RSS

Arquivo da tag: ingls

Músico inglês espirra ao tocar tuba e vídeo vira sensação na web

Uma apresentação da London Central Fellowship Band, banda ligada ao Exército da Salvação na Inglaterra, o músico responsável pelo trombone foi personagem de uma cena hilária ao espirrar durante a execução de uma música (assista ao vídeo).

Enquanto tocava, o homem deixou escapar um espirro, o que fez com que um som muito alto fosse propagado na apresentação, mas sem afetar os outros músicos.

A cena, publicada no próprio canal da banda, “bombou na web”, e foi visto mais de 500 mil vezes.

Músico espirrou enquanto tocava tuba e causou 'estrondo' na Inglaterra (Foto: Reprodução/YouTube/LC FellowshipBand)Músico espirrou enquanto tocava tuba e causou ‘estrondo’ na Inglaterra (Foto: Reprodução/YouTube/LC FellowshipBand)

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 18 de março de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,

Parque de atrações inglês é fechado por ameaças extremistas

O parque de atrações Legoland, a oeste de Londres, continuará fechado esta semana por causa das ameaças de grupos de ultradireita indignados pela visita de uma organização muçulmana.

O parque recebeu ameaças por telefone, e-mail e nas redes sociais e acabou tomando a decisão de interromper suas atividades para garantir a seguranças dos visitantes e funcionários.

A Fundação de Desenvolvimento e Pesquisas Muçulmanas, que organizou uma visita privada ao parque no domingo passado, lamentou o incidente.

“Infelizmente, vários grupos de ultradireita, entre eles o ‘English Defence League’ e o ‘Casuals United’ ameaçaram os visitantes e empregados do Legoland por causa dessa excursão”, afirmou a organização.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 7 de março de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , ,

Refúgio inglês dá antidepressivos a pinguins estressados com as chuvas

Exemplar de pinguim de Humboldt. Aves desta espécie, ameaçada de extinção, foram pesquisadas e concluiu-se que elas utilizam o odor de seus parceiros para encontrá-los em meio a colônias lotadas de outros pinguins (Foto: AFP)Imagem mostra de pinguim de Humboldt, espécie afetada pela depressão em refúgio da Inglaterra  (Foto: AFP)

O clima do noroeste da Inglaterra está tão ruim desde o começo do ano, com muita chuva e vendaval, que foi necessário dar antidepressivos aos pinguins de um centro de vida marinha.

Os 12 pinguins de Humboldt, originários das costas do Chile e do Peru, mostravam sinais de estresse tão graves que se decidiu colocar os comprimidos nos peixes que eles devoram na hora do almoço, explicou nesta sexta-feira (7) à agência France Presse Lyndsey Crawford, responsável pelo refúgio de Scarborough, que fica no litoral de Yorkshire, alvo de tempestades.

Apesar de procederem de uma região “onde as condições meteorológicas são comparáveis”, os pinguins “simplesmente não estão acostumados a esse tipo de tempo ruim durante um período tão prolongado”, afirmou uma das colegas de Lyndsey.

Os pinguins manifestam seu nível de estresse permanecendo no calor em vez de entrar na água, que é o seu elemento natural.

Os comprimidos também devem fortalecer seus fracos sistemas imunológicos. “Esperamos que percebam que não correm nenhum perigo. Eles não sabem nada sobre o tratamento. São capsulas pequenas, insignificantes e com sabor que não é desagradável”, diz Lyndsey.

Os pinguins de Humboldt estão ameaçados de extinção em seu habitat natural, no Chile e Peru, devido a diversos fatores, como o aquecimento global, a pesca excessiva das espécies das quais se alimentam, a proliferação de ratos que comem seus ovos e problemas quando ficam presos nas redes de pescadores.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 9 de fevereiro de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

Startup cria sistema que conversa em inglês para ensinar idioma a aluno

Eduardo Balieiro, fundador da Kajoo, fala da ferramenta que conversa em inglês para ensinar idioma (Foto: Helton Simões Gomes/G1)Eduardo Balieiro, fundador da Kajoo, fala da ferramenta que conversa em inglês para ensinar idioma (Foto: Helton Simões Gomes/G1)

A startup Kajoo Smart Solutions, de Campinas (SP), apresentou nesta quarta-feira (29) na Campus Party Brasil 2014 seu sistema automatizado que conversa com brasileiros interessados em aprender inglês ou treinar suas habilidades no idioma.

Utilizando a biblioteca de reconhecimento de fala do sistema operacional móvel Android, que abastece o Google Now, por exemplo, a empresa criou uma ferramenta que não só entende o que seu interlocutor diz, como também o responde. O usuário pode ainda falar com sotaques, como o norte-americano, britânico ou sul-africano.

Segundo Eduardo Balieiro, executivo da Kajoo, “há ferramentas para escutar em inglês, escrever e ler, mas, para falar, não existe nenhuma ferramenta que valida se você está falando corretamente ou não”.

Além de poder reproduzir sotaques e falar em cadências de ritmos variadas, o sistema possui reconhecimento de voz que, feito por algoritmos especializados, avalia a possibilidade de acerto de cada uma das palavras faladas pelo aluno.

Criado para rodar em aparelhos Android, a ferramenta também reconhece objetos por meio da chamada visão computacional. Balieiro explica que, com isso, é possível pedir ao aluno que pegue uma bola azul com a mão esquerda e a coloque acima da cabeça. Isso testaria a eficiência na compreensão do idioma.

A startup negocia a implantação do sistema em três escolas de idiomas da rede Wizard e em outras duas escolas públicas, uma no Rio de Janeiro e outra em Campinas.

Por trás do sistema, há uma inteligência que permite à ferramenta aprender conforme conversa com diferentes alunos. Essa atualização é criada em conjunto com outra startup, a Ledface.

Balieiro dá um exemplo: alguém faz uma pergunta de caráter abstrato, que não se pode responder com base em informações enciclopédicas coletadas na internet e depende de opinião, coisa que o robô não tem; o sistema não consegue responder, mas transmite essa questão a outras unidades, que a direcionam aos alunos; conforme os estudantes respondem a esse questionamento, é criado um banco de respostas possíveis, que passa a ser usado pelo sistema.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 30 de janeiro de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , , ,

Óculos inteligentes traduzem cardápio do japonês para o inglês

óCulos inteligente traduz cardápio do japonês para o inglês em tempo real (Foto: Yoshikazu Tsuno/AFP)óCulos inteligente traduz cardápio do japonês para
o inglês em tempo real (Foto: Yoshikazu Tsuno/AFP)

Ler o cardápio de um restaurante japonês é extremamente difícil para um estrangeiro no Japão, mas com óculos tradutores isso será possível num piscar de olhos, assim como reconhecer pessoas.

Por ocasião do salão da eletrônica Ceatec, nos arredores de Tóquio, uma das principais operadoras de telefonia móvel do país, a NTT Docomo, apresentou vários aplicativos baseados em óculos com uma câmera e que podem ser vistos em uma tela pelo usuário.

Uma destas funções permite substituir a imagem filmada por uma tradução em inglês de um cardápio de restaurante escrito em japonês, ou em qualquer outra língua que tenha sido escolhida. O usuário vê essa imagem retocada através dos óculos.

Outra implicação possível é ver aparecer na tela informações (nome, sobrenome, função) relacionadas a uma pessoa, com a condição de que ela já esteja registrada no repertório de seu smartphone, tudo isso graças a um sistema de reconhecimento e identificação de rosto.

Toda ou parte destas tecnologias deve estar pronta para os Jogos Olímpicos de Tóquio de 2020, que também serão uma vitrine da habilidade japonesa para facilitar por diversos meios técnicos a vida dos visitantes e, sobretudo, dos estrangeiros de passagem.

No entanto, alguns obstáculos técnicos ainda precisam ser superados, como o tamanho dos óculos, sua autonomia (precisam de uma bateria), a rapidez de reconhecimento das imagens ou rostos e a redução do tempo de resposta.

Óculos da operadora Docomo tem funções de realidade aumentada (Foto: Yoshikazu Tsuno/AFP)Óculos da operadora Docomo tem funções de realidade aumentada (Foto: Yoshikazu Tsuno/AFP)

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 2 de outubro de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

Governo inglês desaprova filtros automáticos para pornografia

Bloqueios automáticos poderiam bloquear também conteúdo saúdavel, que nada tem a ver com pornografia, dizem ativistas

O governo britânico oficialmente se afastou da ideia de obrigar os provedores do país a habilitarem filtros pornográficos por padrão – embora eles ainda solicitem que os pais configurem esses filtros ao se conectarem à Internet pela primeira vez.

No futuro, segundo informações do Daily Mail, qualquer novo provedor acessado pela primeira vez perguntará ao usuário se ele tem filhos. Se responder que sim, então ele será automaticamente redirecionado a um processo de instalação de filtros antipornografia, se assim o desejar. Eles serão convidados a responder uma série de perguntas sobre quão restritas eles querem que as configurações sejam. O Daily Mail também disse que os usuários já existentes também serão convidados a instalar os filtros.

Se os provedores não oferecem os filtros pornográficos aos pais, o governo poderia intervir. A maioria dos provedores já os fornecem. A TalkTalk (empresa de telecomunicação do Reino Unido), por exemplo, já oferece o seu bloqueador de pornografia “HomeSafe” aos usuários.

Os bloqueios automáticos de certos conteúdos criados por provedores de banda larga móvel, por exemplo, são acusados por militantes a favor da privacidade de bloquear sites que não têm nada a ver com pornografia.

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 13 de fevereiro de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

Governo inglês desaprova filtros automáticos para pornografia

Bloqueios automáticos poderiam bloquear também conteúdo saúdavel, que nada tem a ver com pornografia, dizem ativistas

O governo britânico oficialmente se afastou da ideia de obrigar os provedores do país a habilitarem filtros pornográficos por padrão – embora eles ainda solicitem que os pais configurem esses filtros ao se conectarem à Internet pela primeira vez.

No futuro, segundo informações do Daily Mail, qualquer novo provedor acessado pela primeira vez perguntará ao usuário se ele tem filhos. Se responder que sim, então ele será automaticamente redirecionado a um processo de instalação de filtros antipornografia, se assim o desejar. Eles serão convidados a responder uma série de perguntas sobre quão restritas eles querem que as configurações sejam. O Daily Mail também disse que os usuários já existentes também serão convidados a instalar os filtros.

Se os provedores não oferecem os filtros pornográficos aos pais, o governo poderia intervir. A maioria dos provedores já os fornecem. A TalkTalk (empresa de telecomunicação do Reino Unido), por exemplo, já oferece o seu bloqueador de pornografia “HomeSafe” aos usuários.

Os bloqueios automáticos de certos conteúdos criados por provedores de banda larga móvel, por exemplo, são acusados por militantes a favor da privacidade de bloquear sites que não têm nada a ver com pornografia.

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 24 de janeiro de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,