RSS

Arquivo da tag: gigantes

TV dos EUA mostra que segurança de mísseis usa disquetes ‘gigantes’

O programa de TV norte-americano “60 Minutes” exibiu no domingo (27) uma reportagem que mostra o funcionamento das bases que controlam o lançamento de mísseis nucleares nos Estados Unidos. A repórter Leslie Stahl ficou surpresa ao ver que parte do código de segurança de lançamento fica em disquetes “gigantes” de oito polegadas, que há muitos anos não são mais usados em computadores.

Stahl chegou a ter em mãos um disquete rotulo como “top secret” (ultrassecreto). Até soldados mais jovens que fazem parte da equipe nunca tinham visto esses disquetes antes de receberam a missão de cuidar dos mísseis nucleares. Os computadores não estão conectados à internet e a comunicação ainda usa linhas telefônicas analógicas.

A reportagem do programa mostrou os bastidores do funcionamento dos controles de controle de lançamento, que ficam no subsolo. O “60 Minutes” só teve acesso a essas instalações porque as forças armadas norte-americanas tiveram problemas com soldados eu cuidavam dos mísseis nucleares, incluindo evidências de “cola” em provas e uso de drogas. Agora, os miliares querem melhorar a reputação dos soldados que cuidam desse armamento.

Cada centro de lançamento tem dois soldados. Cada um tem um código que é preciso para lançar um míssil. Há ainda um terceiro código, que esses soldados não possuem e que só é comunicado a eles quando houver uma ordem de lançamento feita pelo presidente dos Estados Unidos.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 1 de maio de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,

CES 2014: Nova geração de TVs 4K tem telas curvas, gigantes e flexíveis

CES 2014 destaca as TVs 4K, a tendência do setor para o ano (Foto: Gustavo Petró/G1)CES 2014 destaca as TVs 4K, tendência do setor para o ano (Foto: Gustavo Petró/G1)

A feira Consumer Electronics Show (CES) 2014, em Las Vegas, marca a aposentadoria dos televisores Full HD, com resolução de 1080p, e a chegada definitiva das novíssimas TVs 4K, que trazem quatro vezes mais resolução do que os modelos que já estão no mercado. Assista ao lado.

Com telas que podem ultrapassar as 100 polegadas, esses aparelhos chegarão às lojas, pelo menos nos Estados Unidos, no final do ano. As telas também ganharam curvas, o que torna o ato de assistir mais confortável ao olho humano.

Os televisores de ultra-alta definição (UHD), como também são chamados os modelos com resolução de 3840 x 2160 pixels, têm telas grandes, que começam em 50 polegadas e podem ultrapassar as 100 polegadas. Quanto maior o televisor, melhor é possível ver como o 4K mantém a integridade da imagem, que não “estoura”, ou seja, não perde qualidade.

A sensação ao assistir os vídeos de paisagens que as fabricantes exibem para vender suas TVs 4K é de ter aberto uma janela e estar ali olhando para uma montanha ou para uma praia. A nitidez é alta, as cores são vibrantes e há bastante contraste entre o claro e o escuro. Mesmo chegando perto da tela é difícil enxergar os pequenos pontos que formam a imagem.

Além da alta definição das TVs 4K, o que impressiona é o tamanho dos aparelhos (Foto: Gustavo Petró/G1)Além da alta definição dos televisores 4K, o que
impressiona é o tamanho dos aparelhos
(Foto: Gustavo Petró/G1)

Fabricantes como LG e Samsung apostam ainda em modelos 4K com tela curva. Elas afirmam que os televisores que possuem essa função são mais confortáveis, pois se adaptam melhor ao olho humano. O ângulo da curvatura é sutil e, embora seja realmente agradável assistir TV com essa tecnologia, o destaque maior é o design do aparelho – bonito e diferente.

Como se não bastassem as curvas, essas mesmas duas empresas foram além e apresentaram protótipos de televisores “flexíveis”. Com um toque de botão, as extremidades desses aparelhos se envergam, transformando um display de tela plana em um de tela curva. Enquanto o teste da Samsung tem mais tamanho (85 polegadas), o modelo de 77 polegadas da LG se destaca carregar a tecnologia OLED, superior ao LED. Os aparelhos estão sendo demonstrados na CES e ainda não tem previsão de chegada ao mercado.

As fabricantes não gostam de falar dos preços das TVs 4K justamente por eles estarem acima do esperado pelo consumidor. Um aparelho do tipo – com exceção do modelo da Polaroid, que custa US$ 1 mil – parte de US$ 25 mil e chega a mais de US$ 60 mil dependendo do tamanho escolhido.

O problema até o momento, contudo, é a falta de conteúdo em UHD. Embora alguns discos em Blu-ray forneçam filmes no formato, apenas o serviço de vídeo por streaming Netflix anunciou filmes e séries em 4K, inicialmente para televisores da LG.

E quem estiver com vontade de comprar uma TV 4K precisa saber que as fabricantes já estão pensando além delas. A Samsung demonstrou no evento uma TV 8K chamada de QUHD (quad ultra high definition), que deve ser lançada comercialmente nos próximos anos. A imagem oferece uma nitidez altíssima em uma tela gigante de mais de 100 polegadas.

Protótipo de TV 8K da Samsung (Foto: dd)Protótipo de TV 8K da Samsung (Foto: Gustavo Petró/G1)

Conheça algumas das TVs 4K apresentadas na CES:

Sony
Com telas que variam de 55 a 79 polegadas, o modelo XBR X900B, resolve uma das principais reclamações dos televisores mais finos: a qualidade do som. Em vez de manter o aparelho muito esguio, a empresa colocou alto-falantes em suas laterais, o que proporciona uma experiência próxima de um home theater ao assistir a um filme.

TV 4K da Sony traz alto falantes laterais para melhor qualidade do som (Foto: Gustavo Petró/G1)TV 4K da Sony traz alto falantes laterais para melhor qualidade de som (Foto: Gustavo Petró/G1)

Com isso, o televisor da Sony ganha espessura conforme se aproxima de sua base, em um formato chamado de “Wedge” pela fabricante.

O aparelho ainda converte para 4K imagens com resoluções inferiores, o que deve colaborar com a melhoria de imagens nos jogos para o videogame PlayStation 4, com resolução de 1080p.

TV 4K da Sony é um pouco mais 'gordinha' nas laterais por cont dos alto falantes (Foto: Gustavo Petró/G1)TV 4K da Sony tem espessura maior nas laterais por conta dos alto-falantes (Foto: Gustavo Petró/G1)

Samsung
A empresa sul-coreana aposta em tamanho e nas telas curvas para chamar a atenção dos consumidores para seus aparelhos 4K. O modelo curvado da empresa tem tela de 105 polegadas com alta qualidade de imagem.

Samsung mostrou TV 4K de 105 polegadas com tela curva (Foto: Gustavo Petró/G1)Samsung mostrou TV 4K de 105 polegadas com tela curva (Foto: Gustavo Petró/G1)Samsung também mostrou TVs dobráveis (Foto: Gustavo Petró/G1)Samsung também mostrou TVs dobráveis
(Foto: Gustavo Petró/G1)

A curvatura da tela, além de apresentar maior conforto para assistir TV, cria um produto bonito para se ter na sala, embora seu tamanho exija um ambiente amplo.

O destaque fica por conta do protótipo de televisor flexível, que pode mudar entre tela curva ou plana conforme a vontade do usuário e com apenas um clique em um botão de controle remoto.

LG
Para mostrar como suas TVs com resolução 4K apresentam cores vivas, a LG usou pinturas do artista brasileiro Romero Britto. Muito coloridos, os aparelhos vem em telas planas e curvas. O destaque fica com uma tecnologia que aumenta a resolução de conteúdo com definilão normal (SD) e Full HD para 4K. Na falta de conteúdo de ultra-alta definição, esse é o melhor modo de assistir a filmes em UHD.

LG apresentou Tvs com resolução 4K e tela curva (Foto: Gustavo Petró/G1)LG apresentou televisores com resolução 4K e tela curva (Foto: Gustavo Petró/G1)Pinturas de Romero Britto foram usadas para mostras definição das TVs 4K da LG (Foto: Gustavo Petró/G1)Pinturas de Romero Britto foram usadas para ilustrar definição de cores das TVs 4K da LG (Foto: Gustavo Petró/G1)

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 10 de janeiro de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,

Família encontra cogumelos gigantes no quintal de sua casa nos EUA

O americano Ed Delaney e sua família ficaram chocados depois que cogumelos gigantes surgiram no quintal de sua casa em Leslie, no estado de Michigan (EUA). Alguns dos fungos eram maiores do que bolas de basquete. Assista ao vídeo.

Ed Delaney exibe cogumelo do tamanho de bola de basquete (Foto: Reprodução/YouTube/NBCNewsTV1)Ed Delaney exibe cogumelo do tamanho de bola de basquete (Foto: Reprodução/YouTube/NBCNewsTV1)saiba mais Por recorde, voluntários preparam morcilha de 175 metros na EspanhaRecorde mundial de ‘twerking’ reúne 358 dançarinos nos EUAPor recorde, praia inglesa reúne cerca de 200 banhistas nusAgricultor alemão exibe ‘abóbora monstruosa’Lamborghini feita de ouro tenta entrar para o livro dos recordesCadela do tamanho de tênis bate recorde como menor cão do mundoAbobrinha de 50,5 kg e cenoura de  6,5 kg faturam título em feira inglesaCabra skatista e cão que anda em corda bamba entram para o GuinnessPor recorde, japoneses jogam bonés para o alto dentro de hangarPor recorde, mais de 4 mil competem em corrida de cavalos na MongóliaApós recorde, ucraniano dá entrevista de cabeça para baixoAmericano constrói réplica da Torre Eiffel com 75 mil cartas de baralhoBiblioteca bate recorde ao fazer dominó gigante com 2.131 livrosPor recorde, austríaco anda em corda bamba a 185 m de altura na AlemanhaBandeira com 349 m e 5 toneladas bate recorde na RomêniaPor recorde, filipinos soltam mais de 15 mil lanternasTravesseiro gigante de 6,7 toneladas bate recorde na MacedôniaPor recorde, cozinheiros preparam 2.706 sanduíches em 1 horaPor recorde, americano faz bambolê enquanto se movimenta em argolasPanamenho tenta recorde por descascar com os dentes 500 cocosDe olho em recorde, microlivro é colocado à venda por R$ 603Estudantes estouram 743 m² de plástico bolha e batem recordePor recorde, quase 15 mil indianos tocam tambores por 15 minutosBritânico devora torta em 25s53 e vence competiçãoPor recorde, cidade húngara escreve carta de 1,5 km para o Papai NoelGeorgiano bate recorde ao puxar caminhão de 8 toneladas com orelhaMédico puxa bonde de 19,5 toneladas com os dentes e bate recordePor recorde, 70 mil paquistaneses cantam hino nacionalPor recorde, húngaro deixa veículo de 1,7 tonelada passar por cimaPaquistanês bate recorde ao puxar veículo de 1,7 tonelada com bigodeMais de 80 surfistas pegam a mesma onda, mas falham em bater recordeRomeno anda 33 m debaixo d’água com peso de 59 quilos e bate recordePor recorde, cidade romena prepara salada de cerca de 20 toneladas’Mulher vampiro’ bate recorde com maior número de mudanças corporaisVeja ‘Popeye da vida real’ e outros recordes curiosos do GuinnessVeja lista com animais recordistas que estarão no Guinness 2013EUA batem recorde com ensopado de frutos do mar de 3 toneladasChefs preparam hambúrguer de 914 quilos nos EUA e batem recorde

View the original article here

 
1 comentário

Publicado por em 4 de outubro de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,

Marte pode ter abrigado vulcões gigantes no passado, sugere estudo

Imagem mostra candidato a supervulcão em Marte, chamado Oxus Patera. Montanhas dentro de uma cratera de 30 km de diâmetro são compostas de materiais com grãos finos que podem representar depósitos de cinzas vulcânicas (Foto: ESA/Mars Express/Freie Universitat Berlin/Google )Imagem mostra candidato a supervulcão em Marte, chamado Oxus Patera. Montanhas dentro de uma cratera de 30 km de diâmetro no planeta vermelho são compostas de materiais com grãos finos que podem representar depósitos de cinzas vulcânicas (Foto: ESA/Mars Express/Freie Universitat Berlin/Google )

Novas evidências sugerem que Marte pode ter abrigado vulcões gigantes no passado, aponta um estudo feito pelo Instituto de Ciência Planetária de Tucson, nos EUA. A descoberta aparece na revista “Nature” desta quarta-feira (2) e, segundo os cientistas, pode mudar o atual panorama sobre a atividade vulcânica e a evolução climática no planeta vermelho.

Crateras irregulares encontradas na região Arabia Terra, no planalto norte marciano, formam uma província vulcânica até então desconhecida, destacaram os autores Joseph Michalski e Jacob Bleacher.

Segundo Michalski em entrevista à agência Efe, esses vulcões gigantes “provavelmente se formaram no primeiro bilhão de anos da história de Marte, que tem 4,5 bilhões de anos, como a Terra”.

