RSS

Arquivo da tag: retomar

Índia e Paquistão concordam em retomar conversas de paz, diz Sharif

O primeiro-ministro paquistanês, Nawaz Sharif, concede entrevista em Nova Déli nesta terça-feira (27) (Foto: Reuters)O primeiro-ministro paquistanês, Nawaz Sharif, concede entrevista em Nova Déli nesta terça-feira (27) (Foto: Reuters)

O primeiro-ministro paquistanês, Nawaz Sharif, disse nesta terça-feira (27) que diplomatas de alto escalão do Paquistão e Índia se encontrariam em breve para avançar nas negociações de paz, antes prejudicadas por causa da tensão entre as duas potências nucleares.

Sharif foi a Nova Déli na segunda-feira para comparecer à posse do novo primeiro-ministro da Índia, Narendra Modi, com quem teve uma reunião bilateral “cordial e acolhedora”, disse ele.

“Nós concordamos que nosso encontro em Nova Délhi deveria ser uma oportunidade para ambos os países”, disse ele a jornalistas. “Isso é uma oportunidade para nós de corresponder às esperanças e aspirações de nossos povos, que será bem-sucedida em virar um página em nosso relacionamento.”

“Também concordamos que dois secretários de Relações Exteriores iriam se encontrar em breve para revisar e fazer avançar a agenda bilateral com a mesma disposição de nossa reunião de hoje.”

A Índia disse antes que Modi transmitiu na reunião sua preocupação sobre militantes que usam o território paquistanês como ponto de partida para atos terroristas na Índia. Sharif disse aos jornalistas que as acusações de lado a lado não ajudam na resolução dos problemas.

View the original article here

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 28 de maio de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , ,

Forças ucranianas iniciam operação para retomar cidade de separatistas

AppId is over the quota
AppId is over the quota
Separatista pró-Rússia faz guarda armada em barricada na cidade de Slaviansk, no sudeste da Ucrânia (Foto: Baz Ratner/Reuters)Separatista pró-Rússia faz guarda armada em barricada na cidade de Slaviansk, no sudeste da Ucrânia (Foto: Baz Ratner/Reuters)

As Forças Armadas da Ucrânia começaram na madrugada desta sexta-feira (2) uma operação militar em Slaviansk, no sudeste do país, para retomar o controle da cidade, que está nas mãos dos separatistas pró-russos, segundo meios russos e ucranianos.

De acordo com as agências russas, os milicianos pró-Moscou derrubaram dois helicópteros e um piloto morreu, enquanto outro foi capturado, de acordo com o autoproclamado prefeito da cidade, Viacheslav Ponomariov.

O Ministério do Interior da Ucrânia confirmou que as aeronaves foram destruídas e que dois militares morreram e vários ficaram feridos na operação até o momento.

O porta-voz do presidente russo, Vladimir Putin, disse que o Kremlin estava “extremamente preocupado” porque não tinha notícias de um representante que Putin enviara à cidade para ajudar a libertar reféns estrangeiros.

Ele disse que uma “operação punitiva” organizada por forças ucranianas acabou com um plano de paz acertado com potências ocidentais duas semanas atrás.

O líder das chamadas “forças de autodefesa”, Igor Strelkov, afirmou que a cidade está agora bloqueada pelas tropas ucranianas, que utilizaram 20 helicópteros na ofensiva.

Helicóptero militar ucraniano pousa em um posto de controle da Ucrânia, perto da cidade de Slaviansk (Foto: AFP)Helicóptero militar ucraniano pousa em um posto de controle da Ucrânia, perto da cidade de Slaviansk (Foto: AFP)

“Todas as estradas estão interrompidas e de todas as direções chegam blindados e soldados. Eles estão utilizando contra nós até 20 helicópteros, de combate e de transporte de tropas. O inimigo bloqueou a cidade totalmente, as entradas e as saídas”, disse Strelkov ao canal russo de televisão ‘Rossia 24’.

Outros meios informam que uma sirene soou na cidade e que era possível ouvir tiros e explosões.

Um porta-voz dos pró-russos disse à agência ‘RIA Novosti’ que “o ataque tem como alvos vários postos de controle ao mesmo tempo. Chegaram alguns blindados e veículos militares, e soldados desembarcaram de helicópteros e atacaram os postos de controle”.

Segundo a ‘Interfax’, há vários feridos entre os milicianos pró-russos.

Slaviansk se transformou no bastião do levante pró-russo no sudeste da Ucrânia contra o governo de Kiev. Seis inspetores militares europeus e um intérprete continuam retidos nessa cidade, acusados pelos separatistas de serem espiões da Otan.

O governo de Kiev não confirmou a operação e os meios ucranianos fazem seus relatos com base nas informações da imprensa russa.

O Ministério das Relações Exteriores da Rússia advertiu que se autoridades de Kiev fizessem uma ofensiva no sudeste da Ucrânia poderia trazer “consequências catastróficas”.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 3 de maio de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , , ,

Presidente palestino quer retomar negociações de paz com Israel

O presidente da Autoridade Palestina, Mahmud Abbas, discursa neste sábado (26) em Ramallah, na Cisjordânia. (Foto: Ronald Zak/AP)O presidente da Autoridade Palestina Mahmud Abbas (Foto: Ronald Zak/AP)

O presidente palestino Mahmud Abbas declarou nesta terça-feira (29) que está pronto para prosseguir com as negociações de paz com Israel, desde que aconteça prioritariamente uma discussão sobre a questão das fronteiras.

‘Desde a criação de Israel ninguém conhece as fronteiras. Estamos determinados a definir as nossas fronteiras e as deles, sem o que não haverá paz’, declarou Abbas durante um discurso em Ramallah, na Cisjordânia, no último dia do prazo de nove meses estabelecido para as negociações.

‘Se quisermos prolongar as negociações, deverá haver uma libertação dos prisioneiros, e nós iremos às negociações com base na paralisação da colonização e com a discussão sobre os mapas e as fronteiras durante três meses, período durante o qual o conjunto da colonização deverá parar’, afirmou Abbas durante uma reunião sobre a criação de um fundo para Jerusalém.

As negociações de paz foram suspensas em 24 de abril pelo governo do primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu, no dia seguinte a um acordo de reconciliação entre a Organização de Libertação da Palestina (OLP) de Abbas e o Hamas, no poder em Gaza, que não reconhece Israel.

Este acordo, que retoma os termos dos acordos de reconciliação assinados nos últimos três anos, prevê a formação de um governo de transição de consenso formado por personalidades independentes, sem mandato político.

Para retomar as negociações, Netanyahu exigiu que o Hamas reconhecesse Israel ou que Abbas renunciasse à reconciliação.

Neste contexto, o exército israelense destruiu nesta terça-feira vários edifícios palestinos, entre eles uma mesquita, que haviam sido construídos sem sua autorização em um povoado do norte da Cisjordânia ocupada.

‘Os militares vieram e destruíram uma pequena mesquita e três casas, afirmando que haviam sido construídas na zona C sem permissão’, declarou à AFP Ayman Bani Fadel, o prefeito de Khirbet Tawil, perto de Naplusa, refirindo-se aos 60% da Cisjordânia sob controle total israelense.

Um porta-voz militar israelense confirmou em um comunicado que ‘oito edifícios, entre eles uma mesquita, foram destruídos’ em Khirbet Tawil.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 29 de abril de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , ,

Marissa Mayer aposta em produtos móveis para Yahoo retomar crescimento

“Ainda há muito trabalho a ser feito”, disse a CEO ao discutir resultados do quarto trimestre de 2012

A CEO do Yahoo, Marissa Mayer, identificou novos produtos e investimentos móveis entre as várias estratégias que visam manter a empresa relevante, uma vez que tenta competir com empresas como Google e Facebook.

Marissa destacou o recentemente renovado protocolo de contratações e lançamentos de produtos, tais como o novo aplicativo do Flickr para iOS e o Yahoo Mail, como passos positivos para a empresa, embora tenha salientado que “ainda há muito trabalho a ser feito”. Ela falou em uma teleconferência para discutir os resultados da empresa durante o quarto trimestre de 2012. A receita aumentou, mas houve queda nos lucros em comparação ao mesmo período do ano anterior. “Flickr e Yahoo Mail marcaram o início destes esforços”, disse.

O Yahoo irá se concentrar em desenvolver ou redesenhar cerca de uma dúzia de produtos nos próximos meses e anos, cada um construído em torno dos “hábitos digitais diários” das pessoas, disse Marissa. Ela citou as buscas, página inicial, finanças, esportes e notícias como áreas em que a empresa estaria se concentrando, sem dar mais detalhes. A empresa disse que os três desafios chave em seu negócio daqui para frente são, em ordem de prioridade, aumentar o uso, crescer sua presença internacional e atrair um conjunto mais amplo de usuários.

Marissa também disse que produtos móveis são “incrivelmente importantes para nossa estratégia”, e que a empresa está trabalhando para torná-los uma parte substancial de seus negócios. Como parte desse esforço, a companhia adquiriu recentemente o aplicativo de recomendações móveis “Stamped” e o app de transmissão de chat de vídeo “OnTheAir”. “Esta é uma fonte nascente de receita para nós”, disse a executiva.

A adoção de produtos móveis do Yahoo cresceu para mais de 200 milhões de usuários únicos mensais no quarto trimestre, registrou a empresa.

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 25 de junho de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , , , , ,

Marissa Mayer aposta em produtos móveis para Yahoo retomar crescimento

“Ainda há muito trabalho a ser feito”, disse a CEO ao discutir resultados do quarto trimestre de 2012

A CEO do Yahoo, Marissa Mayer, identificou novos produtos e investimentos móveis entre as várias estratégias que visam manter a empresa relevante, uma vez que tenta competir com empresas como Google e Facebook.

Marissa destacou o recentemente renovado protocolo de contratações e lançamentos de produtos, tais como o novo aplicativo do Flickr para iOS e o Yahoo Mail, como passos positivos para a empresa, embora tenha salientado que “ainda há muito trabalho a ser feito”. Ela falou em uma teleconferência para discutir os resultados da empresa durante o quarto trimestre de 2012. A receita aumentou, mas houve queda nos lucros em comparação ao mesmo período do ano anterior. “Flickr e Yahoo Mail marcaram o início destes esforços”, disse.

O Yahoo irá se concentrar em desenvolver ou redesenhar cerca de uma dúzia de produtos nos próximos meses e anos, cada um construído em torno dos “hábitos digitais diários” das pessoas, disse Marissa. Ela citou as buscas, página inicial, finanças, esportes e notícias como áreas em que a empresa estaria se concentrando, sem dar mais detalhes. A empresa disse que os três desafios chave em seu negócio daqui para frente são, em ordem de prioridade, aumentar o uso, crescer sua presença internacional e atrair um conjunto mais amplo de usuários.

Marissa também disse que produtos móveis são “incrivelmente importantes para nossa estratégia”, e que a empresa está trabalhando para torná-los uma parte substancial de seus negócios. Como parte desse esforço, a companhia adquiriu recentemente o aplicativo de recomendações móveis “Stamped” e o app de transmissão de chat de vídeo “OnTheAir”. “Esta é uma fonte nascente de receita para nós”, disse a executiva.

A adoção de produtos móveis do Yahoo cresceu para mais de 200 milhões de usuários únicos mensais no quarto trimestre, registrou a empresa.

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 23 de março de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , , , , ,