RSS

Arquivo da tag: Pistorius

Pistorius apresentou namorada como ‘noiva’ uma semana antes do crime

AppId is over the quota
AppId is over the quota
O atleta paralímpico Oscar Pistorius durante seu julgamento nesta terça-feira (6) em Pretória (Foto: Mike Hutchings/AP)O atleta paralímpico Oscar Pistorius durante seu julgamento nesta terça-feira (6) em Pretória (Foto: Mike Hutchings/AP)

Oscar Pistorius apresentava a namorada Reeva Steenkamp como sua noiva uma semana antes de matá-la, afirmou nesta terça-feira (6) um vizinho do atleta paralímpico sul-africano, durante o julgamento que acontece em Pretória.

Mike Nhlengethwa, que se apresentou como o “vizinho mais próximo” de Pistorius, disse que o atleta apresentou a modelo, de 29 anos, antes de matá-la a tiros em 14 de fevereiro de 2013.

Segundo o depoimento de Nhlengethwa, Pistorius disse: “Te apresento minha noiva, Reeva”.

O vizinho disse que na madrugada de 14 de fevereiro de 2013 acordou com um grito de homem.

“Havia um homem gritando muito alto”, afirmou Nhlengethwa, que definir o grito como o “de alguém em perigo e que precisa de ajuda”.

Pistorius pode ser condenado a até 25 anos de prisão se for considerado culpado de ter matado a namorada de forma premeditada.

O atleta deu quatro tidos em Reeva em sua casa, através da porta do banheiro, onde a modelo estava refugiada.

Pistorius alega que atirou por acreditar que a pessoa que estava no banheiro era um ladrão, mas a promotoria afirma que a tragédia aconteceu após uma briga do casal.

View the original article here

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 6 de maio de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , , ,

Júri de Pistorius é interrompido para defesa buscar testemunhas

 Atleta paraolímpico Oscar Pistorius, acusado de matar namorada, comparece ao primeiro dia de seu julgamento em Pretória, na África do Sul (Foto: AFP Photo/Pool/Herman Verwey) Atleta paraolímpico Oscar Pistorius, acusado de
matar namorada
(Foto: AFP Photo/Pool/Herman Verwey)

O julgamento de Oscar Pistorius, que está sendo julgado por assassinato depois de matar a namorada, foi interrompido nesta terça-feira (25) e será retomado na sexta-feira (28). a pedido da defesa.

Os advogados do réu desejam ouvir muitas testemunhas da acusação, que não compareceram.

O pedido da defesa do atleta, que pediu uma pausa até sexta-feira para entrar em contato e conversar com estas testemunhas, ou seja, mais de 80 pessoas, foi aceito nesta terça-feira.

Pistorius, que está sendo julgado por assassinato depois de matar Reeva Steenkamp, se declarou inocente e afirmou que a matou acreditando que disparava contra um ladrão escondido no banheiro junto ao seu quarto.

Na segunda-feira (24), um perito divulgou que, três semanas antes de morrer, a namorada havia mandado ao atleta uma mensagem de texto dizendo que tinha medo dele.

“Às vezes tenho medo de você, do mal de que você fala e de como reage comigo”, escreveu Reeva Steenkamp no e-mail, apresentado por um especialistas ante o tribunal em que o caso é julgado na África do Sul.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 26 de março de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , ,

Pistorius vende a casa onde matou a namorada para pagar custos judiciais

O atleta paralímpico sul-africano Oscar Pistorius venderá a casa em Pretória onde matou a tiros sua namorada em 14 de fevereiro de 2013 para cobrir os custos judiciais do processo, indicou nesta quinta-feira (20) seu advogado.

“É necessário vender a casa de Pistorius na residência Silver Woods Country em Pretória e obter os fundos necessários para cobrir os gastos com a justiça, que são crescentes”, indicou Brian Webber em um comunicado.

O julgamento de Pistorius foi adiado para segunda-feira (24), anunciou a juíza Thokozile Masipa nesta quarta-feira (19).

A magistrada aceitou um pedido da promotoria, que prometeu concluir sua parte no processo no início da próxima semana com a presença de quatro ou cinco testemunhas adicionais.

O julgamento começou em 3 de março em Pretória.

Oscar Pistorius, de 27 anos, reconheceu ter matado a tiros Steenkamp através da porta fechada do banheiro de sua casa em Pretória, mas sustenta que agiu dessa maneira porque pensou que se tratava de um intruso.

Inicialmente, 107 testemunhas figuravam na lista da promotoria – sem a obrigação de convocação de todos – e o julgamento deveria terminar nesta quinta, antes da juíza preparar o veredicto e mais tarde a sentença, que será anunciada várias semanas depois.

Pistorius se declarou inocente do assassinato da namorada Reeva Steenkamp. Ele afirma que a matou por acreditar que estava atirando contra um ladrão escondido no banheiro ao lado de seu quarto.

Ele também foi acusado de infrações à lei sobre o porte de armas e, da mesma maneira, alega inocência.

Pistorius é visto em tribunal em Pretória nesta quarta-feira (19) antes de o julgamento ser adiado para 24 de março (Foto: Leon Sadiki/Reuters)Pistorius é visto em tribunal em Pretória nesta quarta-feira (19) antes de o julgamento ser adiado para 24 de março (Foto: Leon Sadiki/Reuters)

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 21 de março de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , , ,

Julgamento de Pistorius adiado para segunda-feira

O julgamento do atleta sul-africano Oscar Pistorius, acusado de matar a namorada em 14 de fevereiro de 2013, foi adiado para segunda-feira (24), anunciou a juíza Thokozile Masipa.

A magistrada aceitou um pedido da promotoria, que prometeu concluir sua parte no processo no início da próxima semana com a presença de quatro ou cinco testemunhas adicionais.

O julgamento começou em 3 de março em Pretória.

Pistorius é visto em tribunal em Pretória nesta quarta-feira (19) antes de o julgamento ser adiado para 24 de março (Foto: Leon Sadiki/Reuters)Pistorius é visto em tribunal em Pretória nesta quarta-feira (19) antes de o julgamento ser adiado para 24 de março (Foto: Leon Sadiki/Reuters)

Durante o julgamento, o perito de balística da polícia, Chris Mangena, afirmou que a m modelo Reeva Steenkamp estava em posição de defesa lateral quando recebeu o último tiro de seu namorado. Segundo ele, o último dos quatro tiros com que Pistorius matou sua namorada passou atravessou a mão esquerda da modelo antes de atingir a parte direita de sua cabeça.

Oscar Pistorius, de 27 anos, reconheceu ter matado a tiros Steenkamp através da porta fechada do banheiro de sua casa em Pretória, mas sustenta que agiu dessa maneira porque pensou que se tratava de um intruso.

A jovem “tinha as mãos cruzadas, com a esquerda cobrindo a parte direita de sua cabeça e a (mão) direita cobrindo a esquerda”, disse Mangena na audiência.

Antes do encerramento da sessão a promotoria também solicitou um dia completo para “consultar novamente” suas testemunhas, antes do fim de semana prolongado na África do Sul, que começa na sexta-feira, um feriado (Dia dos Direitos Humanos).

Inicialmente, 107 testemunhas figuravam na lista da promotoria – sem a obrigação de convocação de todos – e o julgamento deveria terminar na quinta-feira, antes da juíza preparar o veredicto e mais tarde a sentença, que será anunciada várias semanas depois.

A defesa de Pistorius aceitou o novo calendário.

“É um processo oneroso, caro, mas aceitamos o pedido”, afirmou o advogado Barry Roux.

O julgamento sofreu atrasos por vários incidentes e problemas de tradução, além dos longos interrogatórios de Roux, que fez muitas perguntas sobre detalhes aparentemente alheios ao caso.

Pistorius se declarou inocente do assassinato da namorada Reeva Steenkamp. Ele afirma que a matou por acreditar que estava atirando contra um ladrão escondido no banheiro ao lado de seu quarto.

Ele também foi acusado de infrações à lei sobre o porte de armas e, da mesma maneira, alega inocência.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 19 de março de 2014 em Brasil

 

Tags: , , ,

Advogado de Pistorius ataca policiais que estiveram no local do crime

No 12º dia do julgamento de Oscar Pistorius, nesta terça-feira (18), foi a vez da polícia ser interrogada como suspeita pelo advogado do campeão paralímpico. Responsável pelo caso desde 3 de março, Barry Roux, o advogado do atleta, atacou os policiais sul-africanos que atenderam a ocorrência da madrugada do dia 14 de fevereiro de 2013, quando Pistorius matou a namorada Reeva Steenkamp com quatro tiros.

Nesta terça-feira, as atenções concentraram-se em Barend van Staden, um fotógrafo da polícia de Pretoria, responsável pelas imagens do crime, dos traços de sangue, da arma, dos impactos sobre as portas, objetos pessoais.

Para a investigação, suas fotos foram armazenadas em pastas numeradas. Barry Roux tentou questionar cada foto.

Nas telas de computador instaladas no tribunal, ele mostrou o bastão de críquete, manchado de sangue no chão, com o qual Oscar Pistorius arrombou a porta do banheiro após disparar várias vezes, pensando se tratar de um assaltante, de acordo com sua versão.

O advogado apontou para a possibilidade de o bastão ter sido mexido e passou, em seguida, a comparar o conteúdo das imagens feitas por um segundo investigador, ridicularizando toda a situação.

Em sua demonstração da incompetência da polícia, que ele acusou novamente de ter ‘modificado gravemente a cena do crime’, ele fingiu ignorar que algumas fotos mostravam luvas usadas pelos investigadores.

E preferiu perguntar: ‘Quem tocou no controle remoto? Quem mexeu no ventilador? E o CD que estava sob a cama? Vocês esvaziaram a mochila? Por que vocês não tiraram fotos? O que havia nela?’. Durante este longo interrogatório entre o advogado e o investigador, Pistorius estava concentrado em uma leitura.

O julgamento deveria, originalmente, terminar na quinta-feira (20), mas será, provavelmente, estendido.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 18 de março de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , , ,

Pistorius não usava próteses quando atirou na namorada, diz especialista

O atleta paralímpico sul-africano Oscar Pistorius vomitou após passar mal em plena audiência, no tribunal que o julga por assassinato, ao ouvir a descrição do legista sobre a autópsia de sua namorada, a modelo Reeva Steenkamp, em Pretória. (Foto: Bongiwe Mchunu e Siphiwe Sibeko/Reuters)O atleta paralímpico sul-africano Oscar Pistorius durante audiência, no tribunal que o julga por assassinato  (Foto: Bongiwe Mchunu e Siphiwe Sibeko/Reuters)

Oscar Pistorius estava apoiado sobre suas pernas amputadas quando destruiu a porta do banheiro para alcançar a namorada atingida por tiros, disse um especialista forense da polícia sul-africana nesta quarta-feira (12), rebatendo a afirmação do astro paralímpico de que estava usando suas próteses na ocasião.

Usando um taco de críquete no tribunal, o coronel de polícia Johannes Vermeulen se ajoelhou antes de golpear a porta de madeira para mostrar o ângulo das marcas e indicar que só poderiam ter sido feitas por alguém muito mais baixo do que ele.

O atleta, de 27 anos, foi acusado de matar a modelo e advogada Reeva Steenkamp, em que atirou através da porta trancada do banheiro no dia dos namorados local no ano passado.

Os promotores querem provar que foi um assassinato premeditado, mas Pistorius diz que estava se defendendo do que pensou ser um invasor, que teria arrombado sua casa na capital do país.

Em sua audiência de fiança no ano passado, Pistorius justificou ter atirado por causa da extrema vulnerabilidade que sua deficiência o faz sentir. Entretanto, em seu depoimento sob juramento, ele declarou que tinha colocado as próteses antes de destruir a porta.

Vermeulen discordou. “As marcas na porta na verdade indicam que ele não as usava, e suspeito que devem ser semelhantes à altura em que estava quando fez os disparos”, disse ele ao tribunal.

O advogado de defesa Barry Roux o contestou sugerindo que, mesmo com as próteses, Pistorius não bateria com o taco na mesma altura que uma pessoa sem sua deficiência.

Fotos em close da porta danificada foram exibidas na corte, assim como dos arranhões no taco.

A defesa tem procurado acusar a polícia de ter feito um mau trabalho na coleta de evidências depois de Vermeulen testemunhar que a polícia remontou a porta quebrada com um adesivo temporário. Na audiência de fiança, Roux arrasou com o detetive que conduzia a investigação, Hilton Botha, mais tarde afastado por ser suspeito em sete casos de tentativa de assassinato.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 13 de março de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , , ,

Especialista analisa em tribunal porta atingida por Pistorius

O investigador forense Gerhard Vermeulen mostra como a porta do banheiro da casa de Oscar Pistorius pode ter sido golpeada, durante julgamento do atleta na África do Sul (Foto: Alexander Joe/AP)O investigador forense Gerhard Vermeulen mostra
como a porta do banheiro da casa de Oscar
Pistorius pode ter sido golpeada, durante
julgamento do atleta na África do Sul (Foto:
Alexander Joe/AP)

A porta do banheiro através da qual Oscar Pistorius atirou quando matou sua namorada, Reeva Steenkamp, no dia 14 de fevereiro do ano passado, foi examinada nesta quarta-feira (12) por um especialista ante o tribunal que julga o atleta paralímpico sul-africano por suposto assassinato.

O atleta, amputado das duas pernas, mas que utiliza próteses, afirmou no ano passado que na noite do incidente disparou contra a porta do banheiro de seu quarto pensando que havia um ladrão no local, e não sua namorada.

Logo depois dos tiros, disse ter colocado as próteses e forçado a porta com um bastão de críquete para socorrer a vítima.

Em sua declaração, o coronel Gerhard Vermeulen, um especialista da polícia científica sul-africana, formulou uma hipótese que contradiz a declaração do atleta.

O perito explicou que na porta há duas marcas que constituem “a prova irrefutável de que foi utilizado um bastão de críquete para derrubá-la”.

Depois verificou a altura das marcas e a posição que Pistorius deveria estar para tentar abrir a porta, forçando-a primeiro e depois utilizando o bastão para fazê-la ceder.

“O bastão atravessou a porta, e em sua ponta há marcas que correspondem ao que ocorreu. De alguma forma, a pessoa girou o bastão para forçar a porta”, declarou o especialista, mostrando o bastão de críquete utilizado na noite do crime.

O especialista explicou que, se Pistorius tivesse atingido a porta utilizando as próteses, teria sido muito incômodo. Ele se ajoelhou para ilustrar a posição mais provável adotada pelo atleta para abrir a porta.

“A marca corresponde, com toda lógica, ao fato de não ter colocado suas próteses”, acrescentou o especialista, que tem 30 anos de experiência.

Pistorius alega que, depois de ter baleado Reeva por engano, tentou abrir a porta do banheiro com um bastão para salvá-la.

Já a promotoria ressalta que o atleta inicialmente atingiu a porta com o bastão para tentar alcançar Reeva, e, diante do fracasso, atirou contra a porta.

Vermeulen não forneceu detalhes sobre a sequência.

Esta quarta-feira é o oitavo dia do processo de Pistorius, acusado do assassinato de sua namorada, a modelo Reeva Steenkamp, de 29 anos. O julgamento, realizado em Pretória, deve prosseguir até 20 de março.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 13 de março de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , ,