RSS

Arquivo da tag: Metro

Pescadores australianos capturam tubarão de 1,8 metro em rio

Dois pescadores australianos capturaram um tubarão-cabeça-chata de 1,8 metro e 60 quilos no mês passado no rio Collie, na Austrália.

Pescadores australianos capturaram tubarão-cabeça-chata de 1,8 metro no rio Collie (Foto: Reprodução/YouTube/Mick's Best)Pescadores australianos capturaram tubarão-cabeça-chata de 1,8 metro no rio Collie (Foto: Reprodução/YouTube/Mick’s Best)

Um dos pescadores disse acreditar que o rio esteja infestado de tubarões. “Um colega capturou outro cerca de quinze dias atrás”, disse ele.

Em 2002, um homem de 32 anos foi atacado por um tubarão enquanto nadava no rio.

O tubarão-cabeça-chata, também conhecido como tubarão-touro, pode viver tanto na água salgada quanto doce.

View the original article here

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 9 de fevereiro de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,

Filhote de peixe-boi com 1,89 metro é encontrado morto no litoral do Piauí

Um filhote de peixe-boi marinho foi encontrado na praia de Barra Grande, no Piauí (Foto: Projeto Biomade patrocínio Petrobras)Filhote de peixe-boi marinho foi achado em Barra Grande no Piauí (Foto: Biomade)

Pescadores encontraram um filhote de peixe-boi marinho morto na praia de Barra Grande, município de Cajueiro da Praia, Litoral do Piauí. Técnicos do projeto Biomade e Manati/Aquasis foram acionados e revelaram que no estômago do filhote havia fios de seda, material utilizado para confeccionar cordas de embarcações. O animal que possui 1,89 metro de comprimento é do sexo feminino e foi resgatado já em alto estado de decomposição.

Filhote de peixe-boi é do sexo feminino e possui 1.89 metros de comprimento (Foto: Projeto Biomade patrocínio Petrobras)Filhote é do sexo feminino e possui 1.89 metros
(Foto: Projeto Biomade patrocínio Petrobras)

De acordo com Edlanye Mendes, coordenadora de campo do projeto Biomade, os fios de seda foram encontrados após necropsia.  Edlanye Mendes disse ainda que não é comum encontrar peixe-boi no Litoral do Piauí. Segundo ela, o último registro deste tipo de encalhe aconteceu em 2005.

“No Brasil há apenas 500 peixes-boi. Um estudo mostrou que existem na área do litoral piauiense apenas 16 animais. Isso porque o habitat natural deles está mudando. A maioria dos casos de encalhe acontecem com filhotes porque as mães precisam procurar alimentação e eles não conseguem acompanhá-las neste trajeto. Como os filhotes de peixes-boi são muito pequenos, eles não têm condições de se alimentar sozinhos e ficam fracos, logo são facilmente jogados para a praia pela maré alta”, explicou.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 8 de fevereiro de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

Americana leva susto ao encontrar jiboia de 1,2 metro no sofá

A americana Holly Wright, que mora em Grand Rapids, no estado de Michigan (EUA), levou um susto ao encontrar uma jiboia de 1,2 metro em seu sofá, segundo a emissora de TV “WZZM”.

Mulher levou susto ao encontrar uma jiboia de 1,2 metro em seu sofá (Foto: Reprodução/YouTube/WZZM)Mulher levou susto ao encontrar uma jiboia de 1,2 metro em seu sofá (Foto: Reprodução/YouTube/WZZM)

“A cobra estava morando no sofá havia uns dois meses e não tinha ideia”, disse Holly Wright, que ficou apavorada ao se deparar com o réptil. “Parecia muito grande”, destacou ela.

Holly contou que encontrou o sofá usado abandonado no meio-fio e o levou para casa, pois o móvel ainda estava em bom estado.

Caso ocorreu em Grand Rapids, no estado de Michigan (Foto: Reprodução/YouTube/WZZM)Caso ocorreu em Grand Rapids, no estado de Michigan (Foto: Reprodução/YouTube/WZZM)

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 10 de janeiro de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,

Jacaré de 1 metro é capturado em área militar de Brasília

Jacaré que foi encontrado em área militar do Lago Sul (Foto: Israel Laurindo de Souza/Polícia Ambiental/Divulgação)Jacaré que foi encontrado em área militar do Lago Sul (Foto: Israel Laurindo de Souza/Polícia Ambiental/Divulgação)

Homens do Batalhão de Polícia Ambiental capturaram na noite deste sábado (4) um jacaré na área do 6º Comando Aéreo Regional (Comar), no Lago Sul. O animal mede cerca de 1 metro e tem aproximadamente 3 anos, segundo a corporação.

