RSS

Arquivo da tag: identifica

Mãe identifica filha em vídeo de estudantes sequestradas na Nigéria

AppId is over the quota
AppId is over the quota
O grupo islamita ultrarradical Boko Haram divulgou nesta segunda-feira (12) um novo vídeo no qual diz mostrar as jovens nigerianas que foram sequestradas de uma escola local em abril (Foto: Boko Haram/AFP)O grupo islamita ultrarradical Boko Haram divulgou nesta segunda-feira (12) um novo vídeo no qual diz mostrar as jovens nigerianas que foram sequestradas de uma escola local em abril (Foto: Boko Haram/AFP)

A mãe de uma estudante sequestrada na Nigéria identificou a filha em um vídeo divulgado por rebeldes islâmicos que mostra dezenas de jovens em cativeiro, afirmou nesta terça-feira (13) um representante dos familiares das vítimas.

A mãe viu o vídeo na televisão na noite de segunda-feira  (12) e reparou que sua filha estava entre as meninas sentadas no chão e usando véus, de acordo com Dumoma Mpur, presidente da associação de pais e professores da escola secundária no vilarejo de Chibok, de onde as meninas foram levadas, no nordeste da Nigéria.

O líder do grupo rebelde Boko Haram, Abubakar Shekau, divulgou um vídeo na segunda-feira oferecendo liberar as mais de 200 estudantes sequestradas na escola em meados de abril, em troca de prisioneiros presos pelo governo. Não estava imediatamente claro quando o vídeo das garotas foi filmado.

“O vídeo deixou os pais apreensivos novamente após o assistirem, mas as várias medidas tomadas pelo governo e a chegada de tropas estrangeiras está melhorando nosso espírito, mesmo que eu não tenha visto nenhum soldado em Chibok ainda”, disse Mpur à Reuters por telefone.

O governo nigeriano disse estar explorando todas as opções em seu esforço para resgatar as meninas. Os Estados Unidos e a Grã-Bretanha enviaram especialistas para ajudar com as buscas.

View the original article here

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 14 de maio de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , ,

Reportagem identifica Satoshi Nakamoto, criador do Bitcoin

Homem que supostamente teria criado o Bitcoin, Satoshi Nakamoto, é fotografado ao sair de casa na Califórnia (Foto: David McNew/Reuters)Homem que supostamente teria criado o Bitcoin, Satoshi Nakamoto, é fotografado ao sair de casa na Califórnia (Foto: David McNew/Reuters)

Investigando registros de japoneses que se mudaram para os Estados Unidos, a publicação “Newsweek” conseguiu identificar o criador da moeda virtual Bitcoin – Satoshi Nakamoto – em uma reportagem publicada nesta quinta-feira (6).

A origem do Bitcoin era o principal mistério da moeda virtual. Muitas hipóteses foram sugeridas, inclusive a de que Nakamoto seria na verdade não um indivíduo, mas um grupo de pessoas com possível ligação ao setor financeiro europeu.

Nakamoto tem 64 anos e mora com a mãe Akiko, de 93 anos, em Temple City, na Califórnia. Seu principal hobby é o ferromodelismo e, segundo a família, o programador sempre foi um libertário desconfiado do governo e dos grandes bancos, principalmente depois que a casa da família foi tomada por um banco na década de 90.

A jornalista Leah McGrath Goodman tentou falar pessoalmente com Nakamoto, que imediatamente chamou a polícia. “Não estou mais envolvido e não posso falar sobre isso. Foi entregue a pessoas, elas estão no comando agora. Eu não tenho mais ligação”, disse o programador. A conversa estava terminada com o que foi, na prática, uma admissão do envolvimento do programador com a moeda.

Antes de tentar essa conversa pessoalmente, a repórter já estava em contato com Nakamoto. Eles conversavam, por e-mail, sobre ferromodelismo. Quando o assunto do Bitcoin surgiu, Nakamoto parou de responder.

Por ter participado do Bitcoin logo no início, em 2009, Nakamoto detém milhares de bitcoins, que já chegaram a ser avaliados em mais de um bilhão de dólares. Hoje, a fortuna dele vale cerca de US$ 500 milhões (R$ 1,1 bilhão).

Ainda não se sabe por que Nakamoto não usa esse dinheiro. A família do programador, ouvida pela reportagem da “Newsweek”, nem sabia do envolvimento dele com o Bitcoin. A jornalista pediu que os familiares conversassem com ele sobre isso. Ele negou. Ninguém, no entanto, duvidou que ele possa ser o criador da moeda. Nakamoto foi descrito como muito inteligente e reservado. Ele também teria trabalhado em projetos confidenciais.

“O que você não sabe sobre ele é que ele trabalhou em coisas confidenciais. A vida dele foi um branco total por um tempo. Você não vai conseguir falar com ele. Ele negará tudo. Não admitirá ter começado o Bitcoin”, disse o irmão mais novo Arthur Sakamoto. “Ele é a única pessoa que conheço que foi a uma entrevista de emprego, chamou o entrevistador de idiota e provou o que disse”, conta o irmão.

Para Gavin Andresen, programador chefe do Bitcoin, Nakamoto pode querer evitar o envolvimento com a moeda para também evitar a imprensa, ou a “fama”, que resultaria. Seria uma possível explicação para os milhares de bitcoins que Nakamoto possui e que estão, na prática, fora de circulação. Andresen não acredita que as chaves criptográficas, necessárias para o uso das moedas, foram perdidas. “Ele é muito disciplinado”, disse.

Nakamoto mora nos Estados Unidos desde 1959, quando a mãe se casou pela segunda vez. Aos 23 anos, ele mudou seu nome para “Dorian Prentice Satoshi Nakamoto” e passou a assinar como “Dorian S. Nakamoto”.

Nakamoto tem seis filhos. Ilene Mitchell, filha do programador, contou uma brincadeira que pode resumir a personalidade do seu pai. “Ele dizia: finja que as agências do governo estão atrás de você. E eu me escondia no armário”.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 7 de março de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

Rússia identifica suicidas e prende 2 suspeitos de ataque a Volgogrado

A Rússia identificou dois homens-bomba responsáveis pelos ataques que mataram 34 pessoas em Volgogrado no mês passado e prendeu dois suspeitos de serem cúmplices do atentado, disseram autoridades nesta quinta-feira (30).

O Comitê Nacional Antiterrorismo afirmou que os homens-bomba eram membros de um grupo extremista do Daguestão.

O atentado à estação de trem de Volgogrado no dia 29 de dezembro aconteceu um dia antes da explosão de um bonde elétrico também na cidade a 700 quilômetros de Sochi, a sede da Olimpíada de Inverno que começa em 7 de fevereiro.

O comitê antiterrorismo identificou os homens-bomba como Asker Samedov e Suleiman Magomedov e afirmou que eles integravam o “Grupo Terrorista Buinaksk”. Buinaksk é uma cidade do Daguestão.

Dois irmãos suspeitos de terem ajudado na ida dos homens-bomba a Volgogrado foram detidos no Daguestão na quarta-feira, de acordo com o comitê, que os identificou como Magomednabi e Tagir Batirov.

Câmera de segurança flagrou momento em que suicida detonou bomba na porta de estação de trem em Volgogrado, na Rússia (Foto: Reprodução/YouTube/Petr Petrov)Câmera de segurança flagrou momento em que suicida detonou bomba na porta de estação de trem em Volgogrado, na Rússia (Foto: Reprodução/YouTube/Petr Petrov)

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 30 de janeiro de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , , ,

Polícia nos EUA identifica ladrão após ‘selfie acidental’ em câmera

A polícia de Jefferson Parish, no estado da Luisiana (EUA), identificou um ladrão responsável por diversos crimes na região, após o homem arrombar um carro e fazer uma “selfie acidental” em uma câmera de segurança instalada em uma casa que tentou invadir, antes de destruir o equipamento ao perceber que estava sendo filmado.

David Le fez 'selfie acidental' em câmera de segurança de casa e acabou sendo identificado (Foto: Reprodução/Facebook/Jefferson Parish Sheriff's Office)David Le fez ‘selfie acidental’ em câmera de segurança de casa e acabou sendo identificado (Foto: Reprodução/Facebook/Jefferson Parish Sheriff’s Office)

Os oficiais, no entanto, não tiveram muita dificuldade de colocar David Le, de 28 anos, atrás das grades, pois o homem já estava preso por dirigir embriagado, de acordo com o jornal “The Times-Picayune”.

A imagem do suspeito havia sido postada na página da polícia no Facebook, e um denunciante anônimo identificou David como o criminoso na “selfie”. Em seguida, a polícia descobriu que o homem já estava sob custódia, e confirmou que ele havia sido preso por dirigir bêbado quatro horas depois de arrombar um veículo e tentar invadir a casa, crimes que até então estavam sem solução.

Na cadeia, David Le recebeu mais acusações, incluindo resistência à prisão, roubo e por intimidar outras pessoas e funcionários da cadeia. O americano continuou preso no Centro Correcional de Jefferson Parish.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 17 de janeiro de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,