RSS

Arquivo da tag: iraniano

Em reunião, Kerry diz a colega iraniano que sanções continuarão

O secretário de Estado americano, John Kerry, se reuniu neste domingo (2) com o ministro iraniano das Relações exteriores, Mohamad Javad Zarif, poucos dias antes da retomada das negociações sobre o programa nuclear iraniano.

Kerry e Zarif se reuniram durante a Conferência de Munique sobre Segurança, onde o chanceler iraniano participará em um debate sobre a situação do Irãx e as negociações a respeito do programa nuclear, afirmou a porta-voz da diplomacia americana, Jen Psaki.

“O Secretário Kerry deixou claro que os Estados Unidos vão manter as sanções existentes”, informou um oficial do Departamento de Estado, segundo a agência de notícias Reuters. 

As negociações prosseguirão em 18 de fevereiro em Viena, anunciou na sexta-feira a chefe da diplomacia europeia, Catherine Ashton.

Teerã e o grupo de países 5+1 (China, Estados Unidos, França, Grã-Bretanha, Rússia e Alemanha) concluíram em novembro de 2013 um acordo provisório em Genebra. O Irã deve suspender algumas atividades nucleares em troca da suspensão parcial das sanções econômicas ocidentais.

Fonte G1

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 3 de fevereiro de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , ,

Diplomata iraniano é vítima de atentado a tiros no Iêmen

Um diplomata iraniano foi vítima de um ataque a tiros em Sanaa, capital do Iêmen, neste sábado (18), informam as agências Reuters e France Presse. Segundo a France Presse, ele morreu, mas a Reuters diz que a vítima está em estado grave.

No atentado, homens armados atiraram contra um carro que pertence à embaixada iraniana, perto da residência do embaixador. O embaixador não estava no carro no momento do ataque, disseram as fontes à Reuters.

Os atiradores fugiram, e não houve até agora reivindicação de responsabilidade.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 22 de janeiro de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , ,

Chanceler iraniano diz que foi hospitalizado após ler notícia ‘falsa’

O Ministro das Relações Exteriores do Irã e principal negociador nuclear do país foi hospitalizado com dores, segundo ele, provocadas por uma reportagem de um jornal linha-dura afirmando que ele considerou um erro a conversa por telefonema do presidente iraniano, Hassan Rohani, com o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama.

A breve hospitalização de Mohammad Javad Zarif é um sinal do possível rancor dentro do Irã sobre a velocidade e a extensão com que a República Islâmica tenta resolver suas muitas disputas com o Ocidente e os Estados Unidos, em particular.

Zarif vai liderar a equipe de negociação do país nas conversas com seis potências mundiais em Genebra na próxima semana, a primeira rodada de negociações desde a eleição de Rohani, em junho, que deu nova esperança de solução para um impasse de uma década sobre o programa nuclear iraniano.

O presidente do Parlamento iraniano e ex-negociador nuclear, Ali Larijani, descreveu as conversações como uma “janela de oportunidade”, dizendo a repórteres, em Genebra, que os dois lados devem se concentrar na construção de confiança.

Rohani, relativamente moderado, e Zarif, que estudou nos EUA, lideraram uma campanha diplomática para dissipar a desconfiança a respeito das intenções do Irã na ONU, no mês passado. A viagem culminou com o primeiro telefonema entre os presidentes do Irã e dos Estados Unidos desde a Revolução Islâmica de 1979.

O líder supremo do Irã, aiatolá Ali Khamenei, muitas vezes visto como um linha-dura, apoiou a abertura diplomática de Rouhani, mas disse que algumas medidas eram “inadequadas” – numa possível referência ao telefonema – dando aos críticos do presidente uma oportunidade de alfinetar a iniciativa.

O jornal linha-dura “Kayhan” afirmou na terça-feira que Zarif disse numa sessão a portas fechadas do comitê de segurança nacional e política externa do Parlamento que a conversa de Rouhani com Obama tinha sido um erro, pois teve a mesma profundidade do próprio encontro privado de Zarif com o secretário de Estado dos EUA, John Kerry.

Zarif negou veementemente ter dito isso, e afirmou que a reportagem prejudicou sua saúde.

“Esta manhã, depois de ver a manchete de um jornal, senti fortes dores na perna e nas costas. Eu não conseguia nem andar ou sentar”, escreveu ele em sua página no Facebook, na noite de terça-feira. Zarif cancelou uma série de eventos.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 10 de outubro de 2013 em Brasil

 

Tags: , , , ,

Kerry vai se reunir com chanceler iraniano para falar da questão nuclear

O secretário de Estado dos EUA, John Kerry, vai se reunir com o chanceler iraniano, Mohammad Javad Zarif, para tratar da questão nuclear iraniana, confirmou a Casa Branca nesta segunda-feira (23).

Kerry “se encontrará com seus colegas do grupo 5+1, assim como com o ministro das Relações Exteriores do Irã”, disse o conselheiro adjunto da segurança nacional americana, Ben Rhodes, que, interrogado sobre um eventual encontro entre Obama e Rohani, reiterou que não havia nada previsto até o momento, mas admitiu que ‘este tipo de contato’ não está excluído.

“Estamos abertos a nos comprometer com o governo iraniano em diferentes níveis se eles respeitarem seu compromisso de abordar as preocupações da comunidade internacional sobre seu programa nuclear”, acrescentou Rhodes.

O programa nuclear iraniano provocou uma crise com as grandes potências ocidentais, que suspeitam que Teerã busca se dotar de uma arma atômica com seu programa de enriquecimento de urânio, o que as autoridades iranianas negam.

O Irã assumiu nesta segunda-feira o controle da central nuclear civil de Bushehr (sul), 37 anos depois do início de sua construção.

Segundo os observadores estrangeiros, os iranianos dão grande importância a este controle, que mostra sua capacidade quanto a esta tecnologia nuclear civil para não ter que depender do exterior.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 23 de setembro de 2013 em Brasil

 

Tags: , , , , , ,

Ataque dos EUA à Síria destruiria Israel, diz comandante iraniano

AppId is over the quota
AppId is over the quota

O chefe da Guarda Revolucionária do Irã disse que um ataque militar dos Estados Unidos contra a Síria levaria à “iminente destruição” de Israel e seria um “segundo Vietnã” para os EUA, segundo uma agência de notícias iraniana.

O Irã, muçulmano xiita e arqui-inimigo de Israel, apoia o presidente sírio, Bashar al-Assad, contra os rebeldes principalmente muçulmanos sunitas que tentam derrubá-lo em uma revolta que já dura dois anos.

O Irã culpou os rebeldes pelo suposto ataque com armas químicas em 21 de agosto, quando centenas de civis morreram. Ativistas de oposição culpam as forças de Assad, no que Washington concorda e o presidente Barack Obama considera o caso suficiente para justificar um ataque militar limitado contra a Síria, em resposta ao uso de armas químicas.

Mohammad Ali Jafari, comandante da poderosa Guarda Revolucionária Islâmica do Irã, disse em uma entrevista na noite de quarta-feira à agência de notícias Tasnim que um ataque dos EUA contra a Síria não ajudaria Israel.

“Um ataque à Síria significará a iminente destruição de Israel”, disse Jafari, de acordo com a Tasnim.

A entrevista foi amplamente replicada pela mídia iraniana nesta quinta-feira. A Tasnim, inaugurada em 2012, diz em seu site que se dedica à “defesa da Revolução Islâmica contra a propaganda negativa da mídia”.

De acordo com a Tasnim, Jafari também alertou os Estados Unidos sobre o risco de se envolverem em uma luta cara e demorada caso intervenham na Síria.

“A Síria vai se transformar em um campo de batalha mais perigoso e mortal do que a Guerra do Vietnã, e na verdade, a Síria se tornará o segundo Vietnã para os Estados Unidos”, disse.

arte síria versão 28.08 (Foto: Arte/G1)

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 30 de agosto de 2013 em Brasil

 

Tags: , , , ,