O jacaré foi levado para a triagem do batalhão ambiental da Candangolândia e deve seguir nesta segunda-feira (6) para o Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas), do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

A Polícia Ambiental informou que é o animal, que costuma viver às margens do Lago Paranoá, chegou ao local depois de subir por uma tubulação.

No final de novembro foi capturado um filhote de jacaré de 15 centímetros em uma residência na Cidade Estrutural. Segundo a Polícia Ambiental, foi constatado que o animal era criado pelo proprietário da casa.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 10 de janeiro de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,

Tubarão de cerca de 1,5 metro é flagrado em rio no Reino Unido

Um tubarão de cerca de 1,5 metro foi flagrado no rio Stour, perto de Suffolk, no Reino Unido. A visita ilustre atraiu dezenas de pessoas. Um usuário identificado como “MustSee” publicou um vídeo no YouTube que mostra o tubarão nadando no rio.

Tubarão de cerca de 1,5 metro foi flagrado no rio Stour (Foto: Reprodução/YouTube/MustSee)Tubarão de cerca de 1,5 metro foi flagrado no rio Stour (Foto: Reprodução/YouTube/MustSee)

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 6 de setembro de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

Tubarão de cerca de 1,5 metro é flagrado em rio no Reino Unido

AppId is over the quota
AppId is over the quota

Um tubarão de cerca de 1,5 metro foi flagrado no rio Stour, perto de Suffolk, no Reino Unido. A visita ilustre atraiu dezenas de pessoas. Um usuário identificado como “MustSee” publicou um vídeo no YouTube que mostra o tubarão nadando no rio.

Tubarão de cerca de 1,5 metro foi flagrado no rio Stour (Foto: Reprodução/YouTube/MustSee)Tubarão de cerca de 1,5 metro foi flagrado no rio Stour (Foto: Reprodução/YouTube/MustSee)

View the original article here

 
1 comentário

Publicado por em 3 de setembro de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

Cobra de 1,5 metro dentro de casa assusta morador de São Sebastião

Cobra de 1,5 metro dentro de casa assusta morador de São Sebastião (Foto: Arquivo Pessoal/ Jorge Mesquita)Cobra deu trabalho para integrante da Defesa Civil em São Sebastião. (Foto: Jorge Mesquita/Arquivo Pessoal)

Um morador de Maresias, na costa sul de São Sebastião(SP), tomou um susto no início da tarde desta terça-feira (20) ao encontrar uma cobra da espécie caninana (Spilotes pullatus), de cerca de um metro e meio e 400 gramas, rastejando dentro de sua casa. O morador disse que é pelo menos a quarta vez que encontra uma cobra em seu imóvel e que, apesar do susto, ninguém ficou ferido. (veja o vídeo acima)

Segundo o fotógrafo Jorge Eduardo Mesquita, de 29 anos, o flagrante aconteceu no início desta terça-feira, quando ele se preparava para ir ao trabalho. “Estava me arrumando, de repente ouvi um barulho e vi ela andando entre a louça na pia, depois para trás da geladeira. Aí eu fiquei de olho. Fiquei com medo de matar por ela ser muito grande, mas conhecia a espécie e sabia que não era venenosa”, explicou ao G1.

Para retirar o animal o fotógrafo acionou a Defesa Civil, mas se surpreendeu ao ver que o órgão não tinha equipamento necessário para remover o animal. “Pensei que eles tivesse o equipamento, mas o rapaz tirou com o cabo de rastelo. Acabou jogando no mato, mas fico com receio dela voltar de novo. Não queria jogar perto de casa, mas como não tinha equipamento não tinha como levar ela embora”, disse.

O morador disse ainda que não é a primeira vez que encontra cobras em casa. “No inverno aparece com mais frequência. Já tinha visto umas duas vezes no quintal, dentro de casa apareceu uma vez, uma jararaca pequena”.

Por telefone, o chefe da Defesa Civil de São Sebastião, Carlos Eduardo dos Santos, informou que o órgão possui equipamentos para fazer a remoção de cobras, mas eles não foram usados pelo fato da espécie não ser peçonhenta. “Não precisa de equipamento para tirar. Ali ele usou o rastelo para não haver contato com a cobra, mas temos laço, pinça para retirar o animal que é peçonhento. Assim que tira colocamos em uma caixa e mandamos para o Instituto Butantã”, explicou.

Sobre a conduta do funcionário da Defesa Civil, o chefe do órgão disse que ainda não tinha sido informado sobre o método usado por ele (de arremessar a cobra em um terreno baldio), mas que a forma usada não traz prejuízos. “Não é normal, mas não é uma coisa que machuque o animal e não traz nenhum problema para a população”, disse Santos.

A Defesa Civil da cidade informou ainda que o aparecimento de cobras na região é comum e, por mês, oito cobras são retiradas de residências na cidade, sendo de duas a três peçonhentas.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 22 de agosto de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,