RSS

Arquivo da tag: Ministrio

Ministério israelense da Defesa sofre ataque de ‘hackers’

‘Hackers’ atacaram vários computadores de Israel, um deles pertencentes ao Ministério da Defesa e empregado do departamento de questões civis da Cisjordânia ocupada, informou nesta segunda-feira (27) um especialista israelense.

‘No início do mês foram enviados mensagens a um certo número de empresas em Israel, inclusive organismos de segurança’, disse à rádio militar Aviv Raff, chefe do organismo israelense de luta contra ciberataques.

‘Havia um documento adjunto e quem o abria se infectava por um vírus, um cavalo de Troia que permitia aos ‘hackers’ controlar estes computadores. Um dos computadores pertencia à administração civil’, disse, em alusão a este departamento do Ministério da Defesa, gerido por militares.

Ao ser perguntado sobre este ataque, o exército informou em um comunicado que ‘a informação está sendo verificada’.

Raff não especificou a origem do ataque, mas a rádio informou que procedia ‘aparentemente de Gaza’, enclave palestino governado pelo movimento islamita Hamas.

A rádio acrescentou que o vírus havia atacado 15 computadores israelenses e que só tinha afetado à rede da Administração Civil.

As webs oficiais da bolsa de Tel Aviv e da companhia aérea El Al foram alvo de uma campanha de pirataria contra Israel em janeiro de 2012, em uma ciberofensiva reivindicada por ‘hackers’ que se diziam sauditas ou palestinos de Gaza.

View the original article here

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 30 de janeiro de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

Manifestantes ocupam prédio do Ministério da Justiça na Ucrânia

Manifestante é visto em barricada no centro de Kiev, na Ucrânia, neste domingo (Foto: Konstantin Chernichkin/Reuters)Manifestante é visto em barricada no centro de Kiev, na Ucrânia, neste domingo (Foto: Konstantin Chernichkin/Reuters)

Dezenas de manifestantes assumiram o controle do Ministério da Justiça, no centro de Kiev, na Ucrânia, neste domingo (26). Não houve resistência à entrada do grupo, pois apenas três vigias estavam no local no momento da invasão.

O edifício é localizado a poucos metros da área de capital ucraniana ocupada pelos manifestantes. Após entrar, eles protegeram a entrada com lixeiras.

Segundo um manifestante que não não quis se identificar falou à agência de notícias AFP, os quatro andares do Ministério estão agora nas mãos do grupo. Na segunda-feira, os funcionários poderão buscar documentos, mas não trabalhar no local.

Na noite deste sabado (25), manifestantes atacaram o prédio da Casa Ucraniana no centro de Kiev, dando fim à breve trégua após as negociações do governo com os líderes opositores não avançarem. O grupo quebrou as vidraças do edifício e lançou coquetéis molotov e bombas em seu interior, o que provocou incêndios.

Ainda no sábado, a oposição ucraniana rejeitou a proposta do presidente, Viktor Yanukovich, de assumir o cargo de primeiro-ministro para terminar a crise provocada pelos protestos anti-governo.

De acordo com a agência EFE, o líder da oposição Arseni Yatsneniuk substituiria o atual primeiro-ministro Mykola Azarov. O presidente também ofereceu ao ex-boxeador Vitali Klitschko o cargo de vice-primeiro-ministro de Assuntos Humanitários.

O presidente Yanukovitch recebeu os líderes da oposição numa tentativa de realizar novas negociações depois do aumento da tensão na capital.

Aumento da tensão
A tensão aumentou na noite desta sexta-feira (24) e madrugada de sábado em Kiev, onde foram registrados novos embates entre manifestantes e policiais nos mesmos lugares varridos por violentos choques esta semana.

Os manifestantes voltaram a queimar pneus, alimentando a barricada que os separa há dias das forças do Batalhão de Choque, nas imediações do estádio do Dínamo de Kiev. Imagens transmitidas por uma emissora local mostravam bastante fumaça na rua Gruchevski.

Em um comunicado, o Ministério do Interior denunciou a atitude dos manifestantes, que “voltaram a provocar a polícia”. O governo e a oposição haviam acertado uma trégua de algumas horas na quinta-feira (23) para uma negociação, que não teve resultados positivos.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 28 de janeiro de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , ,

Ministério da Defesa de Israel sofre ataque de hackers

Hackers atacaram vários computadores de Israel, um deles pertencente ao ministério da Defesa e utilizado pelo departamento de questões civis da Cisjordânia ocupada, indicou nesta segunda-feira (27) um especialista israelense.

“No início do mês foram enviados e-mails a um certo número de empresas em Israel, incluindo organismos de segurança”, declarou à rádio militar Aviv Raff, chefe do organismo israelense de luta contra ciberataques.

“Havia um documento em anexo e quem o abria se infectava por um vírus, um cavalo de Troia que permitia que os hackers controlassem estes computadores. Um dos computadores pertencia à administração civil”, disse, em referência a este departamento do ministério da Defesa, gerido por militares.

Ao ser perguntado sobre este ataque, o exército indicou em um comunicado enviado à AFP que “esta informação está sendo verificada”.

