RSS

Arquivo da tag: Maior

Na maior fusão de internet da China, Alibaba comprará UCWeb

A chinesa Alibaba, a maior empresa de varejo on-line do mundo, vai adquirir integralmente a desenvolvedora de navegadores de internet para dispositivos móveis UCWeb, também chinesa. Essa é considerada a maior fusão da história do setor de internet na China, e aumenta as armas da Alibaba em sua batalha com as arquirrivais Tencent e Baidu.

A compra dos 30% da UCWeb que a Alibaba ainda não detinha evidencia a investida da companhia em negócios que envolvam tecnologias para dispositivos móveis no maior mercado de smartphones do mundo.

“Essa integração irá criar a maior fusão da história da Internet da China”, informou a Alibaba em seu microblog. A companhia afirma que a operação será maior do que a aquisição do 91 Wireless pelo Baidu por US$ 1,9 bilhão, realizada no ano passado. Isso avalia a compra de cerca de um terço da UCWeb em mais de US$ 630 milhões, de acordo com cálculos da Reuters.

A título de comparação, no maior negócio no mercado de tecnologia dos EUA do ano, o Facebook comprou o aplicativo de mensagens WhatsApp por US$ 16 bilhões, em um negócio que pode chegar a US$ 19 bilhões.

A compra da UCWeb ocorre depois de a Alibaba fazer uma série de aquisições, como a de 50% do time de futebol mais bem-sucedido da China. Quando o acordo for concluído, a Alibaba, fundada por Jack Ma, terá desembolsado quase US$ 6 bilhões desde o começo do ano.

“Jack Ma precisa fazer todo o possível para ampliar sua presença no espaço de dispositivos móveis”, disse o diretor-gerente da RedTech Advisors em Xangai, Michael Clendenin.

As aquisições da Alibaba e suas afiliadas desde o começo de 2013 totalizam ao menos US$ 9,9 bilhões, segundo cálculos da Reuters. O Baidu gastou mais de US$ 2,4 bilhões em aquisições no mesmo período, enquanto a Tencent gastou mais de US$ 1,9 bilhão.

A Alibaba e a UCWeb vão formar o UCWeb Mobile Business Group, responsável por navegadores de Internet, serviços de busca, serviços baseados em localização, plataforma de jogos em dispositivos móveis, distribuição de aplicativos e serviços de literatura móvel, disse a UCWeb em um comunicado.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 14 de junho de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

Tempo do Brasil no Facebook é maior que de México e Argentina na internet

Conheça os tipos de amigos mais excluídos no Facebook (Foto: Reuters)Brasileiro gasta mais tempo no Facebook do que mexicanos e argentinos passam navegando na internet durante o mês (Foto: Reuters)

Os brasileiros gastam mais tempo no Facebook do que o período que mexicanos e argentinos passam navegando na internet por dia, de acordo com um estudo da consultoria comScore.

Composto por dados de fevereiro, o relatório “2014 Brazil Digital Future in Focus” mostra que os brasileiros passam 46 minutos na rede social por dia, enquanto os internautas do México e Argentina juntos somam 44,7 minutos na rede. Por mês, os brasileiros passam 12,9 horas curtindo e compartilhando postagens de seus amigos em redes sociais, mais do que o dobro do período médio do resto do mundo, de 5,7 horas.

Rede social LinkedIn tem 135 milhões de usuários no mundo (Foto: Divulgação)Rede social LinkedIn tem 135 milhões de usuários
no mundo (Foto: Divulgação)

O Facebook continua a ser o maior site do gênero no país. Mas houve uma dança das cadeiras nas posições subsequentes. O Twitter perdeu o posto de segunda rede social mais utilizada pelos brasileiros para o LinkedIn.

A rede social de contatos profissionais possui 11,8 milhões de visitas únicas. O número é suficiente para desbancar o Twitter, que possui 11,3 milhões. O Facebook ainda é de longe a maior mídia social do país, com 65,9 milhões de visitantes únicos. Completam a lista o Tumblr, do Yahoo, com 7,9 milhões, Ask.fm (5 milhões), Orkut, do Google (4,8 milhões), Badoo (3,1 milhões) e Yahoo Profile (2,7 milhões).

