RSS

Arquivo da tag: imagens

Lista reúne imagens chocantes que ‘doem só de olhar’

AppId is over the quota
AppId is over the quota

Homem espeta olho
Um devoto mostrou “nervos de aço” ao não esboçar reações de dor ao fazer um de seus olhos saltarem usando uma faca durante evento religioso em Ajmer, na Índia.

Mostrando 'nervos de aço' e sem esboçar reação de dor, homem fez olho saltar durante evento religioso em Ajmer, na Índia (Foto: Himanshu Sharma/Reuters)Mostrando ‘nervos de aço’ e sem esboçar reação de dor, homem fez olho saltar durante evento religioso em Ajmer, na Índia (Foto: Himanshu Sharma/Reuters)

Saltos dolorosos
Na cidade de Konakovo, na Rússia, o grupo “Sinners”, que realiza performances de suspensão corporal, publicou um vídeo no qual homens fazem “base jump” de uma torre sem a “mochila” do paraquedas, mas sim inserindo os equipamentos na própria pele das costas (leia a matéria).

Homem faz base jumping com equipamento acoplado às costas na Rússia (Foto: Reprodução/YouTube/XTreme Base Jump)Homem faz base jumping com equipamento acoplado às costas na Rússia (Foto: Reprodução/YouTube/XTreme Base Jump)

Pálpebras fortes
O fazendeiro chinês Wang Xianxian foi fotografado em janeiro de 2013 suspendendo dois baldes de água usando apenas as pálpebras, durante Spring Festival para trabalhadores migrantes em Shaodong, na província de Hunan (leia a matéria).

O fazendeiro chinês Wang Xianxian suspende dois baldes de água usando as pálpebras, durante um Festival para trabalhadores migrantes em Shaodong, na província de Hunan. Wang ergueu por um minuto os dois baldes que, juntos, pesavam 5 kg. (Foto: Reuters/China Daily)O fazendeiro chinês Wang Xianxian suspende dois baldes de água usando as pálpebras, durante um Festival para trabalhadores migrantes em Shaodong, na província de Hunan. Wang ergueu por um minuto os dois baldes que, juntos, pesavam 5 kg. (Foto: Reuters/China Daily)

Boca poderosa
Em novembro de 2011, o quirguiz Nurlan Alisherov, de 35 anos, tentou entrar pra o Guinness, livro dos recordes com três diferentes feitos em Bishkek, no Quirguistão. Ele tentou arrancar 20 pregos com os dentes em um minuto, puxou por 33 metros um ônibus de 12 toneladas com uma corda presa à boca e carregou com a boca por 120 metros uma cadeira com um homem de 55 quilos sentado nela (leia a matéria).

Em 2011, o quirguiz Nurlan Alisherov arrancou 20 pregos com os dentes durante um minuto em Bishkek, no Quirguistão, na tentativa de entrar para o Guinness (Foto: Vladimir Pirogov/Reuters)Em 2011, o quirguiz Nurlan Alisherov arrancou 20 pregos com os dentes durante um minuto em Bishkek, no Quirguistão, na tentativa de entrar para o Guinness (Foto: Vladimir Pirogov/Reuters)

Pele espetada
Já em junho de 2011, a americana Staysha Randall, de 22 anos, queria bater um recorde mundial ao colocar 3.600 piercings no corpo em Las Vegas, no estado de Nevada. No entanto, a jovem desistiu da empreitada, e se contentou com 3.200 perfurações na pele (leia a matéria).

A performer Staysha Randall mostra seus recém-colocados piercings nesta terça-feira (7) em Las Vegas, no estado americano de Nevada. (Foto: Reuters)A performer Staysha Randall mostra seus recém-colocados piercings nesta terça-feira (7) em Las Vegas, no estado americano de Nevada. (Foto: Reuters)

Triciclo puxado pelos olhos
O chinês Yang Guanghe, de 37 anos, puxou um triciclo carregado com cinco pessoas com ganchos presos em suas pálpebras inferiores durante uma apresentação nem fevereiro de 2010 em Pequim, durante os festejos do Ano Novo Lunar (leia a matéria).

Em 2010, o chinês Yang Guanghe puxou um triciclo carregado com cinco pessoas com ganchos presos em suas pálpebras inferiores durante apresentação em Pequim (Foto: Christina Hu/Reuters) Yang Guanghe puxa um triciclo carregado com cinco pessoas com ganchos presos às pálpebras inferiores durante apresentação em Pequim, na China (Foto: Christina Hu/Reuters)

110 metros de aflição
Lá em agosto de 2007, Hannibal Helmurto puxou uma van com as suas costas em Edimburgo, na Escócia, usando dois ganchos colocados na parte de trás do corpo. O homem ainda conseguiu entrar para o Guinness, o Livro dos Recordes, ao puxar o veículo por 110 m, superando a marca anterior por 10 m (leia a matéria).

Hannibal Helmurto puxa uma van com ganchos presos às suas costas em Edimburgo, na Escócia (Foto: David Moir/Reuters)Hannibal Helmurto puxa uma van com ganchos presos às suas costas em Edimburgo, na Escócia (Foto: David Moir/Reuters)

View the original article here

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 7 de maio de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , ,

Site vaza imagens de suposto ‘Assassin’s Creed Unity’

Imagens de uma suposta nova versão do game “Assassin’s Creed” vazaram e foram publicadas pelo site especializado em games “Kotaku” nos Estados Unidos. De acordo com a reportagem, o game se chamaria “Assassin’s Creed Unity”, teria a cidade de Paris do século 18 como cenário para as missões e seria um dos dois títulos lançados para videogames e PC no final de 2014.

Pontos conhecidos da capita francesa como o Rio Sena e a Catedral de Notre Dame aparecem nas supostas imagens que também mostram o assassino do game vestindo roupas características, incluíndo o tradicional capuz.

O site afirma que “Assassin’s Creed Unity” seria a versão para Xbox One e PlayStation 4 do título, enquanto o Xbox 360 e o PlayStation 3 receberia um game que tem o nome de “Comet” no projeto. Não há informações para a versão de Wii U.

Até a publicação desta reportagem, a Ubisoft não comentou sobre o vazamento.

Site 'Kotaku' publica imagem de suposto novo 'Assassin's Creed: Unity' (Foto: Reprodução/Kotaku)Site ‘Kotaku’ publica imagem de suposto novo ‘Assassin’s Creed Unity’ (Foto: Reprodução/Kotaku)

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 20 de março de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,

Empresa divulga imagens de satélite e pede ajuda em busca por avião

As buscas pelo voo desaparecido MH370 agora incluem, além de especialistas, internautas de todo o mundo.

Milhões de “caçadores de aviões” online espalhados pelo planeta estão tentando encontrar alguma pista que possa sinalizar o que ocorreu com a aeronave da Malaysia Airlines desaparecida no último dia 8 de março.

A análise de imagens geradas por satélites estão no centro das buscas pelo MH370.

Achar traços do avião entre imagens como essa pode ser mais difícil do que achar uma agulha num paheiro (Foto: Digital Globe)Achar traços do avião entre imagens como essa pode ser mais difícil do que achar uma agulha num paheiro (Foto: Digital Globe)

A companhia Digital Globe, que coleta imagens digitais geradas por satélite, compartilha essas imagens na internet e, assim, permite que membros do público possam inspecioná-las e ampliá-las.

Após a desaparição da aeronave, a empresa lançou uma campanha de crowdsourcing que permite fazer buscas detalhadas em imagens de satélites e destacar coisas que pareçam interessantes. O site também mostra como determinadas coisas parecem se vistas à distância, como uma mancha de óleo ou um bote salva-vidas.

De acordo com a empresa, as imagens são tão detalhadas, que seria possível encontrar algo tão pequeno quanto uma mala.

Após seu lançamento, o site da Digital Globe aumentou consideravelmente sua audiência. Os dados mais recentes fornecidos pela empresa indicam que os mapas foram vistos 385 milhões de vezes.

Alarmes falsos
Mas o efeito colateral dessa prática é o número de alarmes falsos que serão levantados com a iniciativa.

A companhia diz que cerca de 4,7 milhões de “coisas” foram avistadas, mas ainda não está claro quantas destas são significativas – se é que alguma delas é verdadeiramente importante.

A fim de se prevenir contra isso, o sistema faz com que múltiplas pessoas – cerca de 30 – analisem cada imagem.

As imagens mais “tagueadas” por voluntários são então enviadas para os especialistas da Digital Globe, que irão, em seguida, determinar se a informação deve ou não ser repassada para autoridades.

Em princípio, as imagens fornecidas pela companhia estavam centradas no Mar do Sul da China e no Golfo da Tailândia – refletindo os focos iniciais de buscas pelo aeronave.

Google Malaysia advertiu que imagens no Google Maps não são em tempo real (Foto: Google)Google Malaysia advertiu que imagens no Google Maps não são em tempo real (Foto: Google)

Agora, com as atenções se voltando para a região em torno do Estreito de Malaca, na costa oeste da Malásia, as buscas online também estão sendo adaptadas.

