RSS

Arquivo da tag: Informtica

Centro de Informática da UFPE inicia inscrições para especialização em TI

Para quem busca especialização em tecnologia da informação, as inscrições para a XVI turma de Especialização Lato Sensu em Tecnologias da Informação do Centro de Informática (CIn) da UFPE já estão abertas e vão até 20 de julho.

O foco é Banco de Dados e Engenharia de Software. O início das aulas está previsto para o dia 10 de agosto e serão realizadas de 15 em 15 dias, todas as sextas, das 18h00 às 22h00, e aos sábados, das 8h30 às 12h30 e das 13h30 às 17h30.

O curso é voltado para profissionais em informática sem formação específica, além de engenheiros, economistas, administradores e áreas afins que se dedicam ao ensino da informática e não têm formação inicial.

De acordo com o CIn, o objetivo é melhorar o desempenho dos profissionais em suas respectivas áreas de atuação, dotando-os de conhecimento atualizado na área de Engenharia de Software e Banco de Dados.

A especialização é composta por um módulo básico, contendo três disciplinas com carga horária de 30 horas cada, um módulo avançado contendo seis disciplinas totalizando 45 horas cada e uma monografia de conclusão do curso. A duração total é de 18 meses.

MBA em gestão de TI
O CIn também abre inscrições para o para a V turma da Pós-Graduação MBA Executivo em Gestão de Tecnologia da Informação (GTI) até o dia 29 de junho, do Centro de Informática (CIn) da UFPE. O curso oferece 50 vagas na modalidade presencial.

A proposta didática das aulas do GTI, segundo o CIn, contribui efetivamente na formação dos alunos e possibilita maior integração entre os profissionais da área de TI por meio das dinâmicas e materiais criados especialmente para proporcionar um aprendizado agradável a cada participante.

O curso é voltado para gerentes e gestores de TI, gerentes de projeto, engenheiros de qualidade, líderes de equipe e empresários ligados à indústria de TI.

A grade é composta por 18 disciplinas dividida em dois módulos, palestras especiais e orientação para monografia. Ao todo, serão 405 horas-aula, sendo quatro delas correspondentes aos eventos em que o aluno deverá participar durante a pós-graduação. Os estudantes serão avaliados pelas interações e participações nas atividades propostas e nas avaliações ao final dos módulos.

Mais informações poderão ser obtidas pelo e-mail crms@cin.ufpe.br

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 3 de julho de 2012 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,

Escolas só usam computadores nas aulas de informática

Pesquisa TIC Educação atesta que o uso efetivo do computador e da internet em atividades de ensino continua um desafio a ser vencido

O uso do computador e da Internet para os estudos vem aumentando no Brasil. Mas principalmente fora do ambiente escolar. Embora a maioria das escolas possua pelo menos um computador, o número de equipamentos por aluno ainda limita o uso efetivo do computador e Internet na sala de aula, segundo a edição 2011 da pesquisa TIC Educação, produzida pelo Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR (NIC.br), por meio de seu Centro de Estudos sobre as Tecnologias da Informação e da Comunicação (Cetic.br), divulgada esta semana. Só 4% dos colégios têm computadores na sala de aula.

O estudo analisou 650 estabelecimentos educacionais, sendo 497 escolas públicas e 153 particulares, que entraram na amostra pela primeira vez nesta edição. Os resultados apontam que as atividades mais comuns em sala de aula são aquelas em que menos os professores utilizam recursos as TIC: apenas 21% dos professores o fazem dessa forma. A atividade menos frequente em sala de aula – ensinar os alunos a usar o computador e a Internet – é aquela em que os professores (65%) mais usam o computador e a internet.

De forma geral, o uso de computador e Internet é maior entre professores de escolas particulares. Nas aulas expositivas, 36% dos docentes utilizam as TIC, enquanto que entre seus colegas da rede pública são 24%. Em interpretação de texto a diferença é de 10 pontos percentuais entre escolas privadas e públicas, com 26% e 16% respectivamente.

Outra barreira importante mencionada pelos docentes é a baixa velocidade de conexão: 52% deles declaram que este fator atrapalha muito o uso adequado de TIC no processo pedagógico. Isso se explica porque, ainda que 93% das escolas tenham acesso à Internet, um quarto das escolas tem internet com velocidade abaixo de 1 MB (se houver mais de um computador conectado à rede, a velocidade é ainda mais baixa). Outros 32% têm velocidade entre 1MB e 2MB.

O local de instalação dos equipamentos tecnológicos na escola é também uma questão relevante que pode limitar a integração das TIC no processo pedagógico. Em 2010, 81% das escolas tinham computadores instalados somente nos laboratórios de informática. Em 2011, o índice subiu para 86%. Os dados indicam ainda que 21% das escolas particulares possuem computadores instalados em sala de aula, proporção cinco vezes maior que os 4% das escolas públicas.

Capacitação dos professores

Embora os laboratórios de intenter das escolas estejam equipados com computador e Internet, aqueles professores que usam as TIC em sala de aula realizam o maior número de atividades com o apoio dessas ferramentas. Além disso, a proporção de professores que usa TIC nas escolas pesquisadas dobrou nos últimos anos, passando de 7% em 2010 para 13% em 2011.

Uma hipótese para este avanço está relacionada ao aumento expressivo da posse do computador portátil pelos professores. Em 2010, 48% tinham o equipamento, em 2011 63%. Importante observar que os educadores declararam adquirir esses equipamentos com recursos próprios. Este indicador teve aumento de 11 pontos percentuais entre 2010 e 2011 atingindo 76% dos professores. Esse resultado é coerente com os dados da pesquisa TIC Domicílios 2011 que apontam um crescimento significativo da posse do computador portátil entre os brasileiros.

Diferentemente do cenário geral que indica que 45 % dos brasileiros possuem computador e 38%, acesso à Internet (dados da TIC Domicílios 2011), no caso dos professores, a posse desses recursos está praticamente universalizada: 94% têm o equipamento e 88% estão conectados à rede em suas casas. Além disso, 79% declararam acessar a rede todos os dias.

O estudo indica ainda que além de ter os equipamentos, os professores os têm aprendido a usar cada vez mais o computador sozinhos. Em 2010, eram 38%, enquanto que em 2011 passou para 47%. A forma de aprendizado mais citada por eles ainda é por meio de cursos (em 52%dos casos). Outro dado que indica a disposição do educador em desenvolver suas habilidades para o uso das TIC por iniciativa própria é que a maior parte deles, 67%, recorre a contatos informais com outros educadores.

Os resultados completos da pesquisa TIC Educação 2011 estão disponíveis no site do Cetic.

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 2 de julho de 2012 em Tecnologia

 

Tags: , , ,

Escolas só usam computadores nas aulas de informática

Pesquisa TIC Educação atesta que o uso efetivo do computador e da internet em atividades de ensino continua um desafio a ser vencido

O uso do computador e da Internet para os estudos vem aumentando no Brasil. Mas principalmente fora do ambiente escolar. Embora a maioria das escolas possua pelo menos um computador, o número de equipamentos por aluno ainda limita o uso efetivo do computador e Internet na sala de aula, segundo a edição 2011 da pesquisa TIC Educação, produzida pelo Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR (NIC.br), por meio de seu Centro de Estudos sobre as Tecnologias da Informação e da Comunicação (Cetic.br), divulgada esta semana. Só 4% dos colégios têm computadores na sala de aula.

O estudo analisou 650 estabelecimentos educacionais, sendo 497 escolas públicas e 153 particulares, que entraram na amostra pela primeira vez nesta edição. Os resultados apontam que as atividades mais comuns em sala de aula são aquelas em que menos os professores utilizam recursos as TIC: apenas 21% dos professores o fazem dessa forma. A atividade menos frequente em sala de aula – ensinar os alunos a usar o computador e a Internet – é aquela em que os professores (65%) mais usam o computador e a internet.

De forma geral, o uso de computador e Internet é maior entre professores de escolas particulares. Nas aulas expositivas, 36% dos docentes utilizam as TIC, enquanto que entre seus colegas da rede pública são 24%. Em interpretação de texto a diferença é de 10 pontos percentuais entre escolas privadas e públicas, com 26% e 16% respectivamente.

Outra barreira importante mencionada pelos docentes é a baixa velocidade de conexão: 52% deles declaram que este fator atrapalha muito o uso adequado de TIC no processo pedagógico. Isso se explica porque, ainda que 93% das escolas tenham acesso à Internet, um quarto das escolas tem internet com velocidade abaixo de 1 MB (se houver mais de um computador conectado à rede, a velocidade é ainda mais baixa). Outros 32% têm velocidade entre 1MB e 2MB.

O local de instalação dos equipamentos tecnológicos na escola é também uma questão relevante que pode limitar a integração das TIC no processo pedagógico. Em 2010, 81% das escolas tinham computadores instalados somente nos laboratórios de informática. Em 2011, o índice subiu para 86%. Os dados indicam ainda que 21% das escolas particulares possuem computadores instalados em sala de aula, proporção cinco vezes maior que os 4% das escolas públicas.

Capacitação dos professores

Embora os laboratórios de intenter das escolas estejam equipados com computador e Internet, aqueles professores que usam as TIC em sala de aula realizam o maior número de atividades com o apoio dessas ferramentas. Além disso, a proporção de professores que usa TIC nas escolas pesquisadas dobrou nos últimos anos, passando de 7% em 2010 para 13% em 2011.

Uma hipótese para este avanço está relacionada ao aumento expressivo da posse do computador portátil pelos professores. Em 2010, 48% tinham o equipamento, em 2011 63%. Importante observar que os educadores declararam adquirir esses equipamentos com recursos próprios. Este indicador teve aumento de 11 pontos percentuais entre 2010 e 2011 atingindo 76% dos professores. Esse resultado é coerente com os dados da pesquisa TIC Domicílios 2011 que apontam um crescimento significativo da posse do computador portátil entre os brasileiros.

Diferentemente do cenário geral que indica que 45 % dos brasileiros possuem computador e 38%, acesso à Internet (dados da TIC Domicílios 2011), no caso dos professores, a posse desses recursos está praticamente universalizada: 94% têm o equipamento e 88% estão conectados à rede em suas casas. Além disso, 79% declararam acessar a rede todos os dias.

O estudo indica ainda que além de ter os equipamentos, os professores os têm aprendido a usar cada vez mais o computador sozinhos. Em 2010, eram 38%, enquanto que em 2011 passou para 47%. A forma de aprendizado mais citada por eles ainda é por meio de cursos (em 52%dos casos). Outro dado que indica a disposição do educador em desenvolver suas habilidades para o uso das TIC por iniciativa própria é que a maior parte deles, 67%, recorre a contatos informais com outros educadores.

Os resultados completos da pesquisa TIC Educação 2011 estão disponíveis no site do Cetic.

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 2 de julho de 2012 em Tecnologia

 

Tags: , , ,

Ação Informática e eWave estabelecem aliança para distribuição de soluções IBM

Com parceria, Ação espera ampliar negócios e conquistar novas geografias.

A Ação Informática, distribuidora brasileira de valor agregado, firmou parceria com a eWave do Brasil, empresa israelense de desenvolvimento e integração de sistemas, para venda de software da IBM em São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Brasília e Sul do Brasil.

Segundo Paulo Miranda Porto Filho, diretor de Marketing e Alianças da eWave, a eWave tem planos agressivos para crescer no Brasil. “Vislumbramos dobrar a operação a cada ano, nos próximos três anos e, por conta disso, é de vital importância ter o apoio de um distribuidor IBM que entenda e acredite no potencial almejado pela companhia”, afirma.

Para a Ação Informática, a chegada da nova revenda faz parte da estratégia para se tornar um dos maiores distribuidores IBM no Brasil e na América Latina. “Com a parceria, a Ação espera saltar geograficamente e ampliar em 20% o resultado das marcas Webpshere e Rational, da IBM”, explica Daniella Raucci, gerente de Unidade de Negócios IBM Software da Ação Informática.

Especial - IT Leaders 2011

O ITBOARD materializa a nova plataforma de conversas do Século XXI. Concentra o diálogo sobre tecnologia e inovação movido a tweets de quem está imerso nesses assuntos. ENTRE NA CONVERSA

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 2 de julho de 2012 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

NL Informática busca profissionais em Caxias do Sul e SP

AppId is over the quota

A NL Informática, especializada em sistemas de gestão, anuncia a abertura de dez vagas em tecnologia da informação. Sete delas são direcionadas para a sede da companhia, em Caxias do Sul (RS). As demais são para filial em São Paulo. Entre as oportunidades estão programador Java pleno, programador PL/SQL, consultor de aplicação, gerente de consultoria e consultor de atendimento.

De acordo com a empresa, para todas as vagas é necessário experiência mínima de dois anos e curso superior completo ou em andamento na área do cargo pretendido. Os interessados devem enviar o currículo com pretensão salarial para o e-mail about:rh@nl.com.br. Mais informações, acesse o site da NL Informática, na seção Oportunidades.

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 12 de junho de 2012 em Tecnologia

 

Tags: , , ,