RSS

Arquivo da tag: iBooks

Após críticas, Apple muda acordo de licença do iBooks Author

AppId is over the quota

No final da semana passada, a Apple disponibilizou um update para o iBooks Author, ferramenta da empresa para criar e-books interativos. Apesar da nova versão ter quase 150MB, a companhia de Cupertino disse apenas que trata-se de “uma versão atualizada do Acordo de Licença de Usuário Final (EULA, em inglês)”. Apesar de esses documentos ajudarem a esclarecer certas regras e obrigações, as reclamações em relação às restrições do app continuam.

Quando o aplicativo foi lançado originalmente, o EULA trouxe algumas controvérsias, a começar pelo fato de que os materiais produzidos no iBooks Author só poderiam ser vendidos através da loja online iBookstore, da Apple. Com essa atualização, a companhia deu um passo atrás, afirmando que apenas arquivos com a extensão .ibooks estão sujeitos a essa restrição, diferentemente de antes, na qual as restrições eram aplicadas a todos os formatos.

Mas a regra para arquivos .ibooks permanece a mesma: para vender seus livros, é preciso fazer isso através da iBookstore, o que significa que 30% da receita vai direto para os cofres da Apple. E se o autor deseja disponibilizar a obra sem fins lucrativos, pode fazer o que quiser com ela. A nova licença também deixa claro que caso o seu livro seja exportado em formato de texto ou PDF, ele pode ser vendido ou utilizado da maneira que você quiser.

ibooksauthor01.jpg
Ferramenta gratuita permite criar livros didáticos interativos

Os termos originais de licença do iBooks Author foram assunto de muitas disputas, com muitos sugerindo que o documento significava um conjunto de práticas nefastas de restrição da Apple, enquanto que outros apontavam que os termos não eram tão ruins, visto que a empresa tornou gratuita a ferramenta para criação dos iBooks interativos. De muitas formas, as disputas ecoaram críticas anteriores em relação à App Store, que possui restrições similares, só que focadas na tecnologia ao invés de licenças.

Ao contrário das políticas da App Store, a regra em relação à venda de livros .ibooks não pode ser implementada em um nível estritamente técnico. Não há razão tecnológica para que se impeça que o autor não utilize o iBooks Author para criar um e-book interativo e comece a vendê-lo para usuários de iPad a partir da loja ou site de sua escolha – significa apenas que isso seria uma violação do acordo EULA. Presumivelmente, se as suas vendas ilícitas de e-books chamarem a atenção da Apple, a companhia não vai nem te expulsar nem pedir 200 dólares.

Resta saber se essa mudança no acordo de licença irá agradar àqueles que acharam a primeira versão questionável. A alteração certamente suaviza o golpe isentando aqueles formatos alternativos, mas a questão principal – em relação ao fato de os iBooks serem vendidos apenas na iBookstore – permaneceu a mesma.

View the original article here

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 1 de março de 2012 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

iBooks 2, da Apple, impactará companhias. Veja 5 mudanças

AppId is over the quota
Atualização do software de livros eletrônicos da Apple promete mudar muita coisa além dos livros didáticos nas escolas.

A Apple lançou ontem (19/1) o update iBooks 2, que expande seu famoso aplicativo, explorando recursos como itens em 3D e vídeos, e abre caminho na App Store para livros didáticos interativos. Os esforços têm como objetivo fornecer aos estudantes materiais dinâmicos e interativos de aprendizado.

Apesar de o foco ser o mercado educacional, o iBooks 2 também terá um impacto sobre as pequenas empresas.

Veja abaixo algumas maneiras como o iBooks 2 bem-sucedido pode influenciar seu negócio:

1. Criação de conteúdo
A Apple lançou um aplicativo gratuito chamado iBooks Author, que, segundo ela, permite criar  “livros lindos em tela cheia; animações interativas, fotos, diagramas, vídeos; navegação rápida e fluida; marcação de texto e anotações. O app não é apenas para livros didáticos, uma vez que a Apple sugere que ele é ótimo para “livros de receitas, de história, de imagens, e mais”.

A ferramentas inclui templates, funciona pelo meio de gestos de mouse de arrastar e soltar, e permite que widgets sejam incluídos nos livros para habilitar galerias de fotos, vídeos, slideshows e objetos 3D. Para as empresas, essa pode ser uma ótima ferramenta para a criaçõa materiais profissionais e manuais de treinamento – ou, se a sua companhia fornece conteúdo, uma nova maneira de gerar e vender suas mídias, utilizando todo o potencial de distribuição de conteúdo da Apple.

2. Treinamento de funcionários
Se o iBooks 2 for bem-sucedido, à medida que os educadores migrarem os livros de papel em direção à mídia digital, espere que outros tipos de treinamento venham a seguir. A mudança provavelmente será parecida com mudar de apresentações com projetor para slideshows no PowerPoint.

Uma vez que você viu uma apresentação no PowerPoint, um conjunto de transparência não é mais comparável. Qualquer treinamento que sua empresa fornecer provavelmente terá o formato com o qual os seus funcionários recém-saídos da faculdade estarão familiarizados. Ter as ferramentas para combinar isso tudo em um formato facilmente digerível será conveniente. Precisar se voltar para informações estáticas e tediosas será um trabalho extra.

3. Demanda por tablets
Os tablets estão em ascensão, e usá-los como livros didáticos será mais uma forma pela qual todo estudante acabará usando um deles. Espere por ofertas semelhantes dos rivais da Apple, e que os tablets eventualmente tornem-se um material escolar padrão. Da mesma maneira que quase todo estudante universitário precisa de um notebook atualmente, em breve eles todos precisarão de tablets. Uma vez que estiverem no ambiente de trabalhado, e tendo sido treinados em um tablets, eles vão esperar usar um tablet para as tarefas diárias. As empresas não deveriam pensar em “acomodar os tablets”, mas em adotá-los como uma importante ferramenta de trabalho.

4. Demanda pela Apple
O iPad atualmente domina o mercado de tablets, com mais de 70% de participação no mercado. A concorrência está melhorando e lançando mais opções, mas é possível que essa liderança inicial da “maçã” continue ainda por algum tempo.

Como aconteceu com o mercado de músicas, a Apple pode permanecer no controle, e se isso acontecer, espere por uma maior demanda pelos produtos da Apple nas empresas. Primeiro o iPhone e então o iPad eram vistos como “itens de entrada”, induzindo os usuários para o ecossistema da Apple e fazendo-os querer mais produtos da fabricante. À medida que os estudantes forem expostos aos produtos da Apple quando crianças, eles vão crescer esperando usá-los no trabalho também.

5. Funcionários melhores?
Por que mudar do papel para a mídia digital? Para a Apple e suas rivais, há certamente um ganho financeiro nisso. A partir de um ponto de vista pedagógico, será que um tablet vai ser uma melhor ferramenta educacional do que um livro de papel?

Talvez uma mudança na ferramenta e a adição de multimídia não faça diferença. A adição de áudio, vídeo, imagens e widgets poderia fornecer uma experiência passiva pela qual os estudantes apenas assistem às luzes flamejantes e os objetos em movimento e não aprendem nada.

No entanto, esperançosamente a capacidade de transmitir informações no formato mais rico possível vai encorajar os estudantes, melhorando sua educação ao facilitar para eles a absorção de informações. E com mais estudantes se formando e entrando para o mercado de trabalho, as empresas terão uma reserva mais forte para escolher suas contratações, o que beneficia todos os tipos de negócios.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 13 de fevereiro de 2012 em eletrônicos, Mac, Tecnologia

 

Tags: , , , ,

iBooks Author permite criar livros eletrônicos para iPad no Mac

AppId is over the quota

A Apple acaba de lançar o iBooks Author, um app gratuito para Mac desenvolvido para permitir que autores e editoras criem de forma fácil livros eletrônicos (e-books) ricos em multimídia para o agora atualizado aplicativo iBooks 2, da própria empresa, para aparelhos iOS.

Apesar de ol livros digitais didáticos  terem sido o foco do evento educacional de hoje, 19/1, da empresa, o vice-presidente sênior de marketing, Phil Schiller, notou que o iBooks Author pode ser usado para criar outras ofertas com uso intensivo de mídia, como livros de culinária e guias turísticos, para o iPad.

