RSS

Arquivo da tag: recurso

Médico condenado por morte de Michael Jackson perde novo recurso

O médico Conrad Murray, que é acusado pela morte de Michael Jackson (Foto: Reuters)O médico Conrad Murray (Foto: Reuters)

A Suprema Corte da Califórnia rejeitou na quarta-feira (23) o recurso apresentado pelo médico Conrad Murray, condenado pelo homicídio culposo do cantor Michael Jackson. Murray foi libertado em outubro, após cumprir dois anos de prisão em Los Angeles, e agora deseja limpar seu nome.

Seu advogado havia solicitado à corte que revogasse a condenação de 2011, alegando que a intensa cobertura midiática do caso pode ter influenciado o júri.

Valerie Mass, advogada do cardiologista, disse que ele agora provavelmente recorrerá a um tribunal federal. A Suprema Corte da Califórnia não chegou nem a avaliar o mérito do recurso, rejeitando-o em princípio.

Contratado para acompanhar Michael Jackson numa temporada de ensaios, Murray administrou a dose de analgésicos que acabou por matar o artista, em 2009, aos 50 anos.

View the original article here

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 30 de abril de 2014 em Música

 

Tags: , , , , , ,

Recurso que liga contatos do Gmail ao Google+ gera preocupação

Exemplo de mensagem no Gmail enviada por usuário do Google+ (Foto: Divulgação/Google)Exemplo de mensagem no Gmail enviada por usuário do Google+ (Foto: Divulgação/Google)

Um novo recurso do Gmail fará com que alguns usuários recebam mensagens de pessoas com as quais eles não compartilharam seus endereços de e-mail, o que gerou preocupação entre alguns defensores de privacidade.

Anunciada pelo Google na quinta-feira (9), a mudança permite que um usuário da rede social Google+ envie uma mensagem para qualquer pessoa que tenha uma conta no Gmail mesmo sem saber o endereço do destinatário.

O Google diz que o novo recurso tornará a comunicação com amigos (e desconhecidos) mais fácil para pessoas que usam ambos os serviços. A companhia afirma também que quem não desejar receber e-mails de estranhos pelo Google+ pode alterar suas configurações para receber mensagens apenas de pessoas que pertençam às suas redes, a de amigos ou de nenhum dos dois casos.

Alguns defensores de privacidade afirmam que o novo recurso do Google deveria ser “opcional para entrar”, ou seja, que os usuários deveriam concordar explicitamente com o recebimento de mensagens de outros usuários do Google+ ao invés de se exigir que eles mudem manualmente a configuração.

O Google tem tentado cada vez mais integrar o Google+, sua rede social que existe há dois anos e meio e tem 540 milhões de usuários ativos, com seus outros serviços. Ao se registrarem no Gmail, os usuários agora recebem automaticamente uma conta no Google+.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 11 de janeiro de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,

Atualização do Instagram para iOS inclui recurso que endireita fotos

Nova atualização para o Instagram inclui recurso "endireitar" (Foto: Bruno Araujo/G1)Atualização do Instagram para iOS inclui recurso que endireita fotos (Foto: Bruno Araujo/G1)

Fotografias desniveladas também são bonitas, mas não dá para aceitar que alguém estrague o seu enquadramento perfeito por causa de um esbarrão. Porém, está tudo bem agora para quem usa o Instagram nos dispositivos iOS, pois a nova atualização do aplicativo para o sistema inclui um recurso que corrige e endireita as suas imagens.

Usando os sensores de orientação dos aparelhos da Apple, o app ajusta automaticamente o ângulo das suas fotos – por enquanto nada de vídeos – para o que ele considera a posição mais reta. Caso você queira, também é possível ajustar manualmente a angulação dos seus cliques.

A novidade aparece na tela de pós-processamento das fotos junta das opções de filtros, bordas e desfoque. O Instagram ainda não confirmou uma versão do recurso para os aparelhos com sistema Android.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 29 de agosto de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

Facebook Home: app para iPhone ganha recurso Chat Heads

Novidade facilita a visualização de novas mensagens pelo usuários e estava restrita a smartphones Android até então. App também recebeu novo Feed de Notícias. O Facebook liberou nesta terça-feira, 16/4, uma atualização significativa para seu aplicativo iOS. Com isso, os usuários agora podem ter acesso a recursos como o novo Feed de Notícias e à ferramenta de bate-papo chat heads, até então exclusiva do Facebook Home.

O update 6.0 do software traz o novo Feed da rede social, agora mais clean e com uma navegação mais organizada, já que permite ao usuário escolher qual feed quer receber. As opções incluem músicas, fotos e jogos, por exemplo.

Já a ferramenta de bate-papo chat heads foi anunciada no início do mês, quando o Facebook apresentou o Facebook Home, tela inicial especial exclusiva para aparelhos Android. Mas no sistema da Apple as “chat heads” não seguem o usuário em todas as interfaces do smartphone, ficando visíveis apenas quando ele recebe mensagens dentro do aplicativo iOS da rede social – não inclui mensagens SMS como no Android. Segundo o Facebook, essa opção não estará disponível imediatamente a todos os usuários, que receberão a novidade aos poucos.

Além disso, o aplicativo para iPhone também traz novos tipos de emoticons, chamados de “adesivos” pela rede social para quando você acha que palavras não são suficientes para expressar o que está sentindo.

O Facebook 6.0 para iPhone/iPod Touch e iPad já está disponível na App Store.

Links para download:

– Facebook (iPhone e iPod Touch)

– Facebook (iPad)

facebookchatheadsios01.jpg

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 22 de junho de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,

Recurso “mapas de interiores” do Google Maps ganha versão web

Os mapas já estavam disponíveis no aplicativo Google Maps para Android, mas agora podem ser acessados no iPad, da Apple, e outros dispositivos.

O Google adicionou plantas de interiores de locais à versão web de seu serviço de mapas, permitindo que qualquer dispositivo com um navegador mostre o caminho em aeroportos, estações ferroviárias, centros comerciais e museus em nove países.

Os “mapas de interiores” já estavam disponíveis no aplicativo Google Maps para Android, mas a adição da interface web significa que agora eles podem ser acessados no iPad, da Apple, e outros dispositivos que não executam o sistema operacional do Google. Estão disponíveis cerca de 10 mil plantas de lugares na Bélgica, Canadá, Dinamarca, França, Japão, Suécia, Suíça, Reino Unido e EUA. Os locais famosos incluem o aeroporto Charles de Gaulle, em Paris, o Estádio de Wembley, em Londres, e o Caesars Palace, em Las Vegas, de acordo com uma lista publicada pelo Google.

Os usuários podem aumentar o zoom em um edifício no Google Maps e ver uma planta com rótulos para portões nos aeroportos, lojas dentro de um shopping, departamentos dentro de uma loja de varejo, bem como caixas eletrônicos, banheiros e mais, de acordo com a companhia de Mountain View. Proprietários de locais interessados em adicionar seus estabelecimentos podem usar a ferramenta Google Maps Floor Plan, que ainda está disponível apenas em uma versão beta (de testes), para carregar um mapa. O Google ainda está trabalhando em como as plantas recebidas são processadas, então a empresa não pode dar estimativas sobre quanto tempo levará para que os novos lugares apareçam, disse.

Para visualizar um local, basta procurá-lo digitando seu nome no local específico e dar zoom no mapa, mas atenção: muito zoom acabará mostrando o Street View. Dê apenas um pouco de zoom e verá o mapa interior do local. De acordo com a assessoria do Google no Brasil, ativar o  MapsGL também ajuda. O aplicativo para Android pode ser baixado de forma gratuita na loja Google Play.

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 23 de março de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

Recurso de privacidade do IE10 pode acabar desagradando usuários

Um terço dos entrevistados disse pararia de usar navegadores que impõem o DNT (Não Rastreie) por padrão se isso os impedisse de ter outros benefícios

A decisão da Microsoft de deixar ativado por padrão o recurso “Do Not Track” (DNT), algo como “não rastreie”, no Internet Explorer 10, poderia levar alguns consumidores  a ficarem contra o navegador se ele interferir em características como a memorização de senha e preenchimento automático, diz nova pesquisa.

Desde que foi anunciado há alguns meses que  o “não rastreie” do IE10 foi uma decisão dos usuários, grandes anunciantes têm protestado que este recurso pode minar a personalização de anúncios, do qual o comércio na Internet depende muito.  A principal objeção era que a decisão de ativar o “não rastreie” deve ser feita pelo consumidor, não pela Microsoft. Uma pesquisa da empresa de publicidade digital da YouGov, Mediasyndicator, com 1 987 adultos britânicos, mostrou uma certa confusão sobre os prós e contras de tal abordagem à privacidade.

Uma surpreendentemente taxa de 45% disse que optou por desativar os cookies, com mais da metade dizendo que a publicidade direcionada gerada pelo rastreamento deles raramente era relevante. Em particular o “reajustamento” de propagandas – anúncios servidos aos visitantes depois de terem deixado um site – não caem bem, com apenas 1% descrevendo-os como “relevantes”.  Quase 45% afirmam que simplesmente os ignoraram.

Confusamente, um terço disse que ia parar de usar navegadores que impõem o “não rastreie” por padrão se isso os impedisse de ter outros benefícios, como memorização de senha e preenchimento automático, com 87% valorizando tais características. “Nossos resultados mostram que estas são ações suportadas mais por falta de conhecimento e confusão sobre o propósito da tecnologia de rastreamento, realmente foi projetado para melhorar e personalizar os serviços que lhes são oferecidos na web”, argumentou Spyro Korsanos, CEO da Mediasyndicator.

A interpretação de que os usuários podem se voltar contra o IE10 porque ele estabelece o DNT por padrão parece um exagero; o número de sites para os quais senhas armazenadas e preenchimento automático são definidas por meio de cookies é, para a maioria dos usuários, uma pequena fração do total. Enquanto alguns sites usam cookies como uma forma de facilitar o acesso do consumidor, muitos o utilizam simplesmente como forma de exibir publicidade ou rastrear hábitos de navegação. 

Consequentemente, muitos usuários agora definem seus navegadores para limpar os cookies depois de cada sessão, logando em sites usando gerenciadores de senhas seguras ou de cookies para domínios específicos, o que pode ser feito pelo Firefox.

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 19 de março de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,

Desejado recurso de ‘Modo pornô’ finalmente chega ao Firefox

Sistema que permite navegação sem registros está disponível no Firefox Nightly, versão de desenvolvimento do navegador

Grandes mudanças para o “modo pornô” do Firefox – o recurso de navegação privada, que apaga os registros de cookies, histórico e arquivos temporários – chegaram ao Firefox Nightly, a versão de desenvolvimento do navegador. As informações são do CNET.

Quando chegar ao público em geral, dentro de alguns meses, o recurso permitirá que você execute a navegação privada em uma nova janela sem ser preciso fechar o Firefox. Isso deixa o navegador em paridade com Chrome, Internet Explorer e Opera. O Safari não abre essa navegação ‘secreta’ em uma janela separada.

O gerente de projeto do Firefox, Asa Dotzler, afirmou no blog anunciando as mudanças que a atualização não foi nada mais do que uma mudança no código, mas levou 19 meses de planejamento, porque eles “redesenharam o modo privado de navegação existente a partir do zero.” As mudanças também irão permitir que você abra um link diretamente para a navegação privada, algo que só o Chrome pode fazer atualmente.

A Mozilla também anunciou na terça-feira que o Firefox Simulator OS está pronto para uso público. As instalações de add-on em qualquer versão desktop do navegador irão permitir que desenvolvedores testem os aplicativos que desenvolvem para Firefox OS sem ter que instalar o sistema operacional em um celular.

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 25 de janeiro de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,