RSS

Arquivo da tag: reviso

Sonda IT cria serviço de revisão tributária na nuvem para empresas

Solução será oferta em parceria com a SCT para validar informações que as organizações enviam para o fisco e reduzir o risco tributário.

Atenta a evolução do Fisco no uso de ferramentas de controle fiscal, a Sonda IT, desenvolveu o DTC, Digital Tax Compliance, serviço de prevenção e gestão de riscos tributários. A oferta é resultado de uma parceria com a SCT Consultoria Tributária e será oferecida na nuvem.

O novo serviço que será responsável por revisar e validar a informação tributária transmitida ao Fisco pelas empresas. O sistema eletrônico vai avaliar a qualidade dos dados gerados na entrega dos arquivos de Escrita Fiscal Digital e Contribuições – EFD.  Seu objetivo é apontar as inconsistências existentes no conteúdo tributário dos arquivos digitais e qual o embasamento legal para suportar eventuais correções. 

Antes, a preocupação das empresas era somente conseguir transmitir as informações ao Fisco, lembra Renato Matavelli, diretor de Inovação da divisão de Aplicativos da Sonda IT. Hoje, ele observa a necessidade das companhias de estabelecerem validadores capazes de verificar compatibilidade entre os dados internos e, posteriormente entregues, com a respectiva legislação vigente nos âmbitos estadual e federal. 

De acordo com Matavelli, o Digital Tax Compliance foi criado para reduzir o risco de autuações fiscais. Segundo ele, a solução “aumenta a segurança e proporciona um controle fiscal mais assertivo dentro das empresas. Também aponta as inconsistências cometidas e pode ser utilizada para identificar possíveis créditos fiscais não apropriados”. 

A diretora de Inteligência Tributária da SCT, Tricia Braga, acrescenta que o DTC está sendo lançado em um momento em que a maioria das empresas terá que efetuar retificações nos arquivos da EFD Contribuições de 2012, em virtude da constatação de divergências entre o recolhimento mensal de PIS e Cofins Cofins e a apuração contida nos arquivos da EFD Contribuições entregues ao Fisco. 

“O prazo para a entrega das retificações de 2012 será dia 31 de dezembro de 2013, e o DTC é, sem dúvida alguma, um grande aliado das empresas e um facilitador na correção de erros tributários”, comenta a executiva. 

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 19 de junho de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

Explosão de dados requer revisão de modelo adotado pelas teles

AppId is over the quota
Segundo Amdocs, operadoras só conseguirão lidar com o crescimento do tráfego caso invistam no gerenciamento e na tarifação do consumo.

06 de fevereiro de 2012 – 10h38

A Amdocs é a maior provedora de TI para companhias de telefonia. Elas são suas clientes e, portanto, a repassam suas dificuldades na esperança de que esta encontre uma forma de solucioná-las. Por isso, a empresa tem coisas interessantes para falar sobre as perspectivas do mercado.

Também não é a toa que esteja abrindo um novo centro de desenvolvimento em São Carlos – já possui um na cidade de São Paulo. Embora o País tenha alcançado índice de mais de um celular por habitante, o setor ainda possui larga margem de crescimento, principalmente por conta da Internet 3G, que avançou 130% ano passado, mas que não chegou nem a um quarto da população.

“Atualmente há, quatro pontos principais para a região”, listou Nelson Wang, vice-presidente da Amdocs Brasil.  “Gerar novas receitas com o 4G – cujo leilão de frequências ocorrerá em abril – integrar sistemas, atualizá-los, e modernizar a infraestrutura de rede, atendimento e tarifação (BBS/OSS)”.

Wang destaca que o tempo é curto, pois a Copa do Mundo e a Olimpíada farão com que as provedoras enfrentem picos de tráfego nunca antes vistos. Por mais que muito se fale sobre estradas, aeroportos e hotéis, o segmento de telecomunicações é um dos que mais exigem atenção.

Modelo defasado
O investimento, no entanto, será precioso para os anos subsequentes – o tão falado legado. Se há uma preocupação que atinge todas as operadoras, esta diz respeito à explosão do consumo de dados: o tráfego de informações cresce acentuadamente ano após ano, enquanto que a arrecadação das companhias de telecom avança a pequenos passos.

Segundo informações divulgadas pelos institutos Gartner, Ovum, Informa e Yankee Group, a renda das empresas do setor aumentará 10,7% entre 2010 e 2014. Por outro lado, a troca de dados chegará em 2015 aos 86,5 Exabytes mensais – alta de 324% em relação aos 20 Exabytes de 2010.

Nesse sentido, Wang é taxativo: “o modelo atual não suporta tamanha demanda”. Segundo ele, será preciso melhorar bastante o gerenciamento e a personalização, eliminando o consumo inútil. Se a Internet compreender cada usuário, por exemplo, ele conseguirá encontrar o que procura com a metade cliques, reduzindo o tráfego gerado.

Há ainda um agravante. A geração Z – os nativos digitais, nascidos a partir da segunda metade da década 90 – está crescendo e se multiplicando, e seus membros são bem mais exigentes em termos de banda. Segundo a agência de publicidade Arieso, apenas 10% dos usuários móveis respondem por 90% do tráfego global, mas, à medida que o número de pessoas “naturalmente” familiarizadas com a tecnologia aumente, a quantidade de heavy users também aumentará. Caberá às operadoras encontrar uma forma de lidar com eles – e com todos os outros.

Leia mais: Dos baby boomers às gerações X e Y

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 2 de março de 2012 em Tecnologia

 

Tags: , , , , , , ,

Banda larga: Proteste contesta revisão das metas de qualidade

AppId is over the quota
Em documento enviado ao Ministério Público, associação repudia pedido da Oi de estudar a anulação das metas para os serviços fixos e móvel.

A Proteste Associação de Consumidores enviou ao Ministério Público Federal documento em repudio à conduta da Anatel após pedido da Oi de anular as metas de velocidade de banda larga contratada. O regulamento entraria em vigor em novembro deste ano para garantir níveis mínimos de qualidade para os serviços de banda larga e telefonia móvel.

No dia 12 de janeiro, a Anatel publicou um Edital de Notificação no Diário Oficial da União, a pedido da Oi, convocando as demais operadoras a se pronunciarem sobre a anulação. Aconduta da Anatel em reabrir a discussão, viabilizando o retrocesso, é recriminada pelo órgão de defesa do consumidor. O temor da Proteste é o de que as metas de qualidade, aprovadas em outubro de 2011 e comemorada pelos consumidores brasileiros, sejam abandonadas.

Além do documento enviado ao MP, a associação pretende enviar à Anatel um ofício pedindo esclarecimentos sobre o pedido da Oi quanto ao prazo para entrada em vigor das novas metas.

(*) Com informações dos site da Proteste.

Especial - IT Leaders 2011

O ITBOARD materializa a nova plataforma de conversas do Século XXI. Concentra o diálogo sobre tecnologia e inovação movido a tweets de quem está imerso nesses assuntos. ENTRE NA CONVERSA

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 13 de fevereiro de 2012 em Tecnologia

 

Tags: , , , , , ,