Segundo a comScore, os jovens se concentram no site de perguntas e respostas Aks.fm. A média de idade dos usuários do serviço é a menor de todas, de 21 anos. A do Yahoo Profile é a maior, de 38anos. As outras são: Facebook (30,2 anos), LinkdedIn (32,9 anos), Twitter (27 anos), Tumblr (24,8 anos), Orkut (30,4 anos) e Badoo (34,7 anos).

Quando a análise é feita sobre a dedicação despendida a sites desse gênero, a predominância do site de Mark Zuckerberg é enorme. Do tempo usado para navegar em redes social, 97,8% é gasto checando as atualizações, fotos dos amigos e outras postagens no Facebook. O Twitter fica com 0,7% do tempo com mídias sociais, o Tumblr, com 0,6%, o Ask.fm, com 0,5%, o Orkut, com 0,3%, e o LinkedIn, com 0,2%.

Tempo on-line
O maior tempo gasto em redes sociais ocorre porque os internautas brasileiros passam mais tempo na rede. Enquanto a média ao redor do mundo é passar 22,7 horas por mês conectado, no Brasil, o comum é acessar a rede mensalmente por 29,7 horas.

Além de passar muito tempo com os olhos grudados em computadores, tablets e smartphones, o brasileiro compõe um batalhão de internautas. O país possui a quinta maior audiência on-line, com 68 milhões de visitantes únicos, o que representa 40% de toda a população conectada na América Latina. China, EUA, Índia e Japão são, nessa ordem, os quatro maiores países on-line. Rússia, Alemanha, França, Reino Unido e Itália completam o top 10.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 31 de maio de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , , ,

Após agredir Rihanna, Chris Brown viola condicional e tem pena maior

AppId is over the quota
AppId is over the quota
Chris Brown durante audiência em Los Angeles, no dia 17 de março de 2014 (Foto: Reuters/Lucy Nicholson)Chris Brown durante audiência em Los Angeles, em
17 de março de 2014 (Foto: Reuters/Lucy Nicholson)

Chris Brown foi condenado nesta sexta-feira (9) a ficar mais 131 dias na cadeia por violar a condicional no caso de agressão a Rihanna. Ele agrediu a cantora, sua ex-namorada, em 2009. No final de 2013, ele se envolveu em uma briga com um fotógrafo. Ele voltou a ser julgado nesta sexta-feira e o juiz considerou que ele desrespeitou a condicional e deve ficar mais tempo atrás das grades.

O cantor já estava detido. No final de 2013, ele ficou internado em uma clínica de desintoxicação. Nesta sexta-feira, o juiz também ordenou que Chris Brown faça terapia psicológica duas vezes por semana.

Chris Brown e seu segurança são acusados de agredir o fotógrafo Parker Adams, que tentou fotografar o astro acompanhado de duas mulheres na porta de um hotel, em 27 de outubro de 2013.

Brown foi condenado em 2009 a 180 dias de trabalho comunitário e a cinco anos de liberdade condicional pela agressão contra Rihanna.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 14 de maio de 2014 em Música

 

Tags: , , , , , ,

Formiga carrega inseto maior do que ela mesma na Alemanha

AppId is over the quota
AppId is over the quota

12/05/2014 08h51 – Atualizado em 12/05/2014 08h51

Uma formiga foi fotografada no domingo (11) pelo alemão Karl-Josef Hildenbrand enquanto transportava um inseto muito maior em Kaufbeuren, na Alemanha (Foto: Karl-Josef Hildenbrand/DPA/AFP)Uma formiga foi fotografada pelo alemão Karl-Josef Hildenbrand enquanto transportava um inseto maior do que ela mesma, no domingo (11), em Kaufbeuren, na Alemanha (Foto: Karl-Josef Hildenbrand/DPA/AFP)

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 14 de maio de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

Alibaba envia prospecto nos EUA e pode ser maior IPO de tecnologia

A Alibaba deu a investidores uma visão mais próxima da escala e do crescimento da gigante chinesa de comércio eletrônico num prospecto de uma oferta pública inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) enviado na terça-feira (6), o primeiro passo do que pode ser a maior estreia de tecnologia da história.

A expectativa é de que a Alibaba Group Holding, que está por trás de 80% de todo o comércio on-line na segunda maior economia do mundo, levante mais de US$ 15 bilhões e pode superar os US$ 16 bilhões captados pelo Facebook quando fez sua estreia em 2012.

A Alibaba vai estrear em 2014 em um mercado no qual ações mais quentes de tecnologia como Twitter e Amazon têm caído nas últimas semanas em uma venda generalizada que dividiu analistas e investidores, revivendo dúvidas sobre a disparada da valorização de companhias de tecnologia.

Ainda assim, as estimativas do valor de mercado da Alibaba tem subido nos últimos meses, para até acima de US$ 200 bilhões, destacando a ansiedade de Wall Street em testar uma companhia chinesa gigante com crescimento robusto.

A Alibaba manejou mais de 1,5 trilhão de iuanes, cerca de US$ 248 bilhões, em transações para 231 milhões de usuários ativos em seus três mercados on-line chineses em 2013, mais do que a Amazon e o eBay combinados. A Alibaba conseguiu isso com 20.884 funcionários em tempo integral, menos do que o eBay.

“Caso consiga transpor esse tipo de força para fora da China, ela tem o potencial de se tornar uma verdadeira gigante global do comércio eletrônico”, disse Roger Entner, analista chefe e fundador da Recon Analytics. “Todos pensavam que a Amazon poderia conseguir, mas agora temos que repensar a Amazon à luz de ser a companhia mais bem sucedida neste campo nos Estados Unidos — mas não no mundo”.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 10 de maio de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,

Gates perde o posto de maior acionista individual da Microsoft

Fortuna de Bill Gates está avaliada pela Bloomberg em US$ 72,7 bilhões (Foto: Reuters)Fortuna de Bill Gates está avaliada pela Bloomberg em
mais de US$ 79 bilhões (Foto: Reuters)

O norte-americano Bill Gates, homem mais rico do mundo, deixou de ser o maior acionista individual da Microsoft, empresa fundada em 1975 por ele e seu colega de escola Paul Allen. O título de maior acionista pertence agora ao ex-presidente da companhia, Steve Ballmer, que se aposentou em fevereiro.

Segundo a Forbes, Gates perdeu o posto após ter vendido no dia 30 de abril 4,6 milhões de ações. Com a alienação, Gates agora detém em torno de 330 milhões de ações da Microsoft, já Ballmer tem 333 milhões de ações.

Em entrevista à Bloomberg, o analista da FBR Capital Markets & Co., Daniel Ives, avaliou que o evento é “simbólico” diante do que tem ocorrido no Microsoft ao longo dos últimos 10 anos”, num momento em que a empresa tenta se adaptar à era pós-PC.

Ballmer se juntou à Microsoft como empregado nº 30, em 1980, depois de ter sido convencido por Gates a abandonar a escola de negócios da Universidade de Stanford.

Gates começoiu a reduzir sua representatividade na companhia em 2000 ao entregar o cargo de CEO a Steve Ballmer, e em 2008 deixou de exercer o seu trabalho diário na Microsoft para se concentrar na Fundação Bill & Melinda Gates.

Segundo o ranking de bilionários da Bloomberg, Gates se mantém na 1ª posição com uma fortuna estimada em mais de US$ 79 bilhões. Ballmer aparece na 39ª posição, com US$ 18,9 bilhões.

Segundo a Forbes, Gates possui agora cerca de 4% da empresa, avaliada atualmente em US$ 327 bilhões.

Gates vendeu 20 milhões de ações da Microsoft a cada trimestre pela maior parte dos últimos 12 anos, destaca a Reuters. Caso não haja mudanças no padrão, ele não terá participação direta na companhia daqui a quatro anos.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 7 de maio de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , , ,

DF registra a maior redução no número de orelhões do país

Homem fala ao celular ao lado de orelhão, em Brasília (Foto: Lucas Nanini/G1)Homem fala ao celular ao lado de orelhão em frente à sede da Anatel, em Brasília (Foto: Lucas Nanini/G1)

O Distrito Federal teve uma redução de 48% no número de orelhões nos últimos dez anos, o maior percentual do país, segundo a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). A quantidade de aparelhos caiu de 22.646 unidades, em 2004, para 11.687 hoje.

A redução no DF é superior à média nacional. Levantamento do G1 com base nos dados da Anatel mostra que o país perdeu um terço dos aparelhos em uma década. Eram 1,3 milhão em 2004. Hoje, existem 850 mil.

Goiás aparece em segundo lugar entre as unidades da federação com maior redução no número de orelhões, com 45% de queda – de 51.239 para 27.984 aparelhos. Em terceiro lugar está o Rio de Janeiro, com 42% de diminuição – de 124.064 para 72.099.

Apenas duas unidades da federação tiveram queda abaixo dos 10%. Em Roraima, o número de orelhões foi reduzido de 2.711 para 2.620. Os aparelhos em Rondônia caíram de 7.750 para 7.114.

Em proporção ao número de habitantes, o DF tem 4,1 orelhões para cada grupo de mil moradores, 14º índice do país. A média nacional é de 4,3 aparelhos para cada mil habitantes. A unidade com mais aparelhos em relação à população é Roraima, com 5,3 orelhões para cada mil habitantes. O Amazonas tem o pior índice do país: 3,97 aparelhos para cada mil habitantes.

Orelhão sem manutenção em Taguatinga, no Distrito Federal (Foto: Lucas Nanini/G1)Orelhão sem manutenção em Taguatinga, no Distrito Federal (Foto: Lucas Nanini/G1)

Segundo a Anatel, 413 orelhões encontram-se em manutenção no DF. Em frente à própria agência, um dos aparelhos voltou a funcionar recentemente, segundo um comerciante da região. “Ficou uns quatro meses sem funcionar. Eu até achava que ainda não estava funcionando”, conta.

A Anatel afirma que o número de orelhões diminui à medida em que os aparelhos são menos utilizados. De acordo com a agência, metade dos equipamentos realiza duas chamadas por dia. O avanço da tecnologia, o crescimento no número de usuários de telefones celulares e de internet e novas necessidades de comunicação têm contribuído para o declínio na utilização dos orelhões, diz o órgão.

Eu tinha que buscar uma pessoa que vinha de São Paulo e eu estava sem o celular. Eu precisava falar com ela e não tinha orelhão, que é um bem público e devia ser obrigatório”Luiz Fernando Macedo Bessa, professor

Apesar da menor procura, os usuários ainda precisam recorrer aos telefones públicos. O motorista Kleber Alexandre Barros de Sousa, de Samambaia, diz que deixou de informar a mulher sobre um serviço bancário porque não encontrou orelhão por perto.

“O celular dela tinha dado problema, e eu deixei o meu com ela. Eu disse que iria ligar depois de passar no banco, na 504 Norte. Só que não tinha nenhum orelhão. Perguntei e me disseram que só tinha um duas quadras depois. Eu pensei ‘não vou andar isso tudo’. Deixei que ela [a mulher] pensasse que eu resolvi”, afirma.

O professor Luiz Fernando Macedo Bessa também precisou de um telefone público, mas não encontrou um aparelho quando estava em um shopping da capital. “Eu tinha que buscar uma pessoa que vinha de São Paulo e eu estava sem o celular. Eu precisava falar com ela e não tinha orelhão, que é um bem público e devia ser obrigatório”, diz.

Segundo Bessa, a administração do centro de compras ofereceu um telefone fixo para ele fazer a ligação. “Só se fala com celular [no shopping]. Eu acho uma coisa elitista, um pouco segregado.”

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 7 de maio de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,