RSS

Arquivo da tag: imigrantes

Marinha italiana resgata 3 mil imigrantes em 24 horas

AppId is over the quota
AppId is over the quota

A Marinha italiana resgatou nas últimas 24 horas cerca de 3 mil imigrantes que tentavam chegar às costas da Europa pelo Mar Mediterrâneo.

Cerca de 1.300 imigrantes que viajavam em barcos frágeis foram resgatados neste sábado (31) e 1.443 outros nesta sexta-feira (30), além de outros 200 perto de Lampedusa, a pequena ilha palco de uma tragédia dupla no ano passado, em que mais de 400 pessoas morreram.

O jornal La Repubblica, que fala de “um êxodo sem fim nas praias da Sicília”, no sul do país, informou que os imigrantes são principalmente sírios e egípcios.

Uma das embarcações interceptada pela Marinha transportava 264 crianças e 56 mulheres.

De acordo com a agência europeia Frontex, nos últimos meses tem havido um aumento significativo de imigrantes vindos do norte de África.

Segundo o governo italiano, mais de 39 mil pessoas chegaram este ano às margens de seu país.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 31 de maio de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , ,

Número de mortos em naufrágio de imigrantes na Itália chega a 17

AppId is over the quota
AppId is over the quota

O naufrágio de uma embarcação com 400 imigrantes a bordo em águas internacionais entre a Itália e a Líbia deixou pelo menos 17 mortos, anunciou a Marinha italiana, que anunciou o resgate de mais de 200 pessoas.

“Até o momento foram recuperados 17 corpos e 206 pessoas foram resgatadas”, afirma um comunicado da Marinha italiana.

O balanço anterior registrava 14 mortes.

Os trabalhos de resgate contam com a participação de dois navios militares, três da Guarda Costeira, além de embarcações da patrulha de fronteira, além de dois navios mercantes com bandeira de Vanuatu e da França.

Dois helicópteros e dois aviões também participam nas operações.

A fragata “Grecale” segue para o porto siciliano de Catania com os sobreviventes e os corpos das vítimas fatais.

A promotoria de Catania anunciou a abertura de uma investigação sobre as causas do naufrágio.

Outro navio de guerra, o “Sirio”, seguiu para o resgate de outra embarcação, com 295 imigrantes a bordo, segundo a Marinha.

Centenas de imigrantes, muitos deles solicitantes de asilo e procedentes da Eritreia, Somália ou Síria, tentam chegar às costas da Itália todos os dias. O governo do país fez um apelo para obter mais ajuda da União Europeia.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 14 de maio de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , ,

Trezentos imigrantes são resgatados no deserto do Sudão

AppId is over the quota
AppId is over the quota

Nove imigrantes morreram no deserto entre a Líbia e o Sudão, e mais de 300 foram resgatados, depois de terem sido abandonados por traficantes nesta região, indicou nesta quarta-feira (30) o Ministério da Defesa sudanês.

“Nove deles morreram e o estado de saúde dos outros é grave. Eles estão sendo atendidos e transferidos para (a cidade de) Dongola”, indicou o ministério em um comunicado.

“Eles estavam indo para a Líbia clandestinamente”, explicou à AFP Sawarmi Khaled Saad, porta-voz do Exército.

“Os atravessadores os deixaram no deserto (…) na fronteira entre o Sudão e a Líbia”, acrescentou.

Os nove mortos são sudaneses, e entre os imigrantes havia etíopes, eritreus, paquistaneses e bengaleses, segundo o porta-voz.

Saad indicou um total de 319 imigrantes encontrados durante uma operação realizada em conjunto por soldados sudaneses e líbios.

A região desértica em que foram encontrados se estende do leste do Sudão até o Sinai egípcio. Pelo local, passam muitos refugiados e imigrantes em busca de melhores condições de vida.

Milhares de eritreus fogem todos os anos em direção a Israel, enquanto outros tentam chegar à Europa atravessando o Mediterrâneo.

De acordo com dados oficiais sudaneses, cerca de 600 eritreus entram no Sudão por mês. “A maioria deles querem manter a viagem”, segundo uma fonte ligada a esta questão.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 1 de maio de 2014 em Brasil

 

Tags: , , ,

Imigrantes tentam entrar nos EUA escondidos em ‘gavetão’ de cama

O departamento de segurança interna dos EUA divulgou imagens que mostram três imigrantes mexicanos flagrados escondidos dentro de uma caixa, durante uma tentativa do trio de entrar ilegalmente no país.

De acordo com a polícia, os imigrantes estavam dentro de uma caixa escondida no compartimento embaixo de uma cama, dentro de um veículo recreativo (RV, em inglês).

O dono do carro, de 23 anos, e uma passageira de 18 anos, ambos cidadãos americanos, foram presos por suspeita de contrabando de imigrantes.

Imigrantes mexicanos foram flagrados escondidos em caixa embaixo de cama, tentando entrar nos EUA ilegalmente (Foto: U.S. Department of Homeland Security/AP)Imigrantes mexicanos foram flagrados escondidos em caixa embaixo de cama, tentando entrar nos EUA ilegalmente (Foto: U.S. Department of Homeland Security/AP)

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 26 de março de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,

Imigrantes tentam entrar nos EUA escondidos em ‘gavetão’ de cama

O departamento de segurança interna dos EUA divulgou imagens que mostram três imigrantes mexicanos flagrados escondidos dentro de uma caixa, durante uma tentativa do trio de entrar ilegalmente no país.

De acordo com a polícia, os imigrantes estavam dentro de uma caixa escondida no compartimento embaixo de uma cama, dentro de um veículo recreativo (RV, em inglês).

O dono do carro, de 23 anos, e uma passageira de 18 anos, ambos cidadãos americanos, foram presos por suspeita de contrabando de imigrantes.

Imigrantes mexicanos foram flagrados escondidos em caixa embaixo de cama, tentando entrar nos EUA ilegalmente (Foto: U.S. Department of Homeland Security/AP)Imigrantes mexicanos foram flagrados escondidos em caixa embaixo de cama, tentando entrar nos EUA ilegalmente (Foto: U.S. Department of Homeland Security/AP)

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 21 de março de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,

Vídeo mostra imigrantes tentando invadir enclave espanhol na África

Enclaves são considerados partes de uma das rotas mais perigosas de entrada na Europa (Foto: BBC)Enclaves são considerados partes de uma das
rotas mais perigosas de entrada na Europa (Foto:
BBC)

Imagens divulgadas pela polícia da Espanha mostraram uma multidão de migrantes tentando ultrapassar as barreiras que separam o Marrocos do enclave espanhol de Melilla. Veja o vídeo.

A Espanha diz que cerca de mil deles chegaram ao enclave, o maior número em quase dez anos.

O país tem dois enclaves na costa mediterranea do Marrocos, Melilla e Ceuta, e milhares de pessoas tentam passar pela fronteira nestes lugares todos os anos.

Autoridades afirmam que nas últimas semanas aumentaram as tentativas de cruzar a fronteira em Melia.

A maioria dos que chegam aos enclaves são da África. Quando eles conseguem atravessar a barreira, chegam feridos ou doentes.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 19 de março de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , , ,

Naufrágio na Grécia causa morte de imigrantes

Sete imigrantes, incluindo duas crianças, morreram nesta terça-feira e dois são considerados desaparecidos após o naufrágio de uma embarcação diante da ilha grega de Lesbos, no Mar Egeu.

Oito pessoas foram resgatadas pela polícia portuária, que prossegue com as buscas pelos desaparecidos.

A nacionalidade dos sobreviventes não foi divulgada.

O naufrágio aconteceu a 1,5 milha náuticas de Lesbos, perto da costa oeste da Turquia no Egeu, passagem habitual dos imigrantes que tentam chegar na Europa a partir da Ásia ou África.

A Grécia, situada no extremo sudeste do Velho Continente, é uma das principais portas de entrada da União Europeia (UE) para as pessoas em fuga da pobreza ou de países em guerra.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 18 de março de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , ,

Suíços devem aprovar limitar entrada de imigrantes da União Europeia

Homem vota neste domingo (9) na cidade suíça de Ascona (Foto: AFP)Homem vota neste domingo (9) na cidade suíça de Ascona (Foto: AFP)

Os suíços disseram “sim” para o “fim da imigração em massa” para cidadãos da União Europeia, segundo estimativas do instituto Gfs, publicadas neste domingo (9) à tarde.

“De acordo com as nossas últimas estimativas, 50,4% dos eleitores votaram ‘sim'”, declarou Claude Longchamp, do instituto GfS.

A estimativa tem uma margem de erro de 0,7% para mais ou para menos.

Falta ainda contabilizar os votos de dois grandes cantões, o de Zurique e de Berna.

A maioria dos cantões suíços votaram a favor do texto.

Para que seja adotado, o texto, que tem como objetivo regularizar a imigração por meio de um sistema de contingente e cotas, deve conquistar uma dupla maioria, a maioria dos cantões e a maioria dos votos.

Atualmente, as pesquisas de opinião apontam para uma enorme discrepância entre a Suíça de língua alemã e a Suíça de língua francesa.

O primeiro lado vota a favor do texto, enquanto o segundo é majoritariamente contra, o que pode prejudicar as relações entre a Suíça e a União Europeia, colocando em xeque os acordos de livre-circulação, em vigor desde 2002.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 10 de fevereiro de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , ,

Suíços aprovam limitar entrada de imigrantes da União Europeia

Homem vota neste domingo (9) na cidade suíça de Ascona (Foto: AFP)Homem vota neste domingo (9) na cidade suíça de Ascona (Foto: AFP)

Os suíços disseram “sim” para o “fim da imigração em massa” para cidadãos da União Europeia, segundo resultados oficiais de um referendo divulgados neste domingo (9).

Votaram “sim” 50,3% dos eleitores.

A maioria dos cantões (divisões administrativas) suíços votaram a favor do texto.

Para que seja adotado, o texto, que tem como objetivo regularizar a imigração por meio de um sistema de contingente e cotas, deve conquistar uma dupla maioria, a maioria dos cantões e a maioria dos votos.

Atualmente, as pesquisas de opinião apontam para uma enorme discrepância entre a Suíça de língua alemã e a Suíça de língua francesa.

O primeiro lado votou a favor do texto, enquanto o segundo foi majoritariamente contra, o que pode prejudicar as relações entre a Suíça e a União Europeia, colocando em xeque os acordos de livre-circulação, em vigor desde 2002.

A Suíça, um país de 8 milhões de habitantes, não faz parte do bloco de 28 países europeus, mas é cercada por países da União Europeia.

Com uma economia próspera, o país assinou com Bruxelas acordos bilaterais segundo os quais deveria abrir seu mercado de trabalho aos 500 milhões de habitantes do bloco.

Com a vitória do “sim”, estes acordos deverão ser revisados.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 10 de fevereiro de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , ,

Caso de Bieber alimenta campanhas sobre tratamento a imigrantes

Campanhas cobram igualidade no tratamento a imigrantes nos EUA (Foto: UndocuMeme/reprodução)Campanhas cobram igualidade no tratamento a imigrantes
nos EUA (Foto: UndocuMeme/reprodução)

Organizações de defesa dos direitos dos imigrantes nos Estados Unidos vêm criticando o que classificaram como “tratamento desigual” dado ao cantor pop canadense Justin Bieber por autoridades do país. Segundo essas entidades, Bieber, que soma inúmeros delitos em sua ficha criminal fora dos palcos, já teria sido deportado se tivesse outra origem racial ou sócioeconômica.

Há duas semanas, o cantor, de 19 anos, foi preso em Miami Beach, no Estado americano da Flórida, acusado de dirigir sem licença e sob efeitos de álcool e drogas.

Bieber negou as acusações e foi posto em liberdade poucas horas depois após pagar uma fiança de US$ 2,5 mil (R$ 6 mil). Segundo argumentam as entidades de defesa dos direitos dos imigrantes, os crimes cometidos por Bieber em Miami Beach já teriam sido suficientes para que as autoridades americanas iniciassem um processo de deportação do cantor.

As organizações lembram ainda que o astro já tinha cometido outros delitos, como quando foi acusado de agredir e ameaçar um vizinho na Califórnia.

Na semana passada, uma petição enviada à Casa Branca pedindo a deportação de Bieber recebeu mais de 200 mil assinaturas.

Redes sociais
A polêmica em torno da deportação de Bieber – e do tratamento dado a outros imigrantes residentes nos Estados Unidos – chegou também às redes sociais.

No Facebook e no Twitter, multiplicam-se campanhas criticando o posicionamento das autoridades americanas.

Uma das iniciativas que está gerando grande repercussão foi criada por jovens imigrantes – muitos deles de origem hispânica – cuja intenção é denunciar o ‘racismo’ que dizem existir nas políticas migratórias dos Estados Unidos.

A campanha, batizada de #Undeportable (‘não deportável’, em tradução livre), insta os participantes que tirem fotos de si mesmos e depois as editem, mudando sua aparência para ficar com cabelos loiros e olhos azuis.

