RSS

Arquivo da tag: servios

Vivo é multada em R$ 3,6 milhões por falta de qualidade dos serviços

Oi também voltou a ser punida pela Anatel por descumprir metas para telefonia fixa.

19 de fevereiro de 2013 – 18h22

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) multou a empresa Telefônica Brasil (atual Vivo) em 3,9 milhões de reais pelo descumprimento de metas de qualidade na telefona fixa. A Oi também voltou a receber uma nova infração por não atender os indicadores estabelecidos pelo órgão regulador.

Segundo a portaria publicada hoje (19/02) no Diário Oficial da União, se a Vivo renunciar ao direito de recorrer da decisão, poderá ter uma redução da multa em 25%. A empresa informou que “está tomando as providências cabíveis” e explicou que as razões que originaram o processo administrativo referem-se ao ano de 2011 e já foram superadas com os investimentos realizados. “A operadora continua atuando para oferecer níveis cada vez maiores de qualidade”, disse a Telefônica/Vivo, em nota.

A empresa Telemar Norte Leste (atual Oi) também foi multada hoje em 4,6 milhões de reais por descumprimento de metas previstas no Plano Geral de Metas de Universalização (PGMU) para a telefonia fixa. A Anatel aceitou parcialmente o pedido de reconsideração da operadora e baixou em 18 mil reais o valor da multa aplicada anteriormente.

Na semana passada, a Oi já havia uma multa de 34,2 milhões de reais por descumprimento de metas de qualidade impostas pela Anatel ás operadoras de telefonia móvel.

A Oi informou que está analisando o teor da medida anunciada pela Anatel, referente a um processo do ano de 2002, e disse que deverá recorrer judicialmente da decisão.

“A Oi ressalta ainda que considera necessário, no caso de multas regulatórias, observar a razoabilidade e a proporcionalidade das multas”, informa a empresa.

*Com informações da Agência Brasil

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 25 de junho de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,

Vivo leva multa de R$ 3,6 milhões por falta de qualidade dos serviços

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) multou a empresa Telefônica Brasil (atual Vivo) em 3,9 milhões de reais pelo descumprimento de metas de qualidade na telefona fixa. A Oi também voltou a receber uma nova infração por não atender os indicadores estabelecidos pelo órgão regulador.

Segundo a portaria publicada hoje (19/02) no Diário Oficial da União, se a Vivo renunciar ao direito de recorrer da decisão, poderá ter uma redução da multa em 25%. A empresa informou que “está tomando as providências cabíveis” e explicou que as razões que originaram o processo administrativo referem-se ao ano de 2011 e já foram superadas com os investimentos realizados. “A operadora continua atuando para oferecer níveis cada vez maiores de qualidade”, disse a Telefônica/Vivo, em nota.

A empresa Telemar Norte Leste (atual Oi) também foi multada hoje em 4,6 milhões de reais por descumprimento de metas previstas no Plano Geral de Metas de Universalização (PGMU) para a telefonia fixa. A Anatel aceitou parcialmente o pedido de reconsideração da operadora e baixou em 18 mil reais o valor da multa aplicada anteriormente.

Na semana passada, a Oi já havia uma multa de 34,2 milhões de reais por descumprimento de metas de qualidade impostas pela Anatel ás operadoras de telefonia móvel.

A Oi informou que está analisando o teor da medida anunciada pela Anatel, referente a um processo do ano de 2002, e disse que deverá recorrer judicialmente da decisão.

“A Oi ressalta ainda que considera necessário, no caso de multas regulatórias, observar a razoabilidade e a proporcionalidade das multas”, informa a empresa.

*Com informações da Agência Brasil

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 25 de junho de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,

Vivo leva multa de R$ 3,6 milhões por falta de qualidade dos serviços

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) multou a empresa Telefônica Brasil (atual Vivo) em 3,9 milhões de reais pelo descumprimento de metas de qualidade na telefona fixa. A Oi também voltou a receber uma nova infração por não atender os indicadores estabelecidos pelo órgão regulador.

Segundo a portaria publicada hoje (19/02) no Diário Oficial da União, se a Vivo renunciar ao direito de recorrer da decisão, poderá ter uma redução da multa em 25%. A empresa informou que “está tomando as providências cabíveis” e explicou que as razões que originaram o processo administrativo referem-se ao ano de 2011 e já foram superadas com os investimentos realizados. “A operadora continua atuando para oferecer níveis cada vez maiores de qualidade”, disse a Telefônica/Vivo, em nota.

A empresa Telemar Norte Leste (atual Oi) também foi multada hoje em 4,6 milhões de reais por descumprimento de metas previstas no Plano Geral de Metas de Universalização (PGMU) para a telefonia fixa. A Anatel aceitou parcialmente o pedido de reconsideração da operadora e baixou em 18 mil reais o valor da multa aplicada anteriormente.

Na semana passada, a Oi já havia uma multa de 34,2 milhões de reais por descumprimento de metas de qualidade impostas pela Anatel ás operadoras de telefonia móvel.

A Oi informou que está analisando o teor da medida anunciada pela Anatel, referente a um processo do ano de 2002, e disse que deverá recorrer judicialmente da decisão.

“A Oi ressalta ainda que considera necessário, no caso de multas regulatórias, observar a razoabilidade e a proporcionalidade das multas”, informa a empresa.

*Com informações da Agência Brasil

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 24 de junho de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,

Compusoftware aposta em serviços com compra da iTBrain

Aquisição faz parte da estratégia da companhia de reforçar sua atuação como consultora em TI

19 de fevereiro de 2013 – 19h05

A Compusoftware, empresa nacional de licenciamento de software acaba de comprar a também brasileira itBrain, que atua com prestação de serviços em TI. O valor da transação não foi revelado.

Com a aquisição, a Compusoftware informa que adicionará 100 novos clientes à sua carteira de contratos ativos. A previsão de faturamento é de 160 milhões de reais em 2013, sendo mais de 10% desse montante fruto da negociação.

Além do licenciamento de softwares das maiores fabricantes do mundo, como Microsoft, Adobe, CA, Symantec e Autodesk, a Compusoftware passa a oferecer os serviços de consultoria, instalação e suporte nas soluções da Microsoft.

“A decisão está em consonância com as tendências de mercado, no qual se tornou fundamental levar aos clientes, além da oferta de licenciamento, uma linha completa de serviços”, explica Adriano Vieira, COO da Compusoftware.

Segundo Vieira, a aquisição da itBrain faz parte da estratégia da Compusoftware de se posicionar cada vez mais como uma consultora em TI completa no mercado corporativo brasileiro.

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 24 de junho de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,

iPhone e iPad: app reúne contas de redes sociais e serviços na nuvem

Aplicativo gratuito KiteDesk é boa opção para quem tem muitas contas em serviços como Facebook, Twitter e Dropbox. Interface bagunçada é ponto negativo. Gmail, Dropbox, Facebook, Twitter. Se você é usuário desses serviços, fica frequentemente navegando entre essas e outras ferramentas sociais e de armazenamento na nuvem. E se tiver mais de uma conta em um ou mais deles, a chateação só aumenta.

O aplicativo KiteDesk agrega todos os seus serviços sociais e de armazenamento na nuvem em um único local. Isso significa que você só precisa usar um aplicativo iOS ou via web para visualizar todos os seus feeds, mensagens de e-mail, arquivos, contatos, e mais.

Fiz a maioria dos testes em um iPad, apesar de você poder fazer isso facilmente por meio do seu navegador na web. Não há custo para usar o KiteDesk  (e aparentemente não há anúncios nesse modelo). Tudo que você precisa fazer é dar permissão para o aplicativo acessar uma ou mais contas do Dropbox, Facebook, Google, Twitter, e Yahoo.

Obviamente que quanto mais contas você adiciona, mais prático fica o uso do KiteDesk. A interface te permite mudar entre “streams” (ou seja, tudo de redes sociais), mensagens (e-mails), pessoas, eventos, e documentos. Para qualquer categoria que você selecionar, você vê tudo de todas as contas que estão conectadas. Essa é a parte de “agregador” da equação.