O app em si é um editor WYSIWYG com uma interface de usuário parecida com a linha de produtos iWork, da Apple, que inclui Pages, Keynote e Numbers. O texto pode ser arrasto diretamente do Pages ou Microsoft Word para o editor: o app usa os estilos do documento para criar automaticamente seções, cabeçalho e layout.

As apresentações do Keynote também podem ser automaticamente inseridas em livros de texto, dando ao documento final mais interatividade do que uma publicação tradicional. As imagens podem ser arrastadas para o texto.

O IBooks Author usa guias de alinhamento em tempo real para fluir o texto ao redor da imagem. de modo que fique colocado no local correto. Um recurso de widget oferece aos usuários a capacidade de criem galerias de imagem que também podem ser arrastadas para o livro, e então facilmente redimensionadas. O aplicativo pode se conectar com bases de dados da Internet para apresentar informações numéricas sem cortar e colar.

Outro recurso do iBooks Author é um novo gerador de glossário. Se um autor clica em uma palavra no texto, ela aparece em uma nova lista de glossário; os usuários clicam “Adicionar Termo” (“Add Term”) para criar definições e adicionar imagens.

O app também oferece um modo preview: se o seu iPad está conectado a um Mac, o aplicativo cria o livro em tempo real e envia-o para ser visualizado no tablet.

O iBooks Author já está disponível na Mac App Store e exige o Mac OS X 10.7.2 ou versão mais recente.

ibooksauthor01.jpg

iBooks Author permite a criação de livros de text e ricos em multimídia

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 13 de fevereiro de 2012 em eletrônicos, Mac, Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

Primeiras impressões: testamos o novo iBooks 2

AppId is over the quota
PRÓClipes funcionam de maneira impressionante; recurso Study Cards tem muito potencial; livros didáticos interativos podem significar uma mudança no modo de aprenderCONTRACrashes ocasionais, arquivos grandes, falta de suporte para iPhoneFabricante: Apple

Preço: Gratuito

O iBooks 2, lançado na semana passada, trouxe os livros didáticos interativos para o iPad. Essas obras incorporam videoclipes, diagramas em movimento, comentários em áudio e outros novos recursos que exploram a interface sensível ao toque do tablet. Com um punhado de livros desse tipo já disponíveis para compra na nova seção Textbooks (Livros Didáticos) na loja online iBookstore, decidimos fazer alguns testes com o novo iBooks. O que descobrimos foram livros que trazem imagens impressionantes e gráficos incríveis e que fazem os tradicionais livros didáticos impressos parecerem obsoletos.

O que está disponível agora?

Os livros didáticos do iBooks são direcionados para classes escolares do ensino fundamental e médio nos EUA (K-12) neste momento. A Apple afirma estar trabalhando de forma próxima com grandes editoras de livros didáticos, como Pearson, McGraw Hill e Houghton Mifflin Harcourt, para levar os livros mais usados para esse novo formato. Essas três editoras respondem por cerca de 90% dos livros didáticos vendidos nos Estados Unidos, de acordo com o vice-presidente sênior de produtos da Apple no mundo, Phil Schiller.

A Pearson possui dois títulos disponíveis para compra (cobrindo biologia e ciência ambiental, respectivamente), enquanto que a McGraw possui cinco obras – para física, química, álgebra, geometria e biologia. Para alunos do ensino fundamental a DK Publishing possui três livros disponíveis. Todas essas companhias já trabalham em novos lançamentos para o segmento.

Outra obra disponível é uma amostra de “E.O. Wilson´s Life on Earth”, um livro didático escrito pelo aclamado biólogo E.O. Wilson. Apesar de os capítulos do preview serem impressionantes, apenas um capítulo completo está disponível atualmente – a editora diz que mais capítulos serão lançados periodicamente por meio da iBookstore nos próximos dois anos. (Vale notar que essa abordagem de lançamento de capítulo por capítulo pode ser interessante para educadores que preferem escolher os capítulos mais interessantes de um texto em vez de comprar o livro inteiro.) O conteúdo restante nesse livro demo mostra como usar a obra, e quais os benefícios desse tipo de estudo.

Apesar de o mercado atual de livros didáticos interativos ser escasso, as novas parcerias da Apple com grandes editoras do ramo indicam que a biblioteca da iBookstore ficará cheia rapidamente.

handsonibooks2390.jpg

Nova versão do iBooks chega com destaque nos livros didáticos (textbooks)

Recursos

A primeira coisa a ser notada quando se abre um livro didático no iBooks é a mesa interativa de conteúdo. Cada capítulo possui sua própria página título em tela cheia que lista as seções desse capítulo em especial. Você verá amostras de cada página do capítulo ao longo do rodapé ou lateral da tela. Para ver uma seção listada, basta tocar no subtítulo da seção. Você também pode descer a barra de rolagem pela página de thumbnails para encontrar a página que quiser. Deslizar o dedo pela parte central da página te leva para um capítulo diferente. A qualquer momento, em qualquer página, você pode fazer o movimento de pinça para trazer de volta os ícones da página de thumbnails e a página de navegação por capítulos.

Alguns livros também possuem um vídeo introdutório. Quando abrimos “Life on Earth” um vídeo trazendo E.O. Wilson começou a ser reproduzido imediatamente. Parecia um trailer de filme, um preview do que estaria dentro do livro. Foi emocionante.

Uma vez que você encontra a página que está procurando a navegação é fácil e intuitiva. Deslize o dedo da direita para a esquerda para ir até a próxima página; o movimento inverso te faz voltar uma página. Se precisar ir até uma página específica, use o atalho de busca – um ícone de lupa no canto superior direito. Você também pode ajustar o brilho da tela. Fazer o movimento de fechamento de pinça te leva de volta para a mesa de conteúdos do capítulo.

Como foi mencionado acima, cada capítulo possui seu próprio glossário ou vocabulário de palavras, assim como os livros didáticos tradicionais. Como esses termos ficam em negrito, é fácil encontrá-los. Toque na palavra uma vez e a definição do glossário aparece. A partir daí você tem a opção de visualizar uma definição da palavra no dicionário, ou dar uma olhada no glossário completo do livro.

handsonibooks201.jpg

Os livros didáticos do iBooks trazem muitos recursos interativos

Os livros didáticos podem ter chegado ao mundo digital, mas ainda é possível  destacar texto ou fazer anotações da mesma maneira que faria com um volume tradicional de papel. Para fazer uma anotação no iBooks, destaque ou toque em uma seção, e então selecione Note (Anotação). Aparecerá um adesivo, onde você pode fazer uma anotação para te ajudar com um tema específico. Um pequeno quadrado aparecerá na margem da página próximo da sua seção selecionada – toque nesse quadrado para ver a anotação, onde você pode adicionar informações ou fazer mudanças a qualquer momento. As notas para cada capítulo estão catalogadas e podem ser visualizadas ao se tocar no ícone do livro de anotações na barra de ferramentas. (Para ver a barra de ferramentas, toque levemente em qualquer parte da tela.)

O conteúdo em vídeo adiciona outra dimensão de aprendizado, e é facilmente a parte que mais chama atenção aos olhos desses novos livros didáticos. Os clipes aparecem como imagens estáticas em uma página até que você aperte o botão de “play”. Para deixar um vídeo em tela cheia, use o gesto padrão de pinça do iOS: toque na caixa do vídeo com dois dedos e abra-os para expandir. Para sair desse modo full-screen, faça o movimento de pinça inverso, ou clique no “X” no canto superior esquerdo para fechar o clipe e voltar para a leitura.

Os livros didáticos do iBooks também utilizam modelos e diagramas interativos. Você pode dar um zoom maior, fazer um modelo rodar, e usar botões interativos para aprender mais sobre o que está vendo. Por exemplo, “Life on Earth” possui um excelente modelo interativo de DNA que gira em 360 graus. Já no livro de Algebra 1diagramas em vídeo mostram a resolução das equações passo-a-passo – eles se provaram especialmente úteis durante a resolução de problemas baseados em gráficos.

handsonibooks202.jpg

Estudantes podem destacar partes importantes do texto e fazer anotações em seus livros no iPad

As imagens estáticas podem ser visualizadas em tela cheia por meio do uso de gestos multi-touch. As imagens normalmente vem em grupos de fotos (photosets) e podem ser visualizadas como um slideshow em tela cheia.

Além de apenas exibir conteúdo, esses livros didáticos interativos possuem ferramentas embutidas para ajudarem os estudantes a revisarem o que aprenderam. Um recurso do iBooks que com certeza será popular é o Study Cards – um grupo de cartões digitais indicadores para questionar os estudantes sobre termos do glossário e informações importantes do capítulo. Os termos do glossário são encontrados em um lado; “virá-los” revela suas definições. As anotações feitas ao longo do capítulo são automaticamente transformadas em Study Cards, com o texto destacado de um lado e suas anotações customizadas do outro. Ao revisar esses cartões, você pode misturá-los com o recurso shuffle, escolher estudar apenas os termos do glossário ou apenas as suas próprias anotações.

Os capítulos dos livros didáticos podem terminar com questões de estudo de múltipla escolha e um sumário de revisão. Tomem cuidado preguiçosos – as respostas não podem ser encontradas no próprio sumário. Por isso, é preciso realmente ler o material e fazer boas anotações para saber as respostas.

Apesar de alguns problemas, como crashes ocasionais e grande volume dos arquivos dos livros, o uso geral do iBooks 2 é positivo, com destaque para a maior novidade, que são os recursos interativos nos livros didáticos (que custam US$15 em média). E o fato de ser uma atualização gratuita também não atrapalha em nada.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 12 de fevereiro de 2012 em eletrônicos, Mac, Tecnologia

 

Tags: , , ,

Como o iBooks 2 deve influenciar as empresas

AppId is over the quota

A Apple lançou ontem, 19/1, o update iBooks 2, que expande seu famoso aplicativo, explorando recursos como itens em 3D e vídeos, e abre caminho na App Store para livros didáticos interativos. Os esforços têm como objetivo fornecer aos estudantes materiais dinâmicos e interativos de aprendizado.

Apesar de o foco ser o mercado educacional, o iBooks 2 também terá um impacto sobre as pequenas empresas. Veja abaixo algumas maneiras como o iBooks 2 bem-sucedido pode influenciar seu negócio:

1. Criação de conteúdo
A Apple lançou um aplicativo gratuito chamado iBooks Author, que, segundo ela, permite criar  “livros lindos em tela cheia; animações interativas, fotos, diagramas, vídeos; navegação rápida e fluida; marcação de texto e anotações. O app não é apenas para livros didáticos, uma vez que a Apple sugere que ele é ótimo para “livros de receitas, de história, de imagens, e mais”.

A ferramentas inclui templates, funciona pelo meio de gestos de mouse de arrastar e soltar, e permite que widgets sejam incluídos nos livros para habilitar galerias de fotos, vídeos, slideshows e objetos 3D. Para as empresas, essa pode ser uma ótima ferramenta para a criaçõa materiais profissionais e manuais de treinamento – ou, se a sua companhia fornece conteúdo, uma nova maneira de gerar e vender suas mídias, utilizando todo o potencial de distribuição de conteúdo da Apple.

2. Treinamento de funcionários
Se o iBooks 2 for bem-sucedido, à medida que os educadores migrarem os livros de papel em direção à mídia digital, espere que outros tipos de treinamento venham a seguir. A mudança provavelmente será parecida com mudar de apresentações com projetor para slideshows no PowerPoint.

Uma vez que você viu uma apresentação no PowerPoint, um conjunto de transparência não é mais comparável. Qualquer treinamento que sua empresa fornecer provavelmente terá o formato com o qual os seus funcionários recém-saídos da faculdade estarão familiarizados. Ter as ferramentas para combinar isso tudo em um formato facilmente digerível será conveniente. Precisar se voltar para informações estáticas e tediosas será um trabalho extra.

ibooks300.jpg

Com atualização, iBooks ganhou ferramenta para criação de livros no Mac

3. Demanda por tablets
Os tablets estão em ascensão, e usá-los como livros didáticos será mais uma forma pela qual todo estudante acabará usando um deles. Espere por ofertas semelhantes dos rivais da Apple, e que os tablets eventualmente tornem-se um material escolar padrão. Da mesma maneira que quase todo estudante universitário precisa de um notebook atualmente, em breve eles todos precisarão de tablets. Uma vez que estiverem no ambiente de trabalhado, e tendo sido treinados em um tablets, eles vão esperar usar um tablet para as tarefas diárias. As empresas não deveriam pensar em “acomodar os tablets”, mas em adotá-los como uma importante ferramenta de trabalho.

4. Demanda pela Apple
O iPad atualmente domina o mercado de tablets, com mais de 70% de participação no mercado. A concorrência está melhorando e lançando mais opções, mas é possível que essa liderança inicial da “maçã” continue ainda por algum tempo.

Como aconteceu com o mercado de músicas, a Apple pode permanecer no controle, e se isso acontecer, espere por uma maior demanda pelos produtos da Apple nas empresas. Primeiro o iPhone e então o iPad eram vistos como “itens de entrada”, induzindo os usuários para o ecossistema da Apple e fazendo-os querer mais produtos da fabricante. À medida que os estudantes forem expostos aos produtos da Apple quando crianças, eles vão crescer esperando usá-los no trabalho também.

5. Funcionários melhores?
Por que mudar do papel para a mídia digital? Para a Apple e suas rivais, há certamente um ganho financeiro nisso. A partir de um ponto de vista pedagógico, será que um tablet vai ser uma melhor ferramenta educacional do que um livro de papel?

Talvez uma mudança na ferramenta e a adição de multimídia não faça diferença. A adição de áudio, vídeo, imagens e widgets poderia fornecer uma experiência passiva pela qual os estudantes apenas assistem às luzes flamejantes e os objetos em movimento e não aprendem nada.

No entanto, esperançosamente a capacidade de transmitir informações no formato mais rico possível vai encorajar os estudantes, melhorando sua educação ao facilitar para eles a absorção de informações. E com mais estudantes se formando e entrando para o mercado de trabalho, as empresas terão uma reserva mais forte para escolher suas contratações, o que beneficia todos os tipos de negócios.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 6 de fevereiro de 2012 em eletrônicos, Mac, Tecnologia

 

Tags: , ,

Para turbinar livros didáticos, Apple lança iBooks 2

AppId is over the quota

A Apple acaba de anunciar nos Estados Unidos a segunda versão do iBooks,  aplicativo da empresa que funciona como uma biblioteca, permitindo organizar e ler seus livros no iPhone ou iPad.  Em sua nova versão, o programa funciona como base para que os desenvolvedores criem livros didáticos interativos com facilidade.  A ideia é oferecer obras que possam prender a atenção do aluno na sala de aula, tornando o estudo mais divertido.

Você pode, por exemplo, navegar por thumbnails, indo diretamente para a página desejada, deslizando para cima ou para baixo para trocar de capítulos. Em uma demonstração no evento, a empresa mostrou um livro com a imagem de cromossomos em formato 3D.  O usuário pode rotacionar o item, além de poder navegar por camadas da imagem. Também pode usar os recursos de zoom de pinça, já populares no tablet, arrastar e soltar elementos e visualizar vídeos. Um mapa da África pode ser selecionado no meio de um texto e rotacionado ou ampliado.

ibook2a

Novo iBooks: livros escolares interativos

O vice-presidente de software de produtividade da empresa, Roger Rosner, demonstrou recursos como as ferramentas avançadas de busca, cartões virtuais para estudo, questões de múltiplas escolhas e os modos de visão em retrato e paisagem.

A nova versão do software já está disponível gratuitamente para download. Há oito  livros disponíveis com amostras para download (da McGraw Hill e da Pearson), para que o usuário conheça os novos recursos, com temas como Biologia, Química, Física e Geometria.

ibooks2b

Amostras disponíveis dão uma ideia do potencial da plataforma


No evento, a Apple também anunciou o iBooks Author, aplicativo gratuito para Mac que permite criar nos computadores da Apple publicações interativas para leitura no iPad. Para saber mais sobre ele, clique aqui.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 6 de fevereiro de 2012 em eletrônicos, Mac, Tecnologia

 

Tags: , , , ,