Campanha batizada de "Undeportable" insta participantes a tirar fotos de si mesmos (Foto: UndocuMeme/reprodução)Campanha batizada de “Undeportable” insta participantes a tirar fotos de si mesmos (Foto: UndocuMeme/reprodução)

Racismo
A iniciativa foi lançada pela organização Coalizão de Jovens Imigrantes, sediada na Califórnia. Em poucos dias, centenas de imagens foram enviadas por jovens de todos os Estados Unidos e publicadas na página oficial do Facebook UndocuMemes (um trocadilho com as palavras ‘sem documentos’ e ‘meme’) e no Twitter com a hashtag #Undeportable.

“Quando soubemos da notícia da detenção de Justin Bieber, pensamos que, diferentemente do que acontece conosco, que somos de origem hispânica, ele não pode ser deportado porque não tem o perfil dos que habitualmente são deportados. Ou seja, não tem pele escura”, explicou Jonathan Pérez, um dos coordenadores da campanha, à BBC Mundo, o serviço em espanhol da BBC.

“Pela nossa própria experiência, sabemos que muitas pessoas que cometem delitos parecidos ou menores dos que os praticados por Bieber foram deportadas sem que lhes tenha sido dada a oportunidade de se defender”, acrescentou Pérez.

“Com essa campanha, queremos denunciar o racismo que existe no sistema migratório dos Estados Unidos e demonstrar ao mesmo tempo que, embora se trate de um assunto muito sério, também podemos encará-los com humor e de forma criativa”, assinalou.

Pérez credita o sucesso da iniciativa ao grande número de migrantes que enfrentaram experiências negativas com autoridades. “A realidade é que se todos fôssemos anglo-saxões, não haveria centros de detenção ou deportações”, assegurou.

A campanha #Undeportable recebeu o apoio de inúmeras organizações que reúnem jovens imigrantes de origem hispânica, como o grupo Latino Rebels.

Na avaliação de Christian Henriquez, um dos integrantes do Latino Rebels, “o tratamento recebido por Bieber é uma mostra do desequilíbrio que existe no sistema judicial dos EUA”.

Discriminação
“Bieber só teve de pagar uma fiança enquanto outros que cometeram crimes muito menos graves foram deportados. Se ele fosse um imigrante latino-americano, com certeza teria sido tratado de forma mais dura”, afirmou Henriquez à BBC Mundo.

“Não temos nada contra Bieber. Só queremos que todos os imigrantes sejam tratados igualmente. Queremos os mesmos direitos e a mesma Justiça”.

Após a última detenção de Justin Bieber, a imprensa americana especulou sobre a eventual deportação do cantor. No entanto, especialistas em imigração consultados pela BBC Mundo descartaram essa possibilidade.

Horas depois do astro canadense ser liberado, a União das Liberdades Civis dos Estados Unidos (ACLU, na sigla em inglês) foi uma das primeiras organizações a denunciar que o caso do cantor colocava em evidência o tratamento desigual recebido por imigrantes no país.

“Diferentemente de Justin Bieber, muitos imigrantes não têm os meios de se defender em processos de deportação. Na prática, 84% deles não contam com um advogado que possa defendê-los”, explicou Chris Rickerd, consultor legislativo da ACLU, à BBC Mundo.

“Acredito que a vinda de imigrantes torna este país muito valioso, mas o sistema de deportações não é igual para todos”, afirmou Rickerd.

“Nos Estados Unidos, muitos imigrantes são discriminados pelas polícias locais por causa de sua raça. Os latinos representam uma grande maioria dos que se encontram em centros de detenção provisória porque não têm como pagar um advogado. Isso é uma clara evidência de que o sistema não funciona”, disse Rickerd.

Apesar dos inúmeros delitos, Bieber não foi condenado por nenhum deles. As autoridades também não se pronunciaram sobre um eventual processo de deportação do cantor.

Na terça-feira, a agência de notícias Associated Press informou que o julgamento de Bieber relacionado à sua detenção por dirigir embriagado e sem licença ocorrerá em março, em Miami.

Durante passagem pelo Brasil em novembro do ano passado, o cantor canadense foi autuado no Rio de Janeiro por pichar um muro em São Conrado, bairro nobre da Zona Sul da cidade.

Com uma legião de fãs conhecidas como ‘Beliebers’ e mais de 40 milhões de seguidores no Twitter, ele foi nomeado pela revista Forbes como a terceira celebridade mais poderosa do mundo em 2012.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 6 de fevereiro de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , ,