RSS

Arquivo da tag: gratuito

‘Mario Kart 8’ terá download gratuito de carro da Mercedes-Benz

'Mario Kart 8' terá carro da Mercedes-Benz (Foto: Divulgação/Nintendo)‘Mario Kart 8’ terá carro da Mercedes-Benz (Foto: Divulgação/Nintendo)

Além dos tradicionais karts, os jogadores do aguardado game de corrida “Mario Kart 8” poderão dirigir uma Mercedes-Benz no jogo, anunciou a Nintendo nesta quinta-feira (29). Promovida no Japão, a parceria com a montadora alemã irá levar o modelo GLA para dentro do game por meio de um download gratuito nos próximos meses. A Nintendo não disse se o DLC também será oferecido em outros países.

“Mario Kart 8” será lançado mundialmente para Wii U nesta sexta-feira (30). Pela primeira vez na série, o game de corrida de Mario e companhia tem gráficos em alta definição e carros e motos que desafiam a gravidade em pistas com traçados malucos. “Mario Kart 8” também terá suporte a disputas para até 12 jogadores pela internet e a possibilidade de se publicar os replays das corridas diretamente no YouTube.

O game tem 16 pistas inéditas e outras 16 clássicas, que foram refeitas para que pudessem ser aplicadas as novas características do jogo, como itens e a habilidade de andar de cabeça para baixo e pelas paredes. Entre os personagens, Baby Rosalina e Pink Gold Peach se unem ao elenco clássico que inclui Mario, Luigi, Wario, Toad, Yoshi, Donkey Kong, entre outros, atingindo um total de 29 personagens.

View the original article here

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 31 de maio de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,

Navegador gratuito Opera Coast ganha versão para iPhone

Página do G1 acessada pelo navegador Opera Coast no iPhone (Foto: Reprodução)Página do G1 acessada pelo navegador Opera
Coast no iPhone (Foto: Reprodução)

O navegador gratuito Opera Coast, da Opera Software, ganhou versão para iPhone na quinta-feira (24). O download pode ser feita na App Store do iTunes (acesse aqui).

O aplicativo tem um visual simplificado, mais limpo, sem intervenção de ícones para avançar ou voltar as páginas ou barra de endereços, para navegar em páginas da web e o usuário pode acessar atalhos por meio de gestos.

A interface tem apenas dois botões, um para acessar os sites favoritos e outro para acessar páginas já abertas. Abrir e fechar páginas são ações feitas por meio de gestos na tela.

O download das páginas, mesmo em redes 3G, é rápido e até o plano de fundo pode ser personalizado.

Entre os destaques do app estão resolução otimizada, que redimensiona os sites feitos para serem vistos em uma tela de PC e adapta cada pixel e imagem para o formato da tela do iPhone, proporcionando uma resolução mais nítida para os usuário; e uma pesquisa com novo modelo, que relaciona palavras com sugestões de sites que aparecem automaticamente enquanto o usuário digita.

Ainda, a Opera afirma que foi feita uma adaptação do browser para a tela sensível ao toque do iPhone, o que permitiu que os desenvolvedores tornassem a interface mais intuitiva, eliminando botões e menus. Há também sincronização de sites com o Opera Coast do iPad.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 30 de abril de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , , ,

Antiga brincadeira, ‘Stop’ volta como game gratuito para iPhone

'Stop' é game para iPhone que traz antiga brincadeira de escola (Foto: Divulgação/Fanatee)‘Stop’ é game para iPhone que traz antiga
brincadeira de escola (Foto: Divulgação/Fanatee)

A antiga brincadeira de “Stop”, que usava muitas folhas dos cadernos na escola, voltou como um game gratuito para iPhone. O game, que tem o mesmo nome da brincadeira permite brincar com amigos do Facebook ou desconhecidos on-line e exige uma digitação rápida, já que o objetivo é escrever as palavras corretamente antes do adversário e pressionar o botão “stop”.

Digitar as palavras corretamente dentro de cada categoria dá mais pontos, que são comparados com o do adversário ao final da rodada. Antes da partida, é possível escolher cinco categorias como esportes, nome de cidade, cores, frutas/legumes/verduras, profissões, animais e etc.

O jogo é gratuito (clique aqui para baixar), mas há categorias pagas como “filmes de Oscar”, “atores de Oscar”, “bandas ou artistas solo”, “grades times de futebol”, entre outras que custam US$ 1 cada.

Jogadores podem selecionar categorias antes da partida de 'Stop' (Foto: Divulgação/Fanatee)Jogadores podem selecionar categorias antes da
partida de ‘Stop’ (Foto: Divulgação/Fanatee)

Embora use jogadores reais, o game da desenvolvedora Fanatee não exige conexão on-line permanente. Ele cria rodadas e o objetivo é preencher as palavras e pressionar o botão “Stop” antes do que o adversário. O esquema de rodadas entre as partidas lembra o do antigo game “Draw Something”, sucesso há alguns anos também nos smartphones.

Há uma roleta antes da partida que permite escolher a letra e também é possível selecionar e mudar categorias para escrever as palavras.

Quem consegue escrever rapidamente e corretamente na tela do iPhone – e no menor tempo possível – tem vantagens na disputa que lembra os tempos de escola.

Para fevereiro, a Fanatee afirma que lançará uma versão para iPad.

“O ‘Stop’ é praticamente um patrimônio nacional. É um jogo incrivelmente divertido e educativo, mas sabíamos que lançar o jogo em versão mobile seria um grande desafio. Acho que fizemos um bom trabalho,” conta Anthony Eiger, sócio-diretor da Fanatee.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 30 de janeiro de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,

‘Crossfire’ é game gratuito que mais faturou em 2013, diz pesquisa

'Crossfire', game F2P que faturou US$ 957 milhões em 2013 (Foto: Divulgação/Crossfire)‘Crossfire’, game F2P que faturou US$ 957 milhões
em 2013 (Foto: Divulgação/Crossfire)

O game gratuito para jogar (“free-to-play”, ou F2P) “Crossfire” foi o título do gênero que mais faturou em 2013, segundo um levantamento da companhia Superdata, com uma receita bruta mundial de US$ 957 milhões.

Títulos F2P podem ser baixados de graça, mas costumam oferecer benefícios por meio de microtransações dentro do jogo. No caso do game sul-coreano de tiro em primeira pessoa “Crossfire”, as vantagens pagas são armas e itens melhores.

Na pesquisa da Superdata, o game de ação on-line (ou MOBA) “League of Legends” está em segundo lugar com US$ 624 milhões de faturamento. Já o ex-líder de audiência “World of Warcraft”, da Blizzard, em declínio desde 2010, aparece em sétimo na lista, com US$ 213 milhões arrecadados.

O MMORPG (RPG on-line massivo) “Star Wars: The Old Republic”, que em 2012 adotou o F2P e as microtransações como uma opção de monetização, fica com a oitava posição, enquanto que a Valve aparece em nono e décimo lugares com “Team Fortress 2” e “Counter-Strike Online”.

Veja o ranking de games F2P que mais faturaram em 2013, segundo a Superdata:

01- “Crossfire” (Tencent/SmileGate): US$ 957 milhões
02- “League of Legends” (Tencent/Riot Games): US$ 624 milhões
03- “Dungeon Fighter Online” (Nexon): US$ 426 milhões
04- “World of Tanks” (Wargaming.net): US$ 372 milhões
05- “Maplestory” (Nexon): US$ 326 milhões
06- “Lineage I” (NCSoft): US$ 257 milhões
07- “World of Warcraft” (Activision/Blizzard): US$ 213 milhões
08- “Star Wars: The Old Republic” (Electronic Arts): US$ 139 milhões
09- “Team Fortress 2” (Valve): US$ 139 milhões
10- “Counter-Strike Online” (Valve/Nexon): US$ 121 milhões

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 22 de janeiro de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , ,

Correios podem ter e-mail gratuito e criptografado, diz ministério

O secretário-executivo do Ministério das Comunicações, Genildo Lins, disse nesta segunda-feira (2) que os Correios estudam a criação de um serviço público e gratuito de e-mail que contaria com criptografia, para tentar evitar espionagem como a realizada pelo governo dos Estados Unidos.

De acordo com Lins, a intenção de criar o serviço foi discutida em uma reunião que aconteceu antes de surgirem as denúncias de que brasileiros têm mensagens de email e informações telefônicas monitorados pela inteligência norte-americana.

O objetivo dos Correios, disse ele, é criar uma certificação digital, serviço pago que funciona como uma espécie de carimbo que garante a veracidade de documentos enviados pela internet. Para proteger esses documentos, a estatal quer criptografá-los. Num passo seguinte, a mesma tecnologia poderia ser utilizada para oferecer email gratuito à população.

