RSS

Arquivo da tag: piada

Eddie Vedder encarna ‘tio gente fina’, faz piada e mostra voz potente em SP

AppId is over the quota
AppId is over the quota
O músico Eddie Vedder, ex-Pearl Jam, se apresenta nesta terça-feira (6) em São Paulo. (Foto: Flávio Moraes/G1)O músico Eddie Vedder, líder do Pearl Jam, se apresenta nesta terça-feira (6) em São Paulo. (Foto: Flávio Moraes/G1)

Um banquinho, um violão – e um skate e uma meia dúzia de piadas. Em sua estreia solo no país, Eddie Vedder, vocalista do Pearl Jam, não se limitou à proposta alegadamente intimista de sua turnê sem a banda que o consagrou. No show da noite desta terça-feira (6) em São Paulo, usou a voz potente para cantar bem e também para zombar das próprias dificuldades com a língua portuguesa. E não teve vergonha de assumir o lado quase “tiozão do pavê”.

Primeiro, fez graça com uma fã que gritou “casa comigo!” (mesmo tendo entendido, insinuou ter escutado “dorme comigo!”). Depois, brincou com um outro ao dizer que o reconhecia de um filme pornô. Louvou ainda o cheiro da maconha (em termos gerais, não no Citibank Hall). Segundo a organização, todos os ingressos foram vendidos.

Durante 2 horas e 17 minutos, Vedder tocou cerca de 30 músicas, incluindo material de seus dois álbuns: “Into the wild” (2007) e “Ukelele songs” (2011). Mas ganhou o público sobretudo com aquelas que fazem parte do repertório do Pearl Jam – as versões aqui não superam as originais, mas servem para pôr em destaque a força do conservado cantor de 49 anos de idade. Excluído o instrumental denso da banda, resta o essencial: o timbre grave e intenso, sempre muito característico, e belas letras que comovem.

Entre as mais aplaudidas e acompanhadas em coro, estiveram “Better man” (com levada desnecessariamente modificada), “Porch” e “Elderly woman behind the counter in a small town”. Sintomaticamente, são todas do começo dos anos 1990, auge do grunge, movimento do qual o Pearl Jam e Vedder são expoentes.

Ao entrar em cena, sozinho, o músico acena para os fãs, que se levantam mas logo voltam às cadeiras. Ele pega um ukelele, instrumento que é parente havaiano do cavaquinho, e com ele fica por cinco músicas, até trocar por uma guitarra. O número de abertura é a cover “The moon song”, escrita por Karen O, do Yeah Yeah Yeahs. Ao longo da apresentação, virão outras versões, como “The needle and the damage done” (Neil Young), “Good woman” (Cat Power) e “I believe in miracles” (Ramones).

Eddie Vedder (Foto: Flavio Moraes / G1)Eddie Vedder (Foto: Flavio Moraes / G1)

Em português
A decoração “retrô” impõe um clima supostamente sério e de reverência ao ídolo: o palco tem gravador de rolo, umas malas antigas e fogueirinha cenográfica; o telão de fundo exibe ora edifícios antigos, ora um céu estrelado. Mas, depois da sétima música, quando já tinha tocado algumas de “Ukelele” e três do Pearl Jam (“Can’t keep”, “Sometimes” e “Immortality”, nenhuma muito ovacionada), o músico resolve que é hora de fazer o primeiro de seus discursos na língua nativa.

Lendo um papel, confessa com modéstia: “Como vocês podem ver, meu português é uma merda. Então, vou falar muito pouco hoje. Na próxima vez, vou para escola aprender seu bonito idioma”.

O populismo misturado à autoironia rendeu os aplausos mais intensos da noite até ali. E assim o Eddie Vedder arredio e de postura quase messiânica de duas décadas atrás cedeu lugar ao Eddie Vedder relaxado e disposto a rir de si próprio.

Meio atrapalhado, se enroscou num cabo da guitarra ao tirar a jaqueta. Depois, tentou agarrar uma camisa do Brasil que lhe jogaram, mas acabou deixando o presente cair. Também errou algumas introduções. E ninguém pareceu ligar. Numa passagem, apontou para a falsa fogueira e citou fumaça e maconha. Usando o termo “ganja”, afirmou: “Eu, pessoalmente, não fumo, mas aprecio as propriedades aromáticas”. Mais risos.

A descontração incentiva o público a fazer pedidos, que Vedder finge não entender. Ignora descaradamente (o efeito cômico é, de novo, positivo) a solicitação por alguns hits do Pearl Jam. Ouve gente clamar por “Black”, “Last kiss” e “Do the evolution” – faz que não é com ele. Mas aceita tocar “Crazy Mary”.

Uma hora depois de entrar em cena, vem “Porch”, e o cantor é, enfim, aplaudido de pé. Deixa o palco e volta rapidamente – com o skate. Faz um passeio sem muito conhecimento de causa, mas não chega a cair.

No bis, antes de “Sleepless nights” (uma antiga dos Everly Brothers), Vedder convoca o irlandês Glen Hansard, que tinha feito o bom show de abertura e agora irá participar de quatro números. A atração principal fala que o parceiro adora filmes de sexo explícito. Alguém do público berra: “Eu também!”. É a deixa para Vedder brincar que estava reconhecendo o fã por tê-lo visto em alguma produção do tipo.

E disto é feito o show: tiradas meio “apresentador engraçado de programa de entrevistas” aparecem de tempos em tempos, em meio a momentos típicos de rodinha sob as estrelas e em volta da fogueira. Entre uma coisa e outra, um Eddie Vedder menos tenso e mais acessível que o do passado. Disposto inclusive a tolerar que, na última música (“Hard sun”), boa parte da plateia fique de pé e filme tudo com celulares, desobedecendo a ordem da produção.

Nesta quarta-feira (7) e nesta quinta-feira (8), Eddie Vedder toca novamente em São Paulo. Depois, vai para o Rio, onde se apresenta no domingo (11) e na segunda-feira (12).

View the original article here

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 14 de maio de 2014 em Música

 

Tags: , , , , , ,

Piada ultra sem graça da semana

AppId is over the quota
AppId is over the quota
Este é um blog de humor, portanto nada aqui deve ser levado a sério. Os comentários contidos aqui são de responsabilidade de seu criador, e não refletem de forma alguma, a opinião do autor do site…. E eu tenho uma vaca chamada Jairo. Política de privacidade.

Fonte: ahnegao.com.br

 
Deixe um comentário

Publicado por em 2 de maio de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , ,

Salgadinho com ‘formato comprometedor’ vira piada na web

Um usuário identificado com como “kvagnier” postou uma imagem na rede social Reddit que mostra um salgadinho com um formato curioso, que lembraria um homem durante um ato sexual.

“Oh Cheeto, seu safado”, escreveu o usuário, em referência à figura do salgadinho, que lembra um homem se masturbando.

Diversos usuários fizeram piadas com a imagem e até sugeriram que ele leiloasse o salgadinho curioso. Porém, o lanche acabou sendo devorado logo após a foto.

A foto foi reproduzida mais de 87 mil vezes.

Salgadinho com formato comprometedor virou sensação na web (Foto: Reprodução/Imgur/kvagnier)Salgadinho com formato comprometedor virou sensação na web (Foto: Reprodução/Imgur/kvagnier)

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 11 de março de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , ,

Facebook faz piada com tese sobre perda de 80% de usuários até 2017

O Facebook brincou nesta quinta-feira (23) com um recente estudo da Universidade de Princeton que prevê um futuro negro para a rede social nos próximos quatro anos e respondeu com um relatório improvisado que o prestigiado centro universitário ficará sem estudantes em 2021.

Logotipo do Facebook (Foto: AFP)Logotipo do Facebook (Foto: AFP)

Uma tese elaborada por dois estudantes de doutorado de Princeton afirmando que a rede social perderá 80% de seus usuários até 2017 chamou a atenção na internet e surpreendeu o Facebook, que qualificou o trabalho como sendo “sem sentido”.

Universidade Princeton (Foto: Princeton University/Office of Communications)Universidade Princeton (Foto: Princeton University/
Office of Communications)

No dia seguinte, os especialistas em análise de dados do Facebook, “intrigados com o prognóstico” de sua empresa feito pelos doutorandos, elaboraram um relatório sobre a universidade utilizando “a mesma metodologia” dos pesquisadores em seu “modelo epidemiológico modificado para descrever as dinâmicas da atividade do usuário de redes sociais online”.

O texto de Princeton estabelece uma analogia entre a curva de adoção, ascensão e queda das redes sociais com as doenças infecciosas, e baseia seus prognósticos em tendências extraídas de “dados públicos de buscas realizadas no Google”.

“Extrapolando o modelo que melhor se encaixa com o futuro, sugere-se que o Facebook atravessará um rápido declínio nos próximos anos e perderá um 80% de seu pico de usuários entre 2015 e 2017”.

Em sua resposta à universidade, a rede social afirmou que Princeton tem menos cliques no botão “curtir” do Facebook do que Harvard e Yale. Também afirmou que diminuiu a quantidade de suas publicações desde o ano 2000 e constatou que o número de buscas no Google Scholar – que reúne artigos acadêmicos – sobre Princeton também caiu.

Usando o mesmo princípio do relatório de Princeton, o Facebook estabeleceu uma correlação entre as inscrições de estudantes em uma instituição e a quantidade de buscas sobre ela no Google.

“Esta tendência sugere que Princeton terá só a metade de suas matrículas atuais em 2018 e, em 2021, não terá alunos”, diz o relatório do Facebook.

Futuro do planeta
Mas a piada ainda foi além. “Enquanto estamos preocupados com a Universidade de Princeton, nós estamos ainda mais preocupados com o destino do planeta. As pesquisas no Google do termo “ar” também caíram de forma contínua e nossas projeções mostram que para o ano de 2060 não haverá mais ar”, afirmou o estudo do Facebook.

Seus autores quiseram “lembrar, de forma divertida, que nem todas as pesquisas são iguais e que alguns métodos de análise levam a conclusões muito equivocadas”.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 28 de janeiro de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,

Apresentador tem ataque de riso após piada de duplo sentido ao vivo

O apresentador Karl Stefanovic teve um ataque de riso durante uma transmissão vivo do programa australiano “I Wake Up With Today” depois que uma de suas colegas fez uma piada que acabou sendo de duplo sentido, enquanto viam vídeos de gatos que fizeram sucesso na internet (veja o vídeo).

Karl Stefanovic teve ataque de riso após colega fazer piada de duplo sentido sem querer durante programa na Austrália (Foto: Reprodução/YouTube/IWakeUpWithTODAY)Karl Stefanovic teve ataque de riso após colega fazer piada de duplo sentido sem querer durante programa na Austrália (Foto: Reprodução/YouTube/IWakeUpWithTODAY)

Enquanto o trio de apresentadores assistia ao vídeo, Deb Knight narrava o compilado de imagens, e, ao ver um gato saindo de um par de jeans, brincou dizendo “pussy, get out of my pants” (pussy, saia das minhas calças, em tradução livre), lembrando que o termo em inglês também serve como gíria para designar “vagina”.

Ao ouvir a piada inocente, Karl não se contém e começa a rir descontroladamente, ficando completamente sem fôlego, e deixando o trabalho de encerrar o bloco com Lisa Wilkinson, que também compõe a mesa de apresentadores.

A gravação foi postada no próprio canal do programa no YouTube, e foi assistida mais de 18 mil vezes.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 28 de janeiro de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,

Retrato falado vira piada nos EUA por parecer desenho de criança

Um retrato falado de um criminoso que assaltou duas mulheres em Paris, no estado do Texas (EUA), virou piada na web após ser divulgado pela polícia do condado de Lamar, por se parecer com um desenho feito por uma criança.

Retrato falado de assaltante virou piada por se parecer com desenho de criança (Foto: Divulgação/Lamar County Sheriff’s Department )Retrato falado de assaltante virou piada por se parecer com desenho de criança (Foto: Divulgação/Lamar County Sheriff’s Department )

De acordo com o jornal “eParis Extra”, as vítimas foram assaltadas durante a manhã e, após mostrar uma faca, o suspeito fugiu com os pertences da dupla.

Na tentativa de conseguir pistas do ladrão, a polícia do condado começou a divulgar um retrato falado do suspeito, mas o desenho estava tão ruim que mal lembrava um ser humano, e parecia ter sido feito por alguém inexperiente, devido aos traços infantis parecidos com um desenho animado.

A polícia ainda fez questão de destacar que o retrato “não é uma representação fiel do suspeito, mas apenas uma semelhança”.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 28 de janeiro de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

Chinês com cartão de visita ‘mais convencido do mundo’ vira piada

O bilionário chinês Guangbiao Chen se tornou piada na web depois que uma foto de seu cartão de visita foi publicada em redes sociais, mostrando uma extensa lista de “qualidades” que o magnata teria a oferecer.

Entre as qualificações de Guangbiao Chen estão 'pessoa mais influente da China' e 'herói de resgate de terremoto da China' (Foto: Reprodução/Twitter/Luke Buckmaster)Entre as qualificações de Guangbiao Chen estão ‘pessoa mais influente da China’ e ‘herói de resgate de terremoto da China’ (Foto: Reprodução/Twitter/Luke Buckmaster)

Entre os detalhes que Chen faz questão de apresentar, estão itens que o definem como “pessoa mais influente da China, filantropo mais proeminante da China, líder moral do país”, e até “herói de resgate de terremoto da China”.

O australiano Luke Buckmaster, que postou uma foto do cartão no Twitter, brincou com a falta de modéstia do empresário bilionário. “Ele se esqueceu de colocar ‘homem mais humilde da China’”, brincou Luke.

Guangbiao, que trabalha com empresas de reciclagem no país, ficou famoso ao declarar que tinha a intenção de comprar o tradicional jornal norte-americano “The New York Times” por US$ 1 bilhão, de acordo com a “Forbes”.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 11 de janeiro de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,