Novas imagens da região devem ser divulgadas em breve no site da Digital Globe.

A empresa disse à BBC que essas imagens seriam atualizadas diariamente e que seria possível fazer com que os satélites possam ‘olhar’ uma nova área a cada 20 minutos.

Agregando informação
O site de compartilhamento de notícias Reddit está se lançando em um desafio diferente – coletando e organizando informações publicadas pela mídia e postadas nas mídias sociais.

Uma seção especial, conhecida como subreddit, foi criada para agregar informações sobre a aeronave desaparecida.

Entre os links no site, há incontáveis discussões sobre as mais variadas teorias vindas de diferentes partes do mundo.

Graças à maneira que o Reddit funciona, com usuários podendo votar na qualidade do conteúdo postado no site, ele tem se mostrado como uma ferramenta útil na busca por notícias “confiáveis” ou que foram pescadas de geradores de conteúdo alternativos, como as mídias sociais.

Como por exemplo a hipótese sobre o que poderia ter acontecido com o avião oferecida no Google+ por Chris Goodfellow, ex-piloto canadense. Goodfellow sugere que o trajeto do avião e a súbita guinada em sua rota para o oeste indicam que o piloto poderia estar reagindo a um incêndio a bordo, tentado buscar um aeroporto para um pouso de emergência.

A página foi compartilhada várias vezes no Reddit e em outras redes, antes de ter sido republicada pela revista de tecnologia Wired.

No passado, usuários do Reddit já tentaram juntar pistas para ajudar em uma investigação, mas o resultados foram prejudiciais. Uma página subreddit montada em torno dos atentados à bomba de Boston acabou apontando uma pessoa errada como autor do ataque.

E há também pessoas que tem o propósito deliberado de prestar informações erradas, como o perfil falso de Facebook do co-piloto do voo MH370, Faruq Abdul Hamid, que foi amplamente compartilhado.

A fim de evitar pistas falsas, a edição malaia do Google teve de divulgar um comunicado de imprensa pedindo que pessoas não buscassem imagens do avião no Google Earth.

“Sim, as imagens podem estar lá, mas as imagens não foram registradas em tempo real”, afirmou um representante do Google Malaysia em entrevista ao jornal Star, enfatizando que as imagens vistas no site poderiam ser de meses atrás.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 19 de março de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , ,

Lyoto Machida e ‘Cigano’ aparecem em imagens do novo game do UFC

Lyoto Machida (Foto: Divulgação/EA Sports)Brasileiro Lyoto Machida foi confirmado em novo game do UFC (Foto: Divulgação/EA Sports)

Os lutadores Lyoto Machida e Junior “Cigano” dos Santos aparecem em novas imagens do game “EA Sports UFC”, que chega no 1º semestre de 2014 para PlayStation 4 e Xbox One. Johny Hendricks, novo campeão da categoria dos meio médios da organização de MMA (artes marciais mistas), também teve seu retrato virtual divulgado.

A Electronic Arts assumiu a produção dos games do UFC após três títulos lançados pelas empresas THQ e Yuka. Desenvolvido pela mesma equipe da série de boxe “Fight Night”,  “EA Sports UFC” usa o motor gráfico “Ignite” e promete lutas mais intensas e dinâmicas, um novo sistema de física de golpes e a deformação em tempo real do corpo dos lutadores, como o salto de uma veia ou a flexão de um músculo.

Além dos brasileiros e de Hendricks, a EA Sports confirmou ainda os lutadores Carlos Condit (meio médio) e Francis Carmont (médio). Dos mais de 100 atletas prometidos para o game, a produtora já divulgou imagens de 35, como José Aldo, Rodrigo “Minotauro” Nogueira e Jon Jones.

Junior 'Cigano' dos Santos (Foto: Divulgação/EA Sports)Versão virtual de ‘Cigano’ também aponta para o centro do octógono antes das lutas (Foto: Divulgação/EA Sports)

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 18 de março de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,

China diz não poder confirmar se imagens de ‘destroços’ são de avião

Frame fundo azul vale (Foto: Reprodução/CNN)Imagem mostrada em um vídeo da rede americana CNN mostra objetos identificados no estreito de Málaca e que podem ser do avião desaparecido (Foto: Reprodução/CNN)

O chefe da Aviação Civil da China disse nesta quinta-feira (13, horário local) que não há nenhuma prova de que os objetos que foram vistos no mar do Sul da China estão ligados à aeronave da Malaysia Airlines. O avião sumiu no último sábado (8) com 239 pessoas a bordo e, nesta quarta-feira, imagens de satélite localizaram ‘três objetos suspeitos’ flutuando, aumentando a expectativa de que se tratava de destroços da aeronave.

