RSS

Arquivo da tag: Gravaes

Sarkozy pede à Justiça retirada de gravações comprometedoras

Sarkozy sai e Hollande toma posse como presidente da França (Foto: AP)Sarkozy espera que gravações comprometedoras
não sejam usadas (Foto: AP)

O ex-presidente francês Nicolas Sarkozy pediu nesta segunda-feira (10) à Justiça a retirada das gravações comprometedoras realizadas em segredo por um ex-conselheiro durante sua permanência no Eliseu, que poderiam afetar seu retorno à política.

O ex-chefe de Estado e sua esposa Carla Bruni iniciaram ações judiciais com caráter de urgência ante o tribunal de grande instância de Paris contra o ex-conselheiro Patrick Buisson e contra o site de informação Atlântico, que publicou trechos destas conversas.

Com este procedimento de urgência, que será examinado nesta segunda-feira, o casal espera a retirada das gravações divulgadas, assim como uma decisão a respeito da divulgação de novos trechos gravados clandestinamente por Buisson durante a presidência de Sarkozy (2007-2012).

O advogado de Buisson, Gilles William Goldnadel, considera esta ação judicial como “moralmente legítima”. O ex-conselheiro, ex-diretor de um jornal de extrema-direita, afirmou anteriormente não dispor das gravações e anunciou sua intenção de apresentar uma denúncia por roubo.

O site de informação Atlántico retirou no domingo apenas o trecho das conversas gravadas no dia 26 de fevereiro de 2011 na residência presidencial de La Lanterne, nas quais era possível ouvir Carla Bruni, ao considerar que a ex-primeira-dama ‘não é uma personalidade política’.

Nicolás Sarkozy também enfrenta um novo escândalo por escutas judiciais no âmbito de uma investigação sobre o financiamento de sua campanha. Uma conversa entre o ex-presidente e seu advogado envolveu a abertura no dia 26 de fevereiro de uma investigação judicial por tráfico de influência.

Estes assuntos comprometem o retorno à política do ex-chefe de Estado, que multiplica nos últimos meses as aparições públicas e as críticas ao seu sucessor no Eliseu, o socialista François Hollande. Enquanto a direita se mostra dividida, as eleições presidenciais de 2017 podem levar à volta no cenário político de Sarkozy.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 11 de março de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , ,

Turquia rejeita tirar Facebook e YouTube do ar por gravações

O presidente da Turquia, Abdullah Gul, descartou nesta sexta-feira (7) qualquer suspensão ao Facebook e ao YouTube, depois que o primeiro-ministro Tayyip Erdogan ameaçou bani-los, numa tentativa de impedir adversários políticos de divulgarem anonimamente gravações que supostamente revelam casos de corrupção e outras irregularidades por parte do seu círculo íntimo.

Na gravação mais recente, divulgada na noite de quinta-feira (6) no YouTube, Erdogan é supostamente ouvido ao telefone gritando impropérios ao dono de um jornal por causa de uma reportagem e sugerindo que os jornalistas fossem demitidos, num material que deve acentuar as preocupações com a liberdade de imprensa e com o estilo autoritário de Erdogan.

O premiê, que nega qualquer denúncia de corrupção, acusa seu ex-aliado Fethullah Gullen, um pregador muçulmano turco radicado nos EUA, de “fabricar” as gravações de áudio. Gulen, que nega envolvimento, tem muitos seguidores na Turquia, especialmente dentro da polícia e do Judiciário.

O presidente Gul, co-fundador do partido governista de raízes islâmicas AK, de Erdogan, disse que a liberdade de expressão é um valor importante sustentada por reformas do próprio governo.

“Fechar (os sites de mídia social) está fora de questão”, disse Gul, quando questionado sobre a ameaça de Erdogan, acrescentando que, de acordo com uma lei recente, autoridades poderiam bloquear o acesso a material nos sites, se a privacidade de uma pessoa for violada.

“Estamos sempre orgulhosos das reformas que fizemos em relação à ampliação das liberdades”, completou.

Em entrevista à emissora local ATV, transmitida na noite de quinta-feira, Erdogan havia levantado a opção de banir Facebook e YouTube depois das eleições locais de 30 de março.

“Estamos determinados a respeito desse assunto. Não deixaremos esta nação à mercê do YouTube e do Facebook…Vamos tomar as medidas necessárias da forma mais forte”, disse ele.

Sobre a possibilidade de tais medidas incluírem a retirada dos sites do ar, ele disse: “Incluem, porque essas pessoas ou instituições encorajam todo tipo de imoralidade e espionagem para seus próprios fins.”

Não houve reação imediata por parte do Facebook e do YouTube.

A Turquia proibiu o YouTube por mais de dois anos, até 2010, depois que usuários postaram vídeos que o governo considerou insultantes ao fundador da República, Mustafa Kemal Ataturk.

Recentemente, o governo reforçou o controle da Internet, alegando a necessidade de defender a privacidade dos usuários. Críticos de Erdogan dizem que a nova lei foi mais uma tentativa de abafar as denúncias de corrupção que invadem as redes sociais e os sites de compartilhamento de vídeos.

Erdogan diz que essas denúncias são parte de uma campanha para desacreditá-lo e desestabilizar seu governo. Segundo ele, fragmentos de conversas reais foram usados em uma “montagem”. A Reuters não foi capaz de confirmar a autenticidade das gravações.

View the original article here

 
1 comentário

Publicado por em 10 de março de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

Últimas gravações secretas de Nixon são divulgadas nos EUA

Richard Nixon, em foto de 1972 (Foto: AFP)Richard Nixon, em foto de 1972 (Foto: AFP)

As últimas gravações secretas das conversas do presidente Richard Nixon na Casa Branca foram divulgadas nesta quarta-feira (21). Trata-se de um tesouro histórico que engloba um período marcado pela aproximação com a URSS e o fim da guerra do Vietnã.

As 340 horas de gravações, disponíveis em formato mp3 no site da Richard Nixon Library (www.nixonlibrary.gov) e que a partir de agora deverão ser interpretadas pelos historiadores, datam de abril a julho de 1973, três meses movimentados durante os quais a comissão investigadora do Senado americano sobre o caso Watergate acumulou elementos decisivos contra a presidência.

A maioria das conversas relativas a Watergate já havia sido divulgada no passado.

Mas, pela primeira vez, os investigadores poderão ouvir, com um áudio de qualidade medíocre, a conversa de Richard Nixon com o líder soviético Leonid Brejnev durante a histórica cúpula de 18 de junho de 1973 no Salão Oval da Casa Branca.

Eleito em 1968 e reeleito em 1972, Richard Nixon havia colocado em vigor um sistema secreto de gravação de suas conversas e ligações telefônicas em vários cômodos da Casa Branca, e o Salão Oval estava equipado com sete microfones, assim como a residência de Camp David.

Dessa forma, Nixon queria criar, com fins históricos, arquivos pessoais e exaustivos de todas as suas conversas.

Centenas de horas de gravações não foram desclassificadas por motivos de segurança nacional.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 21 de agosto de 2013 em Brasil

 

Tags: , , , ,

Gravações inéditas do Joy Division são resgatadas de caçamba

AppId is over the quota
AppId is over the quota
O Joy Division foi uma das bandas mais influentes dos anos 1970 (Foto: BBC)O Joy Division foi uma das bandas mais influentes
dos anos 1970 (Foto: BBC)

Gravações inéditas da banda Joy Division foram recuperadas de uma caçamba de entulho por uma antiga engenheira de som da gravadora da Stockport’s Strawberry Studios, fechada há 20 anos.

Julia Adamson diz também ter salvado fitas da banda Magazine e New Order.

‘Eles estavam jogando tudo na caçamba quando fecharam as portas e ficamos arrasados’, disse ela entrevista à BBC.

Adamson e o marido, o também engenheiro de som Chris Nagle, resgataram gravações produzidas por Martin Hannett – que trabalhou com o Joy Division e outras bandas de Manchester -, além de ‘várias outras coisas que conseguiram carregar’.

‘Não achávamos que fossem valiosas, só não gostávamos da ideia de que fossem jogadas fora’, disse ela, que foi tecladista e guitarrista do The Fall.

No Facebook, Julia Adamson postou fotos das caixas de fitas resgatadas (Foto: BBC)No Facebook, Julia Adamson postou fotos
das caixas de fitas resgatadas (Foto: BBC)

‘Unknown Pleasures’
Adamson revelou a história no Facebook e disse também que está procurando um colecionador que queira herdar o material, já que não quer mais guardá-lo.

Uma das gravações contém sessões de gravação do Joy Division para o clássico álbum ‘Unknown Pleasures’, de 1979.

Ela postou fotos no Facebook que mostram caixas de fitas com nomes escritos a mão de bandas como New Order, The Durutti Column, Magazine e The Psychedelic Furs.

Segudo ela, muitas são cópias de fitas originais que ainda existem e estão guardadas em outro lugar.

Mas uma delas, intitulada ‘Joy Division outtakes’, contém gravações de músicas como ‘She’s Lost Control’, ‘Wilderness’ e ‘New Dawn Fades’ que nunca foram ouvidas antes.

‘Essas versões são diferentes das do álbum’, diz ela. ‘São as primeiras versões, feitas antes da gravação final, mas são muito boas’.

O Joy Division foi um dos grupos mais influentes dos anos ‘970. Depois que o cantor Ian Curtis se suicidou, em 1980, os outros membros da banda continuaram a fazer sucesso com a banda New Order.

Atualmente, Julia Adamson é dona da gravadora Invisible Girl, em Manchester.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 21 de agosto de 2013 em Música

 

Tags: , , , ,