RSS

Arquivo da tag: limpo

Arquitetos sugerem ‘bolhas de ar limpo’ para isolar Pequim da poluição

Projeto 'Bolhas' (Foto: BBC)Projeto 'Bolhas' (Foto: BBC)

O céu escuro e poluído já se tornou uma marca da capital chinesa. Na maioria dos dias do ano, Pequim fica encoberta por uma névoa venenosa.

Mas se depender do projeto de um escritório de design e arquitetura, a cidade poderá ter vários “oásis” de ar limpo, com a construção de uma série de domos.

A ideia foi lançada pelo escritório de design e arquitetura londrino Orproject. O projeto “Bolhas” prevê instalar enormes estruturas com vegetação em seu interior, que se encarregaria de regenerar o ar.

Rajat Sodhi, diretor da Orproject na Índia, passou um ano e meio desenvolvendo o conceito com a equipe do escritório na capital chinesa.

“O projeto nasceu a partir da nossa compreensão de que em países em desenvolvimento, especialmente em grandes metrópoles da China e da Índia, a qualidade do ar ultrapassou todos os limites tidos como aceitáveis”, afirma Sodhi.

“Você não pode mais ficar ao ar livre. Hoje em dia, só dá pra ir de um lugar com ar condicionado para outro igual”.

Contaminação
Em março, o índice de contaminação do ar na China chegou a ficar até 20 vezes acima do limite recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) por vários dias.

A poluição causa 1,4 milhão de mortes prematuras por ano no país – e na sua principal metrópole, a situação é ainda pior.

Pequim ficou em penúltimo lugar entre 40 cidades globais numa avaliação de qualidade ambiental da Academia de Ciências Sociais de Xangai, só atrás de Moscou, e foi considerada “imprópria para viver”.

Os domos idealizados por Sodhi e seu time podem atenuar essa situação crítica. Seu design segue padrões encontrados na natureza, como a asa de uma borboleta ou as ranhuras de uma folha.

“Isso permite que a estrutura seja muito estável com uma grande economia de material”, afirma Sodhi.

A cobertura dos domos seria feita com um tipo de plástico leve e com grande durabilidade, que não se decompõe com o tempo.

Críticas
Alguns críticos à ideia a taxam de ‘derrotista’. Por que alguém se dará ao trabalho de limpar o ar de cidades como Pequim se é mais simples criar essas bolhas de ar urbanas?

Outros dizem que se trata de um projeto fora da realidade e que ele levaria à criação de duas categorias de cidadãos em áreas poluídas, porque só os mais ricos teriam acesso aos domos.

Sohdi diz compreender a reação de ambientalistas, mas afirma que sua função não é resolver problemas ambientais.

“Sou um arquiteto que cria ambientes habitáveis”, ele justifica.

Sohdi acrescenta que os domos poderiam ser usados em várias partes do mundo, onde é quente ou frio demais na maior parte do ano, dificultando a estadia em áreas livres.

“Em uma grande parte dos Estados Unidos, foi impossível ficar do lado de fora por causa do frio gerado pelo vortex polar”, diz, citando o fenômeno climático que congelou cidades americanas em uma das piores ondas de frio já vistas, no início do ano.

“Praticamente não havia áreas verdes nas cidades destas regiões, o que faz a qualidade do ar cair porque não ocorre uma regeneração natural.”

As autoridades chinesas ainda não responderam à proposta do escritório de design.

Projeto 'Bolhas' (Foto: BBC)Projeto ‘Bolhas’ (Foto: BBC)

View the original article here

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 30 de abril de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , , ,

As melhores dicas para deixar seu Mac limpo e organizado

Veja como manter o seu computador com espaço livre e arrumado para as tarefas do dia-a-dia.Pensando em como você pode deixar seu Mac mais organizado e “limpo” (não externamente) neste começo de ano, reunimos algumas das melhores dicas aqui da Macworld. Confira abaixo.

1-Arrume seu desktop

Há algum tempo descobri o ótimo aplicativo Desktop Tidy (US$5). Esse útil programa “limpa” o desktop do seu Mac, mantendo-o livre de bagunça. Ele armazena todos os arquivos e pastas do desktop em um Shadow Desktop escondido, que você pode acessar a partir da barra de menu ou no Finder. Assim, todo arquivo que faço download, cada screenshot que capturo, e toda imagem que arrasto e solto no meu desktop é armazenado e arquivado em um local fácil de ser acessado. O utilitário faz sua mágica de forma silenciosa em intervalos agendados – como a cada minuto ou a cada sete dias. Ele até mesmo organiza itens de desktop por tipo de arquivo, o que torna fácil o processo de encontrar e renomear arquivos.

2- Apague imagens de disco desnecessárias

Para a maioria das pessoas, a pasta Downloads é um local de descarregamento onde os arquivos se amontoam em uma pilha esquecida. Vá até a pasta Downloads no Finder e digite “disk image” (imagem de disco) na caixa de busca. Agora, apague todos esses arquivos DMG que estão apenas ocupando espaço no Mac.

3- Esvazie o espaço com downloads do Mail

Como parte do meu trabalho, recebo um bom número de anexos por e-mail – PDFs, e-books em ePub, documentos Word, imagens, o que você quiser. Na maioria das vezes, salvo esses arquivos no meu desktop ou na minha pasta Downloads, mas ocasionalmente cometo o erro de dar um clique duplo sobre um arquivo. Quando você faz isso, o documento salva ele próprio na sua pasta Mail Downloads (downloads do Mail), escondida na sua pasta Library (Biblioteca). Clique duas vezes em um número determinado de arquivos, e essa pasta pode ficar gigante. É por isso que sempre faço a verificação e a esvazio todo ano.

A maneira mais fácil para achar isso é usando o Spotlight – aperte Command+Space para que um campo de busca apareça e então digite Mail Downloads. Clique em Top Hit, que deve ser a pasta Mail Downloads Data. Se isso não funcionar para você, tente chegar pelo caminho mais longo. No Finder, vá em Go > Go to Folder (Ir > Ir para Pasta).

Digite “~/Library/Containers/com.apple.mail/Data/Library/Mail Downloads” no campo de texto. Clique em Go, e uma janela do Finder vai abrir mostrando a pasta Mail Downloads.

maclimpo01.png

Uma vez que chegar à essa pasta, pode selecionar todos os arquivos e apagá-los, ou recuperar aqueles que quiser manter por algum tempo em um local mais permanente – digamos, a pasta normal antiga de Downloads.

4-Mantenha o cache limpo

Todos já ouvimos a dica “Esvazie seu cache” como uma forma de resolver problemas no navegador. Acontece que um Mac armazena muitas informações – não apenas detalhes relacionados ao browser – em arquivos chamados caches, permitindo o acesso rápido a esses dados e reduzindo a necessidade de “buscá-los” na fonte original novamente. Infelizmente, essa informação pode ser corrompida algumas vezes, ou até problemática – por exemplo, você pode acabar vendo dados antigos em vez da versão mais atual do site, ou pode perceber que o ícone de um arquivo não parece muito certo no Finder.

maclimpo02.png

Apesar de você poder encontrar manualmente os diretórios de cache mais comumente usados no OS X (~/Library/Caches é um bom lugar pra começar), muitas ferramentas podem cuidar dessa tarefa para você. Uma delas é o Cocktail, da Maintain, que é uma das mais antigas e melhores. É possível usá-la de graça por 10 vezes – depois disso é preciso pagar o preço de 20 dólares para continuar com o app.

5.Apague aplicativos que não usa

Como alguém que faz review de muitos produtos para a Macworld, sempre testo novos aplicativos e então os apago. Na maioria das vezes, você pode arrastar um aplicativo da pasta Aplicativos para o Lixo, mas normalmente um app cria pastas e arquivos fora do seu “pacote” e em vários locais do disco, o que dificulta a tarefa de encontrar e apagar esses documentos. Por isso, utilizo o AppTrap, um utilitário gratuito que instala um painel de Preferências de Sistema e roda em segundo plano.

Quando você apaga um aplicativo, o AppTrap encontra todos os arquivos e pastas relacionados e os move para o Lixo – não há necessidade de você achar esses arquivos por conta própria.

No entanto, algumas vezes quando seu Mac está atualizando um aplicativo, você quer manter os arquivos associados mas descartar o app antigo. O AppTrap vai te perguntar se você quer deixar os arquivos (o que você quer fazer, nesse caso) ou movê-los para a lixeira. Existem outros utilitários que fazem a mesma função, mas uso o AppTrap há anos e ele nunca me causou nenhum problema ou afetou o desempenho do Mac.

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 19 de junho de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,