RSS

Arquivo da tag: sobrevive

Taiwanês sobrevive após ficar 4 dias ‘sepultado’: ‘posso ter caído bêbado’

Homem é retirado de cova por bombeiros após 4 dias 'sepultado' em Taiwan (Foto: Departamento de Bombeiros do Condado de Nantou)Homem é retirado de cova por bombeiros após
4 dias ‘sepultado’ em Taiwan (Foto: Departamento
de Bombeiros do Condado de Nantou)

Um taiwanês que permaneceu por quatro dias dentro de um túmulo foi resgatado esta semana e se encontra hospitalizado em situação estável, informou neste sábado (15) a Polícia local.

O incidente ocorreu na aldeia Chaotun, no distrito de Nantou, e o protagonista, de sobrenome Chien, não se lembra exatamente como acabou sendo “sepultado”. “Posso ter caído bêbado”, disse ele à imprensa de Taiwan, afirmando também que talvez alguns amigos o tenham atirado como forma de brincadeira.

Quatro dias após Chien ter caído na vala, alguns visitantes do cemitério ouviram alguns ruídos e chamaram a polícia, que foi ao local junto aos bombeiros e encontrou o homem dentro da sepultura.

A fossa não estava tapada com terra, mas sim com uma pesada prancha de madeira que o homem não conseguiu levantar quando despertou. No interior, Chien sofreu ferimentos e picadas de insetos e sobreviveu graças a uma sacola de plástico com a qual conseguiu coletar a própria urina e bebê-la, segundo a polícia.

O incidente deixou atônita a sociedade taiwanesa. A Polícia busca pistas de como o homem chegou à fossa e ficou fechado no túmulo, que já tinha sido usado, mas estava aberto devido a operações de limpeza do cemitério.

View the original article here

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 15 de março de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

Gato sobrevive após levar flechada na cabeça nos EUA

Raio-X mostra a flecha que atingiu o gato Quiver (Foto: AP Photo/Washington Family Vet Clinic via The Spectrum)Raio-X mostra a flecha que atingiu o gato Quiver (Foto: AP Photo/Washington Family Vet Clinic via The Spectrum)

O gato Quiver foi atingido por uma flecha, mas sobreviveu em Washington, no estado americano de Utah.

Quiver foi achado na quarta-feira (5), após ficar alguns dias desaparecido.

A flecha entrou pela cabeça, atravessou o esôfago e saiu pelas omoplatas do animal, segundo funcionários da ONG One More Chance C.A.T.S.

Um veterinário da clínica  Washington Family Vet Clinic retirou a flecha e afirmou que o gato deve sobreviver.

O gato Quiver se recupera (Foto: AP Photo/Washington Family Vet Clinic via The Spectrum)O gato Quiver se recupera (Foto: AP Photo/Washington Family Vet Clinic via The Spectrum)

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 9 de fevereiro de 2014 em Brasil

 

Tags: , , ,

Menina de 16 anos sobrevive a queda livre de 900 m após falha de pára-quedas

Makenzie Wethington realizava o sonho de saltar de paraquedas quando despencou de uma altura de 900 metros (Foto: EVN/BBC)Makenzie Wethington realizava o sonho de saltar
de pára-quedas quando despencou de uma altura
de 900 metros (Foto: EVN/BBC)

Uma adolescente americana do Texas que celebrava seu aniversário de 16 anos realizando o sonho de pular de pára-quedas, escapou por pouco da morte ao despencar cerca de 900 metros depois de problemas com seu paraquedas.

Makenzie Wethington, de 16 anos, foi hospitalizada após o acidente, neste final de semana, com sangramento interno, rompimento do fígado e fraturas em bacia, vértebras lombares, ombro e várias costelas, além de outros ferimentos.

Wethington tinha ido para Oklahoma fazer o salto por ser nova demais para fazê-lo no Texas, disse sua irmã Megan Wethington ao canal de TV Fox News em Dallas.

‘No Texas você precisa ter 18 anos. Você precisa saltar quatro vez com alguém antes de saltar sozinha. Em Oklahoma, você só precisa ter 16 anos.’

Wethington está tendo uma recuperação ‘milagrosa’ e deve sair da unidade de tratamento intensivo nesta semana.

‘Eu não sei os detalhes do acidente, porque não estava lá. Mas se ela realmente caiu de uma altura de mil metros, eu não sei como ela sobreviveu’, disse Jeffrey Bender, cirurgião responsável pelo caso, em uma coletiva de imprensa.

‘Mesmo os enfermeiros e médicos que escutam a história, se perguntam ‘Como? Como é que ela ainda está aqui?”, disse sua irmã.

A queda
Depois de completar uma aula de treinamento de seis horas exigida pela Pegasus Air Sports Center, em Oklahoma, Makenzie Wethington e seu pai embarcaram em um pequeno avião.

O pai da adolescente saltou primeiro e pousou em segurança. Ele, então, viu sua filha saltar.

‘Eu queria ter ido depois dela, caso algo acontecesse. Mas isso não foi possível por causa do peso do avião e das pessoas, então eu tive que ir primeiro e ela seria a última’, Joe Wethington disse à NBC em Dallas.

Depois de ser acionado, dois segundos depois do salto, seu pára-quedas saiu da mochila, mas não abriu. Ela girou no ar e caiu em um campo com grama.

‘Foi um horror assistir a essa cena, não importa quem fosse, mas eu definitivamente não queria que fosse a minha menina’, disse Wethington.

O proprietário do Pegasus Air Sports Center, Robert Swainson, disse que não estava claro se a queda foi causada pela adolescente ou se pela maneira como o pára-quedas foi preparado para o salto.

Ele disse que o paraquedas do adolescente abriu corretamente, mas ela começou a rodopiar quando o pára-quedas saiu sem se abrir.

Wethington recebeu instruções sobre como lidar com esses problemas durante a sessão de treinamento. Ela também recebeu instruções por meio de um microfone de rádio em seu capacete, mas não seguiu os procedimentos corretos, disse ele.

Swainson acrescentou que ele não conseguiria ajudar a jovem uma vez ficou claro que ela estava com problemas.

‘O máximo que eu podia fazer era gritar’, disse ele.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 30 de janeiro de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , ,

Montanhista sobrevive a queda de 250 metros e promete voltar a escalar

O britânico Ollie Daniel no hospital (Foto: BBC)O britânico Ollie Daniel durante internação no hospital (Foto: BBC)

Um montanhista que sobreviveu a uma queda de 250 metros na Escócia disse à BBC que se sente sortudo por estar vivo e que pretende voltar a escalar.

O britânico Ollie Daniel, de 25 anos, estava acompanhado de outras duas pessoas – uma delas, seu pai – quando escalava o penhasco Coire Sputan Dearg, no norte do país, no domingo (5).

“Estávamos navegando a uma visibilidade quase nula quando dei um passo e não tinha nada embaixo. Então despenquei de uma altura de 250 metros”, disse Daniel.

“Na hora, pensei: ‘Já era’. A sensação que tive foi de que eu despenquei por um longo tempo até parar.”

Ele lembra que houve momentos de deslizamento e queda livre.

“Houve apenas um grande impacto (quando chegou à terra firme), que parece ter sido responsável pela maior parte do estrago”, afirmou.

Daniel sofreu lesões no fígado e nos pulmões, teve o pulso e nove costelas quebradas, além de vários cortes e contusões.

O britânico conta que, em seguida, se arrastou até um local mais protegido e se cobriu com seu saco de dormir, enquanto esperava ajuda.

Ele disse que, cerca de duas horas depois, ouviu um helicóptero da Força Aérea Britânica, o que foi um “grande alívio”, mas também “muito desanimador”, quando Daniel percebeu que o resgate estava indo para o local errado.

Mais tarde, o montanhista foi encontrado por uma equipe de resgate de montanha.

Daniel disse que se sentiu “sortudo” por duas razões: por ter sobrevivido a uma queda dessa altura e por ter sido encontrado pelo socorro.

Sobre planos de voltar às montanhas, ele disse: “A razão dessa escalada era fazer uma preparação para uma ainda maior.”

O britânico Ollie Daniel durante o resgate (Foto: Arquivo pessoal)O britânico Ollie Daniel no momento do resgate (Foto: Arquivo pessoal)

Um grito
No hospital, o britânico disse: “Eu certamente já me senti melhor, mas, felizmente, não me sinto pior.” Seu pai, James Daniel, deu sua versão do acidente: “Nós estávamos andando em uma fila de três, Ollie na frente e eu, atrás.”

“Ele deu um passo, soltou um grito e desapareceu”, contou.

“Chegamos o mais perto que conseguimos, e então começamos a pensar ‘Oh, não, algo grave aconteceu aqui'”, revelou o pai.

O grupo então conseguiu dar o alarme aos serviços de emergência, sem saber, porém, se Daniel estava vivo.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 11 de janeiro de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , , ,

Homem sobrevive após pedra de 30 toneladas ‘esmagá-lo’ nos EUA

Investigadores analisam o local em que uma pedra deslizou e atingiu um homem no Arizona, nos EUA (Foto: Coconino County Sheriff/ AP)Investigadores analisam o local em que uma pedra deslizou e atingiu um homem no Arizona, nos EUA (Foto: Coconino County Sheriff/ AP)

Um homem foi atingido por uma rocha gigante numa estrada do Arizona, nos Estados Unidos, e coseguiu sobreviver, segundo fontes médicas.

De acordo com o jornal “Daily News”, o rapaz passava pelo local junto com outras quatro pessoas para ir trabalhar em uma torre de rádio na região na quarta-feira (11) quando encontrou uma pedra na estrada.

Ele tentou retirar a pedra do caminho quando foi surpreendido com uma rocha de 30 toneladas que deslizou da montanha e o atingiu. Chovia no momento do acidente e os companheiros do rapaz pediram ajuda.

O homem foi levado para um hospital da região e teve ferimentos nas pernas e na pélvis, segundo o jornal. Já os outras pessoas não sofreram ferimentos e também ajudaram a socorrer o rapaz.

Rapaz foi socorrido e levado para um hospital da região com ferimentos na perna (Foto: Coconino County Sheriff/ AP)Rapaz foi socorrido e levado para um hospital da região com ferimentos na perna (Foto: Coconino County Sheriff/ AP)

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 13 de setembro de 2013 em Brasil

 

Tags: , , , ,

Só um panda sobrevive, de trigêmeos nascidos em centro de estudo chinês

A panda gigante Jiaozi deu à luz trigêmeos em agosto, na Base de Pesquisa de Reprodução de Pandas Gigantes, em Chengdu, na província de Sichuan, na China. Mas apenas um filhote sobreviveu. Fotografia tirada nesta quinta-feira (5) mostra o filhote em incubadora do centro de pesquisas.

Uma cuidadora segura filhote de panda nascido em agosto; ele foi o único dos trigêmeos a sobreviver. (Foto: Reuters/Stringer )Uma cuidadora segura filhote de panda nascido em agosto; ele foi o único dos trigêmeos a sobreviver. (Foto: Reuters/Stringer )

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 8 de setembro de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , , , ,