RSS

Arquivo da tag: queda

BlackBerry quer reverter queda com lançamento de celular de baixo custo

Smartphone Z3, da BlacBerry. (Foto: Beawiharta/Reuters)Smartphone Z3, da BlacBerry. (Foto: Beawiharta/Reuters)

A A BlackBerry lançou nesta terça-feira o Z3, um smartphone de tela sensível ao toque, com a promessa de chegar às lojas por baixo custo, em um momento em que a fabricante de celulares busca recuperar suas vendas em mercados emergentes como o da Indonésia.

O aparelho, lançado em um grande evento em Jacarta, capital da Indonésia nesta terça-feira (13), é o primeiro de uma linha de aparelhos produzidos pela FIH Mobile, uma unidade da gigante chinesa Foxconn, conhecida por montar produtos para a Apple.

O modelo começará a ser vendido por menos de US$ 200 a partir de 15 de maio e o sucesso do produto é crucial para o futuro da Blackberry.

“Se o aparelho permitir a eles [BlackBerry] crescer de novo, mesmo que num avanço pequeno, mas estável, esse já será um sucesso”, disse Ryan Lai, analista de mercado da consultoria IDC.

O Z3 é o primeiro celular lançado pela BlackBerry desde que o novo presidente-executivo, John Chen, assumiu a empresa no ano passado. Depois da Indonésia, o modelo será lançado gradualmente em seis outros países, incluindo Filipinas, Índia, Vietnã e Malásia.

John Chen, presidente-executivo da BlackBerry, apresenta o novo smartphone da companhia, o Z3. (Foto: Beawiharta/Reuters)John Chen, presidente-executivo da BlackBerry, apresenta o novo smartphone da companhia, o Z3. (Foto: Beawiharta/Reuters)

View the original article here

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 14 de maio de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , , ,

Relatório atribui queda do voo AF 447 a ‘reação inapropriada da tripulação’

AppId is over the quota
AppId is over the quota
Equipe da Marinha recupera destroço do voo 447 em 8 de junho de 2009 (Foto: The New York Times)Equipe da Marinha recupera destroço do voo 447
em 8 de junho de 2009 (Foto: The New York Times)

A tragédia do voo Rio-Paris da Air France, em junho de 2009, aconteceu devido a “uma reação inapropriada da tripulação depois da perda momentânea das indicações de velocidade”, de acordo com um relatório de especialistas apresentado durante a investigação judicial, ao qual a AFP teve acesso nesta terça-feira (13).

As simulações e as análises “mostram claramente a predominância de fatores humanos nas causas do acidente e nos fatores que contribuíram” para a queda, indicam os cinco especialistas em suas conclusões. “Também constatamos que o acidente”, que causou 228 mortes, “poderia ter sido evitado por algumas ações apropriadas da tripulação”, acrescentam.

A queda do Airbus A330 da Air France, que aconteceu no dia 1º de junho de 2009 no Oceano Atlântico, custou a vida de 228 passageiros e membros da tripulação.

Essa análise, de 30 de abril, tinha sido solicitada um ano antes pelas juízas Sylvia Zimmermann e Sabine Kheris, após uma primeira apresentada em julho de 2012 às famílias das vítimas.

As conclusões do primeiro relatório de especialistas indicam uma conjunção de fatores: falhas humanas, problemas técnicos, procedimentos equivocados e condições meteorológicas adversas.

Com base nessas conclusões, Air France e Airbus foram processadas em 2011 por homicídios culposos. Mas a contra-análise apresenta uma visão diferente.

“Foi determinado por nosso grupo de especialistas que o acidente se deveu à perda de controle do avião causada pela reação inapropriada da tripulação após a ausência momentânea das indicações de velocidade”, indicam os autores da nova análise, que apresentam uma lista de 14 fatores que contribuíram para a tragédia, por ordem de importância.

Eles citam a responsabilidade da tripulação, mencionando “a ausência de uma análise estruturada da pane”, “a má compreensão da situação” e “a divisão de tarefas na cabine que não foi aplicada de maneira rigorosa”.

Mas eles fazem referência também à companhia aérea, lamentando a “ausência de instruções claras por parte de Air France, apesar de vários casos parecidos de congelamento das sondas Pitot e, portanto, de uma resposta insuficiente”. Eles apontam também “para a formação inadequada dos pilotos na aplicação do procedimento” necessário para lidar com o congelamento das sondas e com o comportamento do avião durante a perda das indicações de velocidade.

Procurado pela AFP, Yassine Bouzrou, uma advogada dos familiares das vítimas, considerou que o relatório está “cheio de contradições e de imprecisões”.

“Os especialistas se contentam em culpar os pilotos, evitando sempre a questão central das falhas técnicas”, reagiu ela.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 14 de maio de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , ,

Acrobata de SC que sofreu queda em circo nos EUA recebe alta do hospital

AppId is over the quota
AppId is over the quota

A acrobata catarinense que despencou de uma altura de cerca de 7 metros durante uma apresentação de circo nos Estados Unidos recebeu alta do hospital nesta quinta-feira (8). Widny Neves, de 25 anos, deixou a unidade de saúde norte-americana em uma cadeira de rodas e foi para um hotel, como mostrou a reportagem do Jornal Nacional (veja vídeo ao lado). As outras duas brasileiras feridas no acidente, Dayana Costa e Stefany Neves, continuam no hospital, sem previsão de alta. Dayana está em estado grave.

As três brasileiras outras cinco acrobatas sofreram o acidente no domingo (4). No número, eles formam uma espécie de candelabro ou lustre, suspensos apenas pelos cabelos. Uma plataforma que era elevada e suspendia as artistas caiu, lançando os artistas ao chão e ferindo um dançarino que estava embaixo.

Widny deixou o hospital nesta quinta-feira (8) (Foto: Reprodução RBS TV)Widny deixou o hospital nesta quinta-feira (8)
(Foto: Reprodução TV Globo)

Segundo a família, a catarinense de Joinville, no Norte de Santa Catarina, teve ferimentos no pescoço, nas costas e fratura no braço direito. A mãe dela, Griselda Neves, está nos Estados Unidos desde quarta-feira (7) para acompanhar a filha.

“Ela está caminhando. Vitória é pouco, é um milagre”, disse a mãe, que vai ficar no país até a filha se recuperar. Já Widny agradeceu o apoio que está recebendo após o acidente. “Obrigado por todo amor e carinho de todo povo brasileiro que está apoiando a gente”, disse ela, que espera voltar para o circo.

Família circense
Há 10 anos, a família de Widny possui uma academia de circo em Joinville. O pai da jovem, Roiter Neves, explicou que se trata de um local lúdico, que reúne pessoas para fazerem exercícios relacionados à atividade. Widny nasceu nesse ambiente e desde pequena mostrava interesse. Começou a aprender com o pai.

Mais velha, foi cursar educação física na Universidade da Região de Joinville (Univille) e, em 2008, mudou-se para o Estados Unidos, onde desde 2010, está no Ringling Brothers and Barnum and Bailey Circus.

O acidente
Em entrevista coletiva nesta quinta-feira (8), os diretores do circo onde o acidente ocorreu disseram que até o ano passado o número era com apenas duas artistas. A decisão de aumentar para oito foi tomada em conjunto, entre o circo e o criador da apresentação, o brasileiro Andrei Medeiros.

O gancho que se rompeu era de aço, com capacidade para 4,5 mil kg. O circo disse que ainda não sabe porque ele não aguentou a estrutura e as acrobatas, que no total pesavam 600 kg.

Veja o site do Jornal Nacional

new WM.Player( { videosIDs: “3333896”, sitePage: “aftvrbs_scg1/videos”, zoneId: “134771” } ).attachTo($(“#3333896”)[0]);

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 10 de maio de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , ,

Queda de avião mata 4 da mesma família nos EUA

Destroços de avião acidentado no Tennessee é visto nesta terça-feira (4) (Foto: Mark Zaleski/AP)Destroços de avião acidentado no Tennessee é visto nesta terça-feira (4) (Foto: Mark Zaleski/AP)

Quatro pessoas da mesma família morreram em um acidente de avião no Estado do Tennessee, no Estados Unidos, nesta segunda-feira (3). Na queda, por pouco o avião não atingiu um centro médico comunitário lotado e um asilo, disseram autoridade locais e federais.

O bimotor Gulfstream partiu de Great Bend, no Estado do Kansas. A aeronave caiu antes das 17h (horário local) em Bellevue, a cerca de 24 km do aeroporto John C. Tune, em Nashville, para onde se dirigia, informou a departamento de polícia metropolitana local.

O avião estava registrado em nome de uma empresa do Kansas, disse a porta-voz da Administração Federal de Aviação dos EUA, Kathleen Bergen.

O piloto e os passageiros não foram identificados, mas acredita-se que sejam de uma mesma família, disseram as autoridades.

O avião não conseguiu pousar na primeira aproximação ao aeroporto e caiu enquanto se preparava para uma segunda tentativa, espalhando destroços por cerca de 73 metros, disse a polícia.

O acidente, que danificou carros no estacionamento de centro comunitário, poderia ter matado dezenas de pessoas dentro do edifício, disse Jessica Fain, uma porta-voz do centro YMCA do Estado do Tennessee.

As autoridades federais de aviação norte-americanas investigam o acidente.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 4 de fevereiro de 2014 em Brasil

 

Tags: , ,

Ações da Lenovo registram queda após compra da Motorola

As ações da chinesa Lenovo registraram queda de mais de 8% na Bolsa de Hong Kong nesta quinta-feira (30) após a empresa ter anunciado a compra da Motorola Mobility, como é chamada a área de celulares da empresa. O Google vendeu a unidade por US$ 2,91 bilhões.

O valor é bem abaixo dos US$ 12,5 bilhões pagos pela companhia da Califórnia (EUA) em 2012. Apesar da aquisição, a Motorola ainda não se recuperou no mercado dos smartphones, dominado pela empresa sul-coreana Samsung e a norte-americana Apple.

O título da Lenovo caiu 8,21%, a US$ 10,06 de Hong Kong por cada ação.

Alguns analistas disseram que o principal interesse do Google na Motorola era seu portfólio de 17 mil patentes, a maior parte das quais permanecerá nas mãos do grupo da Califórnia (EUA).

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 30 de janeiro de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,

Menina de 16 anos sobrevive a queda livre de 900 m após falha de pára-quedas

Makenzie Wethington realizava o sonho de saltar de paraquedas quando despencou de uma altura de 900 metros (Foto: EVN/BBC)Makenzie Wethington realizava o sonho de saltar
de pára-quedas quando despencou de uma altura
de 900 metros (Foto: EVN/BBC)

Uma adolescente americana do Texas que celebrava seu aniversário de 16 anos realizando o sonho de pular de pára-quedas, escapou por pouco da morte ao despencar cerca de 900 metros depois de problemas com seu paraquedas.

Makenzie Wethington, de 16 anos, foi hospitalizada após o acidente, neste final de semana, com sangramento interno, rompimento do fígado e fraturas em bacia, vértebras lombares, ombro e várias costelas, além de outros ferimentos.

Wethington tinha ido para Oklahoma fazer o salto por ser nova demais para fazê-lo no Texas, disse sua irmã Megan Wethington ao canal de TV Fox News em Dallas.

‘No Texas você precisa ter 18 anos. Você precisa saltar quatro vez com alguém antes de saltar sozinha. Em Oklahoma, você só precisa ter 16 anos.’

Wethington está tendo uma recuperação ‘milagrosa’ e deve sair da unidade de tratamento intensivo nesta semana.

‘Eu não sei os detalhes do acidente, porque não estava lá. Mas se ela realmente caiu de uma altura de mil metros, eu não sei como ela sobreviveu’, disse Jeffrey Bender, cirurgião responsável pelo caso, em uma coletiva de imprensa.

‘Mesmo os enfermeiros e médicos que escutam a história, se perguntam ‘Como? Como é que ela ainda está aqui?”, disse sua irmã.

A queda
Depois de completar uma aula de treinamento de seis horas exigida pela Pegasus Air Sports Center, em Oklahoma, Makenzie Wethington e seu pai embarcaram em um pequeno avião.

O pai da adolescente saltou primeiro e pousou em segurança. Ele, então, viu sua filha saltar.

‘Eu queria ter ido depois dela, caso algo acontecesse. Mas isso não foi possível por causa do peso do avião e das pessoas, então eu tive que ir primeiro e ela seria a última’, Joe Wethington disse à NBC em Dallas.

Depois de ser acionado, dois segundos depois do salto, seu pára-quedas saiu da mochila, mas não abriu. Ela girou no ar e caiu em um campo com grama.

‘Foi um horror assistir a essa cena, não importa quem fosse, mas eu definitivamente não queria que fosse a minha menina’, disse Wethington.

O proprietário do Pegasus Air Sports Center, Robert Swainson, disse que não estava claro se a queda foi causada pela adolescente ou se pela maneira como o pára-quedas foi preparado para o salto.

Ele disse que o paraquedas do adolescente abriu corretamente, mas ela começou a rodopiar quando o pára-quedas saiu sem se abrir.

Wethington recebeu instruções sobre como lidar com esses problemas durante a sessão de treinamento. Ela também recebeu instruções por meio de um microfone de rádio em seu capacete, mas não seguiu os procedimentos corretos, disse ele.

Swainson acrescentou que ele não conseguiria ajudar a jovem uma vez ficou claro que ela estava com problemas.

‘O máximo que eu podia fazer era gritar’, disse ele.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 30 de janeiro de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , ,

Funcionário de loja salva bebê de queda de carrinho nos EUA

Um funcionário de uma loja de uma loja de materiais de construção salvou de maneira impressionante um bebê que estava caindo de um carrinho no Alasca, nos Estados Unidos. A cena foi gravada e mostra como o homem foi ágil para resgatar a criança. Assista.

O bebê estava em uma cadeirinha colocada sobre um dos carrinhos da unidade da Home Depot em South Anchorage.

Funcionário de loja conseguiu impedir queda de bebê nos EUA (Foto: Reprodução/YouTube/Dale Strickland)Funcionário de loja conseguiu impedir queda de bebê nos EUA (Foto: Reprodução/YouTube/Dale Strickland)

Christopher Strickland, de 19 anos, trabalhava na loja quando percebeu que a criança estava sobre o carrinho. “eu pensei em ficar de olho, caso algo acontecesse”, contou o jovem ao “Anchorage Daily News”.

Quando a menina começou a cair do carrinho, Strickland rapidamente conseguiu pegá-la – o bebê já estava no ar para cair no chão.

Após o resgate, ele entregou a menina para o pai, que estava distraído no momento do acidente.

Imagens das câmeras de segurança gravaram a ação. O vídeo foi publicado no YouTube pelo irmão do funcionário, Dale, e já teve mais de 220 mil visualizações.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 17 de janeiro de 2014 em Brasil

 

Tags: , , ,