RSS

Arquivo da tag: roubou

Opinião: Francisco ‘roubou’ nosso coração, diz cardeal D. Damasceno

Dom Raymundo (Foto: Editoria de Arte/G1)

Há um ano, no dia 13 de março de 2013, o Cardeal Jorge Mario Bergoglio, foi eleito Papa, o 266º sucessor de Pedro. Um ano é um período muito curto para falar do seu pontificado, mas o Papa Francisco preencheu os primeiros 12 meses de modo tão intenso, que chega a dar impressão de um tempo muito mais longo.

Não é fácil avaliar o pontificado de um Papa do qual estamos tão próximo. Vou referir-me a três pontos que podem nos ajudar a compreender melhor esse pontificado: o que ele tem transmitido pelos gestos e sinais, o que ele tem dito e o que ele tem realizado.  

Comecemos pelos gestos e sinais. Francisco sempre surpreende. Começou no dia mesmo da eleição. A maneira como saudou e rezou com o povo, reunido na Praça de São Pedro: “e agora, eu gostaria de vos dar a bênção, mas antes peço um favor: antes que o bispo abençõe o povo, eu vos peço de rezar ao Senhor para que ele me abençoe: a oração do povo pedindo a bênção para seu Bispo. Façamos esta oração em silêncio: de todos vós sobre mim”; o uso de um micro-ônibus no lugar do carro oficial, no primeiro dia de Papa; a decisão de residir na Casa de Santa Marta e não no Palácio Apostólico.

Ele tem também uma maneira especial de se comunicar com as pessoas: escreve cartas, chama pelo telefone, faz visitas. Mereceu destaque a visita feita no primeiro dia de pontificado para pagar pessoalmente sua conta na Casa Internacional, onde esteve hospedado antes do Conclave que o elegeu.

Sua viagem a Lampedusa, ao cárcere de menores, ao Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida. Tudo isso mostra um Papa que escolheu um estilo muito pessoal, próprio do pastor, de exercer o seu ministério de sucessor de Pedro. E a marca desse estilo é a simplicidade, a alegria, a proximidade e amor às pessoas, sobretudo, aos mais pobres. Esses seus gestos conferem uma força extraordinária ao que ele diz.

O que o Papa Francisco tem dito. As falas são simples, diretas, vigorosas. À sociedade, ele fala da ética, posicionando-se na defesa dos pobres, migrantes, anciãos e crianças. Recorda a todos que, em primeiro lugar, está a dignidade da pessoa e é a partir dela que se deve pensar e planejar a economia e fazer política.

À Igreja, ele fala de sair de si mesma, de ir às periferias existenciais e físicas. Quer uma Igreja como “hospital de campanha”, onde as pessoas são acolhidas, acompanhadas, curadas de suas feridas e amadas. Na missa diária de um Papa, pela primeira vez, as homilias são divulgadas e abrem um canal de comunicação cotidiano entre o Papa e a Igreja.

O que o Papa Francisco tem realizado. Ele tem afirmado que os cardeais o elegeram esperando que fizesse as reformas esperadas. Começou com a instituição do Grupo dos 8 Cardeais para ajudá-lo na reforma da Cúria e no governo da Igreja. Em seguida, voltou-se para o IOR – Instituto para as Obras de Religião – conhecido como o Banco do Vaticano.

Dos quatro textos legislativos publicados, três tratam de questões econômicas e não só na Igreja: prevenção e combate à lavagem de dinheiro; financiamento do terrorismo e à proliferação de armas de destruição de massa; aprovação do novo Estatuto da Autoridade de Informação Financeira do Vaticano para prevenir e combater possíveis atividades ilegais no campo financeiro; e, recentemente, a criação do Conselho e de uma Secretaria para supervisionar e coordenar as atividades administrativas-econômicas da Santa Sé e do Estado do Vaticano.

A reforma da Cúria está sendo estudada com cuidado e sem pressa. O Papa Francisco tem falado que a reforma da Cúria, por mais importante que seja, é um dos aspectos da reforma de que a Igreja necessita. Fundada por homens e mulheres, santa e pecadora, a Igreja para ser fiel à sua vocação precisa purificar-se cada dia e buscar sem cessar o rosto de Cristo. A verdadeira reforma, portanto, é espiritual e pastoral.

Deste primeiro ano de Pontificado de Francisco, uma semana foi vivida no Brasil, de 22 a 29 de julho de 2013. Somos testemunhas, nós brasileiros, da força de suas palavras e de seu coração de pastor. Sua simplicidade, seu sorriso, suas palavras diretas, incisivas, sua proximidade às pessoas conquistaram não só os jovens da Jornada Mundial da Juventude, mas todo o povo brasileiro.

O Papa Francisco tem razão quando disse: “os brasileiros ‘roubaram’ meu coração”. A recíproca também, é verdadeira, Papa Francisco: foi o senhor quem primeiro “roubou” o nosso coração.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 13 de março de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , , ,

Polícia procura ‘fã de Batman’ que roubou placa de vilarejo ‘Gotham’

A polícia do pequeno vilarejo de Gotham no condado de Nottinghamshire, na Inglaterra, está atrás do responsável pelo roubo da placa da entrada da cidade, que seria um suposto fã do super-herói “Batman”.

Polícia de Gotham procura responsável por roubar placa na entrada da cidade, devido a referência à cidade do super-herói Batman (Foto: Reprodução/Google Street View)Polícia de Gotham procura responsável por roubar placa na entrada da cidade, devido referência à cidade do super-herói Batman (Foto: Reprodução/Google Street View)

O nome da comunidade, de apenas 1.600 habitantes, é o mesmo da cidade protegida pelo Homem-Morcego nos quadrinhos, e geralmente atrai muitos fãs da história, que tiram fotos ao lado da placa, de acordo com o jornal “Daily Mail”.

O oficial da polícia comunitária local, Anthony Davis, afirmou que está a procura do responsável e que não encara a atitude como uma simples brincadeira, já que o condado terá que gastar dinheiro na substituição da placa.

“É uma chapa de metal de pouco valor, então [o crime] está mais relacionado ao nome na placa”, afirmou o policial.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 11 de março de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , , ,

Papa revela que carrega sempre a cruz que ‘roubou’ de um sacerdote

Papa Francisco chega à Praça São Pedro para a audiência pública desta quarta-feira (26) no Vaticano (Foto: Vicenzo Pinto/AFP)Papa Francisco chega à Praça São Pedro para a
audiência pública desta quarta-feira (26) no
Vaticano (Foto: Vicenzo Pinto/AFP)

O Papa Francisco revelou nesta quinta-feira (6) em uma audiência aos párocos de Roma um episódio de sua vida em que roubou do caixão de um amigo argentino padre a cruz do rosário que ele segurava entre as mãos e que desde então a leva sempre consigo.

Em uma audiência aos párocos de sua diocese, já que o Papa é bispo de Roma, Francisco destacou a importância da “misericórdia” entre os sacerdotes.

Para isso, contou a história de Aristide, um padre idoso da paróquia do Santíssimo Sacramento de Buenos Aires, que era muito conhecido por ser um grande confessor e que inclusive foi ordenado para confessar João Paulo II durante sua visita à Argentina.

Francisco explicou que naquela época era vigário geral e que, quando soube da morte do sacerdote, foi ao funeral se surpreendeu porque não havia quase ninguém, apenas duas idosas o velando.

Então, explicou, foi comprar flores e as colocou ao lado do caixão, e não resistiu ao ver a cruz do terço que o sacerdote estreitava entre suas mãos e “pouco a pouco” e sem ser visto a arrancou e a introduziu no bolso.

“Espero só ter metade da misericórdia que tu tiveste”, teria dito o papa no momento.

Francisco acrescentou que “o papa não tem uma camisa com bolsos”, por isso revelou que carrega um bolsinho em sua batina na altura do peito para levar sempre consigo essa cruz.

“Quando me vem um mal pensamento sobre alguém levo sempre a mão ao peito para tocar essa cruz”, afirmou.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 7 de março de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , ,

Polícia de Miami procura ladrão com BMW que roubou papagaio falante

A polícia de Miami, no estado da Flórida (EUA), abriu uma investigação para encontrar um papagaio falante que foi roubado de uma casa no mês passado.

O pássaro ficava em uma gaiola no quintal da casa. Câmeras de seguranças flagraram um homem entrando com o papagaio em uma BMW.

Polícia de Miami abriu uma investigação para encontrar um papagaio falante que foi roubado (Foto: Miami-Dade Police Dept/AP)Polícia de Miami abriu uma investigação para encontrar um papagaio falante que foi roubado (Foto: Miami-Dade Police Dept/AP)

Apesar das imagens da câmera de vigilância, as autoridades não conseguiram identificar o autor do crime.

O dono do pássaro disse que o papagaio frequentemente fala nomes de pessoas e palavras em espanhol, como “Jonathan, Alex, Elvira, Rodo, chaky, que paso papo, flaca, ladra e tose”.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 6 de setembro de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , , , ,

Facebook ajuda FBI a prender cibergangue que roubou US$ 850 milhões

Malware utilizado por crackers de vários países atacava usuários da rede e infectou mais de 11 milhões de computadores

O FBI, com a ajuda do Facebook, prendeu 10 criminosos de vários países que tinham conexão com organizações cibercriminosas internacionais que tinham como alvo usuários da rede social.

A operação diz ter identificado organizações de cibercrime internacionais, que utilizaram diversas variantes de um malware chamado Yahos. O malware já infectou mais de 11 milhões de computadores e causou mais de 850 milhões de dólares em perdas por meio de uma botnet chamada Butterfly – responsável pelo roubo de dados de cartões de crédito, conta bancária, e outras informações pessoais de usuários, disse o FBI em um comunicado.

Botnets são redes de computadores que foram comprometidos por um malware. As máquinas são controladas remotamente por cibercriminosos para executar uma variedade de ataques, incluindo os de negação de serviço (DDoS).

As 10 pessoas detidas são da Bósnia e Herzegovina, Croácia, Macedônia, Nova Zelândia, Peru, Reino Unido e dos EUA.

A equipe de segurança do Facebook colaborou com as autoridades policiais na investigação, ajudando “a identificar a raiz da causa, os autores, e as vítimas afetados pelo malware”, disse o FBI. Além do FBI e do Departamento de Justiça dos EUA, as autoridades de outros países também foram envolvidas na operação.

O Yahos tinha como alvo os usuários do Facebook cadastrados de 2010 a outubro deste ano, e os sistemas de segurança foram capazes de detectar contas afetadas e fornecer ferramentas para remover essas ameaças, disse o FBI.

O malware facilmente superou os danos causados pelo Euroggraber, que roubou 47 milhões de clientes de bancos europeus; e o Zeus, que infectou estimados 13 milhões de computadores e roubou mais de 100 milhões de dólares.

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 13 de fevereiro de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

Facebook ajuda FBI a prender cibergangue que roubou US$ 850 milhões

Malware utilizado por crackers de vários países atacava usuários da rede e infectou mais de 11 milhões de computadores

O FBI, com a ajuda do Facebook, prendeu 10 criminosos de vários países que tinham conexão com organizações cibercriminosas internacionais que tinham como alvo usuários da rede social.

A operação diz ter identificado organizações de cibercrime internacionais, que utilizaram diversas variantes de um malware chamado Yahos. O malware já infectou mais de 11 milhões de computadores e causou mais de 850 milhões de dólares em perdas por meio de uma botnet chamada Butterfly – responsável pelo roubo de dados de cartões de crédito, conta bancária, e outras informações pessoais de usuários, disse o FBI em um comunicado.

Botnets são redes de computadores que foram comprometidos por um malware. As máquinas são controladas remotamente por cibercriminosos para executar uma variedade de ataques, incluindo os de negação de serviço (DDoS).

As 10 pessoas detidas são da Bósnia e Herzegovina, Croácia, Macedônia, Nova Zelândia, Peru, Reino Unido e dos EUA.

A equipe de segurança do Facebook colaborou com as autoridades policiais na investigação, ajudando “a identificar a raiz da causa, os autores, e as vítimas afetados pelo malware”, disse o FBI. Além do FBI e do Departamento de Justiça dos EUA, as autoridades de outros países também foram envolvidas na operação.

O Yahos tinha como alvo os usuários do Facebook cadastrados de 2010 a outubro deste ano, e os sistemas de segurança foram capazes de detectar contas afetadas e fornecer ferramentas para remover essas ameaças, disse o FBI.

O malware facilmente superou os danos causados pelo Euroggraber, que roubou 47 milhões de clientes de bancos europeus; e o Zeus, que infectou estimados 13 milhões de computadores e roubou mais de 100 milhões de dólares.

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 12 de fevereiro de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,