RSS

Arquivo da tag: nadar

Filhote de pinguim faz amizade com colegas ao nadar pela primeira vez

Filhote de pinguim nada pela primeira e faz amizades na Sabina Escola Parque do Conhecimento, em Santo André (Foto: Divulgação/PSA)Filhote de pinguim nada pela primeira vez na Sabina Escola Parque do Conhecimento, em Santo André
(Foto: Divulgação/PSA)
Ainda não se sabe o sexo do filhote de pinguim da Sabina Escola Parque do Conhecimento, em Santo André (Foto: Divulgação/PSA)Biólogos ainda farão um exame de sangue para
descobrir sexo do filhote (Foto: Divulgação/PSA)

Um filhote de pinguim deu nesta quarta-feira (12) seu primeiro mergulho nas águas da Sabina Escola Parque do Conhecimento, em Santo André, na Grande São Paulo.

Com 71 dias de vida e pesando 3,2 kg, o animal já pode ser visto pelo público. Porém, ainda não se sabe se ele é macho ou fêmea: o sexo só será descoberto pelos biólogos do parque após um exame de sangue que deve ser realizado em abril.

Os veteranos receberam o pequeno pinguim com bicadas e perseguição pela água, o que, segundo o biólogo responsável pelos animais, é comum na espécie. Essa é uma forma de socialização e estreitamento de laços.

O pinguinário da Sabina Escola Parque do Conhecimento tem no total 24 animais –12 fêmeas, 11 machos e o filhote, que ainda não teve o sexo descoberto e, por isso, não foi batizado. Eles são pinguins-de-Magalhães (Spheniscus magellanicus), pesam em média 5 kg e são encontrados na Patagônia, na Argentina, em locais com clima entre 7ºC e 35ºC. O pinguinário em Santo André reproduz estas condições.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 13 de março de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

Grupo enfrenta o frio ao nadar em águas a -24ºC em rio na Rússia

Membros de um clube de natação de inverno foram vistos mergulhando e esfregando neve uns nos outros no rio Yenisei, na cidade siberiana de Krasnoyarsk, na Rússia.

O rio, que estava parcialmente congelado, teve a temperatura registrada em cerca de -24ºC.

Daniil German, de apenas 9 anos, faz mergulho de inverno em rio parcialmente congelado na Rússia (Foto: Ilya Naymushin/Reuters)Daniil German, de apenas 9 anos, faz mergulho de inverno em rio parcialmente congelado na Rússia (Foto: Ilya Naymushin/Reuters)Homem esfrega gelo em colega durante mergulho de membros de clube de natação de inverno na cidade siberiana de Krasnoyarsk (Foto: Ilya Naymushin/Reuters)Homem esfrega gelo em colega durante mergulho de membros de clube de natação de inverno na cidade siberiana de Krasnoyarsk (Foto: Ilya Naymushin/Reuters)Temperatura da água chegou a -24ºC no rio Yenisei, na Rússia (Foto: Ilya Naymushin/Reuters)Temperatura da água chegou a -24ºC no rio Yenisei, na Rússia (Foto: Ilya Naymushin/Reuters)Mulher reage ao mergulhar em águas congelantes durante reunião de clube de natação de inverno na Rússia (Foto: Ilya Naymushin/Reuters)Mulher reage ao mergulhar em águas congelantes durante reunião de clube de natação de inverno na Rússia (Foto: Ilya Naymushin/Reuters)

View the original article here

 
1 comentário

Publicado por em 28 de janeiro de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , ,

Cachorro que parece ‘nadar em pleno ar’ vira sensação na web

Um vídeo de um cão adorável “nadando” em pleno ar, enquanto é segurado pela dona. O clipe possui apenas 15 segundos, mas mostra diversas cenas em que o animal balança as patas como se estivesse “remando” na água (veja o vídeo).

A gravação se tornou sucesso na web, e foi assistida mais de 110 mil vezes.

Enquanto era segurado pela dona, cachorro balançava as patas e parecia 'nadar' em pleno ar (Foto: YouTube/Reprodução/Rikki Chan)Enquanto era segurado pela dona, cachorro balançava as patas e parecia ‘nadar’ em pleno ar (Foto: YouTube/Reprodução/Rikki Chan)

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 24 de setembro de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,

Loira é presa após nadar nua em fonte de cassino nos EUA

Courtney Cox foi presa por nadar nua em fonte de cassino (Foto: Bossier City Police Department/Divulgação)Courtney Cox foi presa por nadar nua em fonte de
cassino (Foto: Bossier City Police Department)

Uma mulher de 29 anos foi presa no último domingo em Bossier City, no estado da Luisiana (EUA), depois que foi flagrada nadando nua na fonte do hotel-cassino Horseshoe.

Courtney Cox, de 29 anos, foi acusada de distúrbios e intoxicação em público. Ela foi presa depois que os seguranças do cassino chamaram a polícia.

Após a chegada da polícia, a jovem se tornou agressiva, apesar de os agentes terem dado opção de ela chamar um amigo para levá-la para casa.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 17 de setembro de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,

Turistas podem nadar com arraias e tubarões em oceanário nas Filipinas

Visitantes pegam em arraias durante experiência no oceanário de Manila (Foto: Bullit Marquez/AP)Visitantes pegam em arraias durante experiência no oceanário de Manila (Foto: Bullit Marquez/AP)

Visitantes do oceanário de Manila, nas Filipinas, poderão a partir de agora sair do papel de observadores e nadar junto com os animais.

Criança toca em arraia na beira da piscina (Foto: Bullit Marquez/AP)Criança toca em arraia  (Foto: Bullit Marquez/AP)

O Manila Ocean Park lançou nesta segunda-feira (2) uma experiência chamada “Encontro com Arraias e Tubarões”, que permite que os turistas mergulhem junto com diversas espécies em um tanque ao ar livre.

Eles garantem que os animais são amigáveis e foram treinados durante muito tempo para participarem da interação e inclusivem serem tocados.

Na mesma piscina, há um tubarão cabeça-chata, um dos mais perigosos do mundo — mas, para alívio dos turistas, ele fica protegido dos humanos por um vidro.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 6 de setembro de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , , , ,

Turista se assusta ao nadar com arraia em parque nas Filipinas

Turistas austríacos nadaram com arraias em um parque oceanográfico de Manila, nas Filipinas, na segunda-feira (2). Uma mulher chegou a se assustar quando uma arraia avançou contra seu corpo. No parque, os turistas podem nadar com diferentes tipos de arraias. Os peixes são treinados por vários meses antes de terem interação com o público.

Mulher se assustou quando arraia avançou contra seu corpo (Foto: Bullit Marquez/AP)Mulher se assustou quando arraia avançou contra seu corpo (Foto: Bullit Marquez/AP)No parque, turistas podem nadar com diferentes tipos de arraias (Foto: Bullit Marquez/AP)No parque, turistas podem nadar com diferentes tipos de arraias (Foto: Bullit Marquez/AP)

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 6 de setembro de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

Turista se assusta ao nadar com arraia em parque nas Filipinas

AppId is over the quota
AppId is over the quota

Turistas austríacos nadaram com arraias em um parque oceanográfico de Manila, nas Filipinas, na segunda-feira (2). Uma mulher chegou a se assustar quando uma arraia avançou contra seu corpo. No parque, os turistas podem nadar com diferentes tipos de arraias. Os peixes são treinados por vários meses antes de terem interação com o público.

Mulher se assustou quando arraia avançou contra seu corpo (Foto: Bullit Marquez/AP)Mulher se assustou quando arraia avançou contra seu corpo (Foto: Bullit Marquez/AP)No parque, turistas podem nadar com diferentes tipos de arraias (Foto: Bullit Marquez/AP)No parque, turistas podem nadar com diferentes tipos de arraias (Foto: Bullit Marquez/AP)

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 4 de setembro de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

Turistas podem nadar com arraias e tubarões em oceanário nas Filipinas

Visitantes pegam em arraias durante experiência no oceanário de Manila (Foto: Bullit Marquez/AP)Visitantes pegam em arraias durante experiência no oceanário de Manila (Foto: Bullit Marquez/AP)

Visitantes do oceanário de Manila, nas Filipinas, poderão a partir de agora sair do papel de observadores e nadar junto com os animais.

Criança toca em arraia na beira da piscina (Foto: Bullit Marquez/AP)Criança toca em arraia  (Foto: Bullit Marquez/AP)

O Manila Ocean Park lançou nesta segunda-feira (2) uma experiência chamada “Encontro com Arraias e Tubarões”, que permite que os turistas mergulhem junto com diversas espécies em um tanque ao ar livre.

Eles garantem que os animais são amigáveis e foram treinados durante muito tempo para participarem da interação e inclusivem serem tocados.

Na mesma piscina, há um tubarão cabeça-chata, um dos mais perigosos do mundo — mas, para alívio dos turistas, ele fica protegido dos humanos por um vidro.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 2 de setembro de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , , , ,

Americana tenta ser a primeira a nadar de Cuba à Flórida sem proteção contra tubarões

AppId is over the quota
AppId is over the quota

A nadadora americana de longa distância Diana Nyad quer ser a primeira pessoa a atravessar a nado os 166 km que separam Cuba do Estado americano da Flórida, sem uma gaiola de proteção contra tubarões.

Nyad, que começou o percurso no sábado dia 31 de agosto, já percorreu mais da metade da distância entre a ilha e o continente.

A mulher de 64 anos, disse que essa será sua quinta e última tentativa de completar a travessia.

Ano passado ela precisou cancelar a prova depois de uma grande tempestade e após ser queimada diversas vezes por águas-vivas.

Dessa vez, ela está usando uma máscara de silicone especial para proteger o rosto de águas-vivas, mas até o momento Nyad não cruzou com nenhuma.

Sua equipe de apoio tem feito constantes atualizações em sua página na internet. No domingo, por volta das 17h (horário local) foi dada a informação de que ela já havia nadado ‘mais do que em qualquer outra tentativa anterior’, e que sua ‘velocidade média geral de 3.28 km/h está aumentando progressivamente ao longo do dia devido a uma corrente favorável.’

“Eu acho que tenho um pouco de sorte a meu favor em relação a mãe natureza. Eu estou pronta, e a proteção contra águas-vivas está melhor do que antes”, disse ela enquanto se preparava para deixar a capital cubana, Havana.

Ambição de uma vida

Nyad disse que a máscara, feita especialmente para a ocasião, torna a respiração mais difícil e pode diminuir sua velocidade, mas que a ajudaria a ‘passar por esses animais’.

As regras do nado de longa distância dizem que ela não pode, em momento algum, segurar no barco de apoio.

Nyad tem uma equipe de 35 pessoas para ajudá-la a manter seu curso e dar-lhe comida e água. Ela acredita que poderá levar até três dias para completar a travessia.

Durante sua última tentativa em agosto de 2012, ela teve que ser retirada da água após 41 horas, quando uma tempestade, e repetidas queimaduras de águas-vivas venenosas, não a deixaram continuar.

A nadadora tentou pela primeira vez completar a travessia em 1978 usando uma gaiola de proteção contra tubarões.

A segunda tentativa – sem uma gaiola – em 2011, teve que ser cancelada por causa de uma dor no ombro e um ataque de asma. No mesmo ano, queimaduras de águas-vivas acabaram com sua terceira tentativa de completar o cruzamento.

Falando em uma entrevista em Cuba, na sexta-feira (30), Nyad disse que esta seria sua última tentativa. “É muito emocionante para mim – já era há 35 anos, e ainda é – fazer algo que ninguém jamais fez. Tudo valeu a pena”, disse ela.

“Mas, desta vez, se eu não concluir a travessia, direi com orgulho que não tenho mais nada a acrescentar.”

Em junho, a nadadora de longa distância australiana Chloe McCardle tentou fazer a travessia sem uma gaiola de proteção contra tubarões, mas teve que desistir depois de também ser queimada por águas-vivas.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 2 de setembro de 2013 em Brasil

 

Tags: , , , , , , ,

Americana tenta ser a primeira a nadar de Cuba à Flórida sem proteção contra tubarões

AppId is over the quota
AppId is over the quota

A nadadora americana de longa distância Diana Nyad quer ser a primeira pessoa a atravessar a nado os 166 km que separam Cuba do Estado americano da Flórida, sem uma gaiola de proteção contra tubarões.

Nyad, que começou o percurso no sábado dia 31 de agosto, já percorreu mais da metade da distância entre a ilha e o continente.

A mulher de 64 anos, disse que essa será sua quinta e última tentativa de completar a travessia.

Ano passado ela precisou cancelar a prova depois de uma grande tempestade e após ser queimada diversas vezes por águas-vivas.

Dessa vez, ela está usando uma máscara de silicone especial para proteger o rosto de águas-vivas, mas até o momento Nyad não cruzou com nenhuma.

Sua equipe de apoio tem feito constantes atualizações em sua página na internet. No domingo, por volta das 17h (horário local) foi dada a informação de que ela já havia nadado ‘mais do que em qualquer outra tentativa anterior’, e que sua ‘velocidade média geral de 3.28 km/h está aumentando progressivamente ao longo do dia devido a uma corrente favorável.’

“Eu acho que tenho um pouco de sorte a meu favor em relação a mãe natureza. Eu estou pronta, e a proteção contra águas-vivas está melhor do que antes”, disse ela enquanto se preparava para deixar a capital cubana, Havana.

Ambição de uma vida

Nyad disse que a máscara, feita especialmente para a ocasião, torna a respiração mais difícil e pode diminuir sua velocidade, mas que a ajudaria a ‘passar por esses animais’.

As regras do nado de longa distância dizem que ela não pode, em momento algum, segurar no barco de apoio.

Nyad tem uma equipe de 35 pessoas para ajudá-la a manter seu curso e dar-lhe comida e água. Ela acredita que poderá levar até três dias para completar a travessia.

Durante sua última tentativa em agosto de 2012, ela teve que ser retirada da água após 41 horas, quando uma tempestade, e repetidas queimaduras de águas-vivas venenosas, não a deixaram continuar.

A nadadora tentou pela primeira vez completar a travessia em 1978 usando uma gaiola de proteção contra tubarões.

A segunda tentativa – sem uma gaiola – em 2011, teve que ser cancelada por causa de uma dor no ombro e um ataque de asma. No mesmo ano, queimaduras de águas-vivas acabaram com sua terceira tentativa de completar o cruzamento.

Falando em uma entrevista em Cuba, na sexta-feira (30), Nyad disse que esta seria sua última tentativa. “É muito emocionante para mim – já era há 35 anos, e ainda é – fazer algo que ninguém jamais fez. Tudo valeu a pena”, disse ela.

“Mas, desta vez, se eu não concluir a travessia, direi com orgulho que não tenho mais nada a acrescentar.”

Em junho, a nadadora de longa distância australiana Chloe McCardle tentou fazer a travessia sem uma gaiola de proteção contra tubarões, mas teve que desistir depois de também ser queimada por águas-vivas.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 2 de setembro de 2013 em Brasil

 

Tags: , , , , , , ,