RSS

Arquivo da tag: Mortal

A aranha que caminha dando salto mortal

AppId is over the quota
AppId is over the quota

Várias pessoas me mandaram esse vídeo, mas eu achei que faltava uma trilha sonora apropriada, então dei um jeito:

Existem várias trilhas que encaixam nesse vídeo. Escolha a sua.

Fonte: ahnegao.com.br

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 14 de maio de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,

Veja salto mortal que deu errado e outras pessoas que ‘pagaram mico’

AppId is over the quota
AppId is over the quota

Salto mortal dá errado
Na cerimônia de abertura da formatura da Universidade Davenport em Grand Rapids, no Michigan (EUA), um estudante que havia recebido o canudo tentou “se mostrar” para a plateia que estava no evento, e acabou se dando mal ao aterrissar de cara no chão (leia a matéria).

Aluno foi 'se mostrar' ao dar salto mortal após receber diploma e acabou caindo de cara no palco (Foto: Reprodução/YouTube/Mark Fay)Aluno foi ‘se mostrar’ ao dar salto mortal após receber diploma e acabou caindo de cara no palco (Foto: Reprodução/YouTube/Mark Fay)

Drone português falha
A apresentação do primeiro drone de fabricação portuguesa, realizada na Base Naval de Lisboa, virou piada na internet depois que a aeronave não tripulada teve problemas ao decolar, e acabou despencando em direção à água (leia a matéria).

Lançamento de drone português virou piada ao 'falhar miseravalmente' em Base Naval em Lisboa (Foto: Reprodução/YouTube/Pedro Lima)Lançamento de drone português virou piada ao ‘falhar miseravalmente’ em Base Naval em Lisboa (Foto: Reprodução/YouTube/Pedro Lima)

Caminho difícil
Um bêbado foi filmado na Rùssia se esforçando muito para superar uma grade, escolhendo apenas as maneiras mais difíceis para passar pelo obstáculo. Tudo parecia muito complicado até o momento em que uma criança o “ensina” a tomar o caminho mais fácil ao passar por uma passagem de pedestres, fazendo-o passar mais vergonha ainda (leia a matéria).

Bêbado passou vergonha ao se esforçar para pular com passagem lateral (Foto: Reprodução/YouTube/Roman Prag)Bêbado passou vergonha ao se esforçar para pular com passagem lateral (Foto: Reprodução/YouTube/Roman Prag)

Tombo ao vivo
Em novembro de 2013, a apresentadora M.A. Rosko, da emissora KMSP em Minneapolis, no estado de Minnesota (EUA), a repórter escorregou na pista e levou um tombo ao vivo durante uma reportagem sobre patinação no gelo. Envergonhada, Rosko olhou para a câmera e disse que “não estava bem”, já que tinha batido a boca no gelo, mas continuou a reportagem (leia a matéria).

M.A. Rosko levou um tombo ao vivo enquanto patinava no gelo (Foto: Reprodução/YouTube/WoWLoL)M.A. Rosko levou um tombo ao vivo enquanto patinava no gelo (Foto: Reprodução/YouTube/WoWLoL)

Romeu e julieta ‘encharcados’
Um casal, apelidado de “Romeu e Julieta” pelos amigos que assistiam à cena, foi protagonista de uma cena cômica em uma cidade no México em setembro de 2013, quando ambos acabaram encharcados ao caírem em um buraco, enquanto o homem levava a mulher nos braços (leia a matéria).

Sequência mostra casal caindo em buraco, enquanto homem levava namorada nos braços (Foto: YouTube/Reprodução/AZN)Sequência mostra casal caindo em buraco, enquanto homem levava namorada nos braços (Foto: YouTube/Reprodução/AZN)

Fortão passa vergonha
O homem musculoso com dificuldades para abrir uma simples garrafa de água durante um jogo de beisebol entre o New York Mets e o Kansas City Royals em agosto de 2013 disse à época fez “de tudo” para abrir o objeto. A cena, flagrada pelas câmeras que cobriam a partida no estádio, virou piada na web (leia a matéria).

Grandalhão virou motivo de piada após vídeo ser postado no YouTube (Foto: Reprodução/YouTube/Danzy68)Grandalhão virou motivo de piada após vídeo ser postado no YouTube (Foto: Reprodução/YouTube/Danzy68)

‘Quer casar comigo?’ Não
Também em agosto de 2013, um homem identificado apenas como David recebeu uma resposta totalmente inesperada ao se ajoelhar em um jogo de beisebol em Connecticut, nos EUA, e pedir a namorada em casamento. Assustada, a garota diz que “sentia muito”, saindo correndo logo em seguida após deixar um “não” pairando no ar (leia a matéria).

Mulher diz 'não' a pedido de casamento feito pelo namorado durante jogo de beisebol nos EUA (Foto: Reprodução/YouTube/Jeff Kellog)Mulher diz ‘não’ a pedido de casamento feito pelo namorado durante jogo de beisebol nos EUA (Foto: Reprodução/YouTube/Jeff Kellog)

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 7 de maio de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

Aluno tenta salto mortal ao receber diploma e ‘cai de cara’ nos EUA

AppId is over the quota
AppId is over the quota

Na cerimônia de abertura da formatura da Universidade Davenport em Grand Rapids, no Michigan (EUA), um estudante que havia recebido o canudo tentou “se mostrar” para a plateia que estava no evento, e acabou se dando mal quando seu salto mortal deu errado na frente de todos (assista ao vídeo).

Aluno foi 'se mostrar' ao dar salto mortal após receber diploma e acabou caindo de cara no palco (Foto: Reprodução/YouTube/Mark Fay)Aluno foi ‘se mostrar’ ao dar salto mortal após receber diploma e acabou caindo de cara no palco (Foto: Reprodução/YouTube/Mark Fay)

Ao se afastar da mesa dos professores, o recém-formado se vira em direção aos presentes e tenta dar um salto mortal para trás.

Porém, a manobra não dá certo e o aluno acaba caindo de cara no chão, gerando suspiros de susto seguidos de risadas das pessoas que assistiam à colação.

O vídeo do “mico” do estudante fez muito sucesso, e foi visto mais de 370 mil vezes em menos de um dia.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 1 de maio de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

Vídeo feito no fundo do mar mostra ‘abraço mortal’ de molusco em peixe

O vídeo feito por técnicos do aquário da Baía de Monterey, nos EUA, mostra a lula prendendo um peixe que é o dobro de seu tamanho (Foto: Reprodução/YouTube/MBARI)O vídeo feito por técnicos do aquário da Baía de Monterey, nos EUA, mostra a lula prendendo um peixe que é o dobro de seu tamanho (Foto: Reprodução/YouTube/MBARI)

Cientistas de uma instituição dos Estados Unidos gravaram uma “batalha” entre uma pequena lula e um peixe que é o dobro do seu tamanho em que, curiosamente, o molusco acabou vencedor.

As imagens foram feitas com a ajuda de uma câmera submarina controlada remotamente por técnicos do Aquário da Baía de Monterey, na Califórnia. De acordo com o site “Livescience”, o confronto ocorreu a 450 metros de profundidade.

O vídeo, publicado este mês no YouTube, mostra o molusco com seus tentáculos segurando um exemplar da espécie Pseudobathylagus milleri.

Segundo a narração do vídeo, feita por Bruce Robinson, cientista do Instituto de Pesquisa do Aquário da Baía de Monterey, o invertebrado imobilizou o vertebrado em uma área marinha muito profunda e escura, longe dos olhos humanos.

No vídeo, o peixe tenta se desvencilhar das “garras” da lula, que segue nadando em direção ao fundo do mar, agarrada à presa.

Os tentáculos seguram com força a espinha dorsal do peixe, que tenta escapar sacudindo seu corpo, o que é perceptível na gravação.

O molusco o prendeu de uma maneira tão forte que não foi possível o peixe fugir — e acabou virando alimento da lula. Veja o vídeo (em inglês).

De acordo com o professor José Eduardo Marian, do Departamento de Zoologia da Universidade de São Paulo (USP), lulas são predadores vorazes, que se alimentam principalmente de peixes e crustáceos. Quando localiza sua presa (no caso do vídeo, um peixe), este molusco utiliza um par de tentáculos dotados de ventosas para capturá-la.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 22 de janeiro de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , , ,

Vai lá, finaliza com um mortal…

Fonte: ahnegao.com.br

 
Deixe um comentário

Publicado por em 17 de janeiro de 2014 em Tecnologia

 

Tags: ,

Ecossistema marinho está ameaçado por ‘combinação mortal’, diz estudo

À esquerda, mergulhador durante monitoramento de recifes de corais. À direita, corais saudáveis e branqueados em Maracajau (RN). Da frente para trás as espécies são 'Porites astreoides' (a amarela da frente), 'Siderastrea stellata' (de cor rosa) e no meio (Foto: Divulgação/Zaira Matheus)Combinação de acidificação, aquecimento e declínio do nível de oxigênio ameaça oceanos, apontam cientistas. Nas imagens, recifes de corais afetados pela acidificação (Foto: Divulgação/Zaira Matheus)

Os oceanos do mundo estão diante de uma ameaça maior do que se supunha anteriormente, proveniente de um “trio mortal” composto por aquecimento global, nível de oxigênio em declínio e acidificação, informou um estudo internacional divulgado nesta quinta-feira (3).

“Os riscos ao oceano e aos ecossistemas que ele apoia vêm sendo subestimados de forma significativa”, segundo o Programa Internacional sobre o Estado do Oceano (Ipso, na sigla em inglês), um grupo não governamental de cientistas.

“A escala e a velocidade da perturbação de carbono atual, e a resultante acidificação do oceano, são inéditas na história conhecida da Terra”, segundo o relatório feito com a União Internacional para a Conservação da Natureza.

Os oceanos estão se aquecendo por causa do calor resultante do acúmulo de gases do efeito-estufa na atmosfera. Fertilizantes e esgoto que vão parar nos mares podem provocar a proliferação de algas, reduzindo os níveis de oxigênio nas águas.

E o dióxido de carbono no ar pode formar um ácido fraco quando reage com a água do mar. “O ‘trio mortal’ de acidificação, aquecimento e desoxigenação está afetando gravemente a produtividade e a eficiência do oceano”, diz o estudo.

Alex Rogers, da Universidade de Oxford, diretor científico do Ipso, disse que os cientistas estavam descobrindo que as ameaças aos oceanos, dos impactos de carbono à pesca predatória, estavam se misturando. “Estamos vendo impactos em todo o mundo”, ele disse.

Extinções
Condições atuais nos oceanos eram similares às de 55 milhões de anos atrás, conhecidas como máximo térmico Paleoceno-Eoceno, que levaram a extinções em massa. Mas o ritmo atual da mudança está mais rápido e significa maiores tensões, disse Roger.

A acidificação, por exemplo, ameaça os organismos marinhos que usam carbonato de cálcio para formar seus esqueletos -como os recifes de corais, caranguejos, ostras e alguns plânctons vitais para as redes alimentares marinhas.

Enquanto que o aquecimento empurra muitos cardumes de peixes comerciais para os polos e eleva o risco de extinção para algumas espécies marinhas. Os corais podem parar de crescer se as temperaturas subirem até 2 ºC e correm risco de dissolverem em um ambiente com 3 ºC, disse o estudo.

Os cientistas disseram que as descobertas acrescentaram urgência a um plano de quase 200 governos para chegar a um acordo até o final de 2015 para limitar um aumento na média das temperaturas mundiais para menos do que 2 ºC acima da era pré-industrial.

Fonte G1

 
1 comentário

Publicado por em 4 de outubro de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

Ecossistema marinho está ameaçado por ‘combinação mortal’, diz estudo

À esquerda, mergulhador durante monitoramento de recifes de corais. À direita, corais saudáveis e branqueados em Maracajau (RN). Da frente para trás as espécies são 'Porites astreoides' (a amarela da frente), 'Siderastrea stellata' (de cor rosa) e no meio (Foto: Divulgação/Zaira Matheus)Combinação de acidificação, aquecimento e declínio do nível de oxigênio ameaça oceanos, apontam cientistas. Nas imagens, recifes de corais afetados pela acidificação (Foto: Divulgação/Zaira Matheus)

Os oceanos do mundo estão diante de uma ameaça maior do que se supunha anteriormente, proveniente de um “trio mortal” composto por aquecimento global, nível de oxigênio em declínio e acidificação, informou um estudo internacional divulgado nesta quinta-feira (3).

“Os riscos ao oceano e aos ecossistemas que ele apoia vêm sendo subestimados de forma significativa”, segundo o Programa Internacional sobre o Estado do Oceano (Ipso, na sigla em inglês), um grupo não governamental de cientistas.

“A escala e a velocidade da perturbação de carbono atual, e a resultante acidificação do oceano, são inéditas na história conhecida da Terra”, segundo o relatório feito com a União Internacional para a Conservação da Natureza.

Os oceanos estão se aquecendo por causa do calor resultante do acúmulo de gases do efeito-estufa na atmosfera. Fertilizantes e esgoto que vão parar nos mares podem provocar a proliferação de algas, reduzindo os níveis de oxigênio nas águas.

E o dióxido de carbono no ar pode formar um ácido fraco quando reage com a água do mar. “O ‘trio mortal’ de acidificação, aquecimento e desoxigenação está afetando gravemente a produtividade e a eficiência do oceano”, diz o estudo.

Alex Rogers, da Universidade de Oxford, diretor científico do Ipso, disse que os cientistas estavam descobrindo que as ameaças aos oceanos, dos impactos de carbono à pesca predatória, estavam se misturando. “Estamos vendo impactos em todo o mundo”, ele disse.

Extinções
Condições atuais nos oceanos eram similares às de 55 milhões de anos atrás, conhecidas como máximo térmico Paleoceno-Eoceno, que levaram a extinções em massa. Mas o ritmo atual da mudança está mais rápido e significa maiores tensões, disse Roger.

A acidificação, por exemplo, ameaça os organismos marinhos que usam carbonato de cálcio para formar seus esqueletos -como os recifes de corais, caranguejos, ostras e alguns plânctons vitais para as redes alimentares marinhas.

Enquanto que o aquecimento empurra muitos cardumes de peixes comerciais para os polos e eleva o risco de extinção para algumas espécies marinhas. Os corais podem parar de crescer se as temperaturas subirem até 2 ºC e correm risco de dissolverem em um ambiente com 3 ºC, disse o estudo.

Os cientistas disseram que as descobertas acrescentaram urgência a um plano de quase 200 governos para chegar a um acordo até o final de 2015 para limitar um aumento na média das temperaturas mundiais para menos do que 2 ºC acima da era pré-industrial.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 3 de outubro de 2013 em Brasil

 

Tags: , , , , ,