E é aí que o KiteDesk pode te economiza tempo e cliques: em vez de precisar fazer login, digamos, nas suas três contas diferentes do Twitter, você pode ver todas em um só lugar. Em vez de precisar abrir suas contas do Google Drive e Dropbox em busca de um arquivo em especial, pode fazer essa pesquisa logo ali, no software.

kitedesk01.jpg

Só há um problema com o serviço, que é como ele apresenta tudo. No meu iPad, por exemplo, os streams são desnecessariamente grandes. Posso ver apenas dois itens por vez sem fazer scrolling.

Os feeds do Facebook e Twitter são um pouco melhores, geralmente “espremendo” um ou dois itens adicionais na tela, mas de forma geral o KiteDesk precisa fazer um trabalho melhor equilibrando o espaço disponível.

O mesmo vale para a versão baseada na web, que te mostra um arranjo mais randômico de grandes títulos, cada um representando um post no Facebook, tuíte, etc. As visualizações de caixa de entrada e arquivo são um pouco melhores (na web, pelo menos), se baseando em uma lista mais tradicional.

Por fim, vale notar que a interface do KiteDesk é um pouco confusa e “lotada”. Mas se você estiver disposto a deixar esses problemas menores de lado, vai encontrar uma ótima ferramenta para gerenciar várias contas e manter abas em todas as suas coisas. Ainda não encontrei outra ferramenta igual essa.

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 22 de junho de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

Cloud: 50 melhores serviços para funcionários de sua empresa

Além de populares, eles são considerados seguros, segundo o monitoramento feito pela SkyHigh Networks

A SkyHigh Networks, empresa que ajuda as empresas a descobrirem o que os funcionários de serviços em nuvem estão usando, acaba de elaborar a lista dos 50 melhores serviços que os funcionários dessas empresas clientes usam.  A maior surpresa é que os funcionários estão usando toneladas de serviços diferentes para armazenar e compartilhar arquivos on-line, mostrando que existe uma demanda enorme para esses serviços – sem um player dominante, ainda.

O serviço da Skyhigh , que se tornou amplamente disponível no final de fevereiro, tem apenas 15 clientes-piloto no momento, mas alguns deles, como a GE e a Cisco, são grandes. Nas suas estimativas, monitora diariamente cerca de 500 mil usuários finais. 

Aqui estão as dez melhores serviços que essas pessoas estão usando:

1. Facebook (rede social)
2. Dropbox (compartilhamento de arquivos)
3. Google e-mail (e-mail)
4. ICloud da Apple (compartilhamento de arquivos)
5. LinkedIn (rede social de recrutamento,)
6. Disqus (comentários)
7. Salesforce (CRM)
8. Amazon Web Services (plataforma para aplicações web)
9. Hotmail (e-mail)
10. Box.net (compartilhamento de arquivos)

Três dos top 10 (e 10 do top 50) são serviços que permitem o armazenamento e o compartilhamento de arquivos. O que mostra que os trabalhadores estão muito interessados ??em compartilhar documentos, seja com outras pessoas ou com dispositivos móveis.

Três desses serviços de armazenamento e compartilhamento são pouco conhecidos: o 4shared (que aparece na décima sétima posição), o CloudFiles Rackspace (número 39), e o Screencast (número 50), mostrando que há muitos novos operadores neste segmento popular de mercado.

Outros serviços populares que me surpreenderam foram o Disqus, o serviço  de comentários (usado inclusive aqui na CIO), o Hotmail (que aparece  à frente do Twitter) e a AOL, na vigésima posição.

A Skyhigh também procura manter os clientes informados sobre os motivos que deveriam preocupá-los com o uso de determinadas aplicações. Por exemplo, segundo a empresa, o auto-sync e falta de controle sobre o  iCloud pode levar a vazamentos acidentais de dados.

Skyhigh insiste que seu objetivo não é limitar o uso dos serviços online, mas “permitir que as empresas tenham informações sobre os hábitos online de seus funcionários para que  possam evitar o uso de serviços considerados de alto risco”, afirma Rajiv Gupta, CEO da Skyhigh . “Queremos permitir que digam sim para algusn serviços, em vez de dizerem não para todos.”

Segundo Gupta, a maioria de suas clientes acredita que seus funcionários usem cerca de 40 aplicativos, quando na verdade eles fazem uso de aproximadamente 200.

Além de serviços de monitoramento e de alertas para os riscos de segurança, a Skyhigh também permite que os administradores de TI apliquem políticas para limitar o acesso por parte dos usuários finais.

A Skyhigh se junta a uma série de empresas que tentam atacar a gestão de APPs. Os funcionários estão gravitando para os serviços móveis, na nuvem, fáceis de usar,  que os ajudem a ser mais produtivos, mas alguns departamentos de TI querem garantir que esse uso não provoque vazamentos de  dados confidenciais.

Tradicionais fornecedores de gestão de dispositivos móveis, como a Zenprise , que foi adquirida pela Citrix , e arWatch, estão adicionando ferramentas de gerenciamento de aplicativos para seus serviços para atender a essa necessidade.

Completam a lista do 50 serviços de clod mais usados por funcionários das empresas clientes da Skyhigh esses 40 serviços:

11. Amazon S3 (hospedado e armazenamento de dados para aplicações web)
12. Google Apps (produtividade e compartilhamento de arquivos)
13. Evernote (anotações)
14. Twitter (rede social)
15. Microsoft Office365 (produtividade e compartilhamento de arquivos)
16. 4shared (compartilhamento de arquivos)
17. A Oracle RightNow (atendimento ao cliente)
18. EMC Mozy (backup)
19. AOL (conteúdo, comunicações)
20. Sourceforge (código de gerenciamento)
21. Netsuite (financeiros)
22. Marketo (automação de marketing)
23. Flickr (compartilhamento de fotos)
24. Verisign Geotrust (certificados SSL)
25. Google Analytics (web analytics)
26. Yousendit (compartilhamento de arquivos)
27. New Relic (web Application Performance Management)
28. Oracle Taleo (gestão de talentos)
29. Slideshare (apresentações)
30. Workday (RH e financeiro)
31. Carbonite (backup)
32. DocuSign (assinatura de documentos)
33. Prezi (apresentações)
34. Typekit (incorporação de fontes)
35. Skype (videoconferência)
36. SlideRocket (apresentações)
37. Github (gerenciamento de código)
38. CloudFiles Rackspace (armazenamento online e compartilhamento de arquivos)
39. SugarSync (compartilhamento de arquivos)
40. Pagerduty (on-line de TI da expedição)
41. Bitbucket (gerenciamento de código)
42. Intuit Quickbase (financeiros)
43. Constant Contact (gerenciamento de lista de e-mail)
44. Xobni (gestão de e-mail)
45. Snapfish (impressão digital da foto)
46. Spiceworks (TI grupo de discussão e respostas)
47. Olark (bate-papo ao vivo com os clientes)
48. Symantec Brightmail (e-mail filtragem)
49. Addthis (social bookmarking)
50. Screencast (compartilhamento de arquivos)

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 31 de maio de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,

Prestadora de serviços de TI seleciona 270 talentos no Brasil

BRQ está recrutando profissionais com e sem experiência em Java, mainframe, suporte técnico e .Net para atuação em São Paulo, Curitiba, Rio de Janeiro e região Nordeste.

30 de novembro de 2012 – 09h15

A BRQ IT Services está com 270 vagas abertas no Brasil para profissionais de TI. As oportunidades estão em São Paulo, Curitiba, Rio de Janeiro e região Nordeste.

Os cargos são para especialistas em Java, .Net, mainframe e suporte técnico. Há oportunidades para profissionais em todos os níveis: junior, pleno e sênior. Como pré-requisito para se candidatar, é necessária alguma vivência na análise e desenvolvimento das linguagens em foco na posição desejada. 

A prestadora de serviços também exige curso superior em andamento ou completo em faculdades de tecnologia, como Ciências da Computação, Tecnologia em Processamento de Dados ou Engenharia de Software.

Mais informações sobre as vagas e processo de seleção podem ser consultadas no site da BRQ.

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 13 de fevereiro de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,