RSS

Arquivo da tag: resgatados

Trezentos imigrantes são resgatados no deserto do Sudão

AppId is over the quota
AppId is over the quota

Nove imigrantes morreram no deserto entre a Líbia e o Sudão, e mais de 300 foram resgatados, depois de terem sido abandonados por traficantes nesta região, indicou nesta quarta-feira (30) o Ministério da Defesa sudanês.

“Nove deles morreram e o estado de saúde dos outros é grave. Eles estão sendo atendidos e transferidos para (a cidade de) Dongola”, indicou o ministério em um comunicado.

“Eles estavam indo para a Líbia clandestinamente”, explicou à AFP Sawarmi Khaled Saad, porta-voz do Exército.

“Os atravessadores os deixaram no deserto (…) na fronteira entre o Sudão e a Líbia”, acrescentou.

Os nove mortos são sudaneses, e entre os imigrantes havia etíopes, eritreus, paquistaneses e bengaleses, segundo o porta-voz.

Saad indicou um total de 319 imigrantes encontrados durante uma operação realizada em conjunto por soldados sudaneses e líbios.

A região desértica em que foram encontrados se estende do leste do Sudão até o Sinai egípcio. Pelo local, passam muitos refugiados e imigrantes em busca de melhores condições de vida.

Milhares de eritreus fogem todos os anos em direção a Israel, enquanto outros tentam chegar à Europa atravessando o Mediterrâneo.

De acordo com dados oficiais sudaneses, cerca de 600 eritreus entram no Sudão por mês. “A maioria deles querem manter a viagem”, segundo uma fonte ligada a esta questão.

View the original article here

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 1 de maio de 2014 em Brasil

 

Tags: , , ,

Filhotes de urso são resgatados de cativeiro ilegal em Kosovo

 Foto tirada em 10 de março mostra filhotes de urso-pardo Ema, Ron e Oska, de um mês de idade, no Santuário para Ursos em Kosovo (Foto: AP Photo/Four Paws) Filhotes de urso-pardo Ema, Ron e Oska, de um mês de idade, no Santuário para Ursos em Kosovo (Foto: AP Photo/Four Paws)

Três filhotes de urso-pardo que estavam sendo mantidos em cativeiro de forma ilegal foram resgatados por ativistas em Kosovo na semana passada.

Os ursos de apenas um mês de idade – que receberam os nomes de Ema, Oska e Ron – foram encontrados em duas casas separadas na cidade de Peja. Acredita-se que sejam irmãos.

Os ativistas dizem que não sabem o que aconteceu com a mãe. As autoridades foram avisadas por cidadãos que viram fotos dos filhotes publicadas no Facebook. Até agora, não houve nenhuma prisão.

“Os filhotes estavam estressados quando chegaram, mas estão se recuperando bem”, diz Afrim Mehmeti, gerente de um santuário para ursos vinculado ao grupo filantrópico internacional Four Paws.

Manter animais selvagens em casa é proibido em Kosovo e as autoridades são especialmente rígidas quanto aos ursos-pardos, que são espécies em perigo de extinção no país.

 Afrim Mahmuti, gerente do santuário, segura a filhote Ema, resgatada em Kosovo (Foto: AP Photo/Four Paws) Afrim Mahmuti, gerente do santuário, segura a filhote Ema, resgatada em Kosovo (Foto: AP Photo/Four Paws) Afrim Mahmuti dá leite a filhote de urso Ema, uma das resgatadas em Kosovo (Foto: AP Photo/Four Paws) Afrim Mahmuti dá leite a filhote de urso Ema, uma das resgatadas em Kosovo (Foto: AP Photo/Four Paws)

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 26 de março de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,

Três filhotes de ursos órfãos são resgatados por zoológico dos EUA

Três filhotes de ursos estão sendo cuidados pelos funcionários do zoo de Oregon (Foto: The Oregonian, Benjamin Brink/ AP)Três filhotes de ursos estão sendo cuidados pelos funcionários do zoo de Oregon (Foto: The Oregonian, Benjamin Brink/ AP)

Três filhotes de ursos órfãos estão sob os cuidados dos funcionários do zoológico de Oregon, nos Estados Unidos.

São duas fêmeas e um macho que foram encontrados há uma semana em um tronco oco no Condado de Yamhill, por uma equipe de exploração madeireira.

A mãe urso visitou os filhotes brevemente nesta quarta-feira (26) pela manhã e, em seguida, desapareceu.

Ursinhos foram encontrados em um tronco oco; são duas fêmeas e um macho (Foto: The Oregonian, Benjamin Brink/ AP)Ursinhos foram encontrados em um tronco oco; são duas fêmeas e um macho (Foto: The Oregonian, Benjamin Brink/ AP)

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 7 de março de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , ,

Primeira ação da ONU termina com centenas de civis resgatados na Síria

Centenas de civis sírios foram retirados neste domingo (9) dos bairros sitiados da cidade de Homs, apesar da violência que prejudicou a primeira operação humanitária em 20 meses nesta região devastada pela guerra. Segundo informou o governo, o número de resgatados chega a 600 pessoas, que foram retiradas de uma área que está sob controle dos rebeldes. As pessoas estavam há mais de um ano enfrentando a fome e a privação de liberdade devido aos bloqueios gerados pela guerra.

Os desalojados, principalmente mulheres, crianças e velhos, foram retirados pela ONU e o Crescente Vermelho sírio no terceiro dia de uma operação durante a qual os comboios de ajuda foram alvejados e ficaram brevemente retidos no centro velho de Homs.

“O último veículo chegou e o total é de 611 pessoas”, disse o governador de Homs, Talal al-Barazi, ao canal regional de televisão árabe Al Mayadeen, em um ponto de encontro fora da cidade, acrescentando que mais ajuda foi enviada à área rebelde.

Este esforço humanitário acontece na véspera da segunda rodada de negociações entre o regime e os rebeldes sírios sob a égide da ONU em Genebra, dez dias após uma primeira tentativa que não resultou em medidas concretas para acabar com o conflito, que já deixou mais de 136 mil mortos em quase três anos, segundo uma ONG.

Retiradas seguidas
Após a retirada na sexta-feira de um primeiro grupo de 83 civis, em cumprimento ao acordo concluído entre rebeldes e regime por intermédio da ONU, 420 civis, todos ‘mulheres, crianças e idosos’, deixaram os bairros da cidade velha de Homs (centro).

Segundo o governador da província de Homs, Talal Barazi, a operação foi dificultada por um morteiro que caiu sobre os bairros sitiados pelo exército desde junho de 2012, e que matou ‘cinco homens’, segundo o Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH).

Além disso, o Crescente Vermelho sírio anunciou a distribuição ‘de 250 pacotes de alimentos, 190 kits de higiene e remédios para doenças crônicas’, acrescentando que todos os seus funcionários e os da ONU conseguiram deixar Homs sem ferimentos. A organização não apontou nenhuma das partes em conflito como responsável pelo ataque ao comboio humanitário.

Desde sábado, as duas partes em conflito se acusam mutuamente de violar o cessar-fogo de três dias e de atacar os comboios de ajuda humanitária.

Arte entenda Síria 31/08 (Foto: Editoria de Arte / G1)

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 10 de fevereiro de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , ,

Dois mineiros são resgatados após 10 dias presos em mina na China

Dois mineiros foram resgatados com vida após dez dias presos em uma mina de carvão mineral que ficou inundada na província de Shanxi, no norte da China, informou nesta terça-feira (8) a agência oficial “Xinhua”. O incidente aconteceu no dia 28 de setembro, quando trabalhavam nela 42 pessoas, das quais 10 continuam presas. Trinta pessoas conseguiram sair pelo túnel antes que ele inundasse.

Os trabalhadores estavam conscientes, mas extremamente fracos, e foram resgatados às 3h locais (18h de Brasília da segunda-feira, 7) na mina Zhengsheng, na cidade de Fenyang.

As minas de carvão chinesas são as com os maiores índices de acidentes no mundo. Todos os anos, cerca de 3 mil trabalhadores morrem nas jazidas chinesas devido a fatores como a falta de segurança e a exploração excessiva dos poços. O carvão mineral é a principal fonte de energia do país.

Os dois mineiros resgatados foram levados para um hospital local. Cerca de 850 pessoas trabalham no resgate, com quatro máquinas de escavação.

As causas da rápida inundação ainda estão sendo investigadas.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 8 de outubro de 2013 em Brasil

 

Tags: , , ,

Refugiados sírios são resgatados próximo à costa da Itália

AppId is over the quota
AppId is over the quota

A Guarda Costeira e a Marinha da Itália resgataram cerca de 350 pessoas, a maioria sírios, perto da costa da Sicília nesta quarta-feira (28), e uma autoridade portuária disse esperar a chegada de mais refugiados em fuga da guerra civil na Síria.

A Marinha resgatou quase 200 pessoas a partir de um precário barco de pesca superlotado. Eles disseram ser sírios, mas a maioria não portava passaportes, motivo pelo qual a nacionalidade dos refugiados ainda não foi confirmada, disse um porta-voz da Marinha.

Entre os resgatados estavam 48 crianças, incluindo uma menina de quatro dias de idade nascida durante a travessia. O bebê e sua mãe estavam em boas condições, disse o porta-voz.

Um segundo barco que transportava cerca de 150 imigrantes foi resgatado pela Guarda Costeira mais tarde, mas suas nacionalidades ainda não foram determinadas, disse Luca Sancilio, chefe da autoridade portuária de Syracuse.

“Nós vimos uma maioria de sírios chegarem nos últimos dias”, disse à rede de TV SkyTG24. “Devido ao que está acontecendo na Síria, agora esperamos que muitos mais virão.”

Imigrantes ilegais interceptados por autoridades italianas são levados para centros de imigração estatais. Alguns deixam os edifícios frequentemente pouco vigiados à procura de trabalho. Aqueles que permanecem e não conseguem provar ser refugiados políticos podem enviados de volta ao local de origem.

arte síria versão 21.08 (Foto: Arte/G1)

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 29 de agosto de 2013 em Brasil

 

Tags: , , , , ,