“Para os Correios, trata-se de uma oportunidade de negócios”, disse Lins. “Tratamos desse assunto antes das denúncias, por isso não se trata de uma resposta contra a espionagem. Mas acelerar esse processo [para criar o email criptografado], é uma boa resposta”, completou.

O secretário-executivo admitiu que o custo para manter um serviço de e-mail criptografado é alto. Mas apontou que, a exemplo do que fazem hoje empresas como Google e Facebook, os Correios podem vender anúncios para financiá-lo.

Espionagem contra Dilma
No domingo (1º), reportagem do Fantástico mostrou documentos classificados como ultrassecretos, que fazem parte de uma apresentação interna da Agência de Segurança Nacional (NSA, na sigla em inglês) dos Estados Unidos, que indicam que a presidente Dilma Rousseff e o que seriam seus principais assessores foram alvo direto de espionagem da NSA. Um código indica isso.

O jornalista Glenn Greenwald, coautor da reportagem, foi quem recebeu os papéis das mãos de Edward Snowden – o ex-analista da NSA que deixou os EUA com documentos da agência com a intenção de divulgar o sistema de espionagem americano no mundo.

Nesta segunda, o ministro das Relações Exteriores, Luiz Alberto Figueiredo, afirmou que, se comprovadas, as denúncias de espionagem contra a presidente Dilma são “inadmissíveis” e “inaceitáveis”. Figueiredo deu entrevista coletiva ao lado do ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, e os dois falaram em nome do governo brasileiro.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 5 de setembro de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

Correios podem ter e-mail gratuito e criptografado, diz ministério

O secretário-executivo do Ministério das Comunicações, Genildo Lins, disse nesta segunda-feira (2) que os Correios estudam a criação de um serviço público e gratuito de e-mail que contaria com criptografia, para tentar evitar espionagem como a realizada pelo governo dos Estados Unidos.

De acordo com Lins, a intenção de criar o serviço foi discutida em uma reunião que aconteceu antes de surgirem as denúncias de que brasileiros têm mensagens de email e informações telefônicas monitorados pela inteligência norte-americana.

O objetivo dos Correios, disse ele, é criar uma certificação digital, serviço pago que funciona como uma espécie de carimbo que garante a veracidade de documentos enviados pela internet. Para proteger esses documentos, a estatal quer criptografá-los. Num passo seguinte, a mesma tecnologia poderia ser utilizada para oferecer email gratuito à população.

“Para os Correios, trata-se de uma oportunidade de negócios”, disse Lins. “Tratamos desse assunto antes das denúncias, por isso não se trata de uma resposta contra a espionagem. Mas acelerar esse processo [para criar o email criptografado], é uma boa resposta”, completou.

O secretário-executivo admitiu que o custo para manter um serviço de e-mail criptografado é alto. Mas apontou que, a exemplo do que fazem hoje empresas como Google e Facebook, os Correios podem vender anúncios para financiá-lo.

Espionagem contra Dilma
No domingo (1º), reportagem do Fantástico mostrou documentos classificados como ultrassecretos, que fazem parte de uma apresentação interna da Agência de Segurança Nacional (NSA, na sigla em inglês) dos Estados Unidos, que indicam que a presidente Dilma Rousseff e o que seriam seus principais assessores foram alvo direto de espionagem da NSA. Um código indica isso.

O jornalista Glenn Greenwald, coautor da reportagem, foi quem recebeu os papéis das mãos de Edward Snowden – o ex-analista da NSA que deixou os EUA com documentos da agência com a intenção de divulgar o sistema de espionagem americano no mundo.

Nesta segunda, o ministro das Relações Exteriores, Luiz Alberto Figueiredo, afirmou que, se comprovadas, as denúncias de espionagem contra a presidente Dilma são “inadmissíveis” e “inaceitáveis”. Figueiredo deu entrevista coletiva ao lado do ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, e os dois falaram em nome do governo brasileiro.

View the original article here

 
1 comentário

Publicado por em 4 de setembro de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

Site brasileiro reúne e disponibiliza fotos para uso gratuito

Um portal lançado nesta quarta-feira (28) pretende reunir e disponibilizar em um só local fotografias ‘públicas’, de uso livre e de divulgação de diversos outros sites nacionais e internacionais. As imagens do fotospublicas.com estão organizadas por assuntos e data.

Segundo seus idealizadores, entre eles Ricardo Stuckert, o portal surgiu da dificuldade de editores em encontrar fotografias com boa resolução e sem custo. “Vamos oferecer de graça o que já é de graça”, afirma o fotojornalista Paulo Pinto.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 31 de agosto de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , ,