNA que seria capaz de fazer essa diferenciação e que promete ajudar a esclarecer crimes não solucionados ou questões de paternidade.

Um exemplo de crime que pode ser resolvido com o novo teste é o caso dos estupros de seis mulheres em Marselha, sul da França, ocorridos no fim de 2012. As provas, inclusive amostras de DNA, levaram a polícia a dois suspeitos, os gêmeos idênticos Elwin e Yohan, que não tiveram os sobrenomes revelados.

As vítimas reconheceram os gêmeos, mas não conseguiram identificar qual dos dois tinha sido o estuprador. Os dois estão presos desde fevereiro de 2013; ambos se dizem inocentes e se recusam a culpar o outro.

Quando foram presos, a imprensa deu a entender que os testes para determinar qual dos gêmeos deveria ser acusado seriam caros demais. Mas isso pode mudar, com ajuda dos cientistas especializados em pesquisa de genoma no laboratório Eurofins, em Ebersberg, Alemanha.

‘O genoma humano é formado por um código alfabético de três bilhões de letras’, explicou Georg Gradl, especialista em sequenciamento genético do laboratório. ‘Se o corpo está crescendo, ou um embrião está se desenvolvendo, então todos as três bilhões de letras precisam ser copiados’. ‘Durante este processo de cópia no corpo acontecem ‘erros de digitação”, disse o cientista se referindo a pequenas mutações.

Partes de DNA
Em exames de DNA tradicionais apenas uma pequena parte do código é analisada, o suficiente para diferenciar duas pessoas consideradas normais, mas não para diferenciar gêmeos idênticos.

Gradl e sua equipe recolheram amostras de um par de gêmeos idênticos e analisaram toda a sequência de três bilhões de letras. Com isso, encontraram algumas dezenas de diferenças no DNA.

Os cientistas também analisaram o filho de um dos homens e descobriram que ele herdou cinco destas mutações do pai. Após analisar os resultados, eles afirmam que agora podem diferenciar qualquer gêmeo idêntico do outro e os filhos destes gêmeos.

A rapidez do resultado é importante nesses casos; o teste alemão leva um mês para ser concluído.

Institutos de Criminalística da Europa, América Latina e Estados Unidos já pediram ajuda à Eurofins para solucionar dez casos diferentes.

Gradl afirma que casos de estupro ou violência sexual envolvendo gêmeos são ‘mais frequentes do que nós esperávamos’. Com frequência há vestígios de sêmen e, ‘nestes casos, nós podemos diferenciar’.

A empresa não pode revelar em quais casos está trabalhando, mas Gradl admite que o caso de Marselha é ‘certamente um destes que gostaríamos de ajudar… e estamos convencidos que vamos conseguir (um resultado)’.

Crimes e paternidade
Outros crimes também poderiam se beneficiar do novo teste de DNA. Na Argentina, por exemplo, a Justiça suspendeu um julgamento para que fossem feitas mais investigações, depois que um homem acusado de estupro culpou o irmão gêmeo.

Vários casos de estupros ocorridos nos Estados Unidos também poderiam receber ajuda deste novo teste, mas também há complicações em casos ligados a tráfico de drogas.

Em 2009, em Kuala Lumpur, na Malásia, a polícia apreendeu 166 quilos de maconha e 1,7 quilo de ópio em um carro. O motorista foi preso e, ao chegar na casa para onde o carro estava indo, os policiais encontraram o gêmeo idêntico do motorista.

A polícia sabia que o primeiro, o motorista, seria o culpado, mas durante o julgamento, surgiram dúvidas sobre quem seria quem entre os gêmeos, e exames de DNA disponíveis não puderam ajudar a diferenciá-los oficialmente.

Os dois foram libertados, escapando da pena de morte que geralmente é o destino dos traficantes de drogas do país.

E não apenas crimes seriam solucionados, mas também casos de dúvida em relação a paternidade envolvendo gêmeos idênticos.

Em 2007, a Justiça do Estado americano do Missouri tentou descobrir quem era o pai do filho de Holly Marie Adams, que manteve relações sexuais com dois irmãos, gêmeos idênticos, Raymon e Richard Miller.

Como neste caso o teste de DNA tradicional foi inconclusivo, foi necessário contar apenas com os testemunhos de Holly sobre os dias exatos em que ela manteve relações com os dois, como estas datas correspondiam ao ciclo menstrual e se algum deles usou preservativo.

No final, apenas com base nestas provas, foi determinado que Raymon era o pai. Para Laura Walton-Williams, do Departamento de Ciência do Crime e Criminalística da Universidade de Staffordshire, na Grã-Bretanha, o teste de DNA da Eurofins é um grande avanço, e poderia ser usado até para descobrir se um gêmeo está envolvido no assassinato de um irmão idêntico, pois, pela primeira vez, será possível diferenciar o DNA da vítima e do suspeito.

Mas, a especialista acredita que a Justiça precisará saber se este exame foi rigorosamente testado, e se o custo poderá influenciar na decisão de usá-lo ou não. Até o momento a Eurofins não divulgou quando este exame de DNA vai custar.

Fonte G1

Anúncios
 
1 comentário

Publicado por em 16 de janeiro de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , , ,

Cidade francesa pede ajuda ao Batman para solucionar crimes

Marselha, a segunda maior cidade da França, tem sido atormentada com graves crimes há meses e, segundo os moradores, o problema só está piorando.

A polícia, aparentemente “incapaz” de resolver os problemas e colocar a ordem no local, está ganhando desprezo da cidade e os moradores de Marselha estão reagindo de uma forma diferente a violência – eles pediram ajuda do Batman.

Cidade da França pede ajuda ao Batman para ajudar a solucionar dezenas de crimes (Foto: Reprodução/Facebook/Un Batman pour Marseille?)Cidade da França pede ajuda ao Batman para ajudar a solucionar dezenas de crimes (Foto: Reprodução/Facebook/Un Batman pour Marseille?)

Para os cidadãos, as ruas de Marselha agora estão mais perigosas do que as ruas de Gotham, especialmente após a morte de Jacques Blondel, morador de 61 anos, na semana passada. Blondel foi morto ao tentar impedir um assalto e sua morte foi a gota d’água para a população.

Após o episódio, as pessoas se sentiram incapazes de confiar em políticos locais ou oficiais de polícia para cuidar da cidade. Desde então, eles começaram uma “petição online” pedindo para o Batman salvar Marselha.

Até o momento, mais de 3.000 pessoas assinaram a petição. Eles também fizeram comentários de que até mesmo um combatente do crime fictício patrulhando as ruas é melhor do que a situação atual.

View the original article here

 
1 comentário

Publicado por em 29 de agosto de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

Dicas para solucionar problemas quando o iPhone “estoura” a capacidade

Bug faz aparelho iOS superar capacidade de armazenamento sem explicação. Possíveis soluções incluem reiniciar iTunes e restaurar gadget.

Na semana passada, quando conectei o iPad ao iTunes, o gráfico de Capacidade (que você vê na parte inferior da janela quando o iPad é selecionado) surpreendentemente indicou que o aparelho estava “Acima da Capacidade” (“Over Capacity”). E não era por pouco: segundo o software, o aparelho tinha 11GB a mais do que o comportado, o que me deixou surpreso. 

Anteriormente, o tablet não tinha ficado nem próximo da sua capacidade máxima. Pelo que me lembrava, não havia feito nada de diferente para aumentar tanto a quantidade de dados armazenados no aparelho.

Ao analisar o gráfico de Capacidade no iTunes, percebi duas anomalias. A primeira é que a categoria Fotos (que tinha cerca de 5GB de dados) tinha desaparecido. A outra é que a categoria Outros havia “explodido” para mais de 10 vezes o seu tamanho anterior, contando inteiramente a razão pela qual o iPad não parecia mais ter nenhum espaço livre.

Uma busca na web revelou algumas soluções potenciais, que iam desde fechar e abrir novamente o iTunes até um apagar completo do aparelho por meio da opções Restaurar na tela de Resumo do iPad.

Depois que soluções simples como abrir novamente o iTunes não funcionaram para mim, optei por um meio termo: selecione Restaurar a Partir do Backup…por meio do menu contextual da listagem do aparelho na coluna esquerda do iTunes. Isso evita a restauração completa que consome mais tempo e teria exigido uma nova instalação do firmware.

E essa solução realmente funcionou – mas tive alguns pequenos problemas para reiniciar o iPad após a restauração. Quando o aparelho finalmente completou sua reinicialização, o erro “acima da capacidade” tinha desaparecido. As coisas tinham voltado ao normal.

A visão mais geral é que os dados da seção Outros representam principalmente arquivos temporários. Ocasionalmente, alguma coisa pode dar errado e esses arquivos param de ser removidos quando não são mais necessários. À medida que os arquivos acumulam, o espaço livre diminui. 

Infelizmente, não consegui encontrar uma explicação sobre o que exatamente acontece de errado ou como evitar essa situação.

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 9 de fevereiro de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , , , ,