RSS

Arquivo da tag: peixes

Tubarão-baleia ‘guloso’ rouba peixes de rede de barco na Indonésia

Pescadores na costa da Indonésia foram surpreendidos durante uma saída ao mar quando um tubarão-baleia enorme aproveitou os peixes que haviam sido capturados em uma rede e fez uma refeição generosa sem muita dificuldade (veja o vídeo).

Animal aproveitou rede coloca na água e fez 'banquete preguiçoso' (Foto: Reprodução/YouTube/weirdn)Animal aproveitou rede coloca na água e fez ‘banquete preguiçoso’ (Foto: Reprodução/YouTube/weirdn)

O animal, conhecido por seu tamanho impressionante, foi bastante guloso diante da oferta de comida, e não pareceu se esforçar bastante para sugar os peixes capturados pelo barco, que não tinham a menor condição de oferece resistência.

De acordo com o jornal “Daily Mail”, mesmo com as perdas durante a pesca, os pescadores gostam da presença de tubarões em volta do barco, já que isso traria boa sorte, de acordo com os costumes locais.

Tubarão-baleia 'guloso' aproveitou peixes em rede para fazer banquete preguiçoso na Indonésia (Foto: Reprodução/YouTube/weirdn)Tubarão-baleia ‘guloso’ aproveitou peixes em rede para fazer banquete preguiçoso na Indonésia (Foto: Reprodução/YouTube/weirdn)

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 28 de maio de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

Americano usa estilingue gigante para jogar peixes para águias em rio

No rio Mississippi, no estado de Iowa (EUA), Ken Kester utilizou um estilingue gigante para atirar peixes na água, para que águias-de-cabeça-branca pudessem pegar o alimento. O “arremesso de banquete” atraiu dezenas de fotógrafos, que registraram as aves capturando os peixes.

Ken Kester arremessa peixes no Rio Mississippi em Iowa, nos EUA (Foto: The Quad City Times, Kevin E. Schmidt/AP)Ken Kester arremessa peixes no Rio Mississippi em Iowa, nos EUA (Foto: The Quad City Times, Kevin E. Schmidt/AP)Águias capturaram peixes jogados no rio, e atraíram dezenas de fotógrafos (Foto: The Quad City Times, Kevin E. Schmidt/AP)Águias capturaram peixes jogados no rio, e atraíram dezenas de fotógrafos (Foto: The Quad City Times, Kevin E. Schmidt/AP)

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 8 de fevereiro de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

Espécies de peixes típicas do Peru são encontradas no interior do AM

Apistogrammoides pucallpaensis foi encontrado apenas no Lago da Onça, em Maraã (Foto: Jonas Oliveira/Instituto Mamirauá)Apistogrammoides pucallpaensis foi encontrado
apenas no Lago da Onça, em Maraã
(Foto: Jonas Oliveira/Instituto Mamirauá)

Duas espécies de peixes, nunca antes documentadas no Brasil, foram encontradas por pesquisadores do Instituto Mamirauá, no município de Maraã, a 634km de Manaus. Comuns na Amazônia peruana, a Pyrrhulina zigzag e a Apistogrammoides pucallpaensis, são caracterizadas pela beleza ornamental e o porte pequeno. Segundo o técnico de pesquisa em ecologia e biologia de peixes, Jonas Oliveira, os peixes teriam migrado até o estado pelo Rio Amazonas, durante o período de cheia.

As espécies foram localizadas em uma área limite entre a Reserva de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá e a Reserva Extrativista Auati-Paraná, região ainda não estudada por pesquisadores. As amostras foram coletadas em quatro expedições realizadas nos períodos de seca, enchente, cheia e vazante, de 2013. As duas espécies foram encontradas em todas as ocasiões.

Os pesquisadores tiveram cinco pontos dentro desta área para coletar os dados. Neste período, o Apistogrammoides pucallpaensis foi encontrado apenas no Lago da Onça. Já a espécie Pyrrhulina zigzag foi encontrada em vários pontos ao longo do Solimões, sempre nas áreas de várzea.

Pyrrhulina zigzag foi encontrada em vários pontos da margem do Rio Solimões (Foto: Jonas Oliveira/Instituto Mamirauá)Pyrrhulina zigzag foi encontrada em vários pontos
da margem do Rio Solimões
(Foto: Jonas Oliveira/Instituto Mamirauá)

As possibilidades para a mudança de ambiente desses peixes são inúmeras. De acordo com Oliveira, os peixes podem ter saído da área de lama atrás dos chamados ‘capins flutuantes’, plantas aquáticas comuns em brejos, que servem de alimento para as espécies. Segundo ele, as macrofitas se soltam do solo e descem o rio nos períodos de cheia, em direção ao Amazonas.

De acordo com a líder do Grupo de Pesquisa Ecologia e Biologia de Peixes do Instituto Mamirauá, Danielle Pedrociane, o próximo passo é analisar a incidência desses animais na região, bem como descobrir o motivo do encontro das espécies no rio Auati-Paraná, que faz confluência com os rios Japurá e Solimões.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 31 de janeiro de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,

Mergulhadores fazem dança do dragão em meio a peixes na China

Mergulhadores foram fotografados fazendo a dança do dragão próximo a esturjões chineses durante as comemorações da chegada do Ano Novo Chinês no Aquário de Pequim, na China.

De acordo com o calendário lunar, o Ano Novo Chinês, que este ano será representado pelo cavalo, cai no dia 31/1.

Em meio a esturjões, mergulhadores fazem dança do dragão para comemorar a chegada do Ano Novo Chinês em aquário de Pequim, na China (Foto: China Daily/Reuters)Em meio a esturjões, mergulhadores fazem dança do dragão para comemorar a chegada do Ano Novo Chinês em aquário de Pequim, na China (Foto: China Daily/Reuters)

View the original article here

 
1 comentário

Publicado por em 28 de janeiro de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,

Cientistas associam neurônio à escolha de companheiro por peixes

No peixe-arroz, neurônio TN-GnRH3 está ligado à preferência feminina por acasalar com machos que já conhece (Foto: Courtesy of Dr. Kiyoshi Naruse (National Institute for Basic Biology))No peixe-arroz, neurônio TN-GnRH3 está ligado à preferência feminina por acasalar com machos que já conhece (Foto: Courtesy of Dr. Kiyoshi Naruse (National Institute for Basic Biology))

As células nervosas dos peixes desempenham um papel importante na inclinação das fêmeas em acasalar com machos que já conhecem. Esta é a descoberta de estudo conduzido por cientistas japoneses e publicada na revista “Science”.

Segundo os pesquisadores, em várias espécies de vertebrados a familiaridade social afeta a preferência feminina de acasalamento. Por meio de uma série de experimentos em aquários eles descobriram que, nos peixes, o neurônio TN-GnRH3 é que modula esta preferência feminina.

Os pesquisadores monitoraram o tempo em que o peixe-arroz japonês, também conhecido como medaka, demora para acasalar desde a primeira tentativa de cortejo. Em peixes que tenham se visto uns aos outros antes de interagir este tempo é menor, comparado com aqueles que não se viram.

Ao estudar os neurônios nos cérebros desses animais, os cientistas mostraram que quando uma fêmea reconhece um macho os neurônios TN-GnRH3 entram em atividade. Segundo os especilistas, os neurônios ficam minimamente ativos na maioria do tempo, “silenciando” o interesse de uma fêmea em um macho que nunca viu. No entanto, quando ela avista um macho que já conhece, a familiaridade visual inflama a atividade dos neurônios.

Por sua vez, a atividade destes neurônios libera ao cérebro uma enxurrada de moléculas conhecidas como peptídeos, que tornam a fêmea mais aberta a um relacionamento. Portanto, os TN-GnRH3 servem como uma espécie de portão para ativar as preferências de acasalamento e influenciam na escolha do companheiro para acasalamento.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 10 de janeiro de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

Aquário na Alemanha faz ‘censo’ anual de peixes e animais marinhos

Mergulhadores fizeram nesta quarta-feira (8) a contagem anual de peixes e animais marinhos do aquário de Oberhausen, na Alemanha. Eles mediram e catalogaram tartarugas marinhas, arraias e as mais variadas espécies de peixes. Ao todo, o aquário tem uma capacidade de 1,5 milhão de litros de água e mais de 1.800 animais.

Mergulhadores fazem a contagem dos peixes no aquário de Oberhausen (Foto: Martin Meissner/AP)Mergulhadores fazem a contagem dos peixes no aquário de Oberhausen (Foto: Martin Meissner/AP)Pesquisador mede um dos peixe do aquário (Foto: Martin Meissner/AP)Pesquisador mede um dos peixe do aquário (Foto: Martin Meissner/AP)Mergulhador analisa tartaruga marinha do aquário de Oberhausen (Foto: Martin Meissner/AP)Mergulhador analisa tartaruga marinha do aquário de Oberhausen (Foto: Martin Meissner/AP)Estudante analisa arraia no aquário da Alemanha (Foto: Martin Meissner/AP)Estudante analisa arraia no aquário da Alemanha (Foto: Martin Meissner/AP)

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 10 de janeiro de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , , ,

Em mergulho, Papai Noel posa em meio a peixes nos EUA

Sorry, I could not read the content fromt this page.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 2 de janeiro de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , ,