RSS

Arquivo da tag: resoluo

Câmera vestível com resolução 4K será lançada por cerca de R$ 1,5 mil

Panasonic lançará câmera superportátil que grava imagens com resolução 4K (Foto: Divulgação/Panasonic)Panasonic lançará câmera superportátil que grava imagens com resolução 4K (Foto: Divulgação/Panasonic)

Câmera com resolução 4K, com quatro vezes mais resolução do que as com imagens em Full HD (1080p), começam a ficar mais acessíveis e menores para os consumidores. Enquanto as câmeras pequeníssimas GoPro são as mais populares, a Panasonic aposta no setor e lançará em maio a HX-A500, câmera pequeníssima que filma em 4K.

O preço da câmera é de 380 libras, algo em torno de R$ 1,5 mil e chega apenas em maio inicialmente no Reino Unido.

A empresa diz que este é o primeiro aparelho a filmar na ultra-alta definição (UHD) em 25 quadros por segundo, o que traz mais fluidez de imagens. A GoPro consegue captar imagens na resolução, mas seus vídeos têm 15 frames por segundo.

Entretanto, diferentemente da concorrente, que tem um corpo pequeno, a câmera da Panasonic vem em duas partes: um corpo que pode ser preso na cintura do usuário e a câmera que fica conectada por um cabo. Esta câmera pode ser colocada em um capacete, por exemplo, ou o usuário pode segurá-la com as mãos. Há uma tela de 1,5 polegadas no corpo do dispositivo, que ainda pode transmitir as capturas por meio de redes Wi-Fi ou de aparelhos compatíveis com NFC. Ela resiste à água (a profundidade deve ser baixa).

Por meio de um aplicativo os usuários podem editar e transmitir as capturas pela internet ao vivo, usando serviços como o UStream.

View the original article here

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 26 de março de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,

Rússia veta resolução da ONU sobre Crimeia; China se abstém

O projeto de resolução, que recebeu 13 votos dos 15 membros do Conselho, foi rejeitado pela Rússia, que, como membro permanente, tem poder de veto nesta instância da ONU (Foto: Andrew Kelly/Reuters)O projeto de resolução recebeu 13 votos dos 15 membros do Conselho de Segurança da ONU neste sábado(15), em Nova York. Como membro permanente, Rússia tem poder de veto nesta instância da ONU (Foto: Andrew Kelly/Reuters)

A Rússia vetou uma resolução impulsionada pelos países ocidentais que denunciava o referendo de domingo (16) na Crimeia, enquanto a China se absteve, isolando ainda mais Moscou sobre o tema, que foi analisado neste sábado (15) no Conselho de Segurança da ONU.

O projeto de resolução, que recebeu 13 votos dos 15 membros do Conselho, foi rejeitado devido ao veto da Rússia, que, como membro permanente, pode bloquear qualquer tipo de posição adotada nesta instância da ONU.

O referendo previsto para domingo para decidir sobre a anexação à Rússia da Crimeia, uma península controlada por tropas russas, era considerado no projeto de resolução como “sem nenhuma validade”.

A votação foi solicitada pelos Estados Unidos, que redigiram um texto moderado para tentar obter o aval de Pequim.

O embaixador russo, Vitaly Churkin, justificou seu voto reiterando que as novas autoridades da Ucrânia são o resultado de um “golpe de Estado” e advertiu que a Rússia “respeitará a vontade do povo da Crimeia”.

“A Rússia pode impor seu veto a esta resolução, mas não pode vetar a verdade”, respondeu a embaixadora americana, Samantha Power, ao invocar o artigo 2 da Carta da ONU. Power também comemorou “a oposição esmagadora às perigosas ações” de Moscou, que, segundo ela, terão consequências.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 16 de março de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , ,

Baixa resolução

Fonte: ahnegao.com.br

 
Deixe um comentário

Publicado por em 11 de janeiro de 2014 em Tecnologia

 

Tags: ,

Resolução da ONU sobre Síria pode ‘mencionar’ uso de força, diz Rússia

A Rússia admitiu nesta terça-feira (24) que uma resolução do Conselho de Segurança sobre a Síria pode mencionar o Capítulo VII da Carta das Nações Unidas, que permite duras sanções ou o uso da força, mas que isso não significará o recurso automático à força.

Acompanhe a cobertura em tempo real.

“O Capítulo VII só pode ser mencionado como uma das medidas” a adotar em caso de violação dos compromissos adquiridos pela Síria para desmantelar seu arsenal químico, declarou o vice-ministro das Relações Exteriores, Serguei Riabkov, citado pela agência Interfax.

Mas “de nenhuma maneira se trata de adotar uma resolução (…) sob o Capítulo VII” com uma “aplicação automática de sanções ou, menos ainda, de recurso à força”, disse o vice-ministro.

Riabkov também anunciou que os inspetores da ONU retornarão na quarta-feira à Síria para investigar a utilização de armas químicas.

“O grupo de inspetores da ONU parte a Damasco amanhã, 25 de setembro”, declarou o vice-ministro, citado por agências russas.

Arte Síria 17/09 (Foto: Arte/G1)

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 25 de setembro de 2013 em Brasil

 

Tags: , , ,

Negociação para resolução da ONU sobre Síria travou, dizem diplomatas

As negociações entre americanos e russos para chegar a um acordo sobre o projeto de resolução da ONU para forçar Damasco a respeitar seu compromisso de desarmamento químico permanecem estagnadas nesta segunda-feira (23), segundo diplomatas.

Acompanhe a cobertura em tempo real.

“Os detalhes sobre a forma de desarme estão em geral acertados, mas tudo gira em torno dos meios para implementá-lo, o que depende dos americanos e dos russos no Conselho de Segurança”, explicou à AFP um diplomata das Nações Unidas.

A principal questão é a inscrição ou não do texto da resolução sob o Capítulo VII da Carta da ONU. Este prevê medidas de coerção que vão desde sanções econômicas ao uso da força, no caso de não cumprimento pela Síria dos seus compromissos.

O ministro russo das Relações Exteriores, Sergei Lavrov, acusou no domingo Washington de chantagear a Rússia para apoiar uma resolução vinculativa na ONU contra seu aliado sírio. O diplomata russo disse que o Ocidente está cego com a ideia de mudança de regime em Damasco.

Neste contexto, a fonte diplomática considerou que “um voto no Conselho de Segurança nesta semana parece improvável”.

O conflito na Síria, que já deixou mais de 110 mil mortos e dois milhões de deslocados em 30 meses, é o “maior desafio” para a comunidade internacional, declarou o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, que se prepara para Assembleia Geral do organismo na terça-feira.

Arte Síria 17/09 (Foto: Arte/G1)

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 24 de setembro de 2013 em Brasil

 

Tags: , , , , ,

Panasonic exibe primeiro tablet com resolução Ultra HD

Tablet da Panasonic tem tela gigante de 20 polegadas (Foto: Bruno Araujo/G1)Tablet da Panasonic tem tela gigante de 20 polegadas (Foto: Bruno Araujo/G1)

A Panasonic apresentou na IFA, feira de tecnologia que acontece anualmente em Berlim, na Alemanha, o primeiro tablet com resolução Ultra HD – cerca de quatro vezes maior que a Full HD. O Toughpad 4K é um aparelho de 20 polegadas com configurações poderosas e tem como público alvo fotógrafos, arquitetos e outros profissionais que precisam de uma tela grande e interativa para trabalhar.

Toughpad 4K tem bateria que dura 2 horas de uso (Foto: Bruno Araujo/G1)Toughpad 4K tem bateria que dura 2 horas de uso
(Foto: Bruno Araujo/G1)

O Toughpad 4K é enorme e, apesar dos seus cerca de 2,3 kg não serem tão pesados quanto o seu tamanho sugere, é impossível segurá-lo nas mãos por muito tempo. Ele deve ser apoiado em uma superfície ou cavalete e pode ser usado em conjunto com uma caneta (vendida separadamente) para maior precisão na inserção de comandos.

Com essa dimensão e configuração toda – o Toughpad 4K tem um processador Intel Core i5, 4 ou 8 GB de memória RAM e uma placa de vídeo NVIDIA GeForce 745M, com 2 GB – não é a toa que a bateria do Toughpad 4K dure apenas 2 horas, de acordo com a Panasonic.

A empresa japonesa afirma que o seu tablet gigante Ultra HD chegará na Europa em novembro deste ano. Datas de lançamento para Japão e Estados Unidos serão anunciadas nos próximos meses.

Tamanho do tablet com tela de 20 polegadas da Panasonic em comparação com o iPad mini, com tela de 7,9 polegadas (Foto: Bruno Araujo/G1)Tamanho do tablet com tela de 20 polegadas da Panasonic em comparação com o iPad mini, com tela de 7,9 polegadas (Foto: Bruno Araujo/G1)

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 8 de setembro de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

Alemanha apela à Rússia para que apoie resolução da ONU sobre Síria

AppId is over the quota
AppId is over the quota

A Alemanha fez um apelo nesta quarta-feira (28) aos membros do Conselho de Segurança da ONU, especialmente à Rússia, para apoiar a resolução proposta pelo Reino Unido condenando os ataques das forças do presidente sírio, Bashar al-Assad, e autorizando “medidas necessárias” para proteger civis no país em guerra civil.

“Nós saudamos a iniciativa britânica de fazer o Conselho de Segurança da ONU considerar novamente o uso de armas químicas na Síria. Nós apelamos a todos os membros do Conselho de Segurança, em particular à Rússia, que aproveitem essa oportunidade e contribuam para uma posição comum por parte da comunidade mundial contra o uso de armas químicas de destruição em massa na Síria”, disse o ministro das Relações Exteriores alemão, Guido Westerwelle.

O primeiro-ministro britânico, David Cameron, disse nesta quarta-feira que o Reino Unido vai apresentar uma proposta de resolução ao Conselho de Segurança da ONU condenando os ataques feitos pelas forças de Assad e autorizando “medidas necessárias” para proteger civis do uso de armas químicas.

A resolução será apresentada ao Conselho de Segurança em Nova York nesta quarta, disse um porta-voz de Cameron em comunicado.

arte síria versão 21.08 (Foto: Arte/G1)

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 28 de agosto de 2013 em Brasil

 

Tags: , , , , ,