RSS

Arquivo da tag: ordena

Tribunal russo ordena prisão de líder de organização radical ucraniana

Um tribunal de Moscou, na Rússia, emitiu nesta quarta-feira (12) uma ordem de prisão para o líder da organização ultranacionalista ucraniana Pravy Sektor (“setor da direita”, em tradução livre), Dmitri Yarosh, acusado de incitação ao terrorismo, informaram fontes judiciais.

Yarosh, contra quem a justiça russa já havia ditado uma ordem de busca e captura internacional, é acusado de incitar a realização de atividades terroristas e extremistas, crime para o qual o Código Penal da Rússia prevê punições de até cinco anos de prisão.

A Procuradoria Geral da Ucrânia declarou que não existem motivos para a prisão de Yarosh, muito menos para extraditá-lo a outro país.

O líder ultranacionalista, um dos protagonistas da revolução ucraniana que derrubou o regime do presidente Viktor Yanukovich no mês passado, anunciou que concorrerá à Presidência do país nas eleições antecipadas convocadas para o próximo dia 25 de maio.

Após a saída de Yanukovich, as novas autoridades ucranianas ofereceram a Yarosh o cargo de secretário adjunto do Conselho de Defesa e Segurança Nacional da Ucrânia, mas ele rejeitou a proposta.

Fonte G1

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 13 de março de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , , ,

Justiça alemã ordena que Google retire fotos de orgias de Max Mosley

Max Mosley é visto chegando à corte nesta quinta (24) (Foto: Reuters)Max Mosley (Foto: Reuters)

A justiça alemã ordenou nesta sexta-feira (24) que o Google retire as imagens das orgias sadomasoquistas do ex-presidente da Federação Internacional de Automobilismo (FIA) Max Mosley, invocando a defesa de sua vida privada.

As imagens, publicadas inicialmente em 2008 pelo semanário britânico “News of the World”, mas ainda acessíveis na internet, “violam a intimidade do demandante”, considerou o juiz Smone Kafer, do tribunal superior de Hamburgo.

Max Mosley havia conseguido uma vitória similar contra o Google no dia 6 de novembro de 2013 ante a Justiça francesa.

Na Alemanha, o ex-presidente da FIA exigia que o Google bloqueasse seis imagens extraídas de um vídeo divulgado em março de 2008 pelo “News of the World”, nas quais era visto com cinco prostitutas fantasiadas – algumas com roupas que lembravam os nazistas – ou com as vestes listradas características dos campos de concentração.

Mosley rejeitou qualquer conotação nazista e denunciou uma violação de sua vida privada. Algumas pessoas pediram naquele momento sua renúncia, mas ele permaneceu em seu posto até novembro de 2009.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 28 de janeiro de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , , ,

Tribunal ordena nova inspeção no navio naufragado Costa Concordia

Homem observa, a partir da ilha italiana de Giglio, os trabalhos no naufragado navio Costa Concordia, nesta terça-feira (24) (Foto: AFP)Homem observa, a partir da ilha italiana de Giglio, os trabalhos no naufragado navio Costa Concordia, nesta terça-feira (24) (Foto: AFP)

Um tribunal italiano pediu nesta terça-feira (24) uma nova inspeção pericial do navio de cruzeiro Costa Concordia para obter mais evidências relacionadas ao naufrágio da embarcação, aceitando um pedido dos advogados do comandante do navio e de civis.

Na semana passada, o Concordia foi erguido e retirado das rochas onde encalhou, abrindo caminho para uma nova missão em busca de pistas.

O capitão do Concordia, Francesco Schettino, foi acusado de homicídio, de causar um naufrágio e abandonar o navio depois que a embarcação de 290 metros, com mais de 4 mil passageiros e tripulantes, bateu contra um recife perto da ilha de Giglio e tombou, deixando 32 mortos, em 13 de janeiro de 2012.

O tribunal de Grosseto quer que especialistas prestem especial atenção ao sistema elétrico dos elevadores da embarcação, disse uma fonte judicial à Reuters.

Os advogados de Schettino alegam que geradores de emergência não funcionaram durante o desastre, impedindo o funcionamento dos elevadores.

O tribunal também concordou com inspeções de outros aspectos, como portas estanques do navio, quando a segurança dos inspetores puder ser garantida.

O navio de 114.500 toneladas agora está de pé, mas com dois terços submersos, em uma plataforma especialmente construída na região de Giglio, enquanto equipes de resgate se preparam para rebocá-lo no ano que vem para então ser destruído.

Schettino, como capitão do navio, admitiu ter alguma responsabilidade pelo acidente. Mas ele diz que não é o único culpado e quer que o navio seja examinado para encontrar evidência de falhas técnicas que podem ter contribuído para a morte das vítimas.

Schettino é a única pessoa em julgamento depois que quatro membros da tripulação e um funcionário da operadora do navio, a Costa Cruzeiros, foram condenados a penas de até 34 meses de prisão após se declararem culpados no ano passado.

A Costa Cruzeiros, de propriedade da norte-americana Carnival Corp, maior operadora de cruzeiros do mundo, evitou um processo criminal ao concordar em pagar uma multa de 1,35 milhão de dólares no ano passado. As vítimas estão, agora, pedindo indenização em um caso civil.

O julgamento foi adiado até 7 de outubro.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 25 de setembro de 2013 em Brasil

 

Tags: , , , , , ,

Premiê japonês ordena descarte de dois reatores de Fukushima

O primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, ordenou nesta quinta-feira (19) o descarte de dois reatores nucleares da usina de Fukushima que resistiram ao tsunami de 201. A medida ameaça complicar o plano de restruturação apresentado a credores pela empresa Tokyo Electric Power Co (Tepco), que opera a planta.

Abe disse também que vai manter o compromisso que assumiu junto ao Comitê Olímpico Internacional (COI) de garantir a segurança da Olimpíada de 2020.

“Vou trabalhar duro contra os rumores que questionam a segurança da usina de Fukushima”, destacou.

O premiê falou a repórteres após uma visita à usina nesta quinta e revelou ter pedido prazos à operadora Tepco para lidar com a água contaminada que está vazando.

“Para que se concentrem nisso, ordenei a eles a desativação dos reatores número cinco e seis que estão agora ociosos”, disse Abe.

Com o tsunami que atingiu a usina de Fukushima Daiichi em 11 de março de 2011, quatro reatores foram destruídos por derretimentos e explosões de hidrogênio. Os reatores número cinco e seis escaparam de danos mais sérios, e a Tepco havia obtido permissão de considerá-los como um ativo em suas planilhas contábeis.

Atualmente, autoridades do país têm enfrentado dificuldades para conter os recentes vazamentos de água radiotiva em Fukushima. Segundo o premiê, o presidente da Tepco, Naomi Hirose, prometeu que a empresa vai tomar uma decisão sobre a desativação dos dois reatores em até um ano.

A visita de Abe à usina, localizada 240 quilômetros ao norte de Tóquio, ocorre depois de ele ter anunciado que o governo terá um papel mais central na limpeza da usina, no contexto da escolha de Tóquio como sede dos Jogos Olímpicos daqui a sete anos.

Em 2011, o tsunami causou o derretimento de pastilhas de combustível, contaminando a atmosfera e o mar e provocando a retirada de 160 mil moradores da região, no pior acidente nuclear do mundo desde Chernobyl, em 1986.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 22 de setembro de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

Corte egípcia ordena que Hosni Mubarak seja solto

Uma corte egípcia ordenou nesta quarta-feira (21) a soltura do ex-presidente Hosni Mubarak, segundo fontes judiciais e de segurança. Com isso, ele pode deixar a prisão nos próximos dias, já que não há mais justificativas legais para sua detenção.

Um advogado disse à Reuters que Mubarak poderá ser solto na quinta-feira.

Mubarak, de 85 anos, está sendo novamente julgado por uma acusação de ordenar o assassinato de manifestantes durante a revolta que resultou na queda dele, em 2011, mas já cumpriu a prisão preventiva máxima nesse caso.

Imagem da TV estatal egípcia mostra o ex-presidente Hosni Mubarak sentado atrás das grades, durante seu julgamento na Academia de Polícia no Cairo. (Foto: TV estatal egípcia / Via AFP Photo)Imagem da TV estatal egípcia mostra o ex-presidente Hosni Mubarak sentado atrás das grades, durante seu julgamento na Academia de Polícia no Cairo em abril (Foto: TV estatal egípcia / Via AFP Photo)

Mubarak foi colocado em liberdade condicional à espera de um julgamento em um caso de corrupção na segunda-feira (19), mas permanecia detido por causa de outra acusação.

O Egito vive o mais sangrento conflito interno da sua história moderna, com uma violenta repressão das forças de segurança contra ativistas que protestam contra a deposição do presidente islâmico Mohamed Morsi, que foi derrubado em 3 de julho pelas Forças Armadas, após intensos protestos da oposição.

Mubarak e seu ministro do Interior foram condenados à prisão perpétua no ano passado por não terem impedido a morte de manifestantes durante os protestos que o derrubaram. Mas recursos da promotoria e da defesa farão com que o julgamento seja repetido, e ele poderá aguardar em liberdade.

Mubarak não compareceu pessoalmente às audiências judiciais de sábado e segunda-feira. Ele está detido na penitenciária de Tora, na zona sudoeste da capital — mesmo lugar para onde membros da Irmandade Muçulmana foram levados depois do movimento militar que derrubou Mursi.

A possível libertação de Mubarak deve causar ainda mais agitação no mais populoso país árabe, onde 850 pessoas já morreram, incluindo 70 policiais e soldados, desde que as forças do governo provisório dissolveram com violência dois acampamentos de partidários de Mursi no Cairo.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 22 de agosto de 2013 em Brasil

 

Tags: , , , , ,