RSS

Arquivo da tag: Intel

Fernando Martins deixa diretoria geral da Intel no Brasil

O executivo Fernando Martins está deixando a diretoria geral da Intel no Brasil para assumir um novo cargo na fabricante de processadores. A informação foi confirmada pela companhia nesta quarta-feira (29) ao G1.

Anteriormente, Martins tinha o cargo de presidente e diretor geral da Intel Brasil. Com a mudança, a empresa coloca dois executivos no comando: Martins permanece na liderança da operação com um cargo mais estratégico, que equivale ao de presidente, enquanto o dia a dia fica sob responsabilidade de um diretor geral. Por enquanto, quem acumula essa função é Steve Long, diretor geral da empresa na América Latina, mas a Intel informou que busca um novo executivo para assumir definitivamente o cargo.

Há 16 anos na Intel, Martins assumiu o comando da subsidiária brasileira em janeiro de 2011. Na época, o cargo estava sendo ocupado interinamente por Jesus Maximoff após a saída de Oscar Clarke, em abril de 2010.

“A Intel esclarece que Fernando Martins segue na posição de liderança na companhia. Dado o momento de transformação e crescimento do país, o executivo passará a focar esforços em assuntos estratégicos de longo prazo, projetos de inovação, marco regulatório e governo”, informou a empresa por meio de sua assessoria de imprensa.

Steve Long, diretor geral da Intel para a América Latina, assume interinamente a diretoria geral  da Intel Brasil no lugar de Martins “focando em aspectos comerciais e gerenciamento geral da operação no país”, esclareceu a empresa.

View the original article here

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 30 de janeiro de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , , ,

Intel traz sensores de movimento e comando de voz a PC, tablet e celular

A Intel apresentou durante a feira Consumer Electronics Show (CES) 2014, em Las Vegas, nos Estados Unidos, uma nova tecnologia chamada “RealSense” que permitirá a interação do usuário com tablets, smartphones e PCs por movimentos.

Entre os produtos que serão embutidos nos futuros dispositivos móveis e computadores está a câmera RealSense 3D, com resolução Full HD (1080p), que segundo a fabricante é o primeiro módulo de câmera 3D e 2D, e uma nova geração do software de reconhecimento de voz Dragon Assistant, da Nuance, desenvolvido com a nova tecnologia “RealSense”.

O anúncio da Intel remete ao sensor de movimentos Kinect, criado inicialmente para controlar jogos dos videogame Xbox 360, da Microsoft. A empresa é uma das parceiras da Intel para uso dos novos sensores nos comunicadores Skype e Lynk, bem como a DreamWorks e a Autodesk.

Equipamentos com o novo sistema de câmeras começam a chegar ao mercado no segundo semestre de 2014 por meio de produtos das empresas Acer, Asus, Dell, Fujitsu, HP, Lenovo e NEC. Em sua apresentação na CES 2014, a Intel demonstrou sete diferentes dispositivos de fabricantes como Asus, Dell e Lenovo com a câmera integrada.

A nova geração do Dragon Assistant já está disponível para ultrabooks e notebooks das fabricantes Acer, Dell, HP e Lenovo. Esta última lançará a primeira versão do Dragon Assistant para tablets ainda no início de 2014.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 10 de janeiro de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

Intel diz que pretende abandonar marca de segurança ‘McAfee’

O diretor-executivo da McAfee, Brian Krzanich, anunciou na segunda-feira (6) durante a Consumer Electronics Show (CES) 2014, em Las Vegas, nos Estados Unidos, que a empresa pretende abandonar a marca “McAfee”, passando a se chamar “Intel Security”. O símbolo do escudo vermelho, usado em conjunto com o nome, deverá ser mantido. Também como parte da transição, Krzanich afirma que a companhia quer oferecer produtos gratuitos para celulares e tablets com sistemas iOS e Android.

A Intel adquiriu a McAfee em 2010 por US$ 7,68 bilhões (cerca de R$ 18 bilhões). O nome “McAfee”, cuja difícil pronúncia chegou a exigir que a empresa gravasse um vídeo didático (veja aqui), foi herdado de John McAfee, criador da companhia em 1987.

Ao abandonar a marca, a Intel se distancia também da personalidade de McAfee. O executivo não está mais na companhia desde 1994 e, em 2012, disse que não usa o antivírus porque o software “é muito chato”. Considerado uma pessoa excêntrica, McAfee fugiu de onde morava, em Belize, após ser procurado pela polícia para prestar depoimento sobre um caso de assassinato. Para ele, a polícia queria matá-lo.

A Intel não deu maiores informações sobre como a marca será abandonada e quando os produtos “Intel Security” chegarão ao consumidor, mas afirmou que o processo pode levar até um ano.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 9 de janeiro de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

Intel Capital faz aporte em empresa brasileira de geomarketing

Fundo de investimento da fabricante de chip passa a fazer parte da sociedade da Geofusion.

A Intel Capital, braço de investimentos estratégicos da Intel, fez aporte em mais uma empresa brasileira. Desta vez a companhia escolhida é a Geofusion, fornecedora de soluções para inteligência de mercado por meio de uso de informações geográficas, prática conhecida como geomarketing. O valor da transação não foi revelado. 

As soluções em geomarketing combinam dados geográficos com informações de mercado e são usadas para melhorar a inteligência de negócios, auxiliando tomadas de decisões mais precisas. Por meio de sua plataforma online de geomarketing, OnMaps, a Geofusion fornece aos clientes informações sociodemográficas e de mercado atualizadas. 

Fundada em 1996, a Geofusion conta atualmente com mais de 200 clientes no Brasil, em especial nos mercados de varejo, alimentação, imobiliário, educação e indústria. São usuários de sua solução empresas como McDonalds, Boticário e a Coca-Cola Femsa.

 “A experiência e os recursos da Intel Capital irão ajudar a Geofusion a aproveitar o excelente momento do mercado brasileiro. As empresas buscam cada vez mais rentabilizar os seus investimentos, expandir as suas vendas, conquistar o potencial de mercado e maximizar a sua atuação geográfica”, disse Pedro Figoli, CEO da Geofusion.

A Intel Capital é a segunda investidora na Geofusion, juntando-se ao Criatec, um fundo de investimentos destinado a empresas emergentes inovadoras, que tem como investidores o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e o Banco do Nordeste (BNB), gerido pela SP Ventures em São Paulo. 

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 1 de junho de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

Intel vai investir R$ 300 mi em P&D de software no Brasil

Recursos são para financiar pesquisas no País para desenvolvimento de soluções para setores de energia, transporte e educação.

27 de fevereiro de 2013 – 17h04

A Intel anunciou nesta quarta-feira investimentos de 300 milhões de reais no Brasil para apoiar pesquisas de Tecnologia da Informação e Comunicação para os setores de educação, energia e transporte. Os incentivos serão repassados por meio de um acordo firmado com os ministérios da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) e o da Educação (MEC).

A iniciativa contempla investimentos diretos da Intel em pesquisa e desenvolvimento e inovação (PD&I) e conta com apoio do Programa Estratégico de Software e Serviços de Tecnologia da Informação (TI Maior), anunciado pelo governo federal no ano passado, que tem como meta o incremento das atividades de TICs no País. 

Pelo acordo, o governo federal irá oferecer – por meio de edital – bolsas a estudantes e pesquisadores, com um amplo programa de incentivos a atividades de P&D. A expectativa da Intel é de mobilizar até 300 pesquisadores, entre colaboradores, pesquisadores de universidades e bolsistas, para os próximos cinco anos.

“O primeiro aspecto positivo desse anúncio da Intel reside no fato de estarmos atraindo investimentos externos para a realização de atividades de P&D no Brasil”, afirmou o ministro Marco Antonio Raupp. “Isso aumenta o participação do Brasil no cenário mundial da inovação”. 

Para estes três setores, o foco será o desenvolvimento de software como ferramentas de visualização e simulação para a extração de petróleo na camada pré-sal, soluções educacionais, computação de alto desempenho, e sistemas para emplacamento eletrônico de carros com o objetivo de aumentar a eficiência na gestão de trânsito de passageiros e carga, além de dispositivos de segurança.        

“Os esforços em conjunto que estamos anunciando hoje criam oportunidades de desenvolvimento de tecnologias de ponta que trarão inovações nas áreas de energia, transporte, educação e desenvolvimento de software, além de pesquisa em mercados emergentes. Estamos ansiosos por esta nova parceria entre a Intel e o Brasil e pela oportunidade de posicionar o país como um centro global de inovação em TI”, explica o CTO (Chief Technology Officer) da Intel, Justin Rattner.

Maior presença no Brasil  

É prevista a participação de até 300 pesquisadores no País conectados à rede global de pesquisas da Intel, investigando temas ligados à tecnologia de ponta. Os trabalhos serão desenvolvidos por meio de células de pesquisa em centros de excelência distribuídos pelo país, conectados aos laboratórios da companhia, dentro de uma estrutura conhecida por “Aliança de Pesquisa Estratégica Intel (Intel Strategic Reseach Aliance – ISRA em Inglês)”.  

No Brasil essa aliança tem início com trabalhos focados no desenvolvimento de soluções de segurança e criptografia para systems-on-a-chip em ambientes de baixo consumo de energia envolvendo seis projetos apresentados por pesquisadores de sete universidades: Unicamp, USP, UnB, UFMG, PUC-PR, UFPR e UTFPR. 

Com a iniciativa, a Intel prevê a contratação de cerca de 80 engenheiros de software no Brasil nos próximos cinco anos, para oferecer suporte a desenvolvedores locais. A ideia é abrir programas da Intel para mais de 70 mil companhias e 400 mil desenvolvedores no Brasil. 

A fabricante de chips quer alavancar a produção de soluções de software desenvolvidas localmente, em especial em áreas como jogos, mobilidade, computação em nuvem e novas plataformas, como o Ultrabook, a nova categoria de dispositivos móveis inspirada pela Intel, e também tablets e smartphones.

A Intel também irá colaborar com universidades brasileiras para a renovação dos currículos dos cursos de ciência da computação e desenvolvimento de software, bem como para possibilitar o acesso de pesquisadores e acadêmicos a laboratórios de computação de alto desempenho (HPC).  

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

 
1 comentário

Publicado por em 30 de maio de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , ,

Brasil terá tablets Android com processador Intel em 2013

Outras tendências são a universalização do toushcreen e a chegada país de novos modelos de smartphone com processador Atom

12 de dezembro de 2012 – 18h30

O cenário mundial de TI em 2013 será bastante desafiador, tanto em função do momento macroeconômico quanto em função da revolução pela qual vem passando a indústria de computação, com a mobilidade e o surgimento de novas interfaces, em especial as tecnologias de toque. A opinião é da Intel, que fez hoje um balanço do ano de 2012 e previsões para 2013, em encontro com a imprensa, em São Paulo.

“2012 podia ter sido melhor”, reconhece Steve Long, presidente e diretor geral da Intel América Latina. “O crescimento do mercado de PCs será tímido, bem abaixo dos dois dígitos que esperávamos no início do ano. E se será assim aqui, que é um mercado emergente, imagina em outros mercados”, completou, sem contudo confirmar a previsão de crescimento de apenas 2% para o segmento este ano, feita recentemente pela consultoria IDC.

Para 2013, o objetivo da companhia é acelerar os investimentos diretos feitos no país e a chegada de inovações, junto com parceiros, para consolidar a posição do Brasil no mercado de PCs e ampliar a participação nos mercados de tablets e smartphones. Segundo Long, ao menos um fabricante, além da Motorola, já manifestou a intenção de vender no país, ainda no primeiro semestre, um smartphone Android equipado com um processador Intel. “Também teremos alguns modelos de tablets Android sendo vendidos aqui, nos primeiros meses do ano”, comenta o executivo.

Consolidação do toushcreen e dos ultrabooks conversíveis

A Intel acredita em um amplo processo das interfaces de toque, em 2013, que estarão presentes em todos os dispositivos de acesso à internet e, sobretudo, nos ultrabooks conversíveis, rodando Windows 8. Os primeiros modelos já começaram a ser vendidos no mercado brasileiro e são a grande aposta dos fabricantes para as vendas de Natal. E a expectativa da Intel é de aumento de opções de máquinas disponíveis para o consumidor no ano que vem.

Entre os modelos de ultrabooks recém chegados ao mercado estão o Samsung ATIV Smart PC Pro (preço não informado), equipado com um processador Intel Core i5 de 1,7 GHz, 4 GB de RAM e SSD de 128 GB, que tem como principal destaque a tela de 11.6″: ela pode ser destacada do teclado, transformando o aparelho em um tablet. A ASUS traz o VivoBook (a partir de R$ 1.699), que pode ser equipado com processadores que vão do Intel Celeron ao Intel Core i3, e tem como destaque a tela de 11.6″ sensível ao toque. 

samsung_ativ_smartpc_pro-360px.jpg
Samsung ATIV Smart PC Pro

A HP traz o Envy 4 (R$ 3.299), um Ultrabook produzido no Brasil, baseado em um processador Intel Core i5 de 1.7 GHz, 4 GB de RAM, HD de 500 GB e uma tela de 14″, que tem como destaques a tecnologia Beats Audio e o sistema HP Protect Smart, que evita a perda de dados no HD caso o aparelho sofra uma queda ou impacto. A Sony vem com seis modelos da família VAIO, incluindo o conversível Duo 11 (R$ 5.299), que é baseado em um processador Intel Core i7 de 1.9 GHz, acompanhado por 6 GB de RAM e um SSD de 128 GB. A tela de 11.6″, que é sensível ao toque, pode ser deslizada para cima, revelando um teclado QWERTY e transformando o aparelho de um tablet em um notebook. 

sony_vaio_duo_11-360px.jpg
Sony VAIO Duo 11

Por fim a Acer tem o Aspire S7, um Ultrabook de formato tradicional mas equipado com uma tela de 13,3″ sensível ao toque e de resolução Full HD, além de um processador Intel Core i5 (R$ 5.299) ou Core i7 (R$ 5.799).

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 21 de março de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,

Brasil terá tablets Android com processador Intel em 2013

Outras tendências são a universalização do toushcreen e a chegada país de novos modelos de smartphone com processador Atom

12 de dezembro de 2012 – 18h30

O cenário mundial de TI em 2013 será bastante desafiador, tanto em função do momento macroeconômico quanto em função da revolução pela qual vem passando a indústria de computação, com a mobilidade e o surgimento de novas interfaces, em especial as tecnologias de toque. A opinião é da Intel, que fez hoje um balanço do ano de 2012 e previsões para 2013, em encontro com a imprensa, em São Paulo.

“2012 podia ter sido melhor”, reconhece Steve Long, presidente e diretor geral da Intel América Latina. “O crescimento do mercado de PCs será tímido, bem abaixo dos dois dígitos que esperávamos no início do ano. E se será assim aqui, que é um mercado emergente, imagina em outros mercados”, completou, sem contudo confirmar a previsão de crescimento de apenas 2% para o segmento este ano, feita recentemente pela consultoria IDC.

Para 2013, o objetivo da companhia é acelerar os investimentos diretos feitos no país e a chegada de inovações, junto com parceiros, para consolidar a posição do Brasil no mercado de PCs e ampliar a participação nos mercados de tablets e smartphones. Segundo Long, ao menos um fabricante, além da Motorola, já manifestou a intenção de vender no país, ainda no primeiro semestre, um smartphone Android equipado com um processador Intel. “Também teremos alguns modelos de tablets Android sendo vendidos aqui, nos primeiros meses do ano”, comenta o executivo.

Consolidação do toushcreen e dos ultrabooks conversíveis

A Intel acredita em um amplo processo das interfaces de toque, em 2013, que estarão presentes em todos os dispositivos de acesso à internet e, sobretudo, nos ultrabooks conversíveis, rodando Windows 8. Os primeiros modelos já começaram a ser vendidos no mercado brasileiro e são a grande aposta dos fabricantes para as vendas de Natal. E a expectativa da Intel é de aumento de opções de máquinas disponíveis para o consumidor no ano que vem.

Entre os modelos de ultrabooks recém chegados ao mercado estão o Samsung ATIV Smart PC Pro (preço não informado), equipado com um processador Intel Core i5 de 1,7 GHz, 4 GB de RAM e SSD de 128 GB, que tem como principal destaque a tela de 11.6″: ela pode ser destacada do teclado, transformando o aparelho em um tablet. A ASUS traz o VivoBook (a partir de R$ 1.699), que pode ser equipado com processadores que vão do Intel Celeron ao Intel Core i3, e tem como destaque a tela de 11.6″ sensível ao toque. 

samsung_ativ_smartpc_pro-360px.jpg
Samsung ATIV Smart PC Pro

A HP traz o Envy 4 (R$ 3.299), um Ultrabook produzido no Brasil, baseado em um processador Intel Core i5 de 1.7 GHz, 4 GB de RAM, HD de 500 GB e uma tela de 14″, que tem como destaques a tecnologia Beats Audio e o sistema HP Protect Smart, que evita a perda de dados no HD caso o aparelho sofra uma queda ou impacto. A Sony vem com seis modelos da família VAIO, incluindo o conversível Duo 11 (R$ 5.299), que é baseado em um processador Intel Core i7 de 1.9 GHz, acompanhado por 6 GB de RAM e um SSD de 128 GB. A tela de 11.6″, que é sensível ao toque, pode ser deslizada para cima, revelando um teclado QWERTY e transformando o aparelho de um tablet em um notebook. 

sony_vaio_duo_11-360px.jpg
Sony VAIO Duo 11

Por fim a Acer tem o Aspire S7, um Ultrabook de formato tradicional mas equipado com uma tela de 13,3″ sensível ao toque e de resolução Full HD, além de um processador Intel Core i5 (R$ 5.299) ou Core i7 (R$ 5.799).

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 19 de março de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,