Michalski explicou que os cientistas já sabiam da formação de vulcões no planeta vermelho, mas o novo estudo se refere a outro tipo de atividade vulcânica. “São vulcões muito explosivos, que estão entre os mais antigos de Marte”, indicou.

Semelhantes a Yellowstone
Para os cientistas, essas estruturas são semelhantes aos supervulcões da Terra, como o do Parque Nacional de Yellowstone, uma área de quase 9 mil km² entre os estados de Wyoming, Montana e Idaho, no oeste americano. As características das crateras em Marte indicam que elas se formaram por enormes erupções que depois entraram em colapso.

Essas explosões podem ter sido a fonte de materiais vulcânicos encontrados ao redor de Arabia Terra, de acordo com os pesquisadores. Além disso, compostos voláteis liberados pelos supervulcões teriam alterado o clima em Marte.

Michalski e seus colegas estudaram a topografia do planeta a partir de dados obtidos pela ferramenta a laser Mars Orbiter Laser Altimeter (Mola), colocada em órbita a bordo da sonda americana Mars Global Surveyer, além de informações coletadas pela nave espacial europeia Mars Express, que estuda o planeta desde 2003.

Anteriormente, já havia sido levantada a hipótese de atividade vulcânica na região equatorial de Marte, mas os cientistas não haviam detectado fontes suficientes de depósitos. As novas evidências, porém, poderiam explicar a existência desses materiais e facilitar a compreensão do vulcanismo no planeta vermelho, disseram os autores.

Imagem em infravermelho mostra o supervulcão Eden Patera, um exemplo típico do que pode ter sido o passado de Marte. Cratera tem cerca de 70 km de largura em sua maior dimensão e 1,8 km de profundidade (Foto: Nasa/JPL/GSFC/Arizona State University 	 )Imagem em infravermelho mostra o supervulcão Eden Patera, um exemplo típico do que pode ter sido o passado de Marte. Cratera tem cerca de 70 km de largura em sua maior dimensão e 1,8 km de profundidade (Foto: Nasa/JPL/GSFC/Arizona State University ) Imagem em 3D revela Eden Patera na direção ao leste. (Foto: ESA/Mars Express/Freie Universitat Berlin ) Imagem em 3D revela Eden Patera na direção ao leste. (Foto: ESA/Mars Express/Freie Universitat Berlin )Visão em alta resolução de depósitos de materiais em camadas e colapso da região de Eden Patera. As camadas representam áreas de um antigo lago de lava onde essa lava se juntou a montes e sulcos no chão da cratera, depois congelou contra essa base e então se desgrudou à medida que o lago foi drenado (Foto: Nasa/JPL/MSSS/Google )Visão em alta resolução de depósitos de materiais em camadas e colapso da região de Eden Patera. As camadas representam áreas de um antigo lago de lava onde essa lava se juntou a montes e sulcos no chão da cratera, depois congelou contra essa base e então se desgrudou à medida que o lago foi drenado (Foto: Nasa/JPL/MSSS/Google )

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 4 de outubro de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , , , ,

Em duelo de gigantes, crocodilo é flagrado devorando tubarão

Um crocodilo foi flagrado devorando um tubarão-cabeça-chata no rio East Alligator, no parque nacional Kakadu, na Austrália. Segundo o jornal “Northern Territory News”, turistas que estavam em um cruzeiro pelo rio se depararam com a cena. Um vídeo no YouTube traz imagens do duelo mortal entre os dois grandes predadores. Assista ao vídeo.

Crocodilo foi flagrado devorando tubarão-cabeça-chata no rio East Alligator (Foto: Reprodução/YouTube/Epic Wildlife)Crocodilo foi flagrado devorando tubarão-cabeça-chata no rio East Alligator (Foto: Reprodução/YouTube/Epic Wildlife)

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 24 de setembro de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

Americana cobra até US$ 200 por massagem com seios gigantes

A americana Kristy Love, moradora de Atlanta, no estado da Geórgia, se tornou famosa ao oferecer um serviço de massagem curioso, no qual utiliza seus seios enormes para realizar os procedimentos.

Kristy Love cobra US$ 200 por uma hora de massagem (Foto: Reprodução/Facebook/Kristy Love )Kristy Love cobra US$ 200 por uma hora de massagem (Foto: Reprodução/Facebook/Kristy Love )

Kristy, que possui um site próprio no qual anuncia sua categoria de massagem, afirma que cobra até US$ 200 (R$ 460) por uma hora completa de massagem sensual, mas que também oferece uma modalidade “não sensual”, e cobra US$ 150 (R$ 345) pela hora.

Para ficar só abraçadinha, ela cobra US$ 80 (R$ 184).

Em entrevista ao site “The Frisky”, Kristy Love afirmou que tinha dificuldades em encontrar trabalho, então começou a oferecer as massagens em sua própria casa.

Ao contrário do que a maioria das pessoas pensa, de acordo com o Kristy, o tamanho de seus seios, considerado desvantagem, se tornou o destaque de seu serviço.

A americana afirma que consegue faturar até US$ 1 mil por dia, e faz a massagem com os seios, além de utilizar um óleo especial para deslizar sobre o corpo do cliente.

Kristy também possui um canal no YouTube, no qual grava vídeos curtos contando suas experiências. O endereço “BBWKristy Love” possui mais de 5.600 inscritos e 160 vídeos, alcançando mais de 2 milhões de visualizações.

Kristy Love também mantém um canal no YouTube, onde conta suas experiências em vídeos curtos (Foto: YouTube/Reprodução/BBWKristy Love)Kristy Love também mantém um canal no YouTube, onde conta suas experiências em vídeos curtos (Foto: YouTube/Reprodução/BBWKristy Love)

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 13 de setembro de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,

Samsung mostra televisores Ultra HD gigantes de 98 e 110 polegadas

TV Samsung de ultra-alta definição com tela de 110 polegadas apresentada na feira IFA 2013, em Berlim. (Foto: Bruno Souza Araujo/G1)TV Samsung de ultra-alta definição com tela de 110 polegadas apresentada na feira IFA 2013, em Berlim. (Foto: Bruno Souza Araujo/G1)

A sul-coreana Samsung mostrou dois televisores Ultra HD gigantes de 98 e 110 polegadas – segundo a empresa, os maiores do mundo – durante a IFA, feira de tecnologia que acontece em Berlim, na Alemanha, até o dia 11. De acordo com a Samsung, o modelo menor tem quase 2,5 metros de diagonal, e em transmissões de jogos de futebol, por exemplo, os jogadores podem ficar quase em tamanho real na tela.

TV Samsung de ultra-alta definição com tela de 85 polegadas será vendida por R$ 100 mil no Brasil. (Foto: Divulgação/Samsung)TV Samsung de ultra-alta definição com tela de
85 polegadas será vendida por R$ 100 mil no
Brasil. (Foto: Divulgação/Samsung)

A série S9 Timeless é sustentada por uma armação que relembra um cavalete e vem com alto-falantes por toda sua extensão. No Reino Unido, o modelo de 98 polegadas custa 40 mil libras (R$ 144,3 mil).

Versão brasileira
Na quinta-feira (5), a Samsung anunciou o lançamento da S9 Timeless com telas de 85, 65 e 55 polegadas no mercado brasileiro. A linha tem tela de ultra-alta definição – Ultra High Definition, em inglês, ou 4K, que equivale a quatro vezes a resolução de uma TV Full HD.

O modelo com tela de 85 polegadas tem preço sugerido de R$ 100 mil no país. As versões com telas de 55 e 65 polegadas ainda não têm preço local definido.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 9 de setembro de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

Fósseis de animais pré-históricos gigantes são achados na Venezuela

Crânio de gliptodonte encontrado em Caracas, na Venezuela (Foto: Juan Barreto/AFP)Crânio de gliptodonte encontrado em Caracas, na Venezuela (Foto: Juan Barreto/AFP)

A Venezuela tem um solo não só rico em petróleo e gás, mas também em fósseis de animais pré-históricos, apontam novas descobertas feitas na capital, Caracas.

Entre os ossos encontrados no país, e apresentados nesta sexta-feira (30), estão o crânio de um gliptodonte (ancestral do tatu), o fêmur de um mamute, parte do bico de um pássaro gigante, um peixe e a mandíbula de um lobo.

Na quarta imagem abaixo, o paleontólogo venezuelano Ascanio Rincón segura o crânio de um gliptodonte.

Pesquisadores já haviam achado no país o fóssil de um “parente” de tatu do tamanho de um Fusca, um crocodilo maior que um ônibus, um mastodonte (espécie pré-histórica de 3 metros de altura que lembra os elefantes modernos) de seis toneladas e um tigre-dente-de-sabre.

Acima, parte do bico de um pássaro gigante fossilizado descoberto na Venezuela; abaixo, o fóssil de um peixe (Foto: Juan Barreto/AFP)Acima, parte do bico de um pássaro gigante fossilizado descoberto na Venezuela; na imagem abaixo,
o fóssil de um peixe (Foto: Juan Barreto/AFP)
Fósseis de ossos da mandíbula de um lobo encontrados em Caracas (Foto: Juan Barreto/AFP)Fósseis de ossos da mandíbula de um lobo encontrados em Caracas (Foto: Juan Barreto/AFP)Parte do fêmur de um mamute achado na Venezuela (Foto: Juan Barreto/AFP)Parte do fêmur de um mamute achado na Venezuela (Foto: Juan Barreto/AFP)Paleontólogo venezuelano Ascanio Rincón mostra o crânio de um gliptodonte (Foto: Juan Barreto/AFP)Paleontólogo venezuelano Ascanio Rincón mostra o crânio de um gliptodonte (Foto: Juan Barreto/AFP)Ilustração mostra como seria o gliptodonte, 'parente' do tatu que chegava a medir 3 metros; extinção de espécie pode ter ajudado a empobrecer solo da Amazônia (Foto: Pavel Riha/Wikicommons)Ilustração mostra como seria o gliptodonte, ‘parente’ do tatu que chegava a medir 3 metros; extinção de espécie latino-americana pode ter ajudado a empobrecer solo da Amazônia (Foto: Pavel Riha/Wikicommons)

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 6 de setembro de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

Coletânea de cachorros gigantes

AppId is over the quota
AppId is over the quota

cachorros

Gente, isso é a vida real, ou isso é apenas fantasia?

Sorry, I could not read the content fromt this page.

Fonte: ahnegao.com.br

 
1 comentário

Publicado por em 31 de agosto de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , ,

Fósseis de animais pré-históricos gigantes são achados na Venezuela

Crânio de gliptodonte encontrado em Caracas, na Venezuela (Foto: Juan Barreto/AFP)Crânio de gliptodonte encontrado em Caracas, na Venezuela (Foto: Juan Barreto/AFP)

A Venezuela tem um solo não só rico em petróleo e gás, mas também em fósseis de animais pré-históricos, apontam novas descobertas feitas na capital, Caracas.

Entre os ossos encontrados no país, e apresentados nesta sexta-feira (30), estão o crânio de um gliptodonte (ancestral do tatu), o fêmur de um mamute, parte do bico de um pássaro gigante, um peixe e a mandíbula de um lobo.

Na quarta imagem abaixo, o paleontólogo venezuelano Ascanio Rincón segura o crânio de um gliptodonte.

Pesquisadores já haviam achado no país o fóssil de um “parente” de tatu do tamanho de um Fusca, um crocodilo maior que um ônibus, um mastodonte (espécie pré-histórica de 3 metros de altura que lembra os elefantes modernos) de seis toneladas e um tigre-dente-de-sabre.

Acima, parte do bico de um pássaro gigante fossilizado descoberto na Venezuela; abaixo, o fóssil de um peixe (Foto: Juan Barreto/AFP)Acima, parte do bico de um pássaro gigante fossilizado descoberto na Venezuela; na imagem abaixo,
o fóssil de um peixe (Foto: Juan Barreto/AFP)
Fósseis de ossos da mandíbula de um lobo encontrados em Caracas (Foto: Juan Barreto/AFP)Fósseis de ossos da mandíbula de um lobo encontrados em Caracas (Foto: Juan Barreto/AFP)Parte do fêmur de um mamute achado na Venezuela (Foto: Juan Barreto/AFP)Parte do fêmur de um mamute achado na Venezuela (Foto: Juan Barreto/AFP)Paleontólogo venezuelano Ascanio Rincón mostra o crânio de um gliptodonte (Foto: Juan Barreto/AFP)Paleontólogo venezuelano Ascanio Rincón mostra o crânio de um gliptodonte (Foto: Juan Barreto/AFP)Ilustração mostra como seria o gliptodonte, 'parente' do tatu que chegava a medir 3 metros; extinção de espécie pode ter ajudado a empobrecer solo da Amazônia (Foto: Pavel Riha/Wikicommons)Ilustração mostra como seria o gliptodonte, ‘parente’ do tatu que chegava a medir 3 metros; extinção de espécie latino-americana pode ter ajudado a empobrecer solo da Amazônia (Foto: Pavel Riha/Wikicommons)

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 30 de agosto de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,