Raff não especificou a origem do ataque, mas a rádio indicou que procedia “aparentemente de Gaza”, enclave palestino governado pelo movimento islamita palestino Hamas.

A rádio acrescentou que o vírus havia atacado 15 computadores israelenses e que só havia afetado a rede da Administração Civil.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 28 de janeiro de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , ,

Ministério da Defesa de Israel sofre ataque de hackers

Hackers atacaram vários computadores de Israel, um deles pertencente ao ministério da Defesa e utilizado pelo departamento de questões civis da Cisjordânia ocupada, indicou nesta segunda-feira (27) um especialista israelense.

“No início do mês foram enviados e-mails a um certo número de empresas em Israel, incluindo organismos de segurança”, declarou à rádio militar Aviv Raff, chefe do organismo israelense de luta contra ciberataques.

“Havia um documento em anexo e quem o abria se infectava por um vírus, um cavalo de Troia que permitia que os hackers controlassem estes computadores. Um dos computadores pertencia à administração civil”, disse, em referência a este departamento do ministério da Defesa, gerido por militares.

Ao ser perguntado sobre este ataque, o exército indicou em um comunicado enviado à AFP que “esta informação está sendo verificada”.

Raff não especificou a origem do ataque, mas a rádio indicou que procedia “aparentemente de Gaza”, enclave palestino governado pelo movimento islamita palestino Hamas.

A rádio acrescentou que o vírus havia atacado 15 computadores israelenses e que só havia afetado a rede da Administração Civil.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 27 de janeiro de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

Brasil concedeu naturalização a 1.587 estrangeiros em 2013, diz ministério

Durante o ano de 2013, o governo brasileiro concedeu naturalização a 1.587 estrangeiros residentes no país, informou nesta quarta-feira (15) o Ministério da Justiça, responsável pelo processo. Trata-se da segunda maior quantidade registrada nos último oito anos, conforme balanço divulgado pela pasta.

Desde 2006, já foram naturalizados no país 9.133 estrangeiros. O ano com maior número de registros, desde então, foi 2010, com 2.116 estrangeiros naturalizados.

Em 2012, 1.192 naturalizações. O aumento registrado em 2013 deve-se, segundo o Ministério da Justiça, à “desburocratização dos pedidos e da própria análise do Departamento de Estrangeiros da Secretaria Nacional de Justiça”.

Conforme a Constituição, podem obter nacionalidade brasileira estrangeiros que residem no país há mais de quinze anos ininterruptos e sem condenação penal. Estrangeiros de países de língua portuguesa precisam comprovar morada no Brasil por apenas um ano.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 16 de janeiro de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , ,

Maduro renova parte do ministério na Venezuela

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, durante encontro com prefeitos nesta quarta-feira (8) em Caracas (Foto: AFP)O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, durante encontro com prefeitos nesta quarta-feira (8) em Caracas (Foto: AFP)

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, anunciou nesta quinta-feira (9) “ajustes necessários” no gabinete ministerial, após receber a renúncia de seus ministros para facilitar a renovação do governo.

Após a renúncia em bloco do gabinete, durante a tarde, Maduro confirmou a permanência dos ministros da Justiça, Miguel Rodríguez, Defesa, almirante Carmen Meléndez, Comunicação, Delcy Rodríguez, e da Mulher, Andreína Tarazona, além de parte do Comando Estratégico Operacional.

O presidente designou Antonio El Potro Álvarez para a pasta dos Esportes, Héctor Rodríguez – ex-ministro da Juventude – para o ministério da Educação Superior; e o general Wilmer Barrientos – ex-secretário da Presidência – para o ministério da Indústria.

“São movimentos necessários para ajustar, melhorar a marcha (…) ajustes para seguir com a luta pela paz em nossa pátria e fortalecer nossa Venezuela amada e querida”, afirmou Maduro.

Durante a tarde, Maduro havia recebido “as cartas de todos os ministros entregando os cargos para facilitar a renovação do governo neste ano que se inicia”.

Maduro venceu a eleição de abril com uma estreita margem de votos – apenas 1,5% dos votos. O resultado das urnas é, até hoje, contestado pela oposição.

Seu primeiro ano de governo foi marcado por um forte aumento da inflação, que encerrou o ano em 56%; pelo aumento do dólar no mercado paralelo ilegal até superar em dez vezes a cotação oficial; além de uma crise no abastecimento. Todos esses problemas foram definidos pelo governo como fruto de “uma guerra econômica da burguesia”.

O anúncio de Maduro foi feito em um momento de comoção nacional pelo assassinato da ex-miss e atriz Mónica Spear e de seu marido, Thomas Berry, em um país com uma das taxas de homicídios mais altas do mundo.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 11 de janeiro de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , ,

Iraque executa 23 pessoas em dois dias, diz ministério da Justiça

O Iraque executou 23 pessoas em dois dias de setembro, a maioria delas condenadas por terrorismo, declarou nesta terça-feira um porta-voz do ministério da Justiça.

Vinte dos 23 condenados eram membros da Al-Qaeda ou estavam envolvidos de alguma forma com terrorismo, enquanto os outros três foram condenados por acusações criminais não especificadas, declarou o porta-voz.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 2 de outubro de 2013 em Brasil

 

Tags: , , , ,