RSS

Arquivo da tag: praga

Estudo denuncia como ‘praga’ corte ilegal de árvores na Amazônia do Peru

Imagem de satélite mostra desmatamento em parte da Amazônia no Peru devido à extração de ouro naquela região. (Foto: Divulgação/Nasa)Imagem de satélite mostra desmatamento em parte da Amazônia no Peru  (Foto: Divulgação/Nasa)

A política do governo do Peru para proteger as florestas do corte ilegal de madeira há 14 anos provocou, de forma indireta, um saque de recursos em larga escala, de acordo com estudo publicado na revista “Scientific Reports”.

Os pesquisadores do Centro de Direito Ambiental Internacional em Washington asseguram que o corte ilegal é uma “praga” na bacia do Rio Amazonas, paraíso da biodiversidade e de espécies de madeiras preciosas como o mogno e o cedro.

A legislação vigente no Peru faculta ao governo dar concessões de até 40 anos em terras públicas de 4.000 a 50.000 hectares. Estes contratos incluem condições: os madeireiros devem apresentar uma estratégia de corte de cinco anos, com um plano muito detalhado, que ano a ano identifica cada árvore a cortar mediante um sistema de localização por satélite (GPS).

Ilegalidade
Mas segundo a equipe chefiada por Matt Finer, ‘grande parte da madeira que sai da Amazônia peruana se obtém fora das áreas de concessão autorizadas’.

Os pesquisadores rastrearam dados oficiais e descobriram que, em setembro de 2013, as autoridades peruanas só tinham controlado 388 das 609 concessões madeireiras. Em mais de 68% dos casos estudados foram detectadas “grandes violações” da legislação.

As licenças de exploração foram revogadas em 181 casos. Mais da metade dos cortes ilegais registrados foram para cortar árvores em uma área fora da concessão ou para a extração ilegal de mogno e cedro. A verificação destes abusos por satélite confirma a fraude maciça.

A investigação critica o sistema de controle do governo peruano, que se baseia essencialmente em documentos e no controle portuário ao invés de chegar ao próprio local da concessão.

Estas conclusões deixam claro as dificuldades de se proteger as florestas tropicais, que capturam carbono, um dos objetivos da ONU para combater as mudanças climáticas.

Alguns observadores afirmam que a solução seria colocar as florestas sob o controle das populações locais, que poderiam fazer um acompanhamento mais confiável dos recursos.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 30 de abril de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , , ,

Decodificação do DNA de gafanhoto abre novas vias para combate à praga

Gafanhotos usados na pesquisa viviam perto de vias barulhentas (Foto: Ulrike Lampe/Universidade de Bielefeld)Leitura do DNA de gafanhoto pode levar à criação de
nova estratégia de combate à praga
(Foto: Ulrike Lampe/Universidade de Bielefeld)

Cientistas chineses afirmaram nesta terça-feira (14) ter decodificado o genoma do gafanhoto-migratório, expondo “centenas” de genes que podem ser alvo de inseticidas.

O código genético do Locusta migratoria é notavelmente grande – com 6,5 gigabytes, é o maior genoma de um animal decodificado até agora -, indicaram os pesquisadores na revista “Nature Communications”.

Segundo eles, grandes aglomerados de genes do inseto estão associados com o voo de longa distância, o consumo de plantas e a metabolização de comida.

Mas também há muitas seções repetidas e móveis de DNA, chamadas elementos transponíveis, que nunca foram eliminados pela evolução e permanecem no genoma, explicaram os cientistas.

Uma praga antiga capaz de comer o equivalente ao seu próprio peso corporal, o gafanhoto-migratório é capaz de causar fome e acabar com o sustento nos locais por onde passa.

Em um dos maiores eventos já documentados, em 1988, bilhões de gafanhotos ocuparam uma área de 29 milhões de quilômetros quadrados de terra em 60 países, chegando a cruzar o Atlântico, da África ao Caribe.

O código genético é um esboço, mas depois de refinado, pode servir como um projeto para os cientistas que buscam por novas formas de atacar este inseto voraz.

Segundo a pesquisa, chefiada pelo Instituto Le Kang de Zoologia da Academia Chinesa de Ciências de Pequim, ele levanta “centenas de genes alvos em potencial de inseticidas”.

Descobrir uma forma inteligente e ambientalmente correta de matar a peste é o grande objetivo do trabalho, afirmaram os autores.Trabalhos anteriores feitos sobre os gafanhotos-migratórios descobriram um mecanismo bioquímico que leva as criaturas a se aglomerar.

Os gafanhotos-migratórios costumam ser solitários, mas são estimulados a se reunir em exames e procurar por comida coletivamente amontoando-se, o que libera serotonina, elemento químico responsável pela sensação de prazer.

Quando estão em enxame, os gafanhotos mudam de cor, de verde para amarelo brilhante, e ganham músculos maiores que os capacitam a fazer voos de longa distância.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 16 de janeiro de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,

Anúncio em site de vídeos ‘Dailymotion’ leva para praga digital

Programa fraudulento instalado pelo redirecionamento em propaganda do "Dailymotion". (Foto: Reprodução/Invincea)Programa fraudulento instalado pelo redirecionamento em propaganda do “Dailymotion”. (Foto: Reprodução/Invincea)

Um anúncio publicitário veiculada no site de compartilhamento de vídeos “Dailymotion” levou internautas para uma página contendo um alerta falso que tentava convencer a baixar um programa malicioso.

O redirecionamento, que ocorria nesta terça-feira (7), foi descoberto pela empresa de segurança Invincea.

O “Dailymotion” tem uma das 100 maiores audiências da web –está na 95ª posição no ranking da Alexa, com mais de 17 milhões de visitantes.

O anúncio “malicioso”, porém, foi veiculado por uma agência de publicidade terceirizada. O mesmo problema ocorreu com sites europeus do Yahoo! durante o fim de semana.

De acordo com a Invincea, que publicou um vídeo do ataque, caso o usuário baixe o arquivo oferecido, um antivírus chamado de “Windows Accelerator Pro” será instalado (Veja vídeo aqui).

O software detectará problemas inexistentes no computador até que a vítima decida adquirir uma licença de uso para “saná-los”, gerando receita para os golpistas. O “Dailymotion” foi comunicado sobre o problema pela Invincea.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 10 de janeiro de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,

Cientistas pesquisam ‘praga’ que produz super fruta

O espinheiro marítimo tem mais vitamina C do que o Kiwi e mais vitamina E que a soja (Foto: BBC)O espinheiro marítimo tem mais vitamina C do que o Kiwi e mais vitamina E que a soja. (Foto: BBC)

A fruta do espinheiro marítimo, que cresce em abundância na região costeira da Escócia, pode ser a próxima ‘super fruta’ – que têm grande quantidade de nutrientes que fazem bem à saúde, embora não sejam populares.

Apesar de geralmente serem vistas como uma erva daninha espinhosa e invasiva, as bagas alaranjadas da planta estão cheias de vitaminas, minerais e antioxidantes.

Cientistas da Universidade de Queen Margaret, em Edimburgo, estão trabalhando em maneiras de usá-las em bebidas e alimentos.

As bagas do espinheiro marítimo, ou Hippophae, têm mais vitamina C do que um kiwi e mais vitamina E do que a soja.

Os benefícios nutricionais da planta não foram explorados anteriormente pelos escoceses devido aos problemas relacionados à sua colheita, e ao sabor amargo das bagas.

Popular na China, na Noruega e na Rússia, a fruta do espinheiro marítimo é geralmente adicionado ao cereal e sobremesas.

Dunas de areia
A planta é normalmente encontrada em áreas costeiras da Escócia, perto das dunas de areia, especialmente em East Lothian.

Se plantado corretamente, o espinheiro marítimo pode ajudar a estabilizar as dunas de areia ao lado de campos de golfe, preservar áreas de interesse natural e proteger outras plantas reduzindo a pulverização de sal produzida por carros.

Desde 2008, a Universidade Queen Margaret vem pesquisando as propriedades nutricionais do espinheiro marítimo, e executando vários testes para pequenos produtores de alimentos que querem melhorar o conteúdo nutricional de seus produtos, e adicionar um toque escocês.

Graham Stoddart, dono da Cuddybridge, um pequeno produtor de suco de maçã da Escócia, disse: ‘Embora as propriedades do suco de maçã sejam bem documentadas, existe pouca, ou nenhuma, documentação sobre os efeitos da fruta do espinheiro do mar, suas excelentes propriedades antioxidantes, e sua combinação com o suco de maçã fresco. ‘

A Cuddybridge produz sucos a partir da uma variedade de maçãs ao longo do ano, mas devido à sazonalidade do espinheiro marítimo, o suco de maçã misturado com as bagas da planta só está disponível como um suco fresco entre os meses de setembro e fevereiro.

Mary Warnock, professora de microbiologia na Universidade Queen Margaret, disse: ‘O espinheiro marítimo está literalmente repleto de potencial.’

‘Estamos muito animados que o nosso trabalho esteja transformando a reputação desta planta (antes) desvalorizada, e mostrando que seu valor nutricional pode adicionar muitos benefícios à dieta escocesa.’

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 22 de agosto de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,