RSS

Arquivo da tag: Lampedusa

Número de mortos em naufrágio em Lampedusa passa de 300

Foram recuperados mais de 300 corpos de vítimas do naufrágio da última quinta-feira em frente à ilha italiana de Lampedusa, informou nesta quarta-feira (9) a guarda-costeira da Itália.

O premiê italiano, Enrico Letta, disse que as vítimas terão funerais de Estado.

Ele anunciou a decisão durante entrevista conjunta com o presidente da Comissão Europeia, José Manuel Durão Barroso, com a Comissária Europeia de Assuntos do Interior, Cecilia Malmstrom, e com o ministro italiano do Interior, Angelino Alfano.

Imagem feita neste domingo mostra policiais segurando corpo de vítima do naufrágio ocorrido na última quinta-feira. (Foto: Antonio Parrinello/Reuters)Imagem feita neste domingo mostra policiais segurando corpo de vítima do naufrágio ocorrido na última quinta-feira. (Foto: Antonio Parrinello/Reuters)

Em sua chegada nesta quarta-feira a Lampedusa, Letta e Barroso, acompanhados de Malmstrom e Alfano, foram recebidos com vaias e gritos de “assassinos” pelos moradores locais, revoltados com a tragédia envolvendo os imigrantes ilegais na ilha.

“Vergonha!”, “Assassinos”, gritaram os moradores no aeroporto, agitando fotografias dos imigrantes na direção de Barroso e Letta, comprovou a AFP.

“Deveriam estar envergonhados de si mesmos! Têm que resolver este problema humanitário”, disse um dos manifestantes.

Lampedusa, uma ilha com menos de 6.000 habitantes, critica Roma por não ter uma política de acolhida coerente e a Europa por não ser suficientemente solidária com os imigrantes ilegais que chegam à ilha buscando refúgio.

Fonte G1

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 10 de outubro de 2013 em Brasil

 

Tags: , , , ,

Vítimas de naufrágio em Lampedusa terão funerais de Estado, diz premiê

As vítimas do naufrágio da última quinta-feira (3) em frente à ilha italiana de Lampedusa, que deixou entre mais de 300 mortos, terão direito a funerais de Estado, anunciou nesta quarta-feira o primeiro-ministro italiano, Enrico Letta.

O presidente do Conselho Italiano anunciou esta decisão durante uma coletiva de imprensa conjunta com o presidente da Comissão Europeia, José Manuel Durão Barroso, com a Comissária Europeia de Assuntos do Interior, Cecilia Malmstrom, e com o ministro italiano do Interior, Angelino Alfano.

Imagem feita neste domingo mostra policiais segurando corpo de vítima do naufrágio ocorrido na última quinta-feira. (Foto: Antonio Parrinello/Reuters)Imagem feita neste domingo mostra policiais segurando corpo de vítima do naufrágio ocorrido na última quinta-feira. (Foto: Antonio Parrinello/Reuters)

Em sua chegada nesta quarta-feira a Lampedusa, Letta e Barroso, acompanhados de Malmstrom e Alfano, foram recebidos com vaias e gritos de “assassinos” pelos moradores locais, revoltados com a tragédia envolvendo os imigrantes ilegais na ilha.

“Vergonha!”, “Assassinos”, gritaram os moradores no aeroporto, agitando fotografias dos imigrantes na direção de Barroso e Letta, comprovou a AFP.

“Deveriam estar envergonhados de si mesmos! Têm que resolver este problema humanitário”, disse um dos manifestantes.

Lampedusa, uma ilha com menos de 6.000 habitantes, critica Roma por não ter uma política de acolhida coerente e a Europa por não ser suficientemente solidária com os imigrantes ilegais que chegam à ilha buscando refúgio.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 9 de outubro de 2013 em Brasil

 

Tags: , , , , ,

Itália prossegue com trabalho para retirar corpos em Lampedusa

Mergulhadores italianos retomaram nesta terça-feira (8) o trabalho de recuperação dos corpos das vítimas do naufrágio da última quinta-feira (3) na ilha de Lampedusa.

Na noite de segunda-feira (7), dois barcos, com bandeira do Panamá e Dinamarca, resgataram mais de 400 imigrantes a 100 km da costa siciliana.

“A primeira equipe de mergulhadores acaba de retornar com quatro corpos recuperados entre os destroços da embarcação. Liberaram outros, mas ainda devem ser recuperados”, afirmou Leonardo Ricci, porta-voz da guarda costeira de Lampedusa.

Soldados italianos carregam corpos de vítimas do naufrágio neste domingo (6) em Lampedusa (Foto: Reuters)Soldados italianos carregam corpos de vítimas do naufrágio neste domingo (6) em Lampedusa (Foto: Reuters)

No total, 155 pessoas foram resgatadas com vida das quase 500, principalmente da Eritreia e Somália, que eram transportadas na embarcação. Até o momento, 235 corpos foram recuperados.

O Ministério Público de Agrigento, na Sicília, que investiga o naufrágio, emitiu uma ordem de prisão contra o tunisiano Kaled Bensalam, detido durante a chegada dos primeiros sobreviventes, acusado de homicídios múltiplos, naufrágio e apoio à imigração ilegal.

Ao mesmo tempo, o fluxo de imigrantes no Mediterrâneo não dá trégua.

Um navio de carga com bandeira panamenha, o “Begonia G.”, salvou 263 pessoas, que alegam ser sírios e palestinos, a mais de 100 km das costas sicilianas.

Outro navio, de bandeira dinamarquesa, salvou 141 imigrantes, que dizem ser sírios, incluindo 39 mulheres e 28 crianças.

Todos os resgatados foram levados para a Sicília.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 9 de outubro de 2013 em Brasil

 

Tags: , , , , ,