RSS

Arquivo da tag: pretende

Intel diz que pretende abandonar marca de segurança ‘McAfee’

O diretor-executivo da McAfee, Brian Krzanich, anunciou na segunda-feira (6) durante a Consumer Electronics Show (CES) 2014, em Las Vegas, nos Estados Unidos, que a empresa pretende abandonar a marca “McAfee”, passando a se chamar “Intel Security”. O símbolo do escudo vermelho, usado em conjunto com o nome, deverá ser mantido. Também como parte da transição, Krzanich afirma que a companhia quer oferecer produtos gratuitos para celulares e tablets com sistemas iOS e Android.

A Intel adquiriu a McAfee em 2010 por US$ 7,68 bilhões (cerca de R$ 18 bilhões). O nome “McAfee”, cuja difícil pronúncia chegou a exigir que a empresa gravasse um vídeo didático (veja aqui), foi herdado de John McAfee, criador da companhia em 1987.

Ao abandonar a marca, a Intel se distancia também da personalidade de McAfee. O executivo não está mais na companhia desde 1994 e, em 2012, disse que não usa o antivírus porque o software “é muito chato”. Considerado uma pessoa excêntrica, McAfee fugiu de onde morava, em Belize, após ser procurado pela polícia para prestar depoimento sobre um caso de assassinato. Para ele, a polícia queria matá-lo.

A Intel não deu maiores informações sobre como a marca será abandonada e quando os produtos “Intel Security” chegarão ao consumidor, mas afirmou que o processo pode levar até um ano.

View the original article here

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 9 de janeiro de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

Exército do Sudão do Sul pretende recuperar cidade tomada por rebeldes

O Exército do Sudão do Sul afirmou nesta sexta-feira (3) que pretende retomar em menos de 24 horas a cidade estratégica de Bor, sob controle dos rebeldes, que recuam ante o avanço das forças governamentais.

“Nossas forças são suficientes para vencer os rebeldes nas próximas 24 horas”, afirmou o porta-voz do Exército do país, Philip Aguer.

Os rebeldes, que conquistaram Bor na terça-feira, estão recuando, segundo Aguer.

“Duvido que consigam passar a noite em Bor”, completou o porta-voz militar.

Bor, situada 200 km ao norte de Juba, a capital do Sudão do Sul, mudou de mãos três vezes desde meados de dezembro, quando explodiu o conflito entre o presidente Salva Kiir e os rebeldes do ex-vice-presidente Riek Machar.

Bor, capital do estado de Jonglei, é uma das localidades mais afetadas pelos combates que deixaram milhares de mortos e 200.000 deslocados.

Paralelamente aos combates em Bor, representantes do governo e dos rebeldes negociam em Addis Abeba, Etiópia, um cessar-fogo.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 4 de janeiro de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , ,

Vivo pretende investir R$ 2 milhões em cidade 100% digital em SP

A Telefônica Vivo anunciou nesta quinta-feira (12) que pretende transformar a cidade de Águas de São Pedro, no interior de São Paulo, em um município 100% digital a partir de 2014. O projeto, com investimento de mais de R$ 2 milhões, foi anunciado pela empresa como “a primeira cidade brasileira 100% digital”.

Segundo a Vivo, a partir de janeiro, começará a substituição da estrutura telefônica atual da cidade, que utiliza rede de cabos de cobre, por uma rede em fibra óptica para todos o município. O projeto promete elevar em mais de seis vezes a velocidade da internet atualmente disponível, para até 25MB.

Segundo a Vivo, a cobertura de banda larga, que hoje está limitada à proximidade da central telefônica, se estenderá para todo o município.

“Vai ser o primeiro projeto no Brasil onde vamos pegar uma cidade inteira e transformá-la numa cidade do futuro”, disse o presidente da Telefônica Vivo,  Antonio Carlos Valente. “Vamos colocar São Pedro no mapa do mundo”, brincou, lembrando que o município tem apenas 3 mil habitantes.

Segundo o executivo, este será um projeto- piloto que pode servir de aprendizado “para alguma coisa mais agressiva nos próximos anos”. O objetivo da empresa é testar o uso de novas tecnologias para viabilização de ofertas de novos produtos e serviços, inclusive para pequenas e médias empresas e serviços públicos.

Segundo a Vivo, as obras devem durar cerca de um mês e a finalização da transferência de tecnologias está prevista para maio.

Em encontro com a imprensa nesta quinta, o presidente da Telefônica informou que a empresa está fechando o ano com 1,7 milhão de casas no país com fibra ótica passada e com cobertura 4G em 73 cidades do país.

Valente informou ainda que será lançado comercialmente no início de 2014 o Zuum, serviço de pagamento móvel criado em parceria com a Mastercard e que já conta, segundo a empresa, 200 mil clientes em 80 cidades.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 13 de dezembro de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,

Ex-líder Bo Xilai pretende apelar de sentença à prisão perpétua

Bo Xilai (C) ouve sua sentença dentro do tribunal em Jinan neste domingo (22) (Foto: Jinan Intermediate People's Court/Handout via Reuters)Bo Xilai (C) ouve sua sentença dentro do tribunal em Jinan neste domingo (22) (Foto: Jinan Intermediate People’s Court/Handout via Reuters)

Bo Xilai, ex-líder chinês condenado no domingo (22) à prisão perpétua, notificou ao tribunal sua intenção de apelar, anunciou nesta segunda-feira à agência France Presse uma fonte próxima ao caso.

“Bo Xilai apelará todo o veredicto. Já apresentou sua petição ante o tribunal”, declarou essa fonte. A aceitação do pedido de apelação está condicionada à aprovação das autoridades judiciais.

Bo Xilai foi declarado culpado pelo Tribunal Intermediário de Jinan, no leste da China, de aceitação de subornos, desvio de fundos e abuso de poder.

Na audiência para divulgar o veredicto, o tribunal rejeitou os argumentos da defesa do ex-secretário-geral do Partido Comunista em Chongqing (centro da China), que alegava que Bo tinha confessado originalmente esses delitos sob pressão, e que o testemunho de sua esposa, Gu Kailai, era inaceitável porque ela sofre de um desequilíbrio mental.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 24 de setembro de 2013 em Brasil

 

Tags: , , , , , ,

Japão pretende inaugurar trem de levitação magnética até 2027

Maglev, está em operação desde 2004 em Shanghai (Foto: Leopoldo Godoy/G1)Em Xangai, na China, trem do tipo ‘Maglev’ está em operação desde 2004. (Foto: Leopoldo Godoy/G1)

A companhia ferroviária do Japão – Central Japan Railway – divulgou nesta quarta-feira (18) seu projeto para construir um trem de levitação magnética capaz de chegar a 600 km/h e que planeja colocar em operação em 2027.

A empresa, que já tinha começado os testes com os novos modelos de trens de alta velocidade, conhecidos como ‘Maglev’, começará os trabalhos de construção da nova linha, que contará com seis estações, a partir de 2014.

A Central Japan Railway pretende inaugurar sua primeira linha comercial entre as cidades de Tóquio e Nagoia em 2027, um trecho de 286 quilômetros que o novo trem levará 40 minutos, em vez das quase duas horas que o serviço de alta velocidade ‘shinkansen’ (trem bala) leva para percorrer o mesmo trajeto, detalhou a agência ‘Kyodo’.

Os trens ‘Maglev’ funcionam através de um sistema de levitação magnética que usa motores lineares instalados perto dos trilhos.

Com o campo magnético gerado, o trem é elevado em até 10 centímetros sobre os trilhos, eliminando o contato com o mesmo e tendo apenas o ar como elemento de atrito, o que permite que o trem ganhe mais velocidade.

Para os testes, a empresa usou um trajeto de 42,8 quilômetros com curvas e túneis em Yamanashi.

A companhia, que opera o ‘shinkansen’ que liga as quatro maiores cidades do país (Tóquio, Yokohama, Osaka e Nagoia), utiliza para seus trens de levitação magnética ímãs supercondutores a uma temperatura de -273°C (o chamado zero absoluto), com o que consegue anular a resistência elétrica e aumentar a velocidade.

A operadora espera estender a linha Tóquio-Nagoia até a cidade de Osaka em 2045.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 22 de setembro de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , ,

Quase 25% da população mundial pretende ver as Olimpíadas via web

Estudo da Ipso diz que as mídias preferidas serão a televisão (65%), Internet (23%), smartphones (6%) e tablets (4%)

Pesquisa divulgada pela consultoria Ipsos nesta sexta (27) revela que 72% da população de 24 países pretende assistir pelo menos alguma parte das Olimpíadas 2012, em Londres. O estudo diz que as mídias preferidas serão a televisão (65%), Internet (23%), smartphones (6%) e tablets (4%). 

Entre os esportes mais citados, aparecem o atletismo (20%) e futebol (20%). As modalidades são seguidas de perto por natação (16%), ginástica olímpica (14%), vôlei (5%), basquete (4%), boxe (3%) e ciclismo (2%).

“Como sempre, as atenções estão voltadas para as Olimpíadas. O que está mudando é a forma como ela será vista, devido à evolução na distribuição digital de conteúdo”, diz Odmar Almeida Filho, CEO da Ipsos no Brasil. A enquete foi feita com 18,6 habitantes de diversos países. 

Mais de seis em cada dez pessoas (62%) afirmaram ter interesse (22% fortemente, 40% algum interesse) nos Jogos – apenas 37% declaram que não pretendem assistir nada (24% não muito interessados e 13% nenhum interesse). 

As Olimpíadas serão assistidas em plataformas variadas. A TV (65%) lidera, mas as novas tecnologias já aparecem com vigor. Quase um quarto dsa pessoas usará a Internet (23%) e um em cada dez, celulares (6%) ou tablets (4%). A TV tem presença fortíssima no México, com 82% de preferência, seguido pela Coréia do Sul (80%), Brasil (79%) e índia (75%). Já na Bélgica (48%), Arábia Saudita (49%), Alemanha (50%) e França (52%) o uso da TV é menos provável.

Os chineses são os mais propensos a utilizar tecnologias menos tradicionais. Na verdade, quase toda a base respondente (94%) da China indicou: 67% vai assistir pela Internet, 16% em telefones celulares e 15% em tablets. 

Na Índia, uma maioria similar irá utilizar as novas tecnologias: 50% online, 24% via celulares e 15% em tablets. Os próximos países da lista a utilizar novas tecnologias ainda mantêm alguma distância em relação à China e à Índia: Coréia do Sul (58% online, celular e tablets combinados), Arábia Saudita (54%) e Turquia (43%). 

Menos de um em cada cinco dos entrevistados da Bélgica (14%), Itália (14%), Alemanha (15%), Austrália (16%) e França (16%) vão utilizar as tecnologias não convencionais. Um dado interessante é que um em cada vinte fortemente concorda em baixar algum aplicativo de smartphone para assistir os jogos ao vivo (5%) e receber as atualizações sobre as competições (5%). Um em cada sete pode fazer: 15% “concorda um pouco” em baixar algum aplicativo para assistir aos jogos enquanto 16% “concorda um pouco” em buscar aplicativo para receber as atualizações.

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 19 de outubro de 2012 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,

Quase 25% da população mundial pretende ver as Olimpíadas via web

Estudo da Ipso diz que as mídias preferidas serão a televisão (65%), Internet (23%), smartphones (6%) e tablets (4%)

Pesquisa divulgada pela consultoria Ipsos nesta sexta (27) revela que 72% da população de 24 países pretende assistir pelo menos alguma parte das Olimpíadas 2012, em Londres. O estudo diz que as mídias preferidas serão a televisão (65%), Internet (23%), smartphones (6%) e tablets (4%). 

Entre os esportes mais citados, aparecem o atletismo (20%) e futebol (20%). As modalidades são seguidas de perto por natação (16%), ginástica olímpica (14%), vôlei (5%), basquete (4%), boxe (3%) e ciclismo (2%).

“Como sempre, as atenções estão voltadas para as Olimpíadas. O que está mudando é a forma como ela será vista, devido à evolução na distribuição digital de conteúdo”, diz Odmar Almeida Filho, CEO da Ipsos no Brasil. A enquete foi feita com 18,6 habitantes de diversos países. 

Mais de seis em cada dez pessoas (62%) afirmaram ter interesse (22% fortemente, 40% algum interesse) nos Jogos – apenas 37% declaram que não pretendem assistir nada (24% não muito interessados e 13% nenhum interesse). 

As Olimpíadas serão assistidas em plataformas variadas. A TV (65%) lidera, mas as novas tecnologias já aparecem com vigor. Quase um quarto dsa pessoas usará a Internet (23%) e um em cada dez, celulares (6%) ou tablets (4%). A TV tem presença fortíssima no México, com 82% de preferência, seguido pela Coréia do Sul (80%), Brasil (79%) e índia (75%). Já na Bélgica (48%), Arábia Saudita (49%), Alemanha (50%) e França (52%) o uso da TV é menos provável.

Os chineses são os mais propensos a utilizar tecnologias menos tradicionais. Na verdade, quase toda a base respondente (94%) da China indicou: 67% vai assistir pela Internet, 16% em telefones celulares e 15% em tablets. 

Na Índia, uma maioria similar irá utilizar as novas tecnologias: 50% online, 24% via celulares e 15% em tablets. Os próximos países da lista a utilizar novas tecnologias ainda mantêm alguma distância em relação à China e à Índia: Coréia do Sul (58% online, celular e tablets combinados), Arábia Saudita (54%) e Turquia (43%). 

Menos de um em cada cinco dos entrevistados da Bélgica (14%), Itália (14%), Alemanha (15%), Austrália (16%) e França (16%) vão utilizar as tecnologias não convencionais. Um dado interessante é que um em cada vinte fortemente concorda em baixar algum aplicativo de smartphone para assistir os jogos ao vivo (5%) e receber as atualizações sobre as competições (5%). Um em cada sete pode fazer: 15% “concorda um pouco” em baixar algum aplicativo para assistir aos jogos enquanto 16% “concorda um pouco” em buscar aplicativo para receber as atualizações.

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 14 de outubro de 2012 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,