“Os satélites chineses descobriram fumaça e objetos flutuantes, mas no momento não podemos confirmar se isto está relacionado à aeronave desaparecida”, disse Li Jiaxiang a jornalistas durante uma reunião anual do Parlamento da China.

VALE ESTE 2 - mapa avião desaparecido malásia (Foto: Arte/G1)

Li disse também que não há evidências de que os militares da Malásia estaria escondendo informações sobre o voo desaparecido.

Aeronaves vietnamistas foram enviadas nesta quinta-feira (horário local) para a área onde o satélite apontou os objetos para verificar de que se tratavam.

Buscas continuam
Nesta quarta-feira (12), as equipes de buscas continuam a vasculhar as águas de ambos os lados da península da Malásia, em meio à confusão de informações e hipóteses sobre o que poderia ter ocorrido ao avião.

Passados mais de cinco dias do desaparecimento da aeronave, uma área de milhares de quilômetros quadrados no mar já foi vasculhada, mas até agora não há sinais do avião.

As autoridades responsáveis pelas investigações estão considerando seriamente a possibilidade de que a aeronave pode ter alterado sua rota em meio ao voo, mas o comandante da Força Aérea da Malásia negou relatos de que os radares militares mostrariam o avião no outro lado da península da Malásia.

Outra nova pista que está sob investigação é o relato de um funcionário de uma plataforma de petróleo no Mar do Sul da China, que disse ter visto um objeto em chamas no céu nas primeiras horas do sábado. As autoridades afirmaram também que estão verificando os relatos de familiares de passageiros que afirmam que seus celulares ainda estão tocando quando contactados, o que indicaria que não foram destruídos e estariam em área coberta por sinais de telefonia.

As operações foram ampliadas agora para o Mar de Andamão, a centenas de quilômetros a noroeste do perímetro inicialmente estabelecido. “Sim, acima de Sumatra se encontra o Mar de Andamão”, disse à AFP o chefe da Aviação Civil da Malásia, Azharuddin Abdul Rahman, respondendo a uma pergunta sobre a ampliação da área de busca.

O Mar de Andamão é limitado ao norte pela ilha indonésia de Sumatra, e ao leste e ao norte por Tailândia e Myanmar (antiga Birmânia).

A ampliação da área foi anunciada após a Força Aérea da Malásia informar que o avião do voo MH370 mudou de rota antes de sumir com 239 pessoas a bordo, de acordo com leitura de radares

Fonte G1

 
1 comentário

Publicado por em 13 de março de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , ,

Malásia diz que imagens de satélite chinês ‘não mostravam destroços’

O governo da Malásia negou nesta quinta-feira (13) as informações de que o avião desaparecido desde sábado tenha voado durante quatro horas depois de desaparecer do radar e afirmou que as imagens de um satélite chinês, que provocaram esperanças, não mostravam destroços.

“As informações estão erradas”, afirmou o ministro dos Transportes, Hishamudin Husein, aos jornalistas, ao comentar a notícia divulgada pelo Wall Street Journal.

Ele acrescentou que a China afirmou ao governo da Malásia que as imagens de satélite foram divulgadas “por engano e não mostravam destroços”.

O “Wall Street Journal” informou que o Boeing 777 da Malaysia Airlines, desaparecido desde sábado, pode ter voado durante quatro horas após o último contato, segundo investigadores americanos.

VALE ESTE 2 - mapa avião desaparecido malásia (Foto: Arte/G1)

A aeronave poderia ter viajado por centenas ou milhares de quilômetros depois do último contato com os controladores aéreos a 1H30 de sábado (14H30 de Brasília, sexta-feira), uma hora depois de ter decolado de Kuala Lumpur com destino a Pequim.

Os investigadores americanos, que pediram anonimato, baseiam a hipótese nos dados transmitidos automaticamente pelos motores Rolls Royce, que equipavam o Boeing desaparecido

A China anunciou na quarta-feira que um de seus satélites havia detectado três “objetos flutuantes” de certo volume em uma zona marítima onde foi perdido o contato com o avião.

O Boeing 777, com 239 pessoas a bordo, de várias nacionalidades, a maioria chinesas, viajava entre Kuala Lumpur e Pequim quando desapareceu dos radares na madrugada de sábado (tarde de sexta-feira no horário de Brasília).

As buscas cobrem atualmente 27.000 milhas náuticas (quase 90.000 quilômetros quadrados, o que praticamente equivale à superfície de Portugal). Doze países, incluindo Estados Unidos, China e Japão, participam nas operações.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 13 de março de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , ,

Prêmio seleciona imagens de valor científico e beleza

O prêmio fotográfico Wellcome Image Awards anunciou seus finalistas do ano, que produziram imagens impressionantes - entre elas este ovo de piolho, preso a um fio de cabelo, fotografado por Kevin Mackenzie, da Universidade de Aberdeen (Foto: Kevin Mackenzie, University of Aberdeen/Wellcome Images/BBC)O prêmio fotográfico Wellcome Image Awards anunciou seus finalistas do ano, que produziram imagens impressionantes – entre elas este ovo de piolho, preso a um fio de cabelo, fotografado por Kevin Mackenzie, da Universidade de Aberdeen (Foto: Kevin Mackenzie, University of Aberdeen/Wellcome Images/BBC)

Uma exposição em Glasgow, na Escócia, aberta nesta quarta-feira, apresenta ao público as imagens premiadas da 13ª edição do Wellcome Image Awards.

Um painel de jurados escolheu, entre as novas imagens adquiridas pela biblioteca fotográfica Wellcome – que se apresenta como um dos maiores arquivos de imagens ligadas à medicina do mundo – as mais ‘informativas, impressionantes e tecnicamente excelentes’.

A exposição está sendo realizada no Centro de Ciências de Glasgow (Escócia) e será levada a outras cidades do Reino Unido.

Este carrapato minúsculo foi fotografado por Ashley Prytherch, da Royal Surrey County Hospital NHS Foundation Trust (Foto: Ashley Prytherch, Royal Surrey County Hospital NHS Foundation Trust/Wellcome Images/BBC)Este carrapato minúsculo foi fotografado por Ashley Prytherch, da Royal Surrey County Hospital NHS Foundation Trust (Foto: Ashley Prytherch, Royal Surrey County Hospital NHS Foundation Trust/Wellcome Images/BBC)O painel de juízes selecionou imagens que não apenas trouxessem informação científica, como também contivessem beleza estética. É o caso desse embrião de peixe, registrado por Annie Cavanagh e David McCarthy (Foto: Annie Cavanagh e David McCarthy/Wellcome Images/BBC)O painel de juízes selecionou imagens que não apenas trouxessem informação científica, como também contivessem beleza estética. É o caso desse embrião de peixe, registrado por Annie Cavanagh e David McCarthy (Foto: Annie Cavanagh e David McCarthy/Wellcome Images/BBC)A competição anual celebra destaques da fotografia científica e de técnicas relacionadas. Acima, um morcego de orelhas longas, em raio-X (Foto: Chris Thorn / xrayartdesign.co.uk/Wellcome Images/BBC)A competição anual celebra destaques da fotografia científica e de técnicas relacionadas. Acima, um morcego de orelhas longas, em raio-X (Foto: Chris Thorn / xrayartdesign.co.uk/Wellcome Images/BBC)A mostra também será exibida em outras cidades do Reino Unido, como Manchester, Cardiff, Belfast e Londres. Acima, foca registrada por Anders Persson (Foto: Anders Persson/Wellcome Images/BBC)A mostra também será exibida em outras cidades do Reino Unido, como Manchester, Cardiff, Belfast e Londres. Acima, foca registrada por Anders Persson (Foto: Anders Persson/Wellcome Images/BBC)A imagem acima é de um composto agrícola, retratado por Eberhardt Josué Friedrich Kernahan e Enrique Rodríguez Cañas (Foto: Eberhardt Josue Friedrich Kernahan e Enrique Rodriguez Canas/Wellcome Images/BBC)A imagem acima é de um composto agrícola, retratado por Eberhardt Josué Friedrich Kernahan e Enrique Rodríguez Cañas (Foto: Eberhardt Josue Friedrich Kernahan e Enrique Rodriguez Canas/Wellcome Images/BBC)A coleção visual da Wellcome Images é uma das maiores da biblioteca Wellcome e permite o acesso a um amplo catálogo de imagens médicas, manuscritos e ilustrações científicas. Acima, um botão de flor, de Spike Walker (Foto: Lilium flower bud, TS by Spike Walker/Wellcome Images/BBC)A coleção visual da Wellcome Images é uma das maiores da biblioteca Wellcome e permite o acesso a um amplo catálogo de imagens médicas, manuscritos e ilustrações científicas. Acima, um botão de flor, de Spike Walker (Foto: Lilium flower bud, TS by Spike Walker/Wellcome Images/BBC)

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 13 de março de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,