RSS

Arquivo da tag: seguro

E-mail ‘seguro’ do governo terá ‘porta dos fundos’, admite Serpro

Um executivo do Serviço de Processamento de Dados do governo federal (Serpro) admitiu que o sistema de e-mail seguro do governo, chamado de Expresso, terá uma “porta dos fundos” ou “backdoor” – uma “chave mestra” que permitirá ler qualquer mensagem protegida pelo sistema.

“Por lei, pelo Marco Civil da Internet, eu tenho que garantir a auditabilidade desses meios de comunicação. Se eu uso criptografia ponto a ponto, como as boas práticas nos indicam, eu faço com que aquela criptografia seja invisível para qualquer outra pessoa. Se eu não tiver um modelo HSM de chave mestra, ela passa a ser não auditável. Ou seja, eu estou descumprindo questões legais”, afirmou Marcos Melo, coordenador de ações governamentais do Serpro.

A declaração foi feita pelo executivo durante o 12º Fórum de Certificação Digital (CertForum) nesta quarta-feira (28), em resposta a um questionamento feito por Paulo Roque, da Associação Brasileira das Empresas de Software (Abes). Há um vídeo do canal do YouTube do site “Convergência Digital” disponível na web (assista) com a pergunta de Roque e a resposta de Melo.

O Marco Civil da Internet não determina especificações para requerimentos de auditoria de conteúdo das comunicações, apenas de registros de acesso, que normalmente não sofrem interferência de criptografia em conteúdo. A lei possui, no entanto, algumas regras específicas para administração pública. Melo não informou qual artigo especificamente do Marco Civil, ou de outra legislação, exige que o sistema do governo tenha a “chave mestra”.

Segundo ele, a chave mestra usará um módulo de segurança em hardware (HSM, na sigla em inglês) que dependerá de autorização de múltiplas pessoas para ser ativado. Só então é possível abrir o e-mail protegido. Isso garantiria a segurança do processo.

Após essa resposta, Roque perguntou a Melo se essa “porta dos fundos” do sistema não poderia ser explorada por organizações com muitos recursos, como a Agência de Segurança Nacional dos Estados Unidos (NSA). Melo disse que não pode garantir que nenhum sistema é 100% seguro, mas que o projeto do Expresso é aberto e tem sido realizado com a cooperação de diversos especialistas para que o sistema fosse o mais seguro possível. “Tudo que está feito, tudo que está sendo estudado, é para que o sistema seja seguro, inclusive da NSA”, afirmou.

A criptografia mais comum para uso em e-mails, baseada no protocolo PGP, usa o modelo ponto a ponto mencionado por Melo. Nele, somente o destinatário da mensagem é capaz de decifrar o conteúdo da mesma. Gratuita e aberta, a tecnologia foi usada, por exemplo, pelo jornalista Glenn Greenwald para se comunicar com Edward Snowden, que vazou documentos da NSA.

Snowden também usava o provedor de e-mails Lavabit que fazia uso de criptografia ponto a ponto. Para obter acesso às mensagens dos clientes, o governo norte-americano solicitou que fosse criado um mecanismo de porta dos fundos no serviço. O dono da empresa resolveu fechá-la em vez de ceder às solicitações do governo.

View the original article here

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 31 de maio de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , , ,

China lança seguro especial para férias prejudicadas pela poluição

Visitantes usam máscaras enquanto visitam o Templo do Céu, em Pequim. (Foto: China Out/AFP)Visitantes usam máscaras enquanto visitam o Templo do Céu, em Pequim (Foto: China Out/AFP)

Os problemas ambientais na China não causam danos apenas à saúde, mas também a setores econômicos como o turístico. Por isso algumas agências do país começaram a oferecer aos viajantes a possibilidade de ser indenizados se suas visitas forem arruinadas pela poluição.

Pioneiras nesse novo tipo de seguro são a agência de viagens chinesa Ctrip, especializada em reservas pela internet, e o gigante assegurador Ping An, que se uniram para começar a vender este seguro “anti-poluição” aos viajantes, informa nesta segunda-feira a agência oficial “Xinhua”.

A um preço entre 10 ou 15 iuanes diários (R$ 3,70 a R$ 5,60) os turistas podem receber uma compensação de cerca de 50 iuanes (R$ 18) por dia de viagem em que a poluição atmosférica seja especialmente prejudicial para a saúde e também para as fotos.

“A poluição pode arruinar uma viagem, portanto estamos tentando dar alguma compensação de certo modo”, disse à “Xinhua” Yann Xin, porta-voz da Ctrip, que ressaltou que com esta iniciativa também querem contribuir para uma maior conscientização nacional sobre os problemas ambientais.

A agência também informou que muitos clientes mostraram interesse no novo seguro, e que os primeiros a adquiri-lo foram três turistas de Xangai para uma viagem a Pequim (cidade que, após uma semana de céu azul, voltou nesta segunda-feira a estar envolvida por um nevoeiro tóxico).

Para poder cobrar o seguro, um turista em Pequim ou Xian, cidades do norte da China com altos níveis de poluição, precisam ser afetados por vários dias em que o Índice de Qualidade do Ar for superior a 200 (nível “fortemente contaminado” no padrão nacional), enquanto em cidades do sul, como Xangai e Cantão, bastaria que o índice passasse de 100 pontos.

Mulheres caminham com máscara em rua de Pequim, que sofre há uma semana com a presença de uma névoa de poluição (Foto: Ng Han Guan)Mulheres caminham com máscara em rua de Pequim afetada por névoa de poluição (Foto: Ng Han Guan)

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 25 de março de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

Putin diz que Snowden pode sentir-se seguro na Rússia

O presidente russo, Vladimir Putin, descreveu o ex-prestador de serviço de uma agência de inteligência dos EUA Edward Snowden, procurado pelos EUA sob acusação de espionagem, como um “cara estranho”, mas disse que ele pode descansar tranquilo pois não será entregue às autoridades norte-americanas.

Os EUA cancelaram um encontro bilateral com Putin, no mês passado, depois que a Rússia concedeu asilo a Snowden, responsável pelo vazamento de detalhes de programas secretos de vigilância do governo dos EUA.

“Ele é um cara estranho”, disse Putin sobre Snowden em entrevista à televisão estatal da Rússia e à Associated Press, divulgada nesta quarta-feira (4). “Eu não entendo o que ele está pensando.”

“Basicamente, ele colocou-se numa uma vida muito difícil. O que ele vai fazer a seguir, eu nem sequer imagino. Mas está claro agora que não vamos entregá-lo, ele pode sentir-se seguro aqui.”

Cronologia Snowden (Foto: Arte/G1)

A Rússia tem usado o caso de Snowden para retratar-se como uma protetora dos direitos humanos e para neutralizar as críticas do Ocidente sobre seu histórico nessa área. Moscou também destacou o caso como um exemplo do que diz ser uma política de dois pesos e duas medidas por parte de Washington.

Snowden voou para Moscou a partir de Hong Kong em junho e ficou preso na zona de trânsito do aeroporto internacional da capital russa depois que os Estados Unidos revogaram seu passaporte e pediram aos países para não aceitarem sua presença.

Ao fazer isso, Washington efetivamente prendeu Snowden na Rússia, disse Putin. Ele defendeu a decisão russa de não expulsá-lo, dizendo que não existe um acordo de extradição entre Moscou e Washington.

O ex-prestador de serviço da Agência de Segurança Nacional dos EUA encontrou-se pela primeira vez com diplomatas russos ainda em Hong Kong, disse Putin, mas afastou-se de conversações sobre os programas de vigilância dos EUA depois que a Rússia estabeleceu a condição de que Snowden interrompesse qualquer atividade que pudesse prejudicar os Estados Unidos em troca de abrigo.

“Disseram a mim que o senhor Snowden estava voando para cá duas horas antes de o avião pousar”, disse.

Putin insistiu que a inteligência russa não obteve qualquer informação com o norte-americano, de 30 anos.

“Temos interesses nacionais e não queremos prejudicar… os laços russo-americanos”, disse.

Apesar da recusa da Rússia em entregar Snowden, Putin expressou simpatia pela vontade dos Estados Unidos de processá-lo.

“Se eram realmente informações secretas e se tal pessoa pudesse infligir danos a nós, então, sem dúvida, eu tentaria colocá-la diante da lei russa em toda a sua gravidade”, disse.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 5 de setembro de 2013 em Brasil

 

Tags: , , , ,

Putin diz que Snowden pode sentir-se seguro na Rússia

O presidente russo, Vladimir Putin, descreveu o ex-prestador de serviço de uma agência de inteligência dos EUA Edward Snowden, procurado pelos EUA sob acusação de espionagem, como um “cara estranho”, mas disse que ele pode descansar tranquilo pois não será entregue às autoridades norte-americanas.

Os EUA cancelaram um encontro bilateral com Putin, no mês passado, depois que a Rússia concedeu asilo a Snowden, responsável pelo vazamento de detalhes de programas secretos de vigilância do governo dos EUA.

“Ele é um cara estranho”, disse Putin sobre Snowden em entrevista à televisão estatal da Rússia e à Associated Press, divulgada nesta quarta-feira (4). “Eu não entendo o que ele está pensando.”

“Basicamente, ele colocou-se numa uma vida muito difícil. O que ele vai fazer a seguir, eu nem sequer imagino. Mas está claro agora que não vamos entregá-lo, ele pode sentir-se seguro aqui.”

Cronologia Snowden (Foto: Arte/G1)

A Rússia tem usado o caso de Snowden para retratar-se como uma protetora dos direitos humanos e para neutralizar as críticas do Ocidente sobre seu histórico nessa área. Moscou também destacou o caso como um exemplo do que diz ser uma política de dois pesos e duas medidas por parte de Washington.

Snowden voou para Moscou a partir de Hong Kong em junho e ficou preso na zona de trânsito do aeroporto internacional da capital russa depois que os Estados Unidos revogaram seu passaporte e pediram aos países para não aceitarem sua presença.

Ao fazer isso, Washington efetivamente prendeu Snowden na Rússia, disse Putin. Ele defendeu a decisão russa de não expulsá-lo, dizendo que não existe um acordo de extradição entre Moscou e Washington.

O ex-prestador de serviço da Agência de Segurança Nacional dos EUA encontrou-se pela primeira vez com diplomatas russos ainda em Hong Kong, disse Putin, mas afastou-se de conversações sobre os programas de vigilância dos EUA depois que a Rússia estabeleceu a condição de que Snowden interrompesse qualquer atividade que pudesse prejudicar os Estados Unidos em troca de abrigo.

“Disseram a mim que o senhor Snowden estava voando para cá duas horas antes de o avião pousar”, disse.

Putin insistiu que a inteligência russa não obteve qualquer informação com o norte-americano, de 30 anos.

“Temos interesses nacionais e não queremos prejudicar… os laços russo-americanos”, disse.

Apesar da recusa da Rússia em entregar Snowden, Putin expressou simpatia pela vontade dos Estados Unidos de processá-lo.

“Se eram realmente informações secretas e se tal pessoa pudesse infligir danos a nós, então, sem dúvida, eu tentaria colocá-la diante da lei russa em toda a sua gravidade”, disse.

Fonte E-farsas

 
Deixe um comentário

Publicado por em 5 de setembro de 2013 em Brasil

 

Tags: , , , ,

Putin diz que Snowden pode sentir-se seguro na Rússia

O presidente russo, Vladimir Putin, descreveu o ex-prestador de serviço de uma agência de inteligência dos EUA Edward Snowden, procurado pelos EUA sob acusação de espionagem, como um “cara estranho”, mas disse que ele pode descansar tranquilo pois não será entregue às autoridades norte-americanas.

Os EUA cancelaram um encontro bilateral com Putin, no mês passado, depois que a Rússia concedeu asilo a Snowden, responsável pelo vazamento de detalhes de programas secretos de vigilância do governo dos EUA.

“Ele é um cara estranho”, disse Putin sobre Snowden em entrevista à televisão estatal da Rússia e à Associated Press, divulgada nesta quarta-feira (4). “Eu não entendo o que ele está pensando.”

“Basicamente, ele colocou-se numa uma vida muito difícil. O que ele vai fazer a seguir, eu nem sequer imagino. Mas está claro agora que não vamos entregá-lo, ele pode sentir-se seguro aqui.”

Cronologia Snowden (Foto: Arte/G1)

A Rússia tem usado o caso de Snowden para retratar-se como uma protetora dos direitos humanos e para neutralizar as críticas do Ocidente sobre seu histórico nessa área. Moscou também destacou o caso como um exemplo do que diz ser uma política de dois pesos e duas medidas por parte de Washington.

Snowden voou para Moscou a partir de Hong Kong em junho e ficou preso na zona de trânsito do aeroporto internacional da capital russa depois que os Estados Unidos revogaram seu passaporte e pediram aos países para não aceitarem sua presença.

Ao fazer isso, Washington efetivamente prendeu Snowden na Rússia, disse Putin. Ele defendeu a decisão russa de não expulsá-lo, dizendo que não existe um acordo de extradição entre Moscou e Washington.

O ex-prestador de serviço da Agência de Segurança Nacional dos EUA encontrou-se pela primeira vez com diplomatas russos ainda em Hong Kong, disse Putin, mas afastou-se de conversações sobre os programas de vigilância dos EUA depois que a Rússia estabeleceu a condição de que Snowden interrompesse qualquer atividade que pudesse prejudicar os Estados Unidos em troca de abrigo.

“Disseram a mim que o senhor Snowden estava voando para cá duas horas antes de o avião pousar”, disse.

Putin insistiu que a inteligência russa não obteve qualquer informação com o norte-americano, de 30 anos.

“Temos interesses nacionais e não queremos prejudicar… os laços russo-americanos”, disse.

Apesar da recusa da Rússia em entregar Snowden, Putin expressou simpatia pela vontade dos Estados Unidos de processá-lo.

“Se eram realmente informações secretas e se tal pessoa pudesse infligir danos a nós, então, sem dúvida, eu tentaria colocá-la diante da lei russa em toda a sua gravidade”, disse.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 5 de setembro de 2013 em Brasil

 

Tags: , , , ,

Putin diz que Snowden pode sentir-se seguro na Rússia

O presidente russo, Vladimir Putin, descreveu o ex-prestador de serviço de uma agência de inteligência dos EUA Edward Snowden, procurado pelos EUA sob acusação de espionagem, como um “cara estranho”, mas disse que ele pode descansar tranquilo pois não será entregue às autoridades norte-americanas.

Os EUA cancelaram um encontro bilateral com Putin, no mês passado, depois que a Rússia concedeu asilo a Snowden, responsável pelo vazamento de detalhes de programas secretos de vigilância do governo dos EUA.

“Ele é um cara estranho”, disse Putin sobre Snowden em entrevista à televisão estatal da Rússia e à Associated Press, divulgada nesta quarta-feira (4). “Eu não entendo o que ele está pensando.”

“Basicamente, ele colocou-se numa uma vida muito difícil. O que ele vai fazer a seguir, eu nem sequer imagino. Mas está claro agora que não vamos entregá-lo, ele pode sentir-se seguro aqui.”

Cronologia Snowden (Foto: Arte/G1)

A Rússia tem usado o caso de Snowden para retratar-se como uma protetora dos direitos humanos e para neutralizar as críticas do Ocidente sobre seu histórico nessa área. Moscou também destacou o caso como um exemplo do que diz ser uma política de dois pesos e duas medidas por parte de Washington.

Snowden voou para Moscou a partir de Hong Kong em junho e ficou preso na zona de trânsito do aeroporto internacional da capital russa depois que os Estados Unidos revogaram seu passaporte e pediram aos países para não aceitarem sua presença.

Ao fazer isso, Washington efetivamente prendeu Snowden na Rússia, disse Putin. Ele defendeu a decisão russa de não expulsá-lo, dizendo que não existe um acordo de extradição entre Moscou e Washington.

O ex-prestador de serviço da Agência de Segurança Nacional dos EUA encontrou-se pela primeira vez com diplomatas russos ainda em Hong Kong, disse Putin, mas afastou-se de conversações sobre os programas de vigilância dos EUA depois que a Rússia estabeleceu a condição de que Snowden interrompesse qualquer atividade que pudesse prejudicar os Estados Unidos em troca de abrigo.

“Disseram a mim que o senhor Snowden estava voando para cá duas horas antes de o avião pousar”, disse.

Putin insistiu que a inteligência russa não obteve qualquer informação com o norte-americano, de 30 anos.

“Temos interesses nacionais e não queremos prejudicar… os laços russo-americanos”, disse.

Apesar da recusa da Rússia em entregar Snowden, Putin expressou simpatia pela vontade dos Estados Unidos de processá-lo.

“Se eram realmente informações secretas e se tal pessoa pudesse infligir danos a nós, então, sem dúvida, eu tentaria colocá-la diante da lei russa em toda a sua gravidade”, disse.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 5 de setembro de 2013 em Brasil

 

Tags: , , , ,

Segurança: Confira se um link é seguro antes de clicá-lo

Usando soluções gratuitas, aprenda a lidar com links suspeitos sem colocar a integridade de seu PC em risco

Nem mesmo o melhor software de segurança poderá protegê-lo da dor de cabeça que você terá se clicar em um link malicioso. Eles chegam disfarçados como links para vídeos engraçados, notícias chocantes, promoções imperdíveis ou botões de “Curtir”, mas na verdade foram projetados para facilitar o roubo de informações e outros tipos de ataque ao seu computador.

Até mesmo seus amigos podem disseminar, sem querer, links maliciosos em mensagens de e-mail, recados no Facebook ou mensagens instantâneas. Muitas vezes eles nem sabem que isto está acontecendo, já que o computador pode estar agindo “por conta própria” depois que eles mesmos clicaram em um link similar. Você também encontrará estes links em propagandas na web e resultados de buscas. 

Use nossas dicas a seguir para analisar links suspeitos e identificar possíveis ameaças. Todas as soluções que mencionamos são gratuitas, e você não precisará instalar nada no computador.

Pare o cursor sobre o link

É muito comum um link “mascarar” o verdadeiro endereço de destino. Se você parar a setinha do mouse sobre ele, sem clicar, verá no rodapé da janela do navegador o endereço real para onde ele aponta. Quer um exemplo? http://www.cliqueparaganharipadgratis.com parece uma promoção imperdível, mas pare a setinha sobre o link e preste atenção… ele leva para o site da PCWorld! Entendeu o truque? Se você suspeita que um link leva a um lugar diferente de onde deveria, não clique!

Use um analisador de links

Um analisador de links (Link Scanner) é um site ou complemento para o navegador que, como o nome diz, analisa um link e a página para onde ele aponta para identificar se há alguma ameaça oculta. Há muitos analisadores gratuitos, mas recomendamos que você experimente o URLVoid, já que ele passa o link por vários serviços de uma só vez, como o Google, MyWOT e Norton SafeWeb, e relata os resultados rapidamente.

Fique de olho em links encurtados

O URLVoid ainda não consegue lidar corretamente com links encurtados com serviços como o Bit.ly, Ow.ly e TinyURL, então para analisá-los você deve usar uma outra ferramenta, como o Sucuri. Este serviço “expande” o link e o repassa a serviços como o Google, Norton SafeWeb e PhishTank, que o analisam em busca de ameaças e retornam o resultado. Você também pode usar o Sucuri para links não encurtados, mas o URLVoid usa mais fontes para analisar um link, e portanto tem melhores resultados.

sucuri_pcworld-360px.jpg
Sucuri: Análise de link, encurtados ou não

Copie um link do jeito certo

Serviços como o URL Void e o Sucuri exigem que você digite ou cole o link suspeito, mas como copiá-lo sem correr o risco de abrí-lo por engano? Fácil: clique com o botão direito do mouse sobre o link para abrir um menu contextual e escola a opção Copiar atalho (no Internet Explorer), Copiar Link (Firefox) ou Copiar endereço do link (Chrome). Pronto, o endereço agora está na área de transferência do Windows, e você pode colá-lo (basta digitar  Ctrl+V) com segurança em qualquer campo de texto num dos sites acima.

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 13 de fevereiro de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,