RSS

Arquivo da tag: Incndio

Mãe salva filhos de incêndio ao jogá-los de janela de prédio na Rússia

AppId is over the quota
AppId is over the quota

Uma mulher de 36 anos salvou seus dois filhos de um incêndio ao jogá-los do quarto andar do prédio em que estavam na vila de Energetic, na Rússia. Os filhos, de 4 e 13 anos, sobreviveram. A cena foi registrada. Assista.

Mulher jogou filhos pela janela do quarto andar de um prédio para salvá-los de incêndio na Rússia (Foto: Reprodução/YouTube/LiveFocus West)Mulher jogou filhos pela janela do quarto andar de um prédio para salvá-los de incêndio na Rússia (Foto: Reprodução/YouTube/LiveFocus West)

Mila Aksakova estava com os filhos no prédio onde moravam quando ocorreu um incêndio. A saída de emergência do apartamento foi bloqueada pelas câmeras, e a única opção para deixar o local passou a ser as janelas.

Vizinhos do local seguraram lençóis no chão para tentar amortecer a queda das crianças. A mulher não pulou, e aguardou dentro do prédio em chamas até a chegada dos bombeiros. Ela também foi resgatada com vida, segundo o jornal britânico “Daily Mail”.

As causas do incêndio ainda são desconhecidas.

View the original article here

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 10 de maio de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , , ,

Incêndio em meio a confrontos mata 38 em Odessa, diz governo ucraniano

AppId is over the quota
AppId is over the quota
 Protestante joga bomba em prédio sindical em Odessa, nesta sexta-feira (Foto: Reuters/Yevgeny Volokin) Protestante joga bomba em prédio sindical em Odessa, nesta sexta-feira (Foto: Reuters/Yevgeny Volokin)

Trinta e oito pessoas morreram em um incêndio dentro de um prédio em Odessa, cidade portuária no sul da Ucrânia. Segundo o  Ministério do Interior ucraniano, o incêndio foi criminoso e foi iniciado em meio a confrontos nesta sexta-feira (2) entre partidários da unidade da Ucrânia e militantes pró-Rússia, anunciou o Ministério do Interior.

“Durante os confrontos, um incêndio de origem criminosa começou” na Casa dos Sindicatos, disse o ministério. “Trinta e oito pessoas morreram – 30 intoxicadas com monóxido de carbono e oito que se jogaram pela janela”, de acordo com a mesma fonte.

Outras mortes
Outras quatro mortes em Odessa já tinham sido anunciadas pela polícia local nesta sexta-feira, de acordo com a Reuters. Elas ocorreram em confrontos entre ativistas pró-Rússia e os apoiadores do governo ucraniano. Várias pessoas também ficaram feridas.

Conflitos semelhantes entre as partes já haviam ocorrido na cidade, mas estas foram as primeiras mortes registradas em decorrência da rivalidade. Alguns residentes temiam que ambos os lados pudessem planejar retaliações, provocando a pior escalada de violência na cidade, desde que o presidente Viktor Yanukovich foi deposto em fevereiro.

O conflito ocorreu depois que uma marcha pró-Kiev sofreu uma emboscada. Bombas de gasolina, pedras de pavimentação e explosivos foram lançados durante os confrontos.

Os novos líderes pró-Ocidente da Ucrânia acusaram Moscou de apoiar grupos pró-Rússia para tentar desestabilizar um país que tenta desesperadamente se recuperar da revolta que levou à derrubada de Yanukovich.

O Kremlin nega ter qualquer papel nos protestos no leste e sul da Ucrânia, dizendo que a população de etnia russa está simplesmente protegendo os seus direitos contra uma possível agressão por líderes pró-Ocidente de Kiev.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 2 de maio de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , ,

Incêndio causa explosão em depósito militar na Rússia

Um incêndio florestal causou explosões em um depósito de munições na região russa do Transbaikal nesta terça-feira (2), segundo informações da agência russa Interfax.

O incêndio fez com que a passagem de trens da ferrovia Transiberiana fosse interrompida na região.

De acordo com a agência, pelo menos três explosões foram ouvidas no depósito militar, que foi atingido por um incêndio iniciado em uma floresta próximas.

“Ventos fortes fizeram com que as chamas se espalhassem pelo depósito”, disse uma fonte à agência.

Centenas de bombeiros estavam envolvidos no combate às chamas. Os moradores da vila de
Bolshaya Tura foram retirados do local. Cerca de 300 pessoas deixaram suas casas.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 29 de abril de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , ,

Suposto incêndio criminoso deixa parte da capital venezuelana sem luz

Um suposto incêndio criminoso no maciço montanhoso que separa Caracas do Mar Caribe afetou o serviço elétrico e de transporte subterrâneo em diversas zonas da capital venezuelana, Caracas, informaram nesta terça-feira (25) fontes oficiais.

“O incêndio no Parque Nacional Waraira Repano (o antigo Ávila) afetou as linhas 1 e 2 do sistema elétrico Tacoa-Boyacá” e deixou sem abastecimento as regiões de La Candelaria, San Bernardino, San Agostinho, Sabana Grande e El Bosque, no norte da cidade, precisou o ministro da Energia Elétrica, Jesse Chacón.

Já o ministro de Ambiente, Miguel Rodríguez, assegurou ontem à noite à emissora estatal ‘VTV’ que o incêndio tinha sido “um ato provocado” com fins políticos, embora tenha evitado a especificar sua acusação.

Segundo Rodríguez, as chamas consumiram na segunda-feira (24) à noite cerca de 25 hectares de terra, enquanto as brigadas terrestres trabalham em sua extinção e a Guarda Nacional (polícia militar) aguarda para atuar com helicópteros.

O ministro de Energia Elétrica da Venezuela afirmou que o fornecimento de energia será estabilizado antes do entardecer, quando, segundo ele, os funcionários dos corpos de Bombeiros, Defesa Civil e da estatal Corporação Elétrica (Corpoelec) já terão controlado as chamas.

O ministro venezuelano de Transporte, Haiman El Troudi, revelou que o serviço do Metrô de Caracas ‘apresentou problemas’ em decorrência do incêndio e das conseguintes falhas, ‘o que impediu sua abertura no horário habitual’ (05h30 locais).

Troldi acrescentou que o incêndio ‘foi provocado intencionalmente para gerar falhas e paralisações dos serviços’ elétrico e de transporte subterrâneo, embora também não tenha oferecido mais detalhes.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 26 de março de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , , ,

Incêndio atinge prédio em Paris e assusta moradores

Um incêndio atingiu um prédio em Paris, na França, na noite desta quarta-feira (12). O fogo e a fumaça assustaram moradores. O Corpo de Bombeiros local recebeu mais de 400 chamadas sobre o incidente, que não provocou vítimas.

O incêndio teve início às 23h (19h em Brasília), por causas ainda desconhecidas, nos escritórios de uma empresa de impressão situada no nordeste da capital francesa, informaram os bombeiros.

O incêndio destruiu dois andares do prédio – quase 1.000 m2 – sem deixar vítimas, mas provocou uma densa coluna de fumaça e um forte cheiro, que foram percebidos em vários bairros de Paris.

“A destruição dos andares – de 500 m² cada um – provocou muita fumaça, mas não há vítimas”, disse à AFP um oficial do Corpo de Bombeiros.

O odor irritante para as vias respiratórias preocupou particularmente a população, que congestionou o serviço de chamadas dos bombeiros.

Ao menos 90 bombeiros foram enviados ao local do incêndio, controlado à 1h30 desta quinta (13).

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 13 de março de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , ,

Incêndio em mina de carvão cobre cidade de fumaça na Austrália

Incêndio em mina de carvão na cidade australiana de Morwell visto nesta terça-feira (25) (Foto: AP)Incêndio em mina de carvão na cidade australiana de Morwell visto nesta terça-feira (25) (Foto: AP)

As autoridades pediram nesta sexta-feira (28) a retirada dos idosos, das mulheres grávidas e das crianças de Morwell, uma cidade de 14 mil habitantes do sul da Austrália, coberta há três semanas por uma espessa nuvem de fumaça provocada pelo incêndio de uma mina de carvão.

As pessoas com mais de 65 anos, as mulheres grávidas, as crianças e as pessoas que sofrem de problemas cardíacos ou respiratórios devem “mudar temporariamente de lugar de residência”, declarou a chefe dos serviços de saúde do Estado de Victoria, Rosemary Lester.

Morwell, cidade mineradora situada a 150 quilômetros de Melbourne, sofre as consequências do incêndio de uma mina de carvão a céu aberto.

O incêndio da mina, provocado por um incêndio florestal, pode durar outros dez dias, estimaram os bombeiros.

Há vários dias, os habitantes de Morwell se queixam de dificuldades respiratórias, dores de cabeça, insônia e tosse.

“Entramos na terceira semana e sabemos que uma exposição contínua à fumaça aumenta o risco de problemas de saúde”, declarou Lester, que, por precaução, aconselhou as pessoas mais vulneráveis a deixarem temporariamente a região.

Incêndio em mina de carvão na cidade australiana de Morwell visto nesta terça-feira (25) (Foto: AP)Incêndio em mina de carvão na cidade australiana de Morwell visto nesta terça-feira (25) (Foto: AP)

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 7 de março de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

Incêndio causa mortes em hotel de Medina, na Arábia Saudita

Autoridades ajudam a evacuar pessoas feridas de dentro de hotel em Medina, na Arábia Saudita, que foi atingido por incêndio (Foto: Reuters)Autoridades ajudam a evacuar pessoas feridas de dentro de hotel em Medina, na Arábia Saudita, que foi atingido por incêndio (Foto: Reuters)

Ao menos 12 pessoas morreram e outras 130 ficaram feridas em um incêndio que atingiu neste sábado (22) um dos principais hotéis próximos à Mesquita do Profeta, na cidade de Medina, na Arábia Saudita, informou a agência oficial de notícias SPA.

O governo de Medina explicou que a maioria dos feridos sofreu asfixia. Aproximadamente 700 peregrinos de diferentes nacionalidades estavam no hotel no momento do incidente.

Equipes da Defesa Civil combateram o fogo, enquanto outras 14 do Crescente Vermelho e oito equipes médicas ajudaram no tratamento dos feridos.

O porta-voz da Defesa Civil na cidade, Khaled al Yahni, afirmou que por enquanto não se sabe o motivo do incêndio e explicou que suas equipes continuam o resgate das vítimas que ainda estão presas no edifício.

Uma área próxima a tumba de Maomé foi fechada pelos serviços de segurança para acelerar a chegada dos veículos e das equipes de socorro necessárias.

A Mesquita do Profeta, onde fica o túmulo de Maomé, é a segunda mesquita mais importante do islã atrás da mesquita de Meca, e milhões de muçulmanos de todos os países do mundo a visitam a cada ano.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 10 de fevereiro de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , , ,