RSS

Arquivo da tag: ocidental

Estudos indicam que Antártica Ocidental tem geleiras em declínio

Geleira de Thwaites em foto sem data (Foto: Nasa/AP)Geleira de Thwaites em foto sem data (Foto: Nasa/AP)

O colapso de parte da camada de gelo na Antártica Ocidental parece ter começado e há indícios de que o processo é irreversível, mostram dois estudos publicados nesta segunda-feira  (12) pelas revistas  “Geophysical Research Letters” e “Science”.

Uma das pesquisas, realizada por cientistas da Nasa e da Universidade da Califórnia em Irvine, revela que uma parte da cobertura de gelo da Antártica Ocidental parece estar em um estado irreversível de declínio, sem que nada possa evitar que as geleiras nesta área do derretam e caiam no mar.

O estudo apresenta diferentes linhas de evidência e incorpora 40 anos de observações que levam à conclusão de que as geleiras próximas ao de Mar de Amundsen “passaram do ponto de não retorno “, segundo o glaciologista e autor principal, Eric Rignot.

Essas geleiras já contribuem significativamente para a elevação do nível do mar, liberando quase tanto gelo no mar anualmente quanto toda a camada de gelo da Groenlândia. Eles contêm gelo suficiente para elevar o nível global do mar em 1,2 metros, segundo a Nasa, e estão derretendo mais rápido do que a maioria dos cientistas esperavam. Rignot disse que estes resultados vão exigir uma revisão das previsões atuais de aumento do nível do mar.

“Esta região será um dos principais contribuintes para o aumento do nível do mar nas próximas décadas e séculos”, disse Rignot . “Uma estimativa conservadora é que pode demorar vários séculos para todo o gelo a fluir para o mar. “

Thwaites
O outro estudo concluiu que a Geleira de Thwaites, também na Antártica Ocidental, possivelmente vai desaparecer em questão de séculos — não menos que duzentos anos –, potencialmente elevando o nível do mar em mais de meio metro.

Os dados para a pesquisa foram colhidos com radar aerotransportado e então trabalhados com mapas detalhados de topografia e modelagem computacional.

A Geleira de Thwaites atua como uma barragem de gelo que estabiliza e o movimento da camada de gelo da Antártica Ocidental. A camada de gelo contém gelo suficiente para causar mais de 3 a 4 metros de elevação global do nível do mar, segundo os pesquisadores.

“Tem havido muita especulação sobre a estabilidade das camadas de gelo marinho, e muitos cientistas suspeitavam que este tipo de comportamento está em curso “, disse Ian Joughin , glaciologista da Universidade de Washington. “Este estudo fornece uma idéia mais quantitativa das taxas às quais o colapso poderia ocorrer. “

new WM.Player( { videosIDs: “3341706”, sitePage: “globoamazonia/videos”, zoneId: “110462”, width: 320, height: 200 } ).attachTo($(“#3341706”)[0]);

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 14 de maio de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

Leões caminham para extinção na África Ocidental, diz pesquisa

Animais são ameaçados por avanço da agricultura, redução de seu habitat e caça ilegal (Foto: Panthera)Animais são ameaçados por avanço da agricultura, redução de seu habitat e caça ilegal (Foto: Panthera)

O número de leões na África Ocidental sofreu um ‘colapso catastrófico’, diz uma pesquisa recém-publicada, que calcula que restem apenas 400 animais na região.

E teme-se que a população inteira esteja à beira da extinção, já que haveria menos de 250 leões em idade de acasalamento.

A pesquisa, realizada pela ONG Panthera e publicada no periódico científico PLOS One, foi realizada em 17 países oeste-africanos, incluindo Senegal e Nigéria, por mais de seis anos.

Em 2005, estimava-se que havia leões em 21 áreas protegidas na África Ocidental; agora, aparentemente eles estão restritos a quatro dessas áreas – ou a apenas 1,1% de seu território original.

A maior parte de seu habitat natural foi convertida em área agrícola (sobretudo grandes plantações de algodão e alimentos), diz Philipp Henschel, coautor da pesquisa.

‘Os resultados são chocantes – a maioria das áreas que pesquisamos eram parques apenas no papel, sem orçamento gerencial, patrulhas. Perderam todos os seus leões e outros grandes mamíferos’, afirma Henschel à BBC.

A Panthera quer que o leão seja listado como espécie ameaçada na África Ocidental.

Ainda segundo a pesquisa, esse leão é atualmente encontrado em apenas cinco países: Senegal, Nigéria, Benin, Níger e Burkina-Faso (os três últimos países compartilham apenas uma população de leões, que habita uma parte da tríplice fronteira).

Genética única
Os leões da região ocidental da África têm um sequenciamento genético único, não encontrado em outras espécies (incluindo as que vivem em zoológicos ou outras forma de cativeiro).

A diminuição da espécie ameaça, assim, uma população já geneticamente adaptada a condições específicas.

Além da redução de seu habitat, eles são fortemente ameaçados pela caça ilegal, que abastece mercados locais.

‘Em algumas áreas, testemunhamos pastores de gado e cabra matando leões, após entrarem ilegalmente em áreas protegidas’, prossegue Henschel.

Também contribuem para o cenário a falta de verbas para esforços de conservação, o aumento da população humana nas áreas onde vivem os animais e a pobreza econômica.

‘São alguns dos países mais pobres do mundo, cujos governos têm prioridades maiores do que proteger leões’, diz o pesquisador.

Símbolo de orgulho
Mas os leões oeste-africanos têm um significado especial na cultura da região: são um símbolo de orgulho para governos e cidadãos e figuram em brasões de diversos países.

A União Internacional pela Conservação da Natureza (IUCN, na sigla em inglês) diz que será necessária ajuda internacional para salvar os animais.

Ao mesmo tempo, Benin e Senegal estão elaborando um plano de ação para identificar formas de salvar seus leões.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 16 de janeiro de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,

Mídia ocidental quer revolução na China, diz chefe de agência

Organizações ocidentais de mídia estão tentando demonizar a China e promover desintegração e revolução no país porque não suportam a prosperidade chinesa, disse o diretor da agência estatal de notícias Xinhua em comentários publicados nesta quarta-feira (4).

Nas últimas semanas, o Partido Comunista vem endurecendo o controle sobre a Internet e relembrando a imprensa estatal sobre sua responsabilidade de promover uma “direção política correta”, num momento em que o presidente Xi Jinping, no cargo desde março, aplaca qualquer expectativa de que seu governo possa promover reformas políticas.

Em artigo no Diário do Povo, órgão oficial do PC chinês, Li Congjun, presidente da Xinhua, escreveu que o país precisa combater distorções e preconceitos da imprensa ocidental.

“Algumas forças e mídias ocidentais hostis não querem ver uma China socialista próspera e miram a lança da ocidentalização, da separação e da ‘revolução colorida’ na China”, escreveu Li, sem citar nenhum veículo específico.

Segundo ele, os jornalistas ocidentais “usam suas poderosas capacidades de disseminação para exagerar enormemente a ‘teoria da ameaça da China’ e a ‘teoria do colapso da China’, criando rumores para atacar e vilificar nosso país e partido, o que fere nossos interesses e a imagem nacional.”

“No geral, as opiniões ainda são dominadas por meios de comunicação ocidentais, e a capacidade da China de se fazer ouvir não consegue se equiparar a sua posição internacional”, escreveu Li.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 5 de setembro de 2013 em Brasil

 

Tags: , , , ,

Mídia ocidental quer revolução na China, diz chefe de agência

Organizações ocidentais de mídia estão tentando demonizar a China e promover desintegração e revolução no país porque não suportam a prosperidade chinesa, disse o diretor da agência estatal de notícias Xinhua em comentários publicados nesta quarta-feira (4).

Nas últimas semanas, o Partido Comunista vem endurecendo o controle sobre a Internet e relembrando a imprensa estatal sobre sua responsabilidade de promover uma “direção política correta”, num momento em que o presidente Xi Jinping, no cargo desde março, aplaca qualquer expectativa de que seu governo possa promover reformas políticas.

Em artigo no Diário do Povo, órgão oficial do PC chinês, Li Congjun, presidente da Xinhua, escreveu que o país precisa combater distorções e preconceitos da imprensa ocidental.

“Algumas forças e mídias ocidentais hostis não querem ver uma China socialista próspera e miram a lança da ocidentalização, da separação e da ‘revolução colorida’ na China”, escreveu Li, sem citar nenhum veículo específico.

Segundo ele, os jornalistas ocidentais “usam suas poderosas capacidades de disseminação para exagerar enormemente a ‘teoria da ameaça da China’ e a ‘teoria do colapso da China’, criando rumores para atacar e vilificar nosso país e partido, o que fere nossos interesses e a imagem nacional.”

“No geral, as opiniões ainda são dominadas por meios de comunicação ocidentais, e a capacidade da China de se fazer ouvir não consegue se equiparar a sua posição internacional”, escreveu Li.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 5 de setembro de 2013 em Brasil

 

Tags: , , , ,

Mídia ocidental quer revolução na China, diz chefe de agência

Organizações ocidentais de mídia estão tentando demonizar a China e promover desintegração e revolução no país porque não suportam a prosperidade chinesa, disse o diretor da agência estatal de notícias Xinhua em comentários publicados nesta quarta-feira (4).

Nas últimas semanas, o Partido Comunista vem endurecendo o controle sobre a Internet e relembrando a imprensa estatal sobre sua responsabilidade de promover uma “direção política correta”, num momento em que o presidente Xi Jinping, no cargo desde março, aplaca qualquer expectativa de que seu governo possa promover reformas políticas.

Em artigo no Diário do Povo, órgão oficial do PC chinês, Li Congjun, presidente da Xinhua, escreveu que o país precisa combater distorções e preconceitos da imprensa ocidental.

“Algumas forças e mídias ocidentais hostis não querem ver uma China socialista próspera e miram a lança da ocidentalização, da separação e da ‘revolução colorida’ na China”, escreveu Li, sem citar nenhum veículo específico.

Segundo ele, os jornalistas ocidentais “usam suas poderosas capacidades de disseminação para exagerar enormemente a ‘teoria da ameaça da China’ e a ‘teoria do colapso da China’, criando rumores para atacar e vilificar nosso país e partido, o que fere nossos interesses e a imagem nacional.”

“No geral, as opiniões ainda são dominadas por meios de comunicação ocidentais, e a capacidade da China de se fazer ouvir não consegue se equiparar a sua posição internacional”, escreveu Li.

Fonte E-farsas

 
Deixe um comentário

Publicado por em 5 de setembro de 2013 em Brasil

 

Tags: , , , ,

Mídia ocidental quer revolução na China, diz chefe de agência

Organizações ocidentais de mídia estão tentando demonizar a China e promover desintegração e revolução no país porque não suportam a prosperidade chinesa, disse o diretor da agência estatal de notícias Xinhua em comentários publicados nesta quarta-feira (4).

Nas últimas semanas, o Partido Comunista vem endurecendo o controle sobre a Internet e relembrando a imprensa estatal sobre sua responsabilidade de promover uma “direção política correta”, num momento em que o presidente Xi Jinping, no cargo desde março, aplaca qualquer expectativa de que seu governo possa promover reformas políticas.

Em artigo no Diário do Povo, órgão oficial do PC chinês, Li Congjun, presidente da Xinhua, escreveu que o país precisa combater distorções e preconceitos da imprensa ocidental.

“Algumas forças e mídias ocidentais hostis não querem ver uma China socialista próspera e miram a lança da ocidentalização, da separação e da ‘revolução colorida’ na China”, escreveu Li, sem citar nenhum veículo específico.

Segundo ele, os jornalistas ocidentais “usam suas poderosas capacidades de disseminação para exagerar enormemente a ‘teoria da ameaça da China’ e a ‘teoria do colapso da China’, criando rumores para atacar e vilificar nosso país e partido, o que fere nossos interesses e a imagem nacional.”

“No geral, as opiniões ainda são dominadas por meios de comunicação ocidentais, e a capacidade da China de se fazer ouvir não consegue se equiparar a sua posição internacional”, escreveu Li.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 5 de setembro de 2013 em Brasil

 

Tags: , , , ,

Exército sírio se prepara para o pior no caso de intervenção ocidental

AppId is over the quota
AppId is over the quota

O exército sírio se prepara para o pior no caso de uma intervenção militar ocidental contra o país, informou nesta quinta-feira (29) uma fonte da segurança à AFP.

“Trabalhamos, como todos os exércitos do mundo, baseando-nos no pior cenário. Tomamos medidas para proteger o país do ataque e preparar as condições para uma resposta adequada”, explicou a fonte.

As potências ocidentais continuam discutindo um possível ataque militar contra a Síria.

“O exército está ameaçado, é normal que tomem uma série de medidas frente ao ataque e respondam à agressão”, acrescentou.

arte síria versão 28.08 (Foto: Arte/G1)

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 31 de agosto de 2013 em Brasil

 